Clipping Outubro 2
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Like this? Share it with your network

Share

Clipping Outubro 2

  • 1,668 views
Uploaded on

Resumo das noticias que foram destaque na semana

Resumo das noticias que foram destaque na semana

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
1,668
On Slideshare
1,609
From Embeds
59
Number of Embeds
3

Actions

Shares
Downloads
6
Comments
0
Likes
0

Embeds 59

http://varejo.espm.br 55
http://www.slideshare.net 3
http://feeds.feedburner.com 1

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. CLIPPING DO VAREJO Outubro - 2009
  • 2. Caros Leitores Caros Leitores, Iniciamos desde 28 de setembro o período letivo dos Cursos Intensivo da ESPM. Trata-se de programas em nível de pós-graduação porém com conteúdos específicos, oferecidos em um curto espaço de tempo para permitir que o participante obtenha rápida atualização. O Núcleo de Varejo abriu vagas nos programas de Gestão de Varejo, Trade Marketing, Gerenciamento de Categorias, Gestão de Concessionárias, Gestão do Varejo Fashion e E-Commerce, estes dois últimos ainda com inscrições abertas pois começam respectivamente dias 19 e 22 de outubro. Gostaríamos aqui de registrar o nosso agradecimento à comunidade do varejo pelo apoio e adesão aos programas deste segundo semestre. O número de inscritos mais uma vez superou todas as expectativas o que nos dá muita alegria. Lembramos a todos que, a partir do dia 19, iniciaremos os Workshops Avançados com um dia de duração cada. São cinco temas distribuídos de 19 a 23 de outubro cujo programa você encontrará nesta edição do Clipping. E não podemos deixar de confirmar a realização do II FÓRUM DE TECNOLOGIA DO VAREJO no dia 27/10! Quanta novidade! E tudo isso para vocês que sempre nos apóiam. Muito obrigado! Abraços e até a próxima, Prof. Ricardo Pastore
  • 3. Workshop Avançados!!! O ritimo atual do varejo exige constante atualização sobre temas emergentes. Pensando nisso, o Núcleo de Estudos do Varejo da ESPM organizou workshops com um dia de duração sobre cinco temas que mais geram interesse no momento. Os conteúdos são exclusivos e abordam assuntos como: • Comportamento de Compras do Consumidor • Estratégia Competitiva • Inovações Tecnológicas • Marcas Próprias • Varejo Imobiliário São programas de alto nível, liderados por professores da Pós Graduação da ESPM que ocupam posições de destaque nos mercados onde atuam. Se interessou? Para saber mais clique aqui e confira todo o programa do Workshop
  • 4. CURSOS INTENSIVOS ESPM APRESENTA AS TENDÊNCIAS E AS INOVAÇÕES PARA A COMUNICAÇÃO NO VAREJO O mercado varejista é um dos principais vetores da economia e movimenta cifras cada vez maiores. Dentro deste contexto, principalmente nos últimos anos, o ponto-de-venda tem conquistado maior relevância na divisão das verbas de marketing em função de 81% das decisões de compra por parte dos consumidores serem tomadas nesses ambientes. Em função da importância do varejo no atual cenário econômico e da necessidade de acompanhar de perto como as constantes mudanças no comportamento refletem nas compras, o Centro de Inovação e Criatividade lança este mês o programa Inovação da Comunicação no Varejo. O curso – de curta duração - apresenta a integração dos princípios da inovação, da gestão de marcas e da embalagem como ferramenta chave no processo e seu impacto na decisão de compra. Ao longo das aulas serão abordados temas como as tendências na comunicação com o varejo, comportamento do consumidor, conceitos e práticas da inovação aplicada ao PDV, as conseqüências da alocação de recursos, marketing estratégico, branding, inovação na embalagem e as novas ferramentas de comunicação e de relacionamento. No final, os participantes terão a oportunidade de aplicar o conteúdo teórico na prática por meio de cases com o apóio da POP Trade Marketing - empresa parceira no programa -, conhecer e avaliar o perfil e as habilidades do profissional inovador e como melhorar seu próprio desempenho nesta área. As inscrições estão abertas e as aulas começam em 22 de outubro quinta-feira. Para mais informações acesse www.espm.br/inovacao ou (11) 5085-4600.
