Entrevista Revista Mundo PM com Ricardo Vargas.
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Entrevista Revista Mundo PM com Ricardo Vargas.

on

  • 1,922 views

Entrevista da Revista Mundo PM Edição 38 com Ricardo Vargas. Perspectivas, futuro e trabalho por projetos foram os principais pontos da entrevista.

Entrevista da Revista Mundo PM Edição 38 com Ricardo Vargas. Perspectivas, futuro e trabalho por projetos foram os principais pontos da entrevista.

Statistics

Views

Total Views
1,922
Views on SlideShare
1,901
Embed Views
21

Actions

Likes
1
Downloads
27
Comments
0

3 Embeds 21

http://www.linkedin.com 16
https://www.linkedin.com 4
http://www.slideshare.net 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

CC Attribution-NonCommercial-NoDerivs LicenseCC Attribution-NonCommercial-NoDerivs LicenseCC Attribution-NonCommercial-NoDerivs License

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Entrevista Revista Mundo PM com Ricardo Vargas. Entrevista Revista Mundo PM com Ricardo Vargas. Document Transcript

  • RevistaMundoPM Project ManagementRevista MundoPM Project Management ano 7 nº 38 r$ 25,00 abr/mai 2011 As Novas Ciências em Estimando o Desconhecido - Medindo Gerenciamento de Riscos em o progresso do projeto considerando Projetos – Dr. David Hancock a resolução das incertezas Ed Fern e Mojtaba Zarei-Kesheh Ano 7 |7Nº 37 | 38 abril/maio 2011 O Problema ano nº fevereiro – março 2011 das Médias Um erro comUm nas estimativas em projetos Sam Savage, PhD Prof. Stanford University Entrevista Ricardo Vargas - Perspectivas sobre o mercado PM +MaisProjeto • Programa • PortfólioProjeto•Programa•Portfólio Criando uma Cultura Projetizada - Paul Dinsmore Por que é importante evoluir em GP - Darci Prado Gestão de Portfólio de Projetos no Setor Público • Industrialização do PMO • Selecionando Fornecedores de ERP - Como avaliar os critérios técnicos e preços • A Comunicação Eficaz na Gestão de Risco com Visão Sistêmica • Case Ferramentas Gerais - Implantando a nota fiscal eletrônica • Seção Especialista Responde: integrando projeto a cadeia suprimentos • Seção Falando de Projetos: a finalidade de uma EAP
  • entrevista Perspectivas sobre o mercado PM RICARDO VARGAS, DA MACROSOLUTIONS, FALA SOBRE SUA TRAJETóRIA PECULIAR NA áREA DE CONSULTORIA DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS. COM SUA EMPRESA “DE UM HOMEM Só”, ELE ATENDE A GIGANTES CORPORAçõES, VIAJA QUASE TODA SEMANA PARA FORA DO PAíS E MINISTRA WORKSHOPS CONCORRIDOS MUNDIALMENTE. EM ENTREVISTA EXCLUSIVA, O ESPECIALISTA DISCORRE SOBRE AS MUDANçAS DOS MOLDES DE TRABALHO ATUAIS E SUAS APLICAçõES EM UMA SOCIEDADE DA INFORMAçãO Já CONTROLADA PELAS REDES SOCIAIS. ALÉM DISSO, FALA DA IMPORTâNCIA DO PLANEJAMENTO E DA GESTãO DE RISCOS NO AMBIENTE EMPRESARIAL E DE COMO CONSEGUIU SE TORNAR REFERêNCIA GLOBAL NA áREA. Ricardo Viana Vargas, 38, é especialis- fissionais do ramo mais requisitados do sidade Federal de Minas Gerais (UFMG) ta em gerenciamento de projetos, riscos e mundo, ele administra um portfólio de in- e formação em Estratégia e Inovação pelo portfólio. Com 15 anos de atuação no mer- vestimentos superior a US$ 18 bilhões em Massachussets Institute of Technology cado, é autor de dez livros na área, que já todo o planeta. Em 2009, foi o primeiro (MIT), Ricardo Vargas traz toda sua baga- venderam mais de 250 mil cópias. Através latino-americano eleito Chairman do Pro- gem para ministrar o workshop PMDome, de sua empresa, a Macrosolutions, sediada ject Management Institute, maior associa- premiado mundialmente pelo PMI como em Belo Horizonte, Minas Gerais, o con- ção do mundo em gerenciamento de pro- a melhor solução do mundo para o ensi- sultor de projetos é referência mundial. jetos. Engenheiro Químico, com mestrado no de gerenciamento de projetos, que será Pioneiro na América Latina e um dos pro- em Engenharia de Produção pela Univer- realizado no dia 14 de abril, em São Paulo.28 Mundo Project Management abril/maio 2011 mundopm.com.br
  • perspectiva sobre o mercaDo pm | EnTREviSTAMundoPM: Quando se tornou um con- Rv: Podemos dizer que sim. Presto serviços MPM:Suaatuação,emboratenhaal-sultordeprojetos,emborasuaforma- para qualquer tipo de projeto. Já atuei para re- canceinternacional,nãoenvolvepar-çãosejadeengenheiroquímico? finarias, hidrelétricas, bancos, eventos, cons- cerias ou uma equipe direta. PorqueRicardo vargas: Como a engenharia química trução, dentre muitos outros. Um exemplo vocêfezquestãodecitarnominalmen-e a engenharia de produção em si lidam dire- seria a reconstrução do Japão, após o recente teseusparceirosnoPMDome?tamente com projetos, sempre notei grande Tsunami, que deve e tem que ser pensada Rv: Simplesmente pelo fato do Finocchiointeração com a área de gerenciamento de como um projeto. Também trabalhamos com e do Danúbio serem brilhantes. Inclusive,projetos. Mas, de fato, tudo começou quando, esse tipo de consultoria e apoio. A essência da a ideia inicial de tudo veio de uma “malu-há cerca de 20 anos, fui convidado pela Mi- “coisa”, por