Ricardo Ferreira
Ricardo Ferreira
O que há de novo no
tratamento das fraturas por
osteoporose?
                         rrera
                         e i
 ...
Princípios Gerais do Tratamento
• Alívio da Dor

• Restaurar a função de antes da fratura

• Evitar repouso prolongado

• ...
Fisiologia do Envelhecimento

   Reserva Funcional Orgânica

                         Osteoporose 50-60 anos
   Co-morbida...
Fatores de Risco
Fatores de risco mais comuns 1



                                                                       ...
Risco de fraturas em corticoterapia
    • Risco 2,6 x Maior
fraturas vertebrais
     Risco de




                      Us...
Osteoporose no Brasil
• 10 milhões de brasileiros
     2/3 sem diagnóstico

     1/5 em Tratamento

• 2,4 milhões de fra...
Números Alarmantes ( EUA )
                                                  700

• 1.5 milhões de Fraturas osteoporóticas...
Conseqüências da osteoporose
    • Osteoporose é uma doença óssea sistêmica
       caracterizada pela perda da massa óssea...
Conseqüências Psicosociais
                  Osteoporose
Dependência                       Depressão
     Qualidade de Vid...
Indicações de Cirurgia
Absolutas
  • Fratura Aberta
  • Síndrome Compartimental
  • Lesão Neurológica e/ou Vascular
  • Do...
Evolução da osteoporose
• Pacientes que sofrem fraturas vertebrais estão mais
    predispostos há fraturar outros ossos
• ...
Fraturas de Ossos Longos
• Fêmur Proximal

   Colo Femoral

   Peritrocantérica e Subtrocantérica

• Fêmur Distal

   S...
Problemas
• Condições do Paciente

• Condições do Osso Para Fixação




                                             14
  ...
Alterações da Resistência Óssea




      Espessura Cortical

      Diâmetro do Canal (≤2%/ano)
      10%↑ em diâmetro pod...
Fixação Tradicional ( RAFI )




                                         16
                               Ricardo Ferrei...
Contudo ...




                        17
              Ricardo Ferreira
Novos Implantes
• Vantagens:
   Menor Lesão de Partes moles

   Fixação na Placa (LC-DCP)

   Não Agressão ao Foco de F...
Novos Implantes ( MIS )




                                    19
                          Ricardo Ferreira
Fratura de Úmero Proximal




                                      20
                            Ricardo Ferreira
21
Ricardo Ferreira
Fraturas Osteoporóticas:
 Opção de Implantes


         ?        !
Vantagens biomecânicas com haste



                   ...
Fraturas Vertebrais




                                23
                      Ricardo Ferreira
Identificando Fraturas Vertebrais
        Freqüentemente Negligenciadas                                                  ...
Identificando Fraturas Vertebrais
                                                            Sinais de Alerta
          C...
Identificando Fraturas Vertebrais

                                                      Locais mais freqüentes

         ...
Red Flags
• Características
   •Fratura em < 50 anos sem trauma
   •Fratura (acima T4) sem trauma
   •Febre
   •Perda de P...
Diferenças de Suporte




                                  28
                        Ricardo Ferreira
Vertebral fractures: Three forms
• Wedge fractures are most common

   Wedge             Biconcave      Crush




        ...
Morphometric evaluation
     of vertebral fractures1
         Normal                            Wedge                Bicon...
A Espiral Descendente

                                Dorsalgia
            Problemas
                                   ...
Tratamentos

• Essencialmente   CONSERVADOR
    Uso de Órteses Semi - Rígidas ( OTLS, TAYLOR )

    Analgesia ( Opióides...
Indicação de Vertebroplastia
FALHA DO TRATAMENTO CONSERVADOR




                                          33
            ...
Vertebroplastia




                            34
                  Ricardo Ferreira
Cifoplastia por Balão




                                  35
                        Ricardo Ferreira
Complicações
•   Extravasamento de Cimento
        Efeitos : Maioria Assintomático
               Dor Radicular
         ...
Contra Indicações
• Alterações Neurológicas por Compressão

• Destruição do Muro Posterior

• Vértebra Plana ( Colapso > 9...
Fixação + Cimentação




                                 38
                       Ricardo Ferreira
O




                        RICARDO FERREIRA

                   ricardoferreira@vertebralis.com.br

                   ...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

O Que Ha De Novo Em Fraturas OsteiporóTicas Ricardo Ferreira Unimed Riog

3,346 views

Published on

Published in: Travel, Health & Medicine
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
3,346
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
9
Actions
Shares
0
Downloads
71
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

