O marketing como diferencial na gestão pública de saúde

1,940 views

Published on

O marketing como diferencial na gestão pública de saúde
Alexandra Mara Avelino Pedroso1
Ana Paula Raboni Silva2
Carlos Henrique Araujo3
Kelvin Coelho Miquelino4
Paulo Henrique Silva5
Orientadora: Profª Mestre Patrícia Rodelli Amoroso
Resumo
O presente artigo abordará as falhas na comunicação e serviços de saúde no terceiro
setor, especificamente na Secretaria Municipal de Saúde, na cidade de Pedreira – SP. Através de
uma pesquisa de campo realizada nesta cidade entre os dias dez a quinze de outubro de dois mil e
onze, foram apurados os resultados e encontradas as falhas, a partir das falhas o artigo
apresentará possíveis soluções, sugerindo o uso de técnicas contidas nas teorias de
administração, marketing, publicidade e comunicação, buscará melhorias no repasse das
informações e maximizando a qualidade dos serviços oferecidos aos usuários pelos profissionais
desta municipalidade.

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,940
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
34
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

O marketing como diferencial na gestão pública de saúde

  1. 1. 1 O marketing como diferencial na gestão pública de saúde 1 Alexandra Mara Avelino Pedroso 2 Ana Paula Raboni Silva 3 Carlos Henrique Araujo 4 Kelvin Coelho Miquelino 5 Paulo Henrique Silva Orientadora: Profª Mestre Patrícia Rodelli AmorosoResumo O presente artigo abordará as falhas na comunicação e serviços de saúde no terceirosetor, especificamente na Secretaria Municipal de Saúde, na cidade de Pedreira – SP. Através deuma pesquisa de campo realizada nesta cidade entre os dias dez a quinze de outubro de dois mil eonze, foram apurados os resultados e encontradas as falhas, a partir das falhas o artigoapresentará possíveis soluções, sugerindo o uso de técnicas contidas nas teorias deadministração, marketing, publicidade e comunicação, buscará melhorias no repasse dasinformações e maximizando a qualidade dos serviços oferecidos aos usuários pelos profissionaisdesta municipalidade.Palavras-chave: Saúde pública; Comunicação; Motivação; MarketingAbstract This article will address the gaps in communication and health services in the nonprofitsector, specifically in the Municipal Health Department in the city of Pedreira - SP. Through a fieldresearch conducted in this city between ten to fifteen days of October two thousand and eleven, theresults were verified and found the faults, failures from the article will present possible solutions,suggesting the use of techniques contained in the theories management, marketing, advertisingand communication, seeking improvements in the transfer of information and maximizing the qualityof services offered to users by professionals in this municipality.Keywords: Public health; Communication; Motivation; Marketing;1 R.A A94917-8 Alexandra Mara Avelino Pedroso, tam.pedroso@hotmail.com2 R.A B05DBF-0 Ana Paula Raboni Silva, anapaula_raboni@hotmail.com3 R.A A81069-2, Carlos Henrique Araujo, carlaum_9@hotmail.com4 R.A B16128-0, Kelvin Coelho Miquelino, kevin_mc@globo.com5 R.A B022JD-1, Paulo Henrique Silva, paulohslv@gmail.com
  2. 2. 21.0 Introdução As falhas de comunicação são muito comuns no setor público, devido avários fatores que serão apresentados neste artigo. Este apresenta um pequenohistórico da organização em pauta, que procura visar em essencial à área desaúde, suas unidades e programas de atendimento, logo segue uma breve baseteórica sobre comunicação e comunicação empresarial, O mesmo abordará arelação entre o setor público de saúde e seus usuários e seguirá com as análisesda pesquisa, focadas nas deficiências de acesso, as dificuldades encontradascom maior freqüência, a inacessibilidade de propagandas, o grau deconhecimento dos funcionários, as falhas no atendimento, os meios decomunicação de uso mais comum, a falta de orientações, a produtividade pessoal,o treinamento teórico, a motivação da equipe de trabalho, e para finalizar aconclusão e considerações finais.2.0 Histórico da empresa A empresa utilizada para este artigo foi a Prefeitura Municipal de Pedreira,localiza a Praça Epitácio Pessoa 03, mais especificamente a Secretaria da Saúdede Pedreira, em suas diversas unidades de saúde da família. No atendimento à população, a Secretaria da Saúde conta com umaprivilegiada rede de serviços. Oferecem atendimentos primários nas suasUnidades Básicas de Saúde, e que pode dispor ainda de Centro deEspecialidades, serviços de diagnóstico próprios ou contratados, ProntoAtendimento, além de Pronto Socorro e Hospital conveniados e o médico defamília que atende nas residências. A rede básica de saúde oferece programas preventivos voltados a todas asfaixas etárias e destaque-se pelas ações de prevenção do uso e abuso de drogas,e a atenção à criança e adolescente através do Programa Multidisciplinar, queinclui serviço odontológico voltado às crianças da rede pública de ensino.
