Jornal do Meio Ambiente - Amparo 2012

2,457 views

Published on

0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
2,457
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
260
Actions
Shares
0
Downloads
16
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Jornal do Meio Ambiente - Amparo 2012

  1. 1. Amparo - Junho de 2012 Página 3 Importância da água para a humanidade nome de conceito marginal. Propriedades da água nos organismos vivos A água possui muitas propriedades incomuns que são críticas para a vida: é um bem solvente e possui alta tensão superficial (0,07198 N m-1 a 25ºC). A água pura tem sua maior densidade em 3,984ºC: 999,972 kg/m³ e tem valores de densidade menor ao se esfriar e ao se aquecer. Como uma molécula polar estável na atmosfera, desempenha um papel importante como absorvente da radiação infravermelha, crucial no efeito estufa da atmosfera. A água também possui um calor específico peculiarmente alto (75,327 J mol-1 K-1 a 25 ºC), que desempenha um grande papel na regulação do clima global. A água dissolve vários tipos de substâncias polares e iónicas, como vários sais e açúcar, e facilita sua interação química, que ajuda metabolismos complexos. Apesar disso, algumas substâncias não se misturam bem com a água, incluindo óleos e outras substâncias hidrofóbicas. Membranas A água é o constituinte mais característico necessita de água. Neste caso,a água é tão celulares, compostas de lipídios e proteínas,da Terra. Ingrediente essencial da vida, a água importante que este individuo deixa qualquer levam vantagem destas propriedades paraé talvez o recurso mais precioso da Terra. riqueza que possua e passa a querer a água controlar as interações entre seus conteúdos Ilustrando esta essencialidade da água: antes de qualquer outra coisa”. e químicos externos. Isto é facilitado pela“Um certo indivíduo está em um deserto e Este é chamado pelos economistas pelo tensão da superfície da água. Água: segurança e saúde para toda humanidade A água da torneira pode ser controláveis. organismos de pouco ou nenhum conheci-contaminada por substâncias químicas ou Para além disso, é mais difícil mento público podemmicroorganismos prejudiciais à saúde pública, conseguir água engarrafada do que água da crescer em altoscom excessos de cloro e de flúor ou outros torneira. níveis. O imprevi-poluentes despejados nos afluentes dos rios. Isto deve-se simplesmente ao fato sível é saber se is-Mesmo substâncias indispensáveis podem de água engarrafada ser aquecida a so acontecerá emaparecer em excesso e ser muito prejudiciais temperaturas mais altas do que a água que é águas engarrafadasem altas dosagens. normalmente distribuída nos sistemas de ou em águas da tor- No entanto, certos fatores e tubulação. neira, pois, teorica-parâmetros podem ser mais facilmente É, portanto, verdade que micro- mente, ambas po- dem ser contamináveis. Problemas contemporâneos da água * DESFLORESTAMENTO DAS Onde a terra está nua, a tendência da MATAS CILIARES água é escorrer para o leito dos rios, com pouco processo de infiltração. Há uma íntima correlação entre Além disso, a cobertura vegetal dascobertura vegetal, armazenamento de água margens dos rios – as matas ciliares – protegenos lençóis subterrâneos e a preservação dos os leitos do assoreamento provocado pormananciais de superfície. materiais sólidos carreados pelas enxurradas. Onde há cobertura vegetal, a água das Portanto, o processo contínuo de desflo-chuvas tende a infiltrarem-se mais nos solos, restamento, além disso influi diretamente naelevando o nível dos lençóis subterrâneos. disponibilidade.
  2. 2. 4 Página Amparo - Junho de 2012 Catanese sugere palestras sobre queimadas e o impacto sócio ambiental AS QUEIMADAS E A SUSTENTABILIDADE AGRÍCOLA * Inclusãodo governo municipal nano plano dos menos favorecidos construção da casa própria (dando O uso do fogo na agricultura é altamente pernicioso à terra, pois provoca a desertificação (como prioridade às associações de ocorreu no Nordeste brasileiro) pelas alterações moradores) na zona rural, para que climáticas. A conseqüência da destruição da cobertura possam também olhar o florestal nativa e a falta de proteção para as nascentes meio ambiente e mananciais ocasionam alteração irreversível no ciclo das chuvas. As queimadas da palha da cana-de-açúcar provocam vários impactos ambientais negativos que * ambiental e de zoneamentoterritório Programa econômico do sócio- afetam a sustentabilidade da própria agricultura. No da zona rural de amparo e região solo, o fogo altera as suas composições químicas, produtivo, com participação popular físicas e biológicas, prejudicando a ciclagem dos nutri- entes e causando a sua volatilização. As queimadas provocam um uso maior de * Programa demunicipaisàde meio de sistemas incentivo criação agrotóxicos e herbicidas para o controle de pragas e ambiente dos territórios No Brasil, desde o início da colonização, as de plantas invasoras, sendo que esta prática agravaqueimadas foram utilizadas para a preparação deáreas para o plantio da cana-de-açúcar, sendo o fogo ainda mais a questão ambiental. Outros temas ligados ao Meio Ambiente * Programaagro-florestal sistema de fomento aoateado para a destruição de campos e florestas. também foram sugeridos na semana ambiental, como O inconseqüente uso do fogo para as práticasagropastoris e para a abertura de locais de habitação a questão do biodiesel. Para o vereador Catanese, a importância e a * Programa de divulgação do turismo com ampla fomento ao ecoturismo,humana sempre foi a realidade do Brasil, desde seu relevância do tema deverá ser alvo de debates nas rural, turismo ecológicodescobrimento, sendo que até hoje se faz sentir os escolas e no Município de Amparo, já que ocorremefeitos dessa prática que, aliás, continua vigente. impactos na flora, fauna e sociais. * Programa de incentivo à agricultura campesina, consistindo em projetosPontos ecológicos para bairros de Amparo de banco de sementes crioulas, apicultura e hortas comunitárias, O vereador Rogério Catanese sugeriu garantindo desenvolvimentopontos ecológicos para os bairros Parques econômico, social e ambientalModelo e São Dimas. O objetivo é aconscientização por parte da