  • 5. Dia das Crianças CLIMA DE NATAL ANTES DO DIA DAS CRIANÇAS Fonte: Jornal da Cidade - 07/10/2009 Enquanto alguns setores do varejo focam nas vendas para o Dia das Crianças, comemorado na próxima segunda-feira, outros já vivem o clima de Natal em Bauru. Fato que pode ser comprovado com um passeio pela cidade. Nos supermercados, por exemplo, produtos sazonais como vinhos, panetones e algumas frutas natalinas ganharam lugar de destaque nas prateleiras. Tudo isso não seria novidade se estivéssemos em dezembro. De olho na melhor época do ano para as vendas, o comércio se prepara e antecipa a data. Segundo o gestor de compras de uma rede de supermercados de Bauru, Teder Senis, o varejo começou a receber os panetones no final de setembro. (...)Outra rede de supermercados aposta nos produtos de marca própria e em marcas exclusivas de panetone. Por meio de nota, a assessoria de imprensa do grupo informou que a expectativa é de vendas 25% maiores este ano, em relação a igual período de 2008, dos produtos de marcas exclusivas. Estes fabricantes oferecem produtos diferenciados, como panetones com gordura trans zero, além dos sabores tradicionais de fruta, gotas de chocolate, sabores de goiaba e pão de mel e produtos lights. As marcas exclusivas também trazem panetone com personagens. (...)
  • 6. Mercado COMÉRCIO REFORÇA PEDIDOS PARA O NATAL Fonte: Agencia Estado - 07/10/2009 O comércio reforçou os estoques e está otimista com o desempenho de vendas do primeiro Natal depois da crise. Pesquisa da Federação do Comércio do Estado de São Paulo (Fecomércio-SP), feita a pedido do Grupo Estado, revela que 77% dos lojistas fizeram encomendas às indústrias iguais ou maiores que as do Natal de 2008. O resultado leva em conta a média dos pedidos de eletrodomésticos, eletrônicos, itens de informática, artigos de vestuário, calçados e alimentos, fechados por 300 companhias do varejo paulista. "O resultado indica um Natal favorável. A nossa projeção é de um crescimento entre 4% 5% no faturamento real do comércio. Com isso, voltaremos ao patamar de 2007, que foi um bom Natal", afirma o economista da entidade e responsável pela pesquisa, Fabio Pina. Ele destaca que, na média de todos os grupos de produtos pesquisados (duráveis, semiduráveis e não duráveis), 44% das empresas fizeram encomendas semelhantes às do Natal de 2008 e 33% delas fecharam pedidos até 20% maiores. "A fatia de companhias varejistas que ampliaram as compras das indústrias para este fim de ano é maior do que as que reduziram os pedidos para todos os grupos pesquisados." (...)
  • 7. Mercado CARREFOUR INVESTE NA TELA GRANDE Fonte: DCI – 07/10/09 Recuperar a tradição dos cinemas de bairro e democratizar o acesso aos filmes. Esses são os objetivos da parceria entre o Grupo Carrefour e as empresas Inovação Cinemas e Investimage. Com ela, serão criados circuitos em todo o País. Eles ocuparão áreas livres dos supermercados da rede varejista. Os dois primeiros serão instalados no bairro do Limão, na capital paulista, e em Sulacap na cidade do Rio de Janeiro, com a expectativa de construção de 200 salas. (...) A construção dos dois espaços começará neste ano e será concluída em 2010. No total, serão oferecidos 2,8 mil lugares em salas no formato stadium, com projetores 35 mm e versão digital. Conforme Thierry Perone, um dos sócios da Inovação Cinemas e diretor geral da Investimage, o Carrefour realizou uma pesquisa para testar a viabilidade do projeto. Ela constatou que há público de classe C nos bairros de diversas cidades interessado em voltar a frequentar salas de cinema. Segundo ele, outros dados obtidos indicam que, em muitos bairros, as pessoas não frequentam as salas de cinema porque estão longe de suas casas. Além deste motivo, outras razões para a perda do hábito são a falta de tempo e os altos preços dos ingressos. Por isso, o executivo ressaltou que a parceria com o Carrefour e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) foi fundamental tanto para viabilizar a construção das salas como a manutenção dos preços reduzidos. (...)