  3. 3. 3 Na área de Vigilância em Saúde promove constante monitoração dasdoenças, vacinações e outras ações preventivas somadas à constantefiscalização sanitária e ao controle de zoonoses como a raiva e a dengue. A cidade de Pedreira foi uma das pioneiras na adoção do programa médicode família, que já está implantado a mais de quinze anos na cidade, e atualmentesendo referencia nacional. A secretaria nos forneceu todo o apoio necessário para esta pesquisa,tendo a sua autorização cedida pela pessoa de Drº Adriano Peres Lora, atualcoordenador do programa médico de família.3.0 A comunicação A comunicação para os agrupamentos humanos é tão importante quanto osistema nervoso para o corpo, através dessa complexa rede que perpassa todosos outros sistemas, o corpo ganha vida. Sem a comunicação, todas as relações que se estabelecem entre aspessoas e os diversos grupos humanos seriam impossíveis. Comunicação não é oque se diz, mas o que os outros entendem. A comunicação empresarial caracteriza-se atualmente como o somatório de todas as atividades de comunicação da empresa, é uma atividade multidisciplinar que envolve métodos e técnicas de relações públicas, jornalismo, assessoria de imprensa, lobby, propaganda, premiações, pesquisa, endomarketing e marketing. (PIMENTA, 2004 P. 94) O artigo abordará a comunicação entre os funcionários da secretaria desaúde de Pedreira e os usuários, tendo em vista que uma boa comunicação podemaximizar a relação de entendimento das informações transmitidas por essesfuncionários.4.0 Saúde pública e a relação com o usuário/cidadão
  4. 4. 4 A missão essencial das instituições de saúde é atender a seus pacientes daforma mais adequada. Por isso, todo hospital ou unidade de saúde devepreocupar-se com a melhoria permanente da qualidade de sua gestão eassistência, e deverá buscar o uma integração harmônica das áreas médica,tecnológica, administrativa, econômica, assistencial e, se for o caso, de docênciae pesquisa.O incremento de eficiência e eficácia nos processos de gestão é necessário paraassegurar uma assistência melhor e mais humanizada à saúde dos sereshumanos que procuram os hospitais, centros de saúde e unidades básicas,necessitados de cuidados e apoio. A organização de saúde é considerada um sistema complexo, onde asestruturas e os processos são de tal forma interligada, que o funcionamento de umcomponente interfere em todo o conjunto e no resultado final, sendo assim, nesteprocesso, não se avalia um setor ou departamento isoladamente. O Processo deAcreditação é um método de consenso, racionalização e ordenação dasOrganizações Prestadoras de Serviços de saúde e principalmente de educaçãopermanente dos seus profissionais. Para avaliar a qualidade assistencial daOrganização Prestadora de Serviços é utilizado um instrumento de avaliaçãoespecífico.5.0 Análises da pesquisa5.1 Resultados, Melhorias e acessibilidade Na pesquisa 40,89% não possui ou tem pouca acessibilidade ao programaatendimento da secretaria, e este é um índice bem alto, pois rapidamentepercebemos que tratamos da saúde de pessoas e também da população maisnecessitada destes serviços oferecidos as estas classes sociais que possuemmenores condições financeiras. Podemos trabalhar como formas de melhorias de acesso os meios decomunicação e as formas como eles chegam à população tendo que explorá-losda melhor maneira possível, considerar as diversas faixas etárias, e como atrair
  5. 5. 5sua atenção, ou seja, focar as propagandas para cada publico alvo de modo atransmitir informações úteis sobre os atendimentos realizados na secretaria e qualo melhor modo deles usufruir desses, e cuidarem dê suas saúdes. Para que todosesses fatores aconteçam a mesma precisa explorar ao máximo o potencial criativode seus funcionários da área de comunicação para criação do temas e inserçãodos canais em que as informações devem ser divulgadas a cada publico,propagandas e de modo que elas cumpram o objetivo de orientar e ou ensinar apopulação de pedreira sobre os serviços ali fornecidos, também podem serdesenvolvidos programas com esta finalidade Mais um dos objetivos é terfuncionários motivados e com