população para * Programa departir de espécies quede madeira, a fomento à produçãoprocurar os pontos para o descarte correto. não provoquem impacto ambiental Dois pontos principais ao meio ambiente, garantindo o selo Evitar jogar o lixo em qualquer lugar, ambiental de qualidadecomo terrenos, rios ou córregos. Facilitar a coleta seletiva de descartáveis A ideia do Vereador também é realizar a * Programa de revitalização da bacia hidrográfica do Rio Camanducaia consistindo em projetos deefetivação do Ponto Ecológico. Outra ideia de recomposição das matas ciliares,Catanese é utilizar as próprias instalações do gerenciamento de resíduos sólidos,Poder Público Municipal. tratamento dos esgotos e educação O Jardim Camanducaia, Brasil, Distrito Ecológicos seriam implantados no Santa Maria ambientalde Arcadas e Três Pontes seriam atendidos do Amparo, Vale Verde e Chácara São João.pela efetivação dos Pontos Ecológicos.Aproveitando-se outras áreas, os Pontos Esta ideia foi enviada ao Prefeito no ano de 2009. * Criar um mudas nativas para de programa de distribuição reflorestamento de nascentes, rios e áreas degradadas pelo carvão, combatendo assim o plantio de eucaliptos que consomem, distribuição de mudas da mata nativa para que sejam entregues a população rural e urbana; Capacitação dos produtores para a * organização da produção com realização de cursos na área do meio ambiente, todos na zona rural, cidade e bairros
  3. 3. Amparo - Junho de 2012 Página 5 Consumo de água engarrafada e os impactos ambientais * É consumida uma média de pelo receio que a maior parte da rios e lagos. cheio de aterros sanitário e, como15 litros de água engarrafada por população tem em consumir água as garrafas de plástico se decom-pessoa, anualmente. da torneira, pois a água engarrafa- Embalagens de plástico põe a velocidade muito baixas, * Os europeus são os principais da custa muito mais caro do que o O plástico é feito a partir do pe- permanecerão nos aterros porconsumidores de água engar- consumo da água da torneira. tróleo e do gás natural, dois recur- largas centenas de anos.rafada, sendo que bebem me- · O mercado de água engar- sos não renováveis. Para além dis-tade da água engarrafada de rafada no mundo representa so, são usadas mais de 1,5 mi- Transportetodo o mundo, tendo uma um volume de 89 bi- lhões de toneladas de plástico só Um quarto da água engarrafadamédia de 85 litros por pes- lhões de litros e está para fabricar garrafas de água. Os em todo o mundo é consumidasoa num ano. estimado em um valor processos usados para fazer plás- fora do país de origem. Assim, * Os mercados de água de 25 bilhões de tico podem causar graves proble- emissões de dióxido de carbono,engarrafada mais promis- euros. mas de poluição que afetarão a provocando o efeito de estufa,sores são a Ásia e Ocea- * 75% do merca- saúde humana e o ambiente, se fazem com que existam mudançasnia, que tiveram um cresci- do é dominado por deixados sem regulamentação. climáticas globais. Ainda assim,mento anual de 15% no pe- produtores e em- A maioria das garrafas de plásti- cerca de 75% da água produzidaríodo de 1999-2001. presas locais. co não são recicladas e, conse- é consumida à escala regional, li- Por estes motivos, pode * Mais de me- quentemente, vão para aterros mitando estes emissões de gasesafirmar-se que o consumo de tade (59%) da sanitários. O mundo está assim poluentes.água engarrafada está a cres- água engarrafa-cer em todo o mundo, pelo me-nos nos últimos trinta anos. da bebida no mundo é água Quais as atitudes que devemosAtualmente, é considerado comosendo o setor mais dinâmico e um purificada, os res- tantes (41%) consomem tomar para despoluir um rio?dos mais lucrativos de toda a in- água de mina ou mineral.dústria de alimentos e bebidas, · Enquanto que a água engar-pois o consumo deste tipo de água rafada se origina em fontes pro-aumenta cerca de 12% em cada tegidas, como por exemplo aquí-ano. feros no subsolo e nascentes, a Este aumento só se justifica água de torneira vem sobretudo de Um litro de esgoto lançado em umrio deixa centenas de litros de água impróprios para consumo das indústrias e até mesmo da sociedade, que durante anos não respeitaram as legislações am- Muitas são as atitudes que podemos adotar para despoluir um bientais, por desconhecimento ou rio. Uma dessas atitudes é quando se faz frituras em casa, as pessoas mesmo pela constante busca do jogam o resto de óleo na pia ou algumas pessoas ainda jogam este lucro fácil, resultando na diminuição óleo no ralo. de investimentos no tratamento de Este é um dos maiores erros que podemos cometer. seus resíduos. Para evitar este erro. E também poder contribuir para a Através da lei 9.433/97 o uso e despoluição de nossos rios o melhor que se tem a fazer é colocar os a poluição da água começarão a óleos utilizados numa daquelas garrafas de plástico (por exemplo, as ser cobrados com a intenção de garrafas pet de refrigerantes), fechá-las e colocá-las no lixo normal (ou Esse tipo de poluição é respon- reduzir o consumo e punir quem seja, o orgânico).sável por 5 milhões de mortes por não se preocupa com a sustenta- Todo lixo orgânico que colocamos nos sacos vai para um localano, causadas por doenças como bilidade de nossos recursos hídri- onde são abertos e triados.a cólera e a disenteria. cos, mas é preciso que a popula- Assim, as nossas garrafinhas são abertas e vazadas no local A degradação de nossos ção participe deste processo, tanto adequado, em vez de irem juntamente com os esgotos para uma ETErecursos hídricos também está na fiscalização, como com denún- (Estação de Tratamento de Esgoto).diretamente ligada com os cias e mesmo com a mudança de Outra atitude que podemos tomar para despoluir um rio, é a dedesmatamentos, causados pela seus próprios hábitos, ou não con- conscientizarmos as pessoas a evitarem jogar lixos nos rios.mineração e pela urbanização. seguiremos reverter estas tristes Podemos ainda a ensinar as pessoas a preservarem as margensIsso tudo é resultado da ir- estatísticas que podem nos levar a dos rios não desmatando a mata ciliar, assim evitaremos oresponsabilidade dos governos, uma catástrofe irreversível. assoreamento dos rios evitando que estes morrem.
