JORNALISMO DE REVISTA :  origem e estilo  magazine RULEANDSON DO CARMO Laboratório Impresso II – Revista – set. 2011
SUMÁRIO <ul><li>Origem das revistas </li></ul><ul><li>O estilo  magazine </li></ul><ul><li>O texto em revista </li></ul><u...
Origem das revistas <ul><li>Séc. XVII – Alemanha:  1ª revista - Erbauliche Monaths-Unterredungen (Edificantes Discussões M...
Origem das revistas <ul><li>Surgimento das revistas de variedades:  França, 1672,  Le Mercure Galant  (O Mercúrio Galante)...
Origem das revistas <ul><li>Chegada das revistas aos EUA:  1741 revistas com dois títulos ( and / or ); </li></ul><ul><li>...
Origem das revistas <ul><li>Chegada das revistas ao Brasil:  séc. XIX; </li></ul><ul><li>1ª revista brasileira:  As varied...
Origem das revistas <ul><li>Revistas no Brasil:  séc. XX – investimento em reportagens e fotojornalismo (SCALZO, 2006). </...
Origem das revistas <ul><li>Revistas no Brasil:  séc. XX – investimento em reportagens e fotojornalismo (SCALZO, 2006). </...
O estilo  magazine <ul><li>Missão das revistas:  “destinar-se a públicos específicos e aprofundar os assuntos – mais que o...
O estilo  magazine <ul><li>Revistas:  preenchem os vazios informativos da cobertura de jornais, rádio e TV; </li></ul><ul>...
O estilo  magazine <ul><li>“ pratica um jornalismo de maior profundidade. Mais interpretativo e documental”  (VILAS BOAS, ...
Laboratório Impresso II – Revista  Jornalismo de revista
Laboratório Impresso II – Revista  Jornalismo de revista
<ul><li>Matéria de capa:  especial de 20 páginas; fotos, mapa, linha do tempo, articulistas ANALISANDO a situação. </li></...
O estilo  magazine <ul><li>Segmentação:   século XIX, início do êxito das revistas femininas (CORRÊA, 2005b). </li></ul>La...
O estilo  magazine <ul><li>Segmentação no Brasil:   1827 – O propagador das Ciências Médicas; 1852 - revistas femininas. <...
O estilo  magazine <ul><li>Segmentação x revista de variedades </li></ul><ul><li>Revista segmentada:  oferece conteúdo de ...
O estilo  magazine <ul><li>Tipos de segmentação (SCALZO, 2006) </li></ul>Laboratório Impresso II – Revista  Jornalismo de ...
O estilo  magazine <ul><li>Tipos de segmentação (SCALZO, 2006) </li></ul>Laboratório Impresso II – Revista  Jornalismo de ...
O estilo  magazine <ul><li>Tipos de segmentação (SCALZO, 2006) </li></ul>Laboratório Impresso II – Revista  Jornalismo de ...
O estilo  magazine <ul><li>Tipos de segmentação (SCALZO, 2006) </li></ul>Laboratório Impresso II – Revista  Jornalismo de ...
Laboratório Impresso II – Revista  Jornalismo de revista
Laboratório Impresso II – Revista  Jornalismo de revista
O texto em revista <ul><li>“ revista trata o leitor de você, fala com ele diretamente e, às vezes, com intimidade”  (SCALZ...
O texto em revista <ul><li>Linguagem das revistas,  segundo  Santos e Caprino (2007): </li></ul><ul><li>Títulos nominais (...
Laboratório Impresso II – Revista  Jornalismo de revista sujeito verbo predicado lead  tradicional
Laboratório Impresso II – Revista  Jornalismo de revista
Laboratório Impresso II – Revista  Jornalismo de revista título nominal bigode/ chamada
Laboratório Impresso II – Revista  Jornalismo de revista abertura  (pela repórter Vanessa Grigoriadis) Uma popstar no shop...
O texto em revista <ul><li>Infográficos: informação visual -  “uma maneira de fornecer informação ao leitor utilizando um ...
Laboratório Impresso II – Revista  Jornalismo de revista
Produção em revista <ul><li>Plano editorial:  “um guia que vai ajudá-la [à revista] a posicionar-se objetivamente em relaç...
