Trabalho de biologia

3,632 views

Published on

Published in: Technology, Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
3,632
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
103
Actions
Shares
0
Downloads
15
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Trabalho de biologia

  1. 1. Trabalho de biologia <br />Professor: Roberto Henrique Bagatini Estudantes: Dionathan, João Pedro Birck e Gabriel Santin<br />
  2. 2. Deuterostômio<br /> Em grego significa: deuteros= posterior e stoma= boca. Dentro desta classificação estão compreendidos vários filos que compartilham de diversos aspectos embrionários semelhantes, como a forma da clivagem, a forma de suas larvas, o desenvolvimento do celoma e, também, pelas aberturas embrionárias que originarão a boca e o ânus.<br />
  3. 3. Os filos que estão compreendidos dentro dessa classificação são:<br /> Filo Cordados, que compreende os vertebrados, anfioxos e tunicados;<br /> Filo Equinodermo, que compreende a estrela-do-mar, ouriço-do-mar e pepino-do-mar;<br /> Filo Hemichordata, que compreende os balanoglossos e pteurobrânquios;<br /> Filo Xenoturbellida, que compreende duas espécies vermiformes do Mar Báltico<br />
  4. 4. Filo dos Cordados<br /> Do latim Chordata, compreende um grande grupo de animais que, em alguma fase da vida compartilham características morfológicas (como a notocorda) que indicam a existência de um ancestral comum. São triblásticos (possuem os três folhetos germinativos), deuterostômios (o blastóporo dá origem ao ânus) e celomados.<br />
  5. 5. As características que os distinguem dos demais animais são as seguintes:<br />Notocorda: é uma estrutura de sustentação, de posição dorsal e longitudinal, localizado entre o tubo neural e o tubo digestório, correspondente a um bastonete maciço e flexível. É a primeira estrutura de sustentação de um cordado. Ocorre em toso os cordados em alguma fase da vida, podendo persistir na fase adulta, como nos protocordados, exceto nos tunicados. Nos animais que ela não persiste, é substituída pela coluna vertebral.<br />
  6. 6. Fendas branquiais na faringe<br /> São estruturas embrionárias, podendo permanecer na fase adulta, e até desaparecer na fase embrionária. Nos cordados aquáticos elas persistem na fase adulta e têm função respiratória. Nos cordados terrestres elas desaparecem para que da faringe possa surgir a traquéia, estrutura respiratória destes animais.<br />
  7. 7. Sistema nervoso dorsal<br /> Como o nome já diz, o tubo nervoso ocupa a posição dorsal, e localiza-se logo acima da notocorda. Deriva-se da invaginação da ectoderme dorsal do embrião. O tubo nervoso dorsal é bem desenvolvido nos adultos, mas pode ser reduzido em alguns protocordados. Os animais não-cordados possuem um sistema nervoso mais simples, do tipo ganglionar e ocupa a posição ventral no corpo e esta é uma característica que distingue os cordados dos demais animais.<br />
  8. 8. Cauda pós-anal<br /> É uma cauda que se estende além do ânus.<br /> No grupo dos cordados ainda há animais invertebrados, como o anfioxo. Os tunicados e os cefalocordados ainda são filtradores.<br />
  9. 9. Sistemática<br /> Existem 3 subfilos no filo Cordados:<br /> Urocordados ou Tunicados: Possui uma túnica que envolve o animalCefalocordados  (anfioxo): anfi: dois, ambos, oxo: pontiagudoVertebrados ou Craniata: embora nem todos apresentem vértebras verdadeiras<br />
  10. 10. Filo Equinodermo <br /> Compreende todos os animais marinhos invertebrados que são cobertos por espinhos, ou por um endoesqueleto calcário. Alguns exemplos são a estrela-do-mar, ouriço-do-mar, pepino-do-mar, etc. Os animais deste filo são muito simples, não apresentam muita evolução. Seu sistema nervoso é muito reduzido, não possuem qualquer tipo de órgão sensorial especializado, embora alguns tenham algumas células olfativas e tácteis. Em sua maioria, têm o corpo com simetria radial, ou seja, seu corpo é dividido em partes iguais que se juntam ao eixo central. Há ainda os pentarradiais, com 5 partes iguais (maioria das estrelas-do-mar).<br />