  4. 4. Página 6 Amparo - Junho de 2012 Catanese pede mais agilidade para realização de palestras aos jovens na área do Meio Ambiente A pesquisa deixa claro, inclusive no Brasil, que * Indicação sobre Plantas para de Viveiros de a implantação os estudantes estão Recuperação de Mata Ciliar com preocupados e plantas nativas ou para projetos de conscientizados de que é arborização urbana do município. preciso agir (ponto positivo), entretanto não evidenciam condições plenas de assumir *de pelo menos, sobreda área total de PL que dispõe 15% a destinação, seu papel na ação desejada. O estudo infere, entre outros novos parcelamentos do solo ao uso pontos, que os estudantes de áreas verdes públicas. A falam muito sobre temas importância de se reservar áreas ligados à área ambiental, destinadas a conservar o verde e ao mas parecem saber pouco a mesmo tempo proporcionar lazer respeito do assunto. aos munícipes torna-se um Em virtude destes imperativo. aspectos, criou-se em 2003 Apenas 37% dos alunos brasileiros com 15anos de idade apresentam um nível mínimo de o núcleo de estudos em percepção ambiental. Como decorrência da análise deste banco de *de beneficio tributário,ana forma de PL que dispõe sobre concessão dados, em 2006 o NEPA propôs a criação do Enade desconto no Imposto Predial e conhecimento ambiental, o que resulta em Ambiental 2 (não compulsório, de iniciativa das Territorial Urbano — IPTU, aos desvantagem para lidar com os desafios próprias instituições de ensino superior). Objetivo: ambientais presentes e futuros. proprietários que adotarem a identificar e quantificar as lacunas do conhecimento Será que essa “lacuna de conhecimento” ambiental de estudantes ingressantes e concluintes, utilização de aquecimento de água ainda pode ser reparada? por energia solar. A energia solar é de modo a propiciar aos gestores educacionais e Se agregarmos a este cenário os resultados públicos informações capazes de balizar a definição abundante e renovável e não poluido estudo desenvolvido pela Organização para a de ações preventivas e corretivas que assegurem o ambiente.Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE, um nível mínimo de conhecimento ambiental aos Não precisa de turbinas e2006), que mostra que apenas 37% dos alunos futuros gestores ao ingressar no mercado de geradores para a produção dabrasileiros com 15 anos de idade – a pesquisa foi trabalho. energia elétrica e os coletoresrealizada em 57 países de diferentes regiões – Por tal razão, entendo que a Prefeitura solares utilizados para seuapresentam um nível mínimo de conhecimento Municipal, aproveitando o momento positivo em que armazenamento têm baixo custo.ambiental, ficando acima somente de países como os jovens e a própria sociedade procura conhecerCatar, Quirquistão e Azerbaijão, vemos que os jovens mais o meio ambiente, estude urgentemente PL que dispõe sobre a instalaçãodo Brasil não possuem a consciência mínimanecessária para lidar com os desafios ambientais. implantar a educação ambiental, bem como as palestras com temas atuais. *de dispositivos economizadores de energia em novos prédios públicos. A importância de utilizar a Projeto Teatral para idéias voltadas ao energia de maneira racional é fundamental não só para redução meio ambiente “VIVO DO LIXO” de gastos desnecessários como também para conservação e Catanese elaborou projeto teatral melhoria do meio ambiente,“VIVO DO LIXO” aonde os alunos irão criar evitando desperdício.uma representação teatral utilizandoelementos visuais como expressãocorporal, músicas, cenários, figurinos, * PL origem legalsobre a obrigatoriedade da que dispõe de toda a madeira a serportanto não havendo a necessidade de utilizada em construções civis notestos, falas e diálogos. município. A madeira ilegal é Deve haver uma ênfase maior á extraída clandestinamente de áreaslinguagem não verbal. intactas de floresta, promove a O objetivo é conscientizar sobre a evasão fiscal e a geração dedegradação do homem perante o meio empregos de baixa qualidade,ambiente. casos de trabalho escravo e de Para o vereador, os materiais violência contra trabalhadoresnecessários devem ser confeccionados rurais. Entendo que existe aem papel e materiais alternativos, como o necessidade de conscientizarpapel, cartolina, tecidos, caixas de papelão, sobre o uso da madeira ilegal.mesas e cadeiras para confecção docenário.
  5. 5. Amparo - Junho de 2012 Página 7 Catanese indica coleta seletiva nas escolas municipais e institui programa contínuo para recolhimento de reciclados Através de indicação o vereador Rogério projetos ambientais da escola. Com isso, * Cisternaspara as famílias de água de chuva para captação carentesCatanese sugeriu à Municipalidade que institua teremos o aumento da vida útil do aterroa coleta seletiva nas escolas municipais einclua um programa contínuo para sanitário através da redução do volume de lixo. Além disso, o programa pode ser estendido a * Revisão da lei orgânica dosno caso do (que compõe o território) municípiosrecolhimento de reciclados. É possível iniciar todas as instituições municipais, órgãos, meio ambiente, com idéiasos programas de reciclagem já nos primeiros escolas, postos de saúde, etc. protetivasanos escolares, eis que a educação ambientaldeve ser iniciada logo nas primeiras séries. Disse ainda que o envolvimento dos alunos da rede municipal de ensino na coleta seletiva * Ações educativas que visam à revitalização da mata do Rio Segundo o Vereador o programa de coleta de papeis, metais, vidros e plásticos a serem Camanducaia Estudo cientifico da flora e da faunaseletiva nas escolas é uma ação educativa quevisa investir na consciência ambiental dos destinados para uma organização local (cooperativa, associação, etc.), além de * para a devida preservação oualunos, transformando-os em agentes aumentar a vida útil do aterro sanitário e gerar recuperaçãomultiplicadores. emprego e renda, desenvolve a consciência e Criação APAS em todas as encostas Os materiais recicláveis podem ser o comprometimento com a questão ambiental * e nascentes onde as leis referendavendidos e o lucro pode ser utilizado nos e exercita a cidadania. Presidente da Câmara Municipal de Amparo solicita * distribuição paraviveiro de mudas e Construção de todos que queiram plantar em suas casas e na própria documentos junto a REPLAN de Paulínia rua, e parques Criação de áreas de preservação * ambiental no território, criação da mata municipal Política de apoio e incentivo a * apicultura; desenvolvimento de políticas de apoio e incentivo à apicultura * Fazer cumprir a lei que obriga a disciplina de educação ambiental em todas as escolas Foi encaminhado pelo presidente da Câ- Segundo informações obtidas, esta re-mara Municipal de Amparo, Rogério Catanese, presa, segundo Catanese, trará sérias conse- * Cumprir a lei que torna obrigatório a disciplina, educação ambiental nasofício solicitando toda documentação referente qüências ao município, aos pecuaristas e aos escolasà construção de uma represa em Amparo. O moradores das zonas rurais e do distrito já que Projeto águas limpas, revitalização eofício foi endereçado ao gerente de meioambiente, Mauro José Lauro, representante da envolve grande extensão de terras e outras questões. * preservação da hidrografia do Rio CamanducaiaREPLAN, localizada na cidade de Paulínia, “Todos os vereadores deverão analisar Retirada do lixo dos mananciais,Estado de São Paulo. O presidente, através da Casa de Leis, a documentação o mais rápido possível, evi- tando assim providências cabíveis ao Minis- * reflorestamento no município desolicita cópia da documentação, cuja constru- tério Público”, disse Catanese. Amparo das encostas da margem doção está a ser realizada no bairro da Dobrada, A administração pública também rece- Rio Camanducaialocalizada no Distrito de Arcadas no município beu ofício para avisar a câmara sobre qualquerde Amparo. reunião a respeito da construção da represa. * revitalização ambiental central para Cooperativa do lixo dos municípios que fazem parte do município deCatanese solicita melhorias no jardim das Aves Amparo, e mais ajuda a cooperativa união é força O vereador Catanese encaminhou ofício ao Secretário Municipal de Manutenção e Focalizar a educação ambiental paraServiços, José Alexandre Terin, solicitando providências ao jardim das Aves.Catanese pede ao secretário a retirada de entulhos e lixo jogados no final da rua Francisco * problemas e conflitos ambientais e potencialidades de acordo com asFranco de Moraes nas proximidades do Clube Peraltas, bem como se possível, duas placas realidades de cada localidadeindicativas com os seguintes dizeres, “proibido jogar qualquer tipo de lixo”. Promover o desenvolvimento ruralCatanese pede a notificação do proprietário de um terreno localizado antes da Caixa d’água doSAAE (Serviço Autônomo de Água e Esgoto), onde se encontra lixo. * e florestal, valorizando as Neste ofício, pede a limpeza do córrego especialmente no trecho da rua Tangará. Uma manifestações culturais e religiosassenhora, residente na mesma rua precisamente no número 276, quer saber se existe a das comunidades locaispossibilidade da troca do banco que se encontra com encosto quebrado.