grande produtividade. Desburocratizar oatendimento e diminuir filas ou tempo de espera também são objetivos para quesecretaria de saúde de Pedreira melhore seus serviços e sua acessibilidade apopulação residente.5.2 Dificuldades encontradas Este tópico abordará os problemas de maior freqüência, buscará dentre asferramentas de comunicação maneiras para informar melhor a população,encontrará nas teorias da administração, maneiras para desburocratizar oatendimento e as filas. Com os dados apurados na pesquisa, notou-se que os problemas maisencontrados pelos usuários foram, a burocracia, as filas e a falta de informação,seguem-se abaixo sugestões de melhorias para cada um dos problemas. A- Filas – para a diminuição de filas o artigo sugere que haja um sistema de tele agendamento, uma central de atendimento ao cidadão, no qual os usuários poderão ligar por meio de uma ligação gratuita e agendar suas consultas, exames, etc. Isto trará mais dignidade e conforto para tais usuários. Sendo que do outro lado deve haver agentes capacitados para dar esclarecimentos e tirar dúvidas.
  6. 6. 6 B- Burocracia - sugere-se que seja adotado o cartão SUS como cadastro único o que deverá acabar com a burocracia, pois constarão nele todas as informações necessárias dos usuários. O usuário entra no sistema único (SUS) pela internet, para isso poderá contar com a ajuda de agentes de saúde treinados, onde fará o seu próprio cadastro. Tal cadastro poderá ser usado para futuros relatórios que ajudarão os profissionais de saúde a encontrar problemas e tomar decisões que venham a melhorar a saúde na cidade. C- Falta de informação – propor aos próprios usuários que dêem sugestões, criar-se uma cartilha simples e informativa deixando claros os direitos dos cidadãos de forma que eles possam chegar ao atendimento e saber o que exigir dos agentes. Isso evidenciará aos usuários um genuíno interesse pessoal neles por parte da gestão de saúde desta cidade.5.3 Propaganda, como usá-la? E que tipo usar? Criar campanhas de publicidade selecionar os meios adequados e pagarpela veiculação. Para desenvolver um programa, os gerentes de marketing devem semprecomeçar pela identificação do público-alvo e dos motivos da propaganda; depoistomar as cinco principais decisões, conhecidas como os ‘5Ms’ Missão:quais sãoos objetivos da propaganda?; Moeda: quanto quer gastar? Freqüência da propaganda? Ciclo de vida? Mensagem: que mensagem deve ser transmitida? Criação da mensagem,avaliação e seleção da mensagem, execução da mensagem, análise daresponsabilidade social Mídia: que meios devem ser utilizados? Alcance, Freqüência, impacto;principais tipos de mídia; veículos de comunicação específicos, timing da mídia,distribuição geográfica da mídia Mensuração: como serão avaliados os resultados? Impacto nacomunicação
  7. 7. 7 Propaganda informativa - para buscar criar conscientização e conhecimentode já existentes ou novos serviço/atendimento oferecido pela secretaria de saúde. Propaganda de persuação- Tenciona estimular a repetição, para fixar oconceito de segurança para saúde da população. Propaganda de lembrança – Visa convencer atuais medidas de precaução;5.4 O Conhecimento dos funcionários Os profissionais de saúde devem estar aptos a desenvolver ações deprevenção e promoções tanto em nível individual quanto coletivo. Ser acessíveis edevem manter a confidencialidade das informações a eles confiadas na interaçãocom outros profissionais e com o público em geral. A comunicação envolve averbal e não verbal e habilidade escrita e leitura. Para os profissionais da saúdeprecisam ter um bom líder compromisso, responsabilidade habilidade paratomadas de decisões comunicação e gerenciamentos de forma efetiva e eficaz;promover o equilíbrio desses atributos para fazer profissionais hábeis e eficientes;desenvolver habilidades de comunicação, capacidade de transmitir e obterinformações de forma clara objetiva e precisa; para melhora a comunicação eprincipalmente transmitir as informações para os cidadãos de Pedreira, os agentesde saúde precisam melhorar a habilidade de partilha idéias, dialogar, analisarsituações conduzir e participa de reuniões e palestra sobre as novidades eavanços na saúde5.5 Falhas no atendimento Nota-se que 61,14% dos entrevistados vêem o atendimento como ótimo oubom, mas 39,84% ainda acham regular ou ruim. Irá se propor maneiras simples,usando os conceitos de administração e de endomarketing, para melhorar esseíndice. Para se obter melhores resultados em relação ao atendimento públicoperante os cidadãos, temos como alternativa o treinamento dos funcionários queexercem esse trabalho, podendo utilizar o endomarketing (processo gerencial) no