  11. 11. Os animais equinodermos se assemelham muito com os do Filo Cordado, pois têm um Celoma verdadeiro, e por serem deuterostômios (o orifício embrionário chamado blastóporo origina o ânus).<br /> O seu sistema circulatório é hidrovascular, presente somente nesse filo. Porém também apresentam o sistema hemal e peri-hemal, que são parcialmente ligados ao celoma (cavidade interna do animal). O sistema digestivo é completo, com boca e ânus. Na bolacha-da-praia e ouriços ainda é possível encontrar uma estrutura mastigadora formada por cinco “dentes”, chamada de Lanterna de Aristóteles, movidos por músculos.<br />
  12. 12. O Sistema Ambulacrário (locomoção)<br /> A locomoção é o grande diferencial deste filo. Utilizam um sistema chamado Ambulacrário. Esse sistema consiste em a água do mar entrar no corpo do indivíduo, através da placa madrepórica (uma placa circular com vários poros), e circular em canais (canal pétreo) dentro do corpo.<br /> Cada canal emite numerosas ampolas, das quais partem os pés embulacrários. A água penetra pela placa madrepórica, percorre todo o sistema e é eliminada pelos terminais dos canais radiais. Ao passar pelas ampolas, pode ser compelida (por pressão com os músculos) a entrar nos pés ambulacrários, que se estufam para a frente. Como esses pés possuem ventosas nas extremidades, isso pode permitir ao animal fixar-se num substrato ou reter um alimento. A contração de outros músculos pode devolver a água às ampolas, determinando a retração dos pés ambulacrários.<br />
  13. 13. As classes em que os Equinodermos se dividem são:<br /> - Echinoidea- Asteroidea- Ophiuroidea- Holothuroidea- Crinoidea<br />
  14. 14. Reino animal <br />
  15. 15. Os nematóides <br /> São vermes de simetria bilateral, com corpo bastante alongado, forma cilíndrica e extremidade final afilada. Este é revestido por epiderme e, acima dela, por uma cutícula. Sob esta primeira, encontram-se fibras musculares longitudinais e, em razão da disposição destas, estes animais se locomovem por meio de movimentos ondulatórios.<br />
  16. 16. Podem ser parasitas, entretanto, a maioria desses indivíduos é de vida livre, podem ser encontrados em ambientes aquáticos ou terrestres. <br /> São triblásticos e, diferentemente dos platelmintos, possuem pseudoceloma. Este se situa entre a cavidade corporal propriamente dita e o tubo digestório. Como não possuem sistema circulatório nem respiratório, a distribuição e excreção de substâncias acontecem com o auxílio deste celoma primitivo, que também atua como um esqueleto hidrostático. <br />
  17. 17. Possuem sistema digestório completo e o sistema nervoso consiste em cordões nervosos longitudinais. A liberação de substâncias nocivas se dá por um poro genital ou bucal. Respiram por difusão (respiração cutânea).<br /> A maioria dos nematelmintos é dioica, com dimorfismo sexual: a fêmea é maior, e possui ânus; o macho possui extremidade em forma de gancho e cloaca. A fecundação é geralmente interna, mas indivíduos podem surgir por partenogênese. <br />
  18. 18. Artrópodes<br /> Possui o maior número de espécies do reino animal, agrupando mais de 800 mil exemplares, habitantes das mais diversas regiões do globo terrestre. <br /> São triblásticos, protostômios e celomados. O corpo articulado, organizado em cabeça, tórax e abdome ou cefalotórax e abdômen e esqueleto externo (exoesqueleto) rico em quitina conferem características próprias desses animais. Em determinados momentos, o exoesqueleto antigo é substituído por um novo – fenômeno denominado muda, permitindo o crescimento do indivíduo. <br />
  19. 19. Os artrópodes podem ser classificados usando como critério o número de patas. Dentre elas : Classe Crustacea:Possuem 5 ou mais pares de patas.Classe Arachnida: 4 pares de patas.Classe Chilopoda:15 ou mais pares de patas.Classe Insecta: 3 pares de patas, 1 par ou 2 pares de asa.Classe Diplopoda: Possuem de 18 a mais de 750 pares de patas.<br />
  20. 20. Imagens artrópode<br />
  21. 21. Nematóide <br />
  22. 22. Equinodermos <br />
  23. 23. Cordados <br />
  24. 24. Fim<br />

×