  6. 6. Página 8 Amparo - Junho de 2012 Estudo da ONU mostra Brasil no topo do ranking de produção per capita de lixo eletrônico vindo de computadores O Brasil tem a maior produção per capita Mas a logística reversa (o fabricante ou co- Chumbo, mercúrio e cádmio estão associa-de lixo eletrônico vindo de computadores entre merciante receberem de volta o que venderam) dos à intoxicação de humanos e animais,11 países emergentes e em desenvolvimento ainda não é prevista em lei a não ser nos casos segundo o especialista, e as crianças são asselecionados para um estudo conduzido pelo das pilhas. Com a aprovação da Política Nacio- principais vítimas.Pnuma (Programa das Nações Unidas para o nal de Resíduos Sólidos -projeto em andamento O cádmio, explica Capitani, está relaciona-Meio Ambiente). A pesquisa da agência da ONU no Congresso-, a logística reversa deverá se do a alterações renais.foi divulgada no final de fevereiro pela tornar obrigatória. Apesar disso, ele explica que a quantidadeorganização. Nesta edição, saiba como descartar correta- dos elementos tóxicos encontrada em cada Com o número de 0,5 quilo de lixo per capi- mente seus eletrônicos e conheça as doenças aparelho é pequena, mas, quando vários dis-ta por ano, o país está em piores condições que podem ser causadas pelo descaso com o positivos são armazenados em más condições,que o Quênia, Uganda, Senegal, Peru, Índia, e-lixo. as substâncias podem se concentrar e migrarChina, África do Sul, Marrocos, Colômbia e para o solo ou para o lençol freático.México. 96,8 mil Uma exceção são as baterias automotivas, Além do índice, a ONU criticou a toneladas por ano que têm grande quantidade de chumbo. (AD)legislação brasileira: “Informações é a produção total, nosobre lixo no Brasil são escassas; Brasil, de lixo eletrô- País vai gerar mais e-lixo, diz especialistaem termos de políticas e legis- nico proveniente delação, a falta de uma lei abrangente computadores de REAÇÕES: Governo, fabricantes ede gestão de resíduos pode ser mesa e seus mo- ambientalistas analisam a posição do paísvista como o maior obstáculo para nitores e note- no ranking da ONU; metodologia sofreuma regulação específica do lixo books. críticaseletrônico no Brasil.” Restos de Governo, fabricantes e especialistas Quantidades PCs podem reagiram ao estudo que coloca o Brasil na provocar doenças primeira colocação, entre países emergentes Os valores foram calculados pelo e em desenvolvimento, no topo da produçãoPnuma com base em avaliações sobre Os eletrônicos po- per capita de lixo eletrônico proveniente delixo eletrônico de cada país, mas alguns dem conter até 60 dife- computadores.dados foram estimados. Foi avaliado o rentes elementos. Alguns “É uma aferição econômica com a qualmercado de PCs (incluindo computadores são valiosos, alguns são concordamos. O Brasil será um grande geradorde mesa com seus monitores e notebooks), perigosos e outros reúnem de resíduos nos próximos anos”, afirma Casemiroimpressoras, celulares, televisões e as duas características, se- Tércio Carvalho, coordenador de planejamentorefrigeradores. gundo o relatório de e-lixo do Pnuma, programa ambiental da Secretaria do Meio Ambiente de São Dados de 2005 citados pelo estudo da ONU da ONU. Paulo. Carvalho credita a posição do Brasil àmostram que o país gera 96,8 mil toneladas Grande parte disso é perdido em esforços ampliação da inclusão digital no país e ao aumentopor ano de lixo oriundo de PCs, 17,2 mil tonela- de coleta insuficientes, reciclagem inapropriada do poder aquisitivo das classes C, D e E.das por ano de restos de impressoras, 2.200 ou com a exportação ilegal de lixo. Nesse pro- João Carlos Redondo, gerente detoneladas por ano de descartes de celulares, cesso, diz o estudo da ONU, grandes emis- sustentabilidade da Itautec, diz, “Não dá para137 mil toneladas por ano de lixo vindo de TVs sões de substâncias perigosas são liberadas. negar que a tecnologia vem barateando e quee 115,1 mil toneladas por ano de restos de refri- E isso pode afetar a sua vida diretamente. há um aumento no acesso. Esse dado da ONUgeradores. “Com relação ao lixo mais comum (como tem um pouco a ver com o nosso perfil recente celulares, TVs e baterias), o risco de contami- de consumo”. Contaminação nação é, principalmente, por meio do solo, dos Já a comparação feita entre os países para esgotos e do lençol freático, o que acaba conta- a produção do relatório é questionada por Os resíduos de lixo eletrônico, quando não minando a água potável, a água de irrigação Angela Cassia Rodrigues, doutoranda de Saúdedescartados corretamente, acabam por conta- de plantações e os alimentos plantados nesse Pública da Faculdade de Saúde Pública daminar solo e lençóis freáticos, já que aparelhos solo”, explica Eduardo Mello De Capitani, do USP (Universidade de São Paulo).eletrônicos trazem mais de 60 tipos diferentes Centro de Controle de Intoxicações da Unicamp “No caso do Brasil, devido a ausência dede substâncias. (Universidade Estadual de Campinas). dados históricos de vendas, foi utilizada Entre elas, muitas são tóxicas. informação da base de PCs instalada, No Brasil, a questão se agrava por não haver Substâncias tóxicas entretanto, não existe no relatório fontes deregulamentação específica para o assunto. referência dessa informação.” aponta.Para minorar o problema, diversas organiza- As principais substâncias tóxicas existentes Segundo ela, a estimativa para os outrosções recebem doações de computadores e al- nesse tipo de lixo são elementos químicos co- países foi realizada com base nos dados degumas empresas providenciam o descarte ou mo o chumbo, o mercúrio, o cádmio, o níquelreciclagem de produtos usados. e o berílio, segundo Capitani. Continua na página 9