Laboratório Impresso II – Revista  Jornalismo de revista
Produção em revista <ul><li>Envolve maior pesquisa para sair do “o que acontece?” e ir para o “por que acontece?”  – fonte...
Produção em revista <ul><li>“ Um bom começo é pensar. Pensar, porque escrever é fazer funcionar de modo organizado a lógic...
Laboratório Impresso II – Revista  Jornalismo de revista
Laboratório Impresso II – Revista  Jornalismo de revista
Produção em revista <ul><li>Plano editorial - editorias </li></ul><ul><li>Reunião de pauta </li></ul><ul><li>Produção (dad...
Produção em revista <ul><li>Liberdade  e  criatividade  são as palavras-chave no jornalismo de revista, sem esquecer o com...
Revistas laboratório Laboratório Impresso II – Revista  Jornalismo de revista
Revistas laboratório <ul><li>Objetivo (para quem as produz): “ domínio do processo de planejamento, produção, edição e rev...
Revistas laboratório <ul><li>Facilidades dos alunos (FARIAS, 2010): </li></ul><ul><li>Liberdade de escrita e criação das p...
Revistas laboratório <ul><li>Dificuldade dos alunos (FARIAS, 2010; SANTOS e CAPRINO, 2007): </li></ul><ul><li>Trabalho em ...
Laboratório Impresso II – Revista  Jornalismo de revista UFMG  – Universidade Federal de Minas Gerais – Revista “ Outro Se...
Laboratório Impresso II – Revista  Jornalismo de revista UFRGS –  Universidade Federal do Rio Grande do Sul – Revista “ Tr...
Laboratório Impresso II – Revista  Jornalismo de revista UFBA  – Universidade Federal da Bahia – Revista “ Lupá ”
Laboratório Impresso II – Revista  Jornalismo de revista UFMA  - Universidade Federal do Maranhão – Revista “ Canal.com ”
Laboratório Impresso II – Revista  Jornalismo de revista UFSM  – Universidade Federal de Santa Maria (RS) – Revista “ Meio...
Revistas laboratório “ compromisso social do jornalista, a ser um autor, um historiador do cotidiano,  um contador de hist...
Revistas laboratório “ Jornalismo é texto, caros leitores-telespectadores-ouvintes-internautas. Não importa o meio, se jor...
Referências CORREA, Thomaz Souto. Primeira parte de uma breve história das revistas.  Curso Abril de Jornalismo  [site]. 0...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Aula: Jornalismo de revista - Laboratório de Jornalismo Impresso II - Revista do Curso de Jornalismo da Ufop

10,131 views
9,916 views

Published on

Aula sobre o jornalismo de revista elaborada pelo professor Ruleandson do Carmo para o Laboratório de Jornalismo Impresso II - Revista do Curso de Jornalismo da Ufop.

Published in: Education
0 Comments
6 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
10,131
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
72
Actions
Shares
0
Downloads
443
Comments
0
Likes
6
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Aula: Jornalismo de revista - Laboratório de Jornalismo Impresso II - Revista do Curso de Jornalismo da Ufop

  1. 1. JORNALISMO DE REVISTA : origem e estilo magazine RULEANDSON DO CARMO Laboratório Impresso II – Revista – set. 2011
  2. 2. SUMÁRIO <ul><li>Origem das revistas </li></ul><ul><li>O estilo magazine </li></ul><ul><li>O texto em revista </li></ul><ul><li>Produção em revistas </li></ul><ul><li>Revistas laboratório </li></ul>Laboratório Impresso II – Revista Jornalismo de revista
  3. 3. Origem das revistas <ul><li>Séc. XVII – Alemanha: 1ª revista - Erbauliche Monaths-Unterredungen (Edificantes Discussões Mensais - 1663); </li></ul><ul><li>Um só tema – teologia – e periodicidade ; </li></ul><ul><li>Inspira publicações similares na França, Inglaterra e Itália; </li></ul><ul><li>(CORREA, 2005a; SCALZO, 2006 ) </li></ul>Laboratório Impresso II – Revista Jornalismo de revista