O Que Ha De Novo Em Fraturas OsteiporóTicas Ricardo Ferreira Unimed Riog

  1. 1. Ricardo Ferreira Ricardo Ferreira
  2. 2. O que há de novo no tratamento das fraturas por osteoporose? rrera e i R a ic rdoF Adalto Lima Rafael Moraes Jose Sergio Franco Ricardo Ferreira Marcus Musafir Ricardo Ferreira Ricardo Ferreira
  3. 3. Princípios Gerais do Tratamento • Alívio da Dor • Restaurar a função de antes da fratura • Evitar repouso prolongado • Mobilidade Precoce • Evitar Complicações 3 Ricardo Ferreira
  4. 4. Fisiologia do Envelhecimento Reserva Funcional Orgânica Osteoporose 50-60 anos Co-morbidades 20 % Homens 36 % Mulheres 20% em < 45 anos 65% em > 70 anos 4 Ricardo Ferreira
  5. 5. Fatores de Risco Fatores de risco mais comuns 1 Corticoterapia 34% 36% Menopausa Precoce 10% 20% Desnutrição Outros fatores 5 Ricardo Ferreira • Tannenbaum C et al. J Clin Endocrin Metab. 2002;87:4431–4437.
  6. 6. Risco de fraturas em corticoterapia • Risco 2,6 x Maior fraturas vertebrais Risco de Usuários de Grupo Controle (n=244,235) corticóides (n=244,235) 6 van Staa TP et al. J Bone Miner Res. 2000;15:993–1000. Ricardo Ferreira
  7. 7. Osteoporose no Brasil • 10 milhões de brasileiros  2/3 sem diagnóstico  1/5 em Tratamento • 2,4 milhões de fraturas / ano  Risco de Fratura de Quadril • Homem 11 % • Mulher 22 %  200.000 Morrerão em Conseqüência IOF - International Osteoporosis Foundation 7 MS-INTO Ricardo Ferreira
  8. 8. Números Alarmantes ( EUA ) 700 • 1.5 milhões de Fraturas osteoporóticas / ano 600 500  700.000 Coluna 400  300.000 Quadril 300 200  250.000 Punho 100  300.000 Outras 0 Coluna Quadril Punho Outros • Custo direto com tratamento de fraturas osteoporóticas $18 Bilhões / ano • Prognóstico :  20% dos idosos com fraturas no quadril morrem até 1 ano  20% dos idosos com fraturas no quadril perderão a independência 8 Ricardo Ferreira National Osteoporosis Foundation.
  9. 9. Conseqüências da osteoporose • Osteoporose é uma doença óssea sistêmica caracterizada pela perda da massa óssea e alterações do trabeculado ósseo com perda da resistência e predisposição para fraturas com traumas com menor energia 1 9 • Ricardo Ferreira National Institutes of Health. 2000;17:1–36.
  10. 10. Conseqüências Psicosociais Osteoporose Dependência Depressão Qualidade de Vida Auto-estima 10 Ricardo Ferreira
  11. 11. Indicações de Cirurgia Absolutas • Fratura Aberta • Síndrome Compartimental • Lesão Neurológica e/ou Vascular • Dor Intratável Relativa • Intra-Articular Desviada • Desvios inaceitáveis • Fratura que mantém o paciente acamado 11 Ricardo Ferreira
  12. 12. Evolução da osteoporose • Pacientes que sofrem fraturas vertebrais estão mais predispostos há fraturar outros ossos • O risco de fraturas aumenta rapidamente após o climatério, tanto em mulheres como em homens 1,2 12 • Cooper C et al. J Bone Min Res. 1992;7:221–227. Ricardo Ferreira • The European Prospective Osteoporosis Study (EPOS) Group. J Bone Miner Res. 2002;17:2214–2221.
  13. 13. Fraturas de Ossos Longos • Fêmur Proximal  Colo Femoral  Peritrocantérica e Subtrocantérica • Fêmur Distal  Supra e Intercondiliana de Joelho • Cotovelo • Rádio Distal • Úmero Proximal 13 Ricardo Ferreira
  14. 14. Problemas • Condições do Paciente • Condições do Osso Para Fixação 14 Ricardo Ferreira
  15. 15. Alterações da Resistência Óssea Espessura Cortical Diâmetro do Canal (≤2%/ano) 10%↑ em diâmetro pode significar 30% de perda de massa 15 Ricardo Ferreira
  16. 16. Fixação Tradicional ( RAFI ) 16 Ricardo Ferreira
  17. 17. Contudo ... 17 Ricardo Ferreira
  18. 18. Novos Implantes • Vantagens:  Menor Lesão de Partes moles  Fixação na Placa (LC-DCP)  Não Agressão ao Foco de Fratura 18 Ricardo Ferreira