  • 8. Mercado DROGARIA SÃO PAULO TROCA PRESIDÊNCIA APÓS NOVE ANOS Fonte: Valor Online - 06/10/2009 O acionista e presidente do conselho da Drogaria São Paulo, Ronaldo de Carvalho, enviou um comunicado ao mercado na sexta-feira para anunciar o novo presidente da empresa, a segunda maior rede de farmácias do país. Gilberto Martins Ferreira, que já fazia parte do quadro de executivos, assumiu ontem o cargo após a saída de Marcus Paiva, que ficou por nove anos na presidência. Paiva deixou a empresa para "se dedicar a projetos pessoais". A cadeia de farmácias faturou R$ 1,4 bilhão em 2008 e, no setor, é citada entre as candidatas a abrir o capital no futuro. A Ultrafarma, um dos maiores sites de vendas de medicamentos do país, ao contrário, voltou atrás na mudança de comando. O fundador da rede, Sidney Oliveira, publicou nos jornais, no domingo, um anúncio de página inteira em que afirma: "Renovo, aqui, meu compromisso de continuar trabalhando cada vez mais". Oliveira se apresenta como "presidente da Ultrafarma". Há apenas algumas semanas, o empresário publicara um anúncio informando que saíra da companhia.
  • 9. Mercado APPLE APOSTA NO BRASIL E LANÇA SITE DE VENDAS Fonte: O Globo - 06/10/2009 Com a crise financeira global, a americana Apple está reforçando sua atuação no Brasil. A companhia, dona do iPhone e do iPod, lança nesta terça-feira no país a sua primeira loja virtual de venda de aparelhos da América do Sul. Além da internet, a empresa de Steve Jobs investe em uma maior presença no varejo, com a abertura de novas lojas físicas através de parceiros, e ainda vem promovendo uma redução de até 20% nos preços de seus computadores pessoais, os Macs. Com preço menor, as vendas da Apple dobraram este ano (até setembro) em relação ao ano passado, segundo uma fonte do varejo. A ideia, continua essa fonte, foi aproximar os produtos da chamada classe média. Dos dez espaços que mais vendem produtos da marca na América do Sul, metade deles está no Brasil. Quem lidera o ranking da região é a Apple Shop da Fnac, no BarraShopping, no Rio. A loja virtual do Brasil será a 36ª em todo o mundo. Pelo site http://store.apple.com/br, será possível comprar os produtos em qualquer lugar do país e parcelar em até 12 vezes no cartão de crédito ou no boleto bancário. Será a primeira vez que a empresa administra suas próprias vendas no Brasil. Na internet, o cliente terá acesso a produtos com cores exclusivas de iPods, de acessórios e poderá personalizar o computador, escolhendo o tamanho da memória, por exemplo.
  • 10. Mercado SUPERMERCADO MÉDIO SE EXPANDE NO INTERIOR Fonte: DCI - 08/10/09/2009 Para barrar o avanço de grandes redes como Pão de Açúcar, Carrefour e Walmart no interior paulista, considerado hoje a segunda maior economia do País, os empresários de médias e pequenas redes do setor têm, além de investir em modernização e na fidelização dos clientes, de desenhar uma expansão geográfica para brigar pelos consumidores. A tendência, de acordo com especialistas, é de que essa disputa seja ainda mais acirrada ano que vem, no interior do estado. De olho nisso, a 19ª rede no ranking do setor, o Grupo Savenago, abrirá unidades até o ano que vem nas cidades de Matão, Araraquara, Sertãozinho, Ribeirão Preto e Bebedouro, regiões com forte apelo no agronegócio e que desenham, com o crescimento econômico, aumento do poder aquisitivo da população. (...) A intenção é crescer para fazer frente à expansão das grandes empresas do setor e consolidar- se entre as 15 maiores redes do País. (...) Cooperativa Outra marca que também anunciou planos de avançar com suas unidades no interior paulista é a Cooperativa de Consumo (Coop), que figura no 11º lugar do ranking do setor. A empresa, que aplicou recentemente R$ 14 milhões no aumento de 33% seu CD em Santo André, afirma ainda que investirá em torno de R$ 20 milhões na abertura de mais três lojas este ano, nas cidades de Mauá, São José dos Campos e Santo André. (...)