  4. 4. Origem das revistas <ul><li>Surgimento das revistas de variedades: França, 1672, Le Mercure Galant (O Mercúrio Galante). </li></ul><ul><li>Magazines : Londres, 1731, Le Gentleman’s Magazine - vários assuntos de forma leve e agradável, como magazines, lojas que vendem de tudo (SCALZO, 2006, p. 19). </li></ul>Laboratório Impresso II – Revista Jornalismo de revista
  5. 5. Origem das revistas <ul><li>Chegada das revistas aos EUA: 1741 revistas com dois títulos ( and / or ); </li></ul><ul><li>Desenvolvimento similar ao aumento da alfabetização dos estadunidenses e europeus; </li></ul><ul><li>Livros – sagrados, densos – versus jornais impressos – ligeiros, rasos (SCALZO, 2006). </li></ul>Laboratório Impresso II – Revista Jornalismo de revista
  6. 6. Origem das revistas <ul><li>Chegada das revistas ao Brasil: séc. XIX; </li></ul><ul><li>1ª revista brasileira: As variedades ou Ensaios de Literatura – Salvador, 1812; </li></ul><ul><li>1ª revista brasileira de variedades (humor e caricaturas): A marmota na corte, 1849, RJ (SCALZO, 2006). </li></ul>Laboratório Impresso II – Revista Jornalismo de revista
  7. 7. Origem das revistas <ul><li>Revistas no Brasil: séc. XX – investimento em reportagens e fotojornalismo (SCALZO, 2006). </li></ul>Laboratório Impresso II – Revista Jornalismo de revista 1900 1928 1952
  8. 8. Origem das revistas <ul><li>Revistas no Brasil: séc. XX – investimento em reportagens e fotojornalismo (SCALZO, 2006). </li></ul>Laboratório Impresso II – Revista Jornalismo de revista 1966 1968 1976
  9. 9. O estilo magazine <ul><li>Missão das revistas: “destinar-se a públicos específicos e aprofundar os assuntos – mais que os jornais, menos que os livros” (SCALZO, 2006, p. 19). </li></ul><ul><li>Magazines : “o leitor entra na revista, e escolhe o que quer ler” (CORREA, 2005, online ) </li></ul>Laboratório Impresso II – Revista Jornalismo de revista
  10. 10. O estilo magazine <ul><li>Revistas: preenchem os vazios informativos da cobertura de jornais, rádio e TV; </li></ul><ul><li>Analisa o fato (jornalismo interpretativo); </li></ul><ul><li>Apresenta o texto com estilo e criatividade (jornalismo literário). </li></ul><ul><li>(VILAS BOAS, 1996) </li></ul>Laboratório Impresso II – Revista Jornalismo de revista
  11. 11. O estilo magazine <ul><li>“ pratica um jornalismo de maior profundidade. Mais interpretativo e documental” (VILAS BOAS, 1996, p. 9). </li></ul><ul><li>Revistas são visualmente mais sofisticadas – tempo de produção, apuração, redação </li></ul>Laboratório Impresso II – Revista Jornalismo de revista
  12. 12. Laboratório Impresso II – Revista Jornalismo de revista
  13. 13. Laboratório Impresso II – Revista Jornalismo de revista
  14. 14. <ul><li>Matéria de capa: especial de 20 páginas; fotos, mapa, linha do tempo, articulistas ANALISANDO a situação. </li></ul><ul><li>Chamada da matéria principal: “O levante do Irã: como ENTENDER a maior rebelião popular iraniana [...]” </li></ul>Laboratório Impresso II – Revista Jornalismo de revista
  15. 15. O estilo magazine <ul><li>Segmentação: século XIX, início do êxito das revistas femininas (CORRÊA, 2005b). </li></ul>Laboratório Impresso II – Revista Jornalismo de revista 1867 1883 1885 1892
  16. 16. O estilo magazine <ul><li>Segmentação no Brasil: 1827 – O propagador das Ciências Médicas; 1852 - revistas femininas. </li></ul><ul><li>Séc. XX – década de 1960 amplia-se a segmentação. </li></ul><ul><li>(SCALZO, 2006; SANTOS E CAPRINO, 2007). </li></ul>Laboratório Impresso II – Revista Jornalismo de revista