  8. 8. 8qual seu foco é alinhar e programar a estrutura organizacional “apoiado em B2Ebusiness-to-employes- o negócio apresentado para o funcionário” e “ERMemploye relation ship management, gestão do relacionamento com o funcionário”,como opções emprega-se a comunicação interpessoal, telefônica, eletrônica oudigital. Desta maneira adquirindo melhorias na parte interna da organização, eresultando o melhor atendimento ao público externo, neste caso a população5.6 Os meios de comunicação Os agentes, TV e panfletos, são os meios em que a comunicação entreSecretaria e população tem maior efeito. O artigo irá propor maneiras modernas edinâmicas para que outros meios também possam atingir a população, e propormaneiras para melhorar ainda mais os itens com maior aceite. É preciso melhoraros meios de comunicação como rádio, internet, jornais, revistas e na própriasecretaria segundo os dados computados na pesquisa, pode-se melhorar osinvestimentos em meios de comunicação de massa mais abrangentes, temoscomo proposta, diante de tantos meios de comunicação, que se invista tambémem meios mais modernos que hoje em dia tem pouco acesso. Como na cidade depedreira a internet é disponibilizada gratuitamente, infovia6, pode ser investidoneste meio, com um foco diferenciado para cada grupo, para os jovens poderá seralgo mais dinâmico já que estes têm a maior facilidade de entender propagandasmais dinâmicas. Já para a terceira idade que não utiliza e nem possui tantoconhecimento para acessar essa rede, fica a opção de investir em agentes desaúde que cuide dos idosos com mais atenção, lhes disponibilizando todas asinformações e ajudas necessárias, trabalhando de uma maneira mais direta comessa faixa etária, já que a mesma é a que necessita de maior atenção. Destaforma estará sendo direcionados os anúncios em vários meios de comunicação,cada um da maneira mais adequada a faixa que quer atingir, e assim, obter umfeedback positivo da população.6 Programa de internet gratuita, realizado pela Prefeitura Municipal de Pedreira em parceria com aUNICAMP
  9. 9. 95.7 A falta de informações Apurou-se que 40,08% da população não recebem orientações freqüentesque lhes ajudam a cuidar da saúde, deve haver melhorias para que asinformações cheguem a toda a população da forma mais simples e direta. Deve-se levar em consideração, no caso especifico da cidade de Pedreiraque possui o programa Infovia, que leva internet grátis para as pessoas, e quetambém possui uma emissora de TV situada na cidade, a Secretaria da Saúdepoderia por meio de financiamento municipal, ou em parcerias com o governoEstadual e Federal, criar um programa de TV para esclarecimento da população,um programa apresentado de maneira dinâmica e divertida, que são elementosque facilitam a absorção das informações, depois disponibilizar esse programa narede e TV local e na internet. Na internet programa poderá ser colocado a disposição em um siteinterativo para que a população interaja e tire dúvidas. Este tipo de abordagem levará as informações para todos de uma maneiramuito cômoda, rápida e precisa, já que estes não precisarão se deslocar até umaunidade de saúde para ter acesso, redimindo assim o problema de faltaorientações.5.8 Trabalhando a produtividade pessoal Segundo a pesquisa na questão numero oito 38,05% ainda acreditam queos funcionários precisam de mais treinamento, devemos levar em conta que59,91% acreditam que eles já possuem treinamento, pode se focar naprodutividade pessoal. Encontra-se na obra “Employeeship” de Claus Mǿller, maneiras paramaximizar o desempenho pessoal dos colaboradores da empresa.
