• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Produzindo frutos apesar das circunstâncias jo 15 1 10
 

Produzindo frutos apesar das circunstâncias jo 15 1 10

on

  • 7,443 views

 

Statistics

Views

Total Views
7,443
Views on SlideShare
7,443
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
100
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Produzindo frutos apesar das circunstâncias jo 15 1 10 Produzindo frutos apesar das circunstâncias jo 15 1 10 Presentation Transcript

    • SERMÃO
      “Produzindo frutos apesar das circunstâncias”
      Rev. Paulo Dias Nogueira
    • TEXTOS BÍBLICOS
      Lucas 6:43-45
      João 15:1-10
      Mateus 21:18-19
    • Lucas 6:43-45
    • 43 Não há árvore boa que dê mau fruto; nem tampouco árvore má que dê bom fruto.
    • 44 Porquanto cada árvore é conhecida pelo seu próprio fruto. Porque não se colhem figos de espinheiros, nem dos abrolhos se vindimam uvas.
    • 45 O homem bom do bom tesouro do coração tira o bem, e o mau do mau tesouro tira o mal; porque a boca fala do que está cheio o coração.
    • TEXTO
      João 15:1-8
    • 1 Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o agricultor.
    • 2 Todo ramo que, estando em mim, não der fruto, ele o corta; e todo o que dá fruto limpa, para que produza mais fruto ainda.
    • 3 Vós já estais limpos pela palavra que vos tenho falado;
    • 4 permanecei em mim, e eu permanecerei em vós. Como não pode o ramo produzir fruto de si mesmo, se não permanecer na videira, assim, nem vós o podeis dar, se não permanecerdes em mim.
    • 5 Eu sou a videira, vós, os ramos. Quem permanece em mim, e eu, nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer.
    • 6 Se alguém não permanecer em mim, será lançado fora, à semelhança do ramo, e secará; e o apanham, lançam no fogo e o queimam.
    • 7 Se permanecerdes em mim, e as minhas palavras permanecerem em vós, pedireis o que quiserdes, e vos será feito.
    • 8 Nisto é glorificado meu Pai, em que deis muito fruto; e assim vos tornareis meus discípulos.
    • Mateus 21:18-19
    • 18 Cedo de manhã, ao voltar para a cidade, teve fome;
    • 19 e, vendo uma figueira à beira do caminho, aproximou-se dela; e, não tendo achado senão folhas, disse-lhe: Nunca mais nasça fruto de ti! E a figueira secou imediatamente.
    • A razão de ser de uma árvore é dar frutos.
      A lição apresentada por Jesus, é que cada cristão deve produzir frutos. Sua função última é produzir “frutos-cristãos”.
    • O discurso de Jesus é radical. Ele afirma que aquele que não produz fruto, não tem razão de ser no meio do povo de Deus.
      O que o qualifica como cristão são os frutos produzidos. Não basta ser batizado numa igreja cristã (católica ou evangélica).
    • Podemos analisar através da história que o ato de cristianizar, foi muito mais um ato político do que religioso.
      Foi uma estratégia para dominar povos e raças através da religião cristã.
    • Ser verdadeiramente cristão é submeter-se a ação do Espírito Santo de Deus, e produzir frutos condizentes a um discípulo de Cristo.
    • Ghandi, um líder pacifista indiano afirmou:
      “Eu aceito o vosso Cristo, mas não o vosso cristianismo”.
    • Vejamos o exemplo de homens e mulheres, que apesar das circunstâncias não serem favoráveis, produziram frutos para o Reino de Deus.
    • José no Egito
      Sadraque, Mesaque e Abdenego
      Maria, mãe de Jesus
      Apóstolo Paulo
    • José no Egito
      (Gn 37-50)
    • Sadraque
      Mesaque
      Abdenego
      (Daniel 3)
    • Maria
      mãe de Jesus
      (Lc 1:38)
    • Apóstolo
      Paulo
      (2Co 11:23-33)
    • Conclusão
      Apesar das circunstâncias, eles honraram sua razão de ser e produziram frutos no poder de Deus.
      O cristão só poderá produzir frutos se estiver ligado ao próprio Cristo: “Sem mim nada podeis fazer”.
    • Apesar das circunstâncias, eles honraram sua razão de ser e produziram frutos no poder de Deus.
      O cristão só poderá produzir frutos se estiver ligado ao próprio Cristo: “Sem mim nada podeis fazer”.
    • As vezes queremos “amadurecer” primeiro para depois produzir frutos. Pensamos que é nossa capacidade quem promove o fruto.
    • Desta forma, estamos pensando de maneira redondamente equivocada. Não há capacidade humana capaz de produzir os frutos desejados por Deus.
    • Quem capacita o homem a produzir frutos cristãos é a ação do Espírito Santo de Deus em sua vida.
      Cabe ao homem apenas se dispor, diante do Senhor: ... que se cumpra em mim conforme a Tua Palavra - (Lc 1:38).
    • Às vezes olhamos para as circunstâncias, e achamos que não é possível produzir frutos. Assumimos o papel de um termômetro, e este com defeito.
      Devemos pensar: O que determina a nossa fé? As circunstâncias? Ou a Ação Divina?
    • Produzamos nós, frutos, apesar das circunstâncias serem desfavoráveis.
      Confiemos na Ação de Deus, ela é a única capaz de atuar “apesar das circunstâncias”.
      Lembremo-nos da afirmação de um antigo cântico:
    • Esta paz que sinto em minh’alma
      Não é porque tudo me vai bem.
      Esta paz que sinto em minh’alma
      É porque eu amo ao meu Senhor
      Não olho circunstâncias,
      Não, não, não!
      Olho o seu amor
      Não me guio por vista
      Alegre estou.