  7. 7. Amparo - Junho de 2012 Página 9 Estudo da ONU mostra Brasil no topo do ranking de produção per capita de lixo INDICAÇÃO Nº 156/2009: Sugere o eletrônico vindo de computadores desenvolvimento de projetos (novos cur- sos) na área de educação, voltados a reali- Continuação da página 9 dade de cada bairro. Entendemos que tal política de ensino terá papel importante noprodutos colocados no mercado, portanto a futuro do jovem aprendiz ou na preparaçãocomparação ficou “arriscada e prejudicada” do trabalhador que buscará sempre aporque os métodos de estimativa foram melhoria nas condições de trabalho e ca-diferentes.O representante da Itautec pacitação. Nossa sugestão é capacitar,questiona a metodologia do estudo. “Não é preparando o jovem trabalhador, o jovemadequado criticar a iniciativa da ONU em gerar aprendiz que busca um lugar no mercadoesse tipo de relatório, mas a forma como ele de trabalho. A criação de dará no Jardimfoi feito, a metodologia utilizada. Uma boa parte Camanducaia, São Dimas, Modelo entredisso é inferência, não é baseada em dados outros importantes bairros de Amparo.precisos”, diz. Sobre a falta de dados no estudo INDICAÇÃO Nº 193/2009: Sugere asobre o Brasil, o representante da Secretaria criação de um Centro de Reaproveitamosdo Meio Ambiente de São Paulo diz que ainda de Resíduos Causadores de Impactos Am-não existe nada para mensurar a produção de bientais. Entendemos que podemos criarlixo. conselhos que podem atuar nessa área ou Estudos e legislação parte interna de muitos aparelhos, segundo a desenvolver projetos na área específica, “O que estamos fazendo em São Paulo é ONU, têm composição mais complexa. objetivando controlar áreas ou reaproveitarum estudo para dimensionar o quanto cada um Projeto regulamenta descarte materiais, possíveis causadores de impac-gera de resíduos. Queremos uma tabela com o Depois de 19 anos, a Câmara dos Depu- tos ambientais. Idéias que visam reapro-quanto daquilo é plástico, orgânico, tados aprovou a Política Nacional de Resíduos veitar materiais causadores de impactoseletroeletrônico ou lâmpada.” Sólidos, que regulamenta o descarte do lixo no ambientais. Desenvolver idéias para rea- Carvalho adiantou que, nas próximas Brasil. Quanto aos eletrônicos, ela tem como proveitar materiais que estão espalhados e podem ser reutilizados. Informar à socie-semanas, deve ser publicada em São Paulo principal ponto estabelecer a logística reversa dade e aos jovens do perigo ao meio am-uma resolução determinando que centros de dos equipamentos. Com isso, fica estabelecida biente e da necessidade de reaproveitarvenda tenham pontos de retorno voluntário de a responsabilidade de quem produz, importa, certos materiais que se jogados no meioresíduos. “Os eletroeletrônicos têm que entrar distribui ou vende os aparelhos de recolher os ambiente causam prejuízos e impactona logística reversa (política pela qual produtos e seus resíduos, após o uso, para ambiental.fabricantes e distribuidores se tornam reaproveitamento ou destinação apropriada. Oresponsáveis pelos resíduos de seus produtos). texto ainda precisa ser aprovado pelo Senado INDICAÇÃO Nº 199/2009: Solicita aSe o cliente quiser deixar o produto, o distribuidor e sancionado pelo presidente da República. elaboração de um inventário ambiental pa-deve receber.” Arnaldo Jardim (PPS-SP), presidente do ra o município de Amparo e após, ações Para o professor Fernando S. Meirelles, grupo de trabalho responsável pela proposta, para recuperação do passivo ambiental emda FGV (Fundação Getúlio Vargas), a questão diz que dois setores produtores de resíduos decorrência das ações de degradação do ser humano. O Poder Legislativo tem feitodo lixo eletrônico no Brasil não é foram citados explicitamente na lei, por conta o possível para garantir a implantação denecessariamente um problema de governo. “É do seu potencial de impacto no ambiente: o de projetos voltados ao meio ambiente. Con-um fator cultural. O mercado de reciclados ainda lâmpadas e o de lixo eletrônico (aparelhos tamos com o apoio do Poder Executivo.é muito incipiente e não há coletores eletrônicos como celulares e computadores). Também contamos com apoio e a luta desuficientes.” A responsabilidade específica de nossos pares para que possamos de fato 40 mi - de toneladas por ano; essa é a fabricantes e lojas, bem como as multas, devem implantar projetos nessa área.taxa de crescimento anual de lixo no mundo, ser determinadas por uma resolução dosegundo estimativas da ONU; a taxa da União Conama (Conselho Nacional de Meio Ambiente). INDICAÇÃO Nº 200/2009: Solicita a ga-Europeia está entre 8,3 milhões e 9,1 milhões Matéria publicada no Jornal Folha de rantia, participação e o controle social nas 60 - tipos de elemento podem estar São Paulo em 24 de março de 2010 ações ambientais que porventura venha Colaboração AMANDA DEMETRIO e implantar no município de Amparo. As va-contidos em eletrônicos; os circuitos impressos, BRUNO ROMANI riações climáticas, as fortes chuvas, en- chentes, tudo tem a ver com meio ambiente Criamos uma resolução que defende o meio e sua degradação. A participação da popu- lação é essencial. A população do município ambiente, referida lei prevê um programa de deve sempre participar de atos que envol- preservação do Meio Ambiente, prevendo vam o meio ambiente. A conscientização deve começar em casa, depois na escola, apurar denúncias de possíveis crimes complementando-se através de cursos e ambientais. da própria municipalidade.