  17. 17. O estilo magazine <ul><li>Segmentação x revista de variedades </li></ul><ul><li>Revista segmentada: oferece conteúdo de um interesse específico do leitor, é especializada; </li></ul><ul><li>Variedades: magazines , aprofundam além das outras mídias </li></ul>Laboratório Impresso II – Revista Jornalismo de revista
  18. 18. O estilo magazine <ul><li>Tipos de segmentação (SCALZO, 2006) </li></ul>Laboratório Impresso II – Revista Jornalismo de revista por gêneros
  19. 19. O estilo magazine <ul><li>Tipos de segmentação (SCALZO, 2006) </li></ul>Laboratório Impresso II – Revista Jornalismo de revista por idade
  20. 20. O estilo magazine <ul><li>Tipos de segmentação (SCALZO, 2006) </li></ul>Laboratório Impresso II – Revista Jornalismo de revista por localização geográfica
  21. 21. O estilo magazine <ul><li>Tipos de segmentação (SCALZO, 2006) </li></ul>Laboratório Impresso II – Revista Jornalismo de revista por tema
  22. 22. Laboratório Impresso II – Revista Jornalismo de revista
  23. 23. Laboratório Impresso II – Revista Jornalismo de revista
  24. 24. O texto em revista <ul><li>“ revista trata o leitor de você, fala com ele diretamente e, às vezes, com intimidade” (SCALZO, 2006, p. 37). </li></ul><ul><li>Informação e entretenimento: “Um lazer que mistura sedução, necessidade de haver personagens, ‘espetáculos’ etc.” (VILAS BOAS, 1996, p. 34). </li></ul>Laboratório Impresso II – Revista Jornalismo de revista
  25. 25. O texto em revista <ul><li>Linguagem das revistas, segundo Santos e Caprino (2007): </li></ul><ul><li>Títulos nominais (sem esquema sujeito-verbo-predicado); </li></ul><ul><li>possibilidade de uso de adjetivos e coloquialismos; </li></ul><ul><li>elementos narrativos e descritivos; </li></ul><ul><li>ênfase aos personagens e falas; </li></ul><ul><li>não há lead nem pirâmide invertida, há abertura </li></ul>Laboratório Impresso II – Revista Jornalismo de revista
  26. 26. Laboratório Impresso II – Revista Jornalismo de revista sujeito verbo predicado lead tradicional
  27. 27. Laboratório Impresso II – Revista Jornalismo de revista
  28. 28. Laboratório Impresso II – Revista Jornalismo de revista título nominal bigode/ chamada
  29. 29. Laboratório Impresso II – Revista Jornalismo de revista abertura (pela repórter Vanessa Grigoriadis) Uma popstar no shopping center é sempre motivo de alegria, ainda mais em uma tarde de domingo em San Fernando Valley, Los Angeles. Em um instante, os habitués do shopping Westfield Topanga estão lá no mundo real, entediados, escolhendo um novo tom de sombra de olho ou passando perfume no pulso, mas basta Britney Spears aparecer para todo mundo começar a dar risadinhas e gargalhadas, ter orgasmos e já pegar o celular para espalhar o segredo. &quot;As pernas dela são finas mesmo&quot;, uma adolescente sussurra em seu aparelho enquanto a cantora espera na fila da loja Betsey Johnson Boutique, uma estilista pseudo-punk de vestidos de festa e saltos altos gritantes que fazem muito sucesso em bailes de formatura de escolas suburbanas de ensino médio. Pessoalmente, a beleza de Britney chega a chocar: pele viçosa, lábios de rubi - uma boneca de porcelana de 26 anos com proporções perfeitas e com cabelo péssimo. Ela abre caminho no meio da multidão com desenvoltura, como quando 20 mil fãs ardorosos a tomavam de assalto na saída de um show, com seu namorado paparazzo, Adnan Ghalib, a reboque. descrição falas e personagens adjetivos e coloquialismo
  30. 30. O texto em revista <ul><li>Infográficos: informação visual - “uma maneira de fornecer informação ao leitor utilizando um conjunto de gráficos, tabelas, desenhos, fotos, legendas, ilustrações, mapas, maquetes” (SCALZO, 2006, p. 74). </li></ul><ul><li>Jornalismo de revista deve oferecer leitura prazerosa (SCALZO, 2006; VILAS BOAS, 1996). </li></ul>Laboratório Impresso II – Revista Jornalismo de revista