  10. 10. 10 No caso do presente artigo trata-se de funcionários públicos comestabilidade regida por estatuto, o trabalho propõe melhorias no desempenho dosfuncionários trabalhando a produtividade pessoal. Produtividade pessoal significa que o funcionário tem, individualmente, metas pessoais e as atinge da melhor maneira possível. A produtividade pessoal é um pré-requisito para a produtividade do departamento e da empresa. (MǾLLER, 1996, P.88) Segundo Mǿller todos os funcionários devem assumir responsabilidadespela produtividade do departamento, já que a grande maioria dos entrevistados vêfuncionários treinados e com bom conhecimento, cabe a gestão da secretaria desaúde focar na produtividade pessoal. Existe um principio em especial que deve ser conhecido e aplicado paratodos aqueles que desejam se tornar mais produtivos e eficazes, o principio dosresultados. O principio dos resultados de Mǿller, trata de três coisas que devem serfeitas para atingirem-se as metas, são elas: A - Defina as metas pessoais, você somente poderá atingir suas metas se estas lhe forem absolutamente claras. Devem-se fixar prioridades, os funcionários têm de ser lembrados sempre das suas metas, para ter uma maior produtividade B - Determine suas tarefas, para atingir suas metas, você precisa determinar quais tarefas executar, o funcionário deve ter uma base de decisão, organizando as tarefas de maneira lógica, para assim maximizar a força de trabalho. C - Gaste seu tempo com estas tarefas, para criar resultados, é necessário formar uma ligação, construir uma ponte, entre as suas metas e o uso de seu tempo. (Mǿller, 1996, P. 89) Organizando-se melhor os colaboradores conseguiram transmitir melhor oconhecimento que possuem para a população, com um planejamento correto serámais fácil se organizar em relação ao tempo, maximizando os resultados.
  11. 11. 11 Treinando os funcionários nestes princípios, eles estarão mais organizadose conseguirão repassar melhor as informações que recebem da secretaria,evitando assim falhas na comunicação.5.9 Conhecimentos teóricos Os funcionários precisam de técnicas de comunicação como feedback,alem de co-responsabilidade em equipe, discussão dos ruídos presentes dacomunicação e formas de superação . Fazendo aumentar a produtividade pessoal,agilizar ações e melhorar processos de planejamento, organização, execução econtrole, através da adequada comunicação do profissional da saúde com apopulação.5.10 Como trabalhar a motivação Segundo os dados apurados, 61,54% dos entrevistados dizem que amotivação dos funcionários é ótima ou boa. Sabe-se que se deve manter sempreum alto índice de motivação então o artigo propõe melhorias da motivação comousar algumas teorias que vem a seguir. Antes da revolução industrial, a principal maneira de motivar consistia no uso de punição, criando, dessa forma, um ambiente generalizado de medo. Com a revolução industrial investimentos cada vez mais pesados foram feitos com o objetivo de aumento da eficiência dos processos industriais que, por sua vez, passaram a exigir maiores e mais recompensadores retornos. (BERGAMINI, 1997 P.19) Para os adeptos da escola das relações humanas, os objetivosmotivacionais a serem perseguidos em situação de trabalho orientavam aspessoas para se sentirem úteis e importantes. Deve-se trabalhar a motivação nos órgãos públicos desta maneira, parafazer com que os colaboradores sintam-se importantes para a administração