  19. 19. Novos Implantes ( MIS ) 19 Ricardo Ferreira
  20. 20. Fratura de Úmero Proximal 20 Ricardo Ferreira
  21. 21. 21 Ricardo Ferreira
  22. 22. Fraturas Osteoporóticas: Opção de Implantes ? ! Vantagens biomecânicas com haste 22 Ricardo Ferreira
  23. 23. Fraturas Vertebrais 23 Ricardo Ferreira
  24. 24. Identificando Fraturas Vertebrais  Freqüentemente Negligenciadas 1,2,3  Algumas vezes oligossintomáticas  Após atividades do dia-a-dia ou trauma leve  Dificuldade de visualização ao Rx  Dor aguda severa e moderada quando crônica  Inúmeras outras causas de dorsalgia • Cooper C et al. J Bone Min Res. 1992;7:221–227. 24 • Frost HM. Orthop Clin North Am. 1981;12:671–681. Ricardo Ferreira • Parfitt AM, Duncan H. In: Rothman RH, Simeone FA, eds. The Spine. 2nd Edition. Philadelphia: WM Saunders;1982:775–905.
  25. 25. Identificando Fraturas Vertebrais Sinais de Alerta Cifose Torácica Mulher após 55 anos Perda de massa óssea Perda de 5 cm ou + Corticoterapia (≥7.5 mg prednisolona) Diagnóstico de Osteoporose 25 • Ricardo Ferreira Ismail AA et al. Osteoporos Int. 1999;9:206–213.
  26. 26. Identificando Fraturas Vertebrais Locais mais freqüentes • Região médio-torácica (T7–T8) • Junção toraco-lombar (T12–L1)1  Correspondem as regiões mais flexíveis da coluna 26 • Nevitt MC et al. Bone. 1999;25:613–619. • Ricardo Ferreira Cooper C et al. J Bone Min Res. 1992;7:221–227.
  27. 27. Red Flags • Características •Fratura em < 50 anos sem trauma •Fratura (acima T4) sem trauma •Febre •Perda de Peso •Histórico de neoplasia prévia •Tabagismo / Etilismo •Alterações neurológicas • Descartar •Metástases •Mieloma •Infecções 27 Ricardo Ferreira
  28. 28. Diferenças de Suporte 28 Ricardo Ferreira
  29. 29. Vertebral fractures: Three forms • Wedge fractures are most common Wedge Biconcave Crush 29 Ricardo Ferreira
  30. 30. Morphometric evaluation of vertebral fractures1 Normal Wedge Biconcave Crush Mild (20-25% height loss) Moderate Hp Hm Ha (25-40% height loss) Measurements used for assessment: Severe Hp=posterior height; (≥40% Hm=middle height; Ha=anterior height height loss) 30 • Genant HK et al. J Bone Miner Res. 1993;8:1137–1148. Ricardo Ferreira
  31. 31. A Espiral Descendente Dorsalgia Problemas Cifose Cardio - Pulmonares Risco de Fraturas Capacidade Pulmonar Mortalidade Massa Óssea Prostração Sedentarismo Apetite Insônia 31 Ricardo Ferreira
  32. 32. Tratamentos • Essencialmente CONSERVADOR  Uso de Órteses Semi - Rígidas ( OTLS, TAYLOR )  Analgesia ( Opióides, AINH, Calcitonina )  Tratamento da Osteoporose • Tratamentos Cirúrgicos  Na Falha dos Tratamentos Conservadores 32 Ricardo Ferreira
  33. 33. Indicação de Vertebroplastia FALHA DO TRATAMENTO CONSERVADOR 33 Ricardo Ferreira
  34. 34. Vertebroplastia 34 Ricardo Ferreira
  35. 35. Cifoplastia por Balão 35 Ricardo Ferreira
  36. 36. Complicações • Extravasamento de Cimento  Efeitos : Maioria Assintomático Dor Radicular Embolia Pulmonar Compressão Medular • Fraturas Adjacentes  História Natural 20 % ( Lindsay, JAMA 2001)  Harrop, Spine 2004 ( Cifoplastia ) • 11,25% e 48,6% em Usuários de CE • Efeitos Vasculares Sistêmicos do PMM 36 Ricardo Ferreira
  37. 37. Contra Indicações • Alterações Neurológicas por Compressão • Destruição do Muro Posterior • Vértebra Plana ( Colapso > 90% ) • Osteomielite no Local da Fx • Sepsis • Alterações Graves da Coagulação • Impossibilidade Clínica 37 Ricardo Ferreira
  38. 38. Fixação + Cimentação 38 Ricardo Ferreira
  39. 39. O RICARDO FERREIRA ricardoferreira@vertebralis.com.br www.lombar.com.br Ricardo Ferreira

×