  8. 8. Página 10 Amparo - Junho de 2012 Coleta seletiva ou recolha selectiva A Coleta seletiva ou Recolha Implantando a coleta seletivaselectiva é o termo utilizado para orecolhimento dos materiais que são A coleta seletiva e a reciclagempassíveis de serem reciclados, pre- de resíduos são soluções desejá-viamente separados na fonte gera- veis, por permitirem a redução dodora. Dentre estes materiais reciclá- volume de lixo para disposiçãoveis podemos citar os diversos tipos final.de papéis, plásticos, metais e vidros. O fundamento da coleta seleti- A separação na fonte evita a con- va é a separação, pela população,taminação dos materiais reaprovei- dos materiais recicláveis (papéis,táveis, aumentando o valor agregado vidros, plásticos e metais) do res-destes e diminuindo os custos de tante do lixo.reciclagem. A implantação da coleta seletiva Para iniciar um processo de cole- pode começar com uma experiên-ta seletiva é preciso avaliar, quan- cia-piloto, que vai sendo ampliadatitativamente e qualitativamente, o aos poucos. O primeiro passo é aperfil dos resíduos sólidos gerados realização de uma campanha in-em determinado município ou locali- rios. Felizmente a maior parte dos nº 275, de 19 de junho de 2001. formativa junto à população, con-dade, a fim de estruturar melhor o mesmos podem ser destinados ao vencendo-a da importância da reci-processo de coleta. reaproveitamento, quer seja recicla- As soluções convencionais clagem e orientando-a para que gem ou outros tipos de reaproveita- separe o lixo em recipientes para Separando o lixo mento. A coleta seletiva, ou recolha Os aterros sanitários são cada tipo de material. seletiva, tem como objectivo a sepa- grandes terrenos onde o lixo é de- É aconselhável distribuir à po- O lixo deteriorável (biodegradável), ração dos resíduos urbanos pelas positado, comprimido e depois pulação, ao menos inicialmente,composto pelos restos de carne, suas propriedades e pelo destino que espalhado por tratores em cama- recipientes adequados à separa-vegetais, frutas, etc, é separado do lhes pode ser dado, com o intuito de das separadas por terra. As exten- ção e ao armazenamento dos resí-lixo restante, podendo ter como des- tornar mais fácil e eficiente a sua sas áreas que ocupam, bem como duos recicláveis nas residênciastino os aterros sanitários ou entrarem recuperação. Assim pretende-se re- os problemas ambientais que po- (normalmente sacos de papel ounum sistema de valorização de solver os problemas de acumulação dem ser causados pelo seu mane- plástico).residuos. de lixo nos centros urbanos, e rein- jo inadequado, tornam problemá- A instalação de postos de entre- A reciclagem se tornou uma ação tegrar os mesmos no ciclo industrial, tica a localização dos aterros ga voluntária (PEV) em locais es-importante na vida moderna pois o que trás vantagens ambientais e sanitários nos centros urbanos tratégicos, melhora a operação dahouve um aumento do consumismo econômicas. Os pontos onde são de- maiores, apesar de serem a coleta seletiva em locais públicos.e uma diminuição do tempo médio positados para a recolha são denomi- alternativa mais econômica a curto A mobilização da sociedade, a par-de vida da maior parte dos acessórios nados de lixões, ou ecopontos. Estes prazo. tir das campanhas, pode estimularque se tornaram indispensáveis no podem oferecer vários tipos de cole- Os incineradores, indicados iniciativas em conjuntos habitacio-dia a dia trouxeram um grave proble- tores, de acordo com as especifici- sobretudo para materiais de alto nais, shopping centers e edifíciosma qual o destino a dar quando per- dades dos residuos da zona e das risco, podem ser utilizados para a comerciais e públicos.dem utilidade? No inicio,o os resíduos respostas de tratamento existentes queima de outros resíduos, redu- Deve-se buscar elaborar umresultantes da atividade humana, ti- pela entidade que procede ao seu zindo seu volume. As cinzas ocu- plano de coleta, definindo equipa-nham como destino as lixeiras ou en- encaminhamento para os centros de pam menos espaço nos aterros e mentos e periodicidade de coletatão aterros sanitários, contudo, com valorização. reduz-se o risco de poluição do dos resíduos. A regularidade e efi-o aumento exponencial da quantidade solo. Entretanto, podem liberar ga- cácia no recolhimento dos mate-de resíduos e da evolução tecnológi- Cores padronizadas ses nocivos à saúde, e seu alto riais são importantes para que aca, aliados ao interesse económico das latas de lixo custo os torna inacessíveis para a população tenha confiança e sede busca de mais matérias primas maioria dos municípios. disponha a participar. Não vale ade baixo custo, o vulgarmente Azul: Papel/Papelão, Amarelo: As usinas de compostagem pena iniciar um processo de coletadesignado lixo, começa a perder o Metal, Verde: Vidro, Vermelho: transformam os resíduos orgâni- seletiva se há o risco de interrom-caráter pejorativo do nome e começa Plástico, Marrom:Orgânico, La- cos presentes no lixo em adubo, pê-lo, pois a perda de credibilidadeeser considerado como um resíduo, ranja:Resíduos perigosos, Preto: reduzindo o volume destinado aos dificulta a retomada.passível de ser reaproveitado. Com Madeira, Cinza:Resíduos gerais aterros. É difícil cobrir o alto custo Finalmente, é necessária a ins-as tecnologias atuais, apenas uma não recicláveis ou misturados, ou do processo com a receita au- talação de um centro de triagemínfima parte dos resíduos urbanos, contaminado não passível de ferida pela venda do produto. Além para a limpeza e separação dosnão são passiveis de reaproveita- separação, Roxo - Resíduos radi- disso, não se resolve o problema resíduos e o acondicionamento pa-mento, sendo direcionados para oativos, Branco - Resíduos ambu- de destinação dos resíduos inor- ra a venda do material a ser reciclaunidades de eliminação dos mes- latoriais e de serviço de saúde. gânicos, cuja possibilidade de de-mos, normalmente os aterros sanitá- Conforme Resolução CONAMA puração natural é menor. Continua na página 11
  9. 9. Amparo - junho de 2012 Página 11 Continuação da página 10do. Também é possível implantar programasespeciais para reciclagem de entulho (resíduosda construção civil). Principais formas de coleta seletiva * Porta a Porta – Veículos coletorespercorrem as residências em dias e horários,específicos, que não coincidam com a coletanormal de lixo. Os moradores colocam osrecicláveis nas calçadas, acondicionados emcontêineres distintos; * PEV (Postos de Entrega Voluntária)- Utiliza contêineres ou pequenos depósitos,colocados em pontos físicos no município,onde o cidadão, espontaneamente, deposita osrecicláveis; envolvimento que reduzam os gastos públicos sistema são o meio ambiente e a saúde da * Postos de Troca – Troca do material é um desafio para as prefeituras. Tais parcerias população. A reciclagem de papéis, vidros,a ser reciclado por algum bem. podem ocorrer através do fornecimento de plásticos e metais - que representam em torno * PICs - Outra modalidade de coleta é a cartilhas, folhetos e sacos para o recolhimento de 40% do lixo doméstico - reduz a utilizaçãoPICs, Programa Interno de Coleta Seletiva, que