  31. 31. Laboratório Impresso II – Revista Jornalismo de revista
  32. 32. Produção em revista <ul><li>Plano editorial: “um guia que vai ajudá-la [à revista] a posicionar-se objetivamente em relação ao leitor e ao mercado” (SCALZO, 2006, p. 61); </li></ul><ul><li>O plano deve conter: a missão (para que a revista existe?), os objetivos (o que se quer alcançar com a publicação) e a fórmula editorial (conteúdo e forma da revista); </li></ul><ul><li>Mantém o foco no leitor, avalia a concorrência . </li></ul>Laboratório Impresso II – Revista Jornalismo de revista
  33. 33. Laboratório Impresso II – Revista Jornalismo de revista
  34. 34. Produção em revista <ul><li>Envolve maior pesquisa para sair do “o que acontece?” e ir para o “por que acontece?” – fontes, dados e documentos; </li></ul><ul><li>Fotos devem ser planejadas em conjunto com o texto – texto MUITO bem pensado ; </li></ul><ul><li>Entrevistas sempre que possível pessoalmente – permitir descrição e narração (SANTOS e CAPRINO, 2007). </li></ul>Laboratório Impresso II – Revista Jornalismo de revista
  35. 35. Produção em revista <ul><li>“ Um bom começo é pensar. Pensar, porque escrever é fazer funcionar de modo organizado a lógica do pensamento. Sem isso, dificilmente um texto mais longo alcançaria seu objetivo maior: prender a atenção do leitor do início ao fim” (VILAS BOAS, 1996, p. 13). </li></ul>Laboratório Impresso II – Revista Jornalismo de revista
  36. 36. Laboratório Impresso II – Revista Jornalismo de revista
  37. 37. Laboratório Impresso II – Revista Jornalismo de revista
  38. 38. Produção em revista <ul><li>Plano editorial - editorias </li></ul><ul><li>Reunião de pauta </li></ul><ul><li>Produção (dados, fontes, personagens, fotos etc.) </li></ul><ul><li>Edição do texto e diagramação </li></ul><ul><li>Prova da revista - ajustes </li></ul><ul><li>Publicação </li></ul>Laboratório Impresso II – Revista Jornalismo de revista
  39. 39. Produção em revista <ul><li>Liberdade e criatividade são as palavras-chave no jornalismo de revista, sem esquecer o compromisso com a ética e com a informação! </li></ul>Laboratório Impresso II – Revista Jornalismo de revista
  40. 40. Revistas laboratório Laboratório Impresso II – Revista Jornalismo de revista
  41. 41. Revistas laboratório <ul><li>Objetivo (para quem as produz): “ domínio do processo de planejamento, produção, edição e revisão de revistas através do entendimento teórico e técnico das normas e critérios editoriais específicos para este veículo” (OLIVEIRA e FELIPE-SILVA, 2011, p. 2) </li></ul>Laboratório Impresso II – Revista Jornalismo de revista
  42. 42. Revistas laboratório <ul><li>Facilidades dos alunos (FARIAS, 2010): </li></ul><ul><li>Liberdade de escrita e criação das pautas; </li></ul><ul><li>Paixão pela fotografia </li></ul><ul><li>Editores responsáveis </li></ul>Laboratório Impresso II – Revista Jornalismo de revista
  43. 43. Revistas laboratório <ul><li>Dificuldade dos alunos (FARIAS, 2010; SANTOS e CAPRINO, 2007): </li></ul><ul><li>Trabalho em equipe – não confiança; </li></ul><ul><li>Dificuldade de fazer fotos informativas; </li></ul><ul><li>Não domínio de softwares de diagramação; </li></ul><ul><li>Dificuldade de deixar o factual “de lado”; </li></ul><ul><li>Resistência à pesquisa. </li></ul>Laboratório Impresso II – Revista Jornalismo de revista
  44. 44. Laboratório Impresso II – Revista Jornalismo de revista UFMG – Universidade Federal de Minas Gerais – Revista “ Outro Sentido
