Your SlideShare is downloading. ×
0
Fernando Pessoa - características
Fernando Pessoa - características
Fernando Pessoa - características
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Fernando Pessoa - características

1,807

Published on

Published in: Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
1,807
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
12
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide
  • \n
  • \n
  • \n
  • Transcript

    • 1. Português12.º – Ricardo Cruz Biografia de Fernando Pessoa – Síntese (p. 122)‫‏‬ Nasce em Lisboa, em 1888; infância e educação de influência anglo-saxónica, em Durban (África do Sul); regresso a Lisboa em 1905; frequenta o Curso Superior de Letras em Lisboa; publica textos na revista “ A Águia”, em 1917; “explosão” dos heterónimos em 1914; em 1915 lidera, com o amigo Mário de Sá Carneiro, o grupo fundador da revista “Orpheu” que introduz o Modernismo em Portugal; em 1934 publica Mensagem; existência dominada pelo tédio e pela melancolia; morte, em Novembro de 1935.
    • 2. Português12.º – Ricardo CruzS2_1_fernando_pessoa_caracteristicas Pessoa (ortónimo) – Síntese (p. 152)‫‏‬ Ortónimo - n. m., nome verdadeiro; nome correcto. Pseudónimo – n. m., nome falso ou suposto; Heterónimo - n. m., nome imaginário com que um autor assina a sua obra, atribuindo a esse autor imaginário características individuais diferentes das do verdadeiro autor, ou seja, criando um outro eu. Fernando Pessoa (ortónimo) - síntese Intelectualização do sentir / fingimento poético; obsessão da análise, lucidez; impossibilidade de viver a vida; solidão interior, angústia existencial, melancolia, resignação; tédio, náusea, desencontro com os outros, desamparo; inquietação perante o enigma indecifrável do mundo; fragmentação do eu. Perda de identidade; dor de pensar; nostalgia do bem perdido, do mundo fantástico da infância.

    ×