do lixo, da colocação de postos de entrega, da dos aterros sanitários, prolongando sua vidaé realizado em instituições públicas e privadas, organização da coleta seletiva no interior de útil.em parceria com associações de catadores. edifícios e instalações comerciais, da compra Se o programa de reciclagem contar,Em Natal, capital do Rio Grande do Norte, o de materiais reciclados ou mesmo da também, com uma usina de compostagem, osPICs é realizado em diversas empresas, fruto instalação de indústrias de reciclagem ou benefícios são ainda maiores. Além disso, ado trabalho da Companhia de Serviços processamento primário, mesmo que de reciclagem implica uma redução significativaUrbanos de Natal (URBANA), que realiza pequeno porte. Parcerias com entidades da dos níveis de poluição ambiental e dotrabalhos de educação ambiental com crianças sociedade civil, através de campanhas de desperdício de recursos naturais, através dae adolescentes esclarecimento, instalação de postos de economia de energia e matérias-primas. entrega, organização e realização da coleta e Recursos separação dos materiais, ampliam o alcance Econômicos das ações e reduzem custos. Consórcios O custo de operação do projeto varia em intermunicipais possibilitam economias de A coleta seletiva e reciclagem do lixofunção do município, sendo considerado baixo doméstico apresenta, normalmente, um custo escala, com ações conjuntas entre prefeituras.um custo de US$ 150 por tonelada de resíduo mais elevado do que os métodos Tão importante quanto o investimento, é o papelcoletado. A receita auferida com a venda do convencionais. Iniciativas comunitárias ou do governo municipal como articulador junto àmaterial é, em média US$ 45 por tonelada de empresariais, entretanto, podem reduzir a zero sociedade e outros governos. A coleta seletivaplástico, US$ 502 para alumínio, US$ 30 para os custos da prefeitura e mesmo produzir criou condições técnicas para a implantação devidro, US$ 100 para papel de primeira e US$ benefícios para as entidades ou empresas. De uma usina de compostagem na cidade, pois boa48 para aparas de papel. qualquer forma, é importante notar que o parte do material inorgânico (metais, vidros, etc.) Os custos de transporte são os maiores objetivo da coleta seletiva não é gerar recursos, já é separado, reduzindo os custos de operaçãolimitantes da coleta seletiva. Distâncias mas reduzir o volume de lixo, gerando ganhos da usina. A instalação da usina de reciclagemsuperiores a 100 km, entre a fonte dos resíduos ambientais. É um investimento no meio de Vitória-ES, Brasil, em 1990, em um antigoe a indústria de reciclagem, tendem a tornar o ambiente e na qualidade de vida. Não cabe, “lixão”, evitou enormes prejuízos ambientais eprocesso deficitário. O processamento primário portanto, uma avaliação baseada unicamente reuniu trabalhadores que viviam em condiçõesdos materiais (através de equipamentos como na equação financeira dos gastos da prefeitura sub-humanas, explorados pelas “máfias doprensas e trituradores) aumenta seu valor e com o lixo, que despreze os futuros ganhos lixo”, controladas por aparistas e sucateiros,atenua o problema. Para a coleta, a prefeitura ambientais, sociais e econômicos da dando-lhes melhores condições de trabalho epode colocar caminhões com caçamba e coletividade. remuneração. Da avaliação dessas experiên-pessoal à disposição ou contratar os serviços. A curto prazo, a reciclagem permite a cias, pode-se dizer que a participação da popu-Uma campanha informativa pode custar à aplicação dos recursos obtidos com a venda lação é a principal condição para o sucessoprefeitura apenas a impressão dos folhetos e da coleta seletiva. dos materiais em benefícios sociais ecartilhas. A prefeitura deve dispor de uma área melhorias de infra-estrutura na comunidadepara o centro de triagem. A iniciativa privada Resultados Ambientais que participa do programa. Também pode geraratua na reciclagem apenas nas atividades mais empregos e integrar na economia formallucrativas; procurar novas formas para seu Os maiores beneficiados por esse trabalhadores antes marginalizados.Visite o site do Vereador: www.rogeriocatanese.com.br e acompanhe-o no
  10. 10. Página 12 Amparo - Junho de 2012 Projeto de lei nº 08/2010 - Lixo Eletroeletrônico Este projeto de autoria do Vereador Catane-se dispõe sobre a destinação final dos produtoseletroeletrônicos de uso doméstico, industrial, INDICAÇÃO Nº 201/2009: Solicita ampliarcomercial ou no setor de serviços que estejam e fortalecer a fiscalização ambiental no rioem desuso Camanducaia, ribeirinhos, lagos, proibindo Os produtos e os componentes eletroeletrô- outras atividades no meio ambiente quenicos considerados lixo tecnológico, devem possam prejudicá-lo. O Rio Camanducaiareceber destinação final adequada para que não é um bem imensurável para o municípioprovoque danos ou impactos negativos ao meio de Amparo. Devemos sim, honrar todas asambiente e à sociedade. preocupações e cuidados para mantê-lo sempre despoluído e habitável aos peixes A responsabilidade desta destinação final é e outros seres vivos. A fiscalizaçãosolidária entre as empresas que produzam, co- ambiental é dever do município através demercializem ou importem produtos e compo- própria Prefeitura.nentes eletroeletrônicos. INDICAÇÃO Nº 202/2009: Solicita divulgar Para os efeitos desta lei, consideram-se lixo os benefícios da energia solar, inclusivetecnológico os aparelhos eletrodomésticos e criando conjuntos habitacionais com coletoresos equipamentos e componentes eletrônicos cos, devem receber um destino final adequado, de energia. Algumas cidades do interiorde uso doméstico, industrial, comercial ou no para que não provoque danos ou impactos ne- paulista têm investido nessa áreasetor de serviços que estejam em desuso e gativos ao meio ambiente e à sociedade. O economizando até 50 % das despesas comsujeitos à disposição final, tais como: compo- recolhimento se dará por empresas devida- conta de luz. A própria usina localizada perto da Bocaina poderia ser revitalizada comnentes e periféricos de computadores; moni- mente registradas e capacitadas para esse fim. coletores de energia solar, transferidos aostores e televisores; acumuladores de energia Bem, a situação em referencia ao problema loteamentos Planalto da Serra e adjacências(baterias e pilhas); produtos magnetizados. enfocado, é alarmante e o Poder Público, Legis- quando fossem ser regularizados. O Conjunto Segundo o vereador em sua justificativa, os lativo e Executivo, precisa urgentemente criar Habitacional que ali será construído, quandolixos tecnológicos são os aparelhos eletrodo- mecanismos que visem solucionar o problema de sua futura regularização, poderia recebermésticos, equipamentos e componentes do lixo eletrônico. energia solar. A energia alternativa, oseletroeletrônicos de uso doméstico, industrial, Nosso objetivo é criar uma política pública combustíveis, o bio-diesel, entre outros,comercial e serviços, que estejam em desuso, que determine regras e procedimentos obriga- devem ser a saída futura, alternativa aocomo componentes e periféricos de compu- tórios, sob pena de pagarmos