  45. 45. Laboratório Impresso II – Revista Jornalismo de revista UFRGS – Universidade Federal do Rio Grande do Sul – Revista “ Três x Quatro ”
  46. 46. Laboratório Impresso II – Revista Jornalismo de revista UFBA – Universidade Federal da Bahia – Revista “ Lupá ”
  47. 47. Laboratório Impresso II – Revista Jornalismo de revista UFMA - Universidade Federal do Maranhão – Revista “ Canal.com ”
  48. 48. Laboratório Impresso II – Revista Jornalismo de revista UFSM – Universidade Federal de Santa Maria (RS) – Revista “ Meio Mundo ”
  49. 49. Revistas laboratório “ compromisso social do jornalista, a ser um autor, um historiador do cotidiano, um contador de histórias de não-ficção , um sujeito jornalístico e não um mero operário da informação. Uma pedagogia da criatividade no jornalismo é urgente” (SANTOS e CAPRINO, 2007, p. 104, grifo nosso). Laboratório Impresso II – Revista Jornalismo de revista
  50. 50. Revistas laboratório “ Jornalismo é texto, caros leitores-telespectadores-ouvintes-internautas. Não importa o meio, se jornal, revista, rádio, TV ou internet. O melhor programa é sempre aquele feito por quem narra com eficácia, refinamento e senso de detalhe” (VILAS BOAS, 2009, online ). Laboratório Impresso II – Revista Jornalismo de revista
  51. 51. Referências CORREA, Thomaz Souto. Primeira parte de uma breve história das revistas. Curso Abril de Jornalismo [site]. 02 ago. 2005a. Disponível em: < http://cursoabril.abril.com.br/coluna/materia_84318.shtml >. Acesso em: 02 set. 2011. CORREA, Thomaz Souto. Segunda parte de uma breve história das revistas. Curso Abril de Jornalismo [site]. 02 set. 2005b. Disponível em: < http://cursoabril.abril.com.br/coluna/materia_89358.shtml >. Acesso em: 02 set. 2011. FARIAS, Salvio Juliano Peixoto. Entrelinhas: Considerações sobre a produção uma revista laboratorial. Revista Brasileira de Ensino de Jornalismo, Ponta Grossa, v.1, n.7, p. 143-150, jun./dez. 2010. Disponível em: < http://www.fnpj.org.br/rebej/ojs/index.php/rebej/article/viewFile/174/126 >. Acesso em: 2 set. 2011. JUNIOR, Eliseu Barreira. A história das revistas no Brasil e no mundo: uma linha do tempo com publicações que marcaram época. Revista Sete Fios , 20 abr. 2011. Disponível em: < http://www.revistasetefios.com.br/?p=4480 >. Acesso em 02 set. 2011.   OLIVEIRA, Maurício Cancilieri de; FELIPE-SILVA, Fernanda de Melo. A experiência de produção da revista-laboratório Girô por meio do trabalho interdisciplinar dos cursos de Jornalismo, Design Gráfico e Letras. In: Congresso de Ciências da Comunicação - Intercom, XVIII Expocom 2011 – Exposição da Pesquisa Experimental em Comunicação, São Paulo, SP, 12-14 maio 2011. Anais... Disponível em: < http://www.intercom.org.br/papers/regionais/sudeste2011/expocom/EX24-0413-1.pdf >. Acesso em 2 set. 2011.   REVISTA Mundo Estranho. Como surgiram as revistas?. 200(?). Disponível em: < http://mundoestranho.abril.com.br/materia/como-surgiram-as-revistas >. Acesso em: 02 set. 2011.   SANTOS, Marli dos; CAPRINO, Mônica Pegurer. Revistas: desafio pedagógico no ensino de Jornalismo. Revista Brasileira de Ensino de Jornalismo, Brasília, v.1, n.1, p.87-105, abr./jul. 2007. Disponível em: < http://www.fnpj.org.br/rebej/ojs/viewissue.php?id=6 >. Acesso em: 2 set. 2011.   SCALZO, Marília. Jornalismo de revista . São Paulo: Contexto, 2006.   VILAS BOAS, Sergio. A hegemonia da aparência nas revistas . Academia Brasileira de Jornalismo Literário, 02 set. 2009. Disponível em: < http://www.abjl.org.br/detalhe.php?conteudo=fl20030902155036&category=ensaios&lang= >. Acesso em 02 set. 2011. VILAS BOAS, Sergio. O estilo magazine . São Paulo: Summus Editorial, 1996. Laboratório Impresso II – Revista Jornalismo de revista

×