  12. 12. 12municipal, além disso, é necessário satisfazer ao desejo natural dos trabalhadoresde se considerarem parte integrante de um grupo social. Evitando transtornoscausados pelos próprios gestores, que dão mais importância para aquelesfuncionários próximos a eles, em vez de dar importância igual a todos,desmotivando assim todo o restante da equipe. Treinar os gestores em técnicasde motivação seria de grande valia, tendo em vista a deficiência de alguns nestaárea. Fazer com que o gestor aprenda a reconhecer os talentos que possui emsua equipe, agir assim ajudará a descobrir pessoas que além de capacitadas parao trabalho possuem um diferencial. O papel desempenhado pelos gestores municipais deveria deixar clara asua preocupação e simpatia para com os problemas, e as necessidades dossubordinados. Pode-se também tomar como base para motivar as equipes, a teoria dahierarquia das necessidades humanas de Maslow, satisfazer as necessidades doscolaboradores de acordo com a pirâmide da motivação dessa teoria, como mostraa figura a seguir. (MASLOW, 1943)
  13. 13. 13 Necessidades básicas ou fisiológicas constituem as necessidades desobrevivência das pessoas. Necessidades de segurança, é a busca de proteçãocontra ameaças. As necessidades sociais incluem a participação e a aceitaçãopelos companheiros de trabalho, troca de amizade afeto e etc. Necessidade deestima ou status, é a busca por prestigio, respeito, consideração, inclui nessaparte as recompensas financeiras, as necessidades de auto-realização são asmais difíceis de serem supridas, pois cada pessoa tem necessidades de auto-realização diferentes, dependendo das expectativas de cada um, estes devemusar seu próprio potencial para se realizarem. Segundo a teoria, suprindo as necessidades, a secretaria conseguirámanter as equipes motivadas e até melhorar este índice, o que é bom para todos,tendo em vista que funcionários motivados trabalham mais e melhor.6.0 Conclusão Neste trabalho foram apresentados os problemas ocasionados por falhasna comunicação entre os funcionários da Secretaria da Saúde e a população dePedreira. Foi apresentado também falhas na motivação dos funcionários, e erroscausados por falta de conhecimento e despreparo de gestores. O artigo buscoudentre várias teorias as que melhor supririam esses equívocos, foram trabalhadasvárias técnicas desde o acesso a informações até a motivação dos funcionários,foi proposto também treinar os gestores para que estes trabalhem a motivação deseus subalternos. Ficou claro no artigo que os erros não partem apenas dosfuncionários, mas sim de toda a gestão de saúde, e por culpa de umacomunicação falha e ultrapassada. É esperada com o estudo uma redução dosíndices de insatisfação da população, um melhor clima organizacional dentro dasecretaria e também funcionários mais motivados para o trabalho, tudo isso serápossível se seguidas às orientações deste artigo.
  14. 14. 149.0 ReferênciasBERGAMINI, Motivação nas organizações, Cecília Whitaker Bergamini, editoraAtlas, 1997, 4ª edição.BEKIN, Endomarketing - como praticá-lo com sucesso – Saul faingaus bekinKOTLER, Administração de marketing, Philip Kotler e Kevin Lane Keller, 12ªedição, editora PearsonMASLOW, Abraham h. Maslow no Gerenciamento. Traduzido por Eliana Casquilho. Riode Janeiro: Qualitymark, 2001.MǾLLER, Employeeship, como maximizar o desempenho pessoal eorganizacional, Claus Mǿller, editora Afiliada, 1996, tradução Nivaldo MontingelliJr.Manual Brasileiro de Acreditação Hospitalar, 3.ª Edição – assegurando oenfoque sistêmico e a avaliação global da organizaçãoPIMENTA, Comunicação Empresarial, Maria Alzira Pimenta, editora Alínea,2004, 4ª ediçãohttp://www.fundacaofia.com.br/profuturo/cursos/comunicSaude 29/10/2011 ás23h35min.http://dicasdevendas.wordpress.com/2008/11/17/piramide-de-maslow 31/10/2011ás 10h00min.HTTP://ellkras .org/cartao-do-sus-pela-internet-online-como-fazer-o-cartão-do-sus.http://www.pedreira.sp.gov.br/ 31/10/2011 às 14h10minHtttp://portal.saude.gov.br/portalarquivos/pdf/doc_base.pdf 02/11/2011 às14h30min.HTTP://tudo nahora.uol.com.br/noticia/Maceio/2011/03/18/133847/não-sistema-de-consulta-pro 02/11/2011 às 18h15min.