um alto preço petróleo e a energia elétrica.tadores, monitores e televisores e produtos diante da omissão no controle do lixo INDICAÇÃO Nº 210/2009: Solicita estudosmagnetizados. Com a aprovação do projeto, tecnológico, que ainda hoje, não tem política concretos para recuperação das matas ciliares, bem como sua preservação noos produtos e os componentes eletroeletrôni- pública voltada para o meio ambiente. âmbito municipal. Desconhecemos a política ambiental do município para o meio Implantação de Ecoponto no Município de Amparo ambiente. A implantação desse projeto tem por objetivo proteger as áreas de matas de Urbanismo, e dependendo do do município. Nosso objetivo é proteger o volume pode ser feita até duas vezes meio ambiente e as matas ciliares, criando por semana. e objetivando a proteção delas, evitando Depois, todo o material é levado a derrubadas das matas e queimadas. para o Centro de Triagem onde é feito INDICAÇÃO: Sugere a elaboração de o processo de reciclagem. projeto de lei plantando uma esperança ao meio ambiente Catanese pede a O óleo recolhido é levado para o elaboração de um projeto de lei interativo “Programa Biodiesel Urbano” que é com a comunidade, objetivando replantar uma parceria entre a Prefeitura de em todo o Rio Camanducaia, consistente Indaiatuba e o Serviço Autônomo de em trocar todo e qualquer material eletro- Água e Esgotos (SAAE). eletrônico por uma muda de árvore que O biodiesel é usado na frota de seria plantada ao longo do Rio caminhões e máquinas da Prefeitura. Camanducaia, trazendo benefícios Através de indicação Catanese sugeriu a Atualmente são 138 veículos inegáveis ao meio ambiente a longo eimplantação do Ecoponto em Amparo. abastecidos com este combustível. médio prazo a toda população. A O projeto tem o objetivo de recolher materiais A iniciativa da cidade de Indaiatuba interatividade comunidade órgãos municipais é nosso maior objetivo, já querecicláveis e conscientizar a população a respeito da é um exemplo que pode ser seguido tão somente a entrega das mudas seriacoleta seletiva. A renda obtida com a reciclagem será por Amparo, já que já que é uma idéia importante, porém a espontaneidade darevertida para o Funssol (Fundo Social de Solidarie- de grande sucesso e um grande entrega e devolução seria essencial e adade). A coleta seletiva está sendo ampliada e solicita- compromisso da população com o plantação das mudas acerca ao longo dose à população para separar e levar o óleo, vidro, metal, meio ambiente, envolvendo toda a rio ou das áreas de APP. O benefício é muitopapel e plástico nos 17 Ecopontos espalhados pela comunidade no assunto que é muito significativo a toda a comunidade.cidade. A coleta será feita semanalmente pela Secretaria importante para todos nós.
  11. 11. Amparo - Junho de 2012 Página 13Catanese sugere criação de projetos que visa o meio ambiente * Palestra sobre o uso de agrotóxicos e alternativas a produção rural * Num país com alto índice de agrotóxicos, Catanese pediu a elaboração da Cartilha Ambiental para ser entregue nas escolas (essa cartilha falará do lixo eletrônico, da coleta seletiva, etc.). * Catanese solicitou por diversas vezes a canalização do córrego que passa pela rua Monsenhor Pedro dos Santos, Manoel Heitor e Marechal Bitencourt, objetivando sanar o problema que é frequente nestes locais. Aliás, sem a canalização dos córregos, não teremos a meta de 100% de esgoto tratado para a cidade de Amparo. * Solicitou também a limpeza do córrego A criação de projetos evitará enchentes como esta da rua Cabo João dos Santos, o chamado O vereador e presidente da Câmara Municipal vereador. Córrego Vermelho, pois a sujeira é grandede Amparo Rogério Catanese está sugerindo através Quando o cidadão não atua na defesa do meio no local. Neste córrego que é extenso eda indicação nº 134/2009, ao chefe do executivo ambiente, a educação pode contribuir de forma eficaz percorre a rua Cabo João dos Santos, é(prefeito), elaboração de projetos para o meio para o ensino do bem. outro local que precisa de muita atençãoambiente.Catanese pede a criação de programas Seria essencial a implantação de leitura bemde educação ambiental em todas as escolas como desenvolvimento de projetos que visem por parte da Municipalidade.municipais sugerindo programas como; “Soluções esclarecer os jovens e adolescentes, o porquê elespara o tratamento do lixo”, “Projeto Mundo Limpo” devem cuidar do meio ambiente. * O vereador Catanese solicitou a criaçãoou programas de educação ambiental em todas as Alguns exemplos a seguir são reais como, do “Adubo Municipal” através da criação deescolas municipais. “Assim, as crianças os transbordamentos de rios e as enchentes no Cooperativa que vise a utilização do resíduoaprenderiam e ajudariam a reciclar o lixo”, disse o Amazonas, São Paulo, Santa Catarina, entre outros. da poda de árvores e do mato. Com o recolhimento das folhas das árvores eMeio Ambiente é luta constante do presidente demais plantas colhidas numa limpeza de jardim, a criação do adubo ecológico é da Câmara Municipal de Amparo viável e poderia ser mais uma ideia de sustentabilidade para o meio ambiente. Atuante em defesa do meio ambiente, overeador e presidente da Câmara Municipal deAmparo Rogério Catanese, tem trabalhado * Catanese também pede a elaboração daconstantemente em nossa cidade pela melhoria da Cartilha Ambiental que fale sobre oágua, nascentes, fontes, reciclagem, etc. problema da falta que faz a canalização dos Através de projetos de leis, indicações, córregos em nosso Município.requerimentos e ofícios Catanese cobra daadministração pública melhorias a esse respeito. * Caminhada ambiental de crianças eEm contato com deputados estaduais, federais e jovens em defesa do meio ambiente,senadores, cobra nas esferas estadual e federal. incluindo a Terceira Idade. O vereador sugeriu junto à administração aSemana da Redação Ambiental para o Distrito deTrês Pontes, campanhas periódicas com fins * Ciclos de filmes e palestras ambientaiseducativos de conscientização para manter a cidade sobre o meio ambiente e seu Municípiolimpa, coleta diferencial de resíduos orgânicos paracompostagem no município, elaboração de cartilha * Em 2005, o vereador Catanese solicitoude arborização urbana, comemoração do meio de cartilha com ensinamentos sobre biogás, a prática esportiva no Orquidário, intitulandoambiente, implantação da educação ambiental, programas que visa a redução de ligações Saúde, Família e Meio Ambiente.recolhimento de embalagens tipo aerosol, debates clandestinas, disque meio ambiente para apuraçãosobre a reciclagem de lixo, “adoção” de nascentes de denúncias, criação do dia do escoteiro, * Palestra motivacional para depressão napor escolas municipais, ajuda aos recicladores do campanhas educativas para recolhimento de Terceira Idade com assuntos ligados aoGrupo União e Força, placas indicativas de “Proibido entulhos, limpeza de calçadas sem uso de água, meio ambiente.jogar lixo”, equipamentos alternativos para lixeiras para coletas seletivas no município, criaçãotratamentos de efluentes em áreas rurais, criação da Guarda Ambiental ou Florestal, entre outros.

×