assim dizer, é planejar antes para quice” didática do Finocchio. E maluquicecrosoft para estudar e me capacitar para dar ter resultados e pensar antes de executar, com que dá certo é coisa de gente brilhante mes-suporte técnico ao Microsoft Project, um pro- implantação rápida. Esses fatores podem ser, mo. Ele inclusive vai ministrar comigo oduto pouco conhecido no mercado brasileiro. inclusive, aplicados em uma situação de tra- workshop PMDome, em São Paulo.Naquela época, o gerenciamento de projetos gédia, como ocorreu no país asiático. MPM: Qual a expectativa para oera ainda parte de um mercado embrionário, MPM:OqueéoPMDome? workshopemSãoPaulo,emabril?mas, hoje, é algo consolidado. Não podemos Rv: De modo geral, o PMDome é um trei- Rv: Realizamos este treinamento em 2007,falar mais em moda, mas sim em tendência. namento no formato oficina que aborda de 2008 e, agora, o retomamos em 2011. AMPM:Sendoassim,comoesteserviço maneira prática os principais processos do expectativa é das melhores possíveis, prin-seconsolidounomercado? PMBOK®. O principal objetivo é motivar as cipalmente porque o público é muito dire-Rv: Com a mudança na forma de se encarar pessoas a entenderem a importância do pla- cionado. São cerca de 120 pessoas extrema-o trabalho, que está cada vez mais focado na nejamento. Além disso, a oficina traz resul- mente focadas e interessadas em adquirirexecução e no gerenciamento dos projetos, a tados práticos, ao ensinar a “fazer fazendo” a experiência prática de planejar e executarrotina passa a ter menos espaço na atividade e não apenas escutando, como funciona a um gerenciamento de projetos com todas ashumana. A cada ano, com aplicabilidade au- maioria dos modelos de treinamento. Oti- limitações, riscos e desafios de um trabalhomentada, este modelo se torna mais natural mizar resultados e reduzir prazos são duas ágil em equipe.nos processos das empresas, principalmente das principais metas, por exemplo. MPM:Comofunciona?pela velocidade de informação e a necessidade MPM: Um dos principais destaques dode excelência, em um mercado cada vez mais workshop foi resultado da originali- Rv: Os participantes são divididos em equi-dinâmico e mutante. Por isso, o crescimento dade. Como manter esse diferencial? pes e desafiados a competirem entre si. Adesta profissão no mundo já é realidade. equipe vencedora será aquela que demons- Quaissãoosdiferenciais? trar os mais altos padrões de desempenhoMPM:Falandoemsociedadedainfor- Rv: A originalidade está na forma com a qual no gerenciamento de projetos. O workshopmação,comoenxergaasferramentas construímos o workshop, com forte emba- foi criado para gerentes que querem domi-digitaiseredessociaisnestemeio? samento teórico. Parceiros, como José Finoc- nar os principais processos de gerenciamen-Rv: Fundamentais. As redes sociais rompe- chio Jr. e Danúbio Borba, também especia- to, mas que não se satisfazem com uma ex-ram barreiras e tornaram a comunicação listas em gerenciamento de projetos, foram posição teórica.mais democrática, rápida e direta. E isso fundamentais no desenvolvimento das téc- nicas e na “cara” do evento. Quando se tem MPM:Comoéserreconhecidocomorepercute diretamente na área de projetos. uma proposta original, ela é insubstituível e único latino-americano que chegouNa teia virtual, o maior benefício é poder se única. Esse é o grande diferencial. aopostomaisaltodoProjectManage-comunicar diretamente com o público-alvo mentInstitute?e com todos ao mesmo tempo, de forma rápi- MPM: Como o grande segredo do su-da, algo que tenho usado cada vez mais atra- Rv: Acredito que tudo é fruto de dedicação cessodoPMDomeéfrutodaoriginali-vés do Twitter e Facebook, por exemplo. Meus imensa, que gera resultados múltiplos dade,comoevitaroplágio?podcasts acumularam cerca de meio milhão para todos envolvidos. Considero-me a Rv: Infelizmente, existe plágio, mas não nos pessoa mais feliz do mundo por amar ode ouvintes desde quando foram criados. Eu incomoda por um simples motivo: quem co- que eu faço. O que deve servir de base parautilizo essa mídia razoavelmente nova para pia só copia porque não tem capacidade de o jovem, a partir de minha experiência, étransmitir a todos os interessados, de forma criar. E o cliente sabe disso. É igual comprar que ele não coloque o dinheiro à frente dosgratuita, opiniões, valores, tendências e técni- uma bolsa de luxo falsificada. Aparentemen- resultados e conquistas do trabalho, poiscas provenientes da minha própria experiên- te parece a mesma coisa, mas não é. No fi- a satisfação financeira vira algo crescentecia, que transfiro para quem se interessar. nal das contas, isso acaba por nos estimular quando se está em algo em que se acredita.MPM: Quando falamos em consul- a produzir conhecimento e ter novas ideias Sempre apostei com coragem em fazer atoria de projetos, a abrangência é permanentemente, o que é extremamente diferença e creio que, dentre outros fato-“infinita”? gratificante. res, este foi um fundamental. MPM Mundo Project Management abril/maio 2011 mundopm.com.br 29