  15. 15. 158.0 Anexos8.1 Questionário da pesquisaQuestionário de avaliação de serviços e comunicaçãoIdade ____Escolaridade:( ) Analfabeto( ) Apenas assina( ) Ens. Básico( ) Ens. Fundamental( ) Ens. Médio( ) Ens. SuperiorSexo: ( ) Masculino ( ) FemininoRenda:( ) 1 Salário min.( ) 2 à 3 Salários( ) Mais de 3 Salários1-Você conhece e tem acesso aos programas de atendimento que a secretaria desaúde oferece a população?( )Sim ( )Não ( )Pouco2-Quais as maiores dificuldades que você enfrenta para ter acesso aoatendimento? (Pode-se marcar mais de uma alternativa)
  16. 16. 16( ) Burocracia( ) Desinteresse do usuário( ) Filas( ) Falta de informação( ) Outros _____________3-Você tem acesso às propagandas realizadas pela secretaria?( )Sim ( ) Não ( ) Pouco4- Quais propagandas você viu nos últimos 6 meses? (Pode-se marcar mais deuma alternativa)( ) Combate a Dengue( ) Programas de Prevenção a DST( ) Campanha de vacinação ( ) Saúde da Mulher( ) Saúde do idoso( ) Planejamento familiar( ) Saúde da criança( ) Programa de Hipertensão e Diabetes( ) Medicamentos disponíveis( ) Saúde Bucal( ) Saúde da família( ) Outros ____________5- Qual o seu conceito sobre o atendimento oferecido nas unidades de saúde?( ) Ótimo ( ) Bom ( ) Regular ( ) Ruim6- Em quais meios de comunicação você teve acesso às campanhas da secretariade saúde? (Pode-se marcar mais de uma alternativa)
  17. 17. 17( ) Rádio( ) TV( ) Jornais( ) Internet( ) Revistas( ) Panfletos( ) Na própria secretária( ) Agentes de saúde( ) Outros _______________7-Você recebe freqüentemente informações que lhe ajudam a cuidar melhor dasua saúde?( ) Sim ( )Não ( ) Pouco8-Em sua opinião os funcionários estão devidamente treinados e/ou recebem asinformações da secretaria para repassar corretamente a população?( ) Sim ( )Não ( ) Pouco9- Como você avalia os conhecimentos dos profissionais dessa secretaria desaúde?( ) Ótimo ( ) Bom ( ) Regular ( ) Ruim10- Em sua opinião os funcionários da secretaria de saúde, sentem-se motivados(Felizes) para o trabalho?( ) Sim ( ) Não ( )Pouco
  18. 18. 188.2 Quadro percentual dos resultadosQuestão 01: Questão 06:Sim - 144 = 58,30 % Rádio – 32 = 1,96%Não - 43 = 17,41% TV – 161 = 65,18%Pouco - 58 = 23,48% Jornais – 22 = 8,91%Não opinaram - 2 = 0,81% Internet – 11 = 4,45% Revistas – 10 = 4,05% Panfletos – 106 = 42,91 % Na própria secretária – 19 = 7,69% Agentes de saúde – 165 = 66,80% Outros – 1 = 0,40%Questão 02: Questão 07:Burocracia - 104 = 42,11% Sim – 141 = 57,09%Desinteresse - 17 = 6,88% Não – 40 = 16,19%Filas - 125 = 50,61% Pouco – 59 = 23,89%Falta de informação - 52 = 21,05% Não opinaram – 7 = 2,83%Outros - 28 = 11,34Questão 03: Questão 08:Sim - 96 = 38,87% Sim – 148 = 29,91%Não - 72 = 29,15 % Não – 38 = 15,38%Pouco - 74 = 29,96 % Pouco – 56 = 22,67%Não opinaram - 5 = 2,02 % Não opinaram – 5 = 2,02%Questão 04: Questão 09:Combate a Dengue – 212 = 85,83% Ótimo – 29 = 11,74%Programas de Prev. a DST – 55 = 22,27% Bom – 123 = 49,80%Campanha de vacinação – 206 = 83,40% Regular – 79 = 31,98%Saúde da Mulher – 59 = 23,89% Ruim – 8 = 3,24%Saúde do idoso - 73 = 29,75% Não opinaram – 5 = 2,02%Planejamento familiar – 50 = 20,24 %Saúde da criança – 49 = 19,84%Programa de Hiperdia – 120 = 48,58%
  19. 19. 19Medicamentos disponíveis – 73 = 29,55%Saúde Bucal – 36 = 14,57%Saúde da família – 106 = 42,91%Outros – 1 = 0,40%Questão 05: Questão 10:Ótimo – 32 = 12,96% Sim – 81 = 32,79%Bom – 119 = 48,18% Não – 66 = 26,72%Regular – 70 = 28,34 % Pouco – 91 = 36,84%Ruim – 21 = 8,50 % Não opinaram – 9 = 3,64%Não opinaram – 5 = 2,02%

×