  • 11. Mercado BURGER KING FECHA NOVA PARCERIA PARA DESLANCHAR EM SP Fonte: Valor Econômico – 02/10/09 A multinacional americana Burger King, maior concorrente mundial do McDonald's, fechou contrato com um segundo grupo de investidores (master franqueado) em São Paulo, o que permitirá à rede de hambúrgueres acelerar a expansão no Estado. O acordo foi firmado com a De Nadai, fornecedora de serviços de alimentação para empresas. Fundada em 1977, a De Nadai possui 1,5 mil funcionários e atende desde plataformas de petróleo e usinas de bioenergia a escolas, hospitais e empresas de 'contact centers'. Procurada, a empresa não se pronunciou sobre o acordo. Até então, a única master franqueada da Burger King no Estado de São Paulo era a BGK do Brasil, empresa controlada pelo pecuarista Luiz Eduardo Batalha, mas que possui outros nove sócios, entre eles o apresentador de TV Galvão Bueno e o piloto de Fórmula Indy Helio Castroneves. A BGK opera atualmente 30 restaurantes na capital e no Estado de São Paulo e foi responsável pela abertura do primeiro Burger King no Brasil, em novembro de 2004. Atualmente, porém, a master franqueada está às voltas com desavenças entre os seus sócios, conflito que, segundo fontes do setor, teria afetado seus planos de expansão. Uma parte dos investidores minoritários entrou com uma ação na Justiça contra Batalha, alegando falta de transparência na divulgação dos números. (...)
  • 12. Mercado HYPERMARCAS COMPRA OLLA E JONTEX E FICA COM 45% DO MERCADO DE PRESERVATIVOS Fonte: Valor Econômico - 08/10/2009 A Hypermarcas anunciou ontem mais duas aquisições: a marca de preservativos Jontex, que pertencia à Johnson & Johnson, por US$ 101 milhões, e, por US$ 120 milhões, a Indústria Nacional de Artefatos de Látex (Inal), dona da Olla, Lovetex, Microtex, entre outras marcas. "Vamos reativar o mercado de camisinhas", afirmou Claudio Bergamo, presidente da Hypermarcas. Com a operação, segundo ele, ainda sobram R$ 500 milhões no caixa da empresa, que no primeiro semestre arrecadou R$ 543 milhões por meio de uma oferta de ações. A Jontex, de acordo com o executivo, foi comprada à vista, enquanto 60% do pagamento da Inal foi financiado em cinco anos. Segundo estimativas de mercado, as vendas da Inal somam R$ 50 milhões ao ano e as da Jontex, R$ 70 milhões. Com o controle das duas fabricantes (o negócio inclui o parque fabril da Inal e o maquinário da fábrica da J&J em São José dos Campos), a Hypermarcas passa a ter 45% das vendas de camisinhas no país. "Apesar de o brasileiro fazer muito sexo, o consumo per capita de preservativos ainda é muito baixo", afirma Bergamo. Segundo números coletados pela empresa, no Brasil o consumo por pessoa é de 1,7 preservativo ao ano. "No Japão, são 10, na Grécia chega a 8 e nos Estados Unidos são 4,5", acrescenta Bergamo. "Vamos voltar a investir forte em propaganda para aquecer o consumo", declarou ele. (...)
  • 13. Participe Nosso blog está com novo layout, Participe da nossa comunidade na você já viu? internet por meio do twitter. Deixe um comentário e dê a sua Clique e siga nos: opinião! http://twitter.com/Varejo_ESPM http://varejo.espm.br
  • 14. Mercado FORNECEDORES DO GRANDE VAREJO ESTÃO CRIANDO NOVA ENTIDADE Fonte: MS noticias - 07/10/2009 Pelo menos 20 entidades que representam empresas que possuem relacionamento comercial com o grande varejo brasileiro estão se reunindo numa nova instituição que será denominada de Associação Nacional dos Fornecedores do Varejo (ANFV). O objetivo, num primeiro momento, é estudar e avaliar os contratos que estão sendo impostos unilateralmente pelas grandes empresas do setor e que deixam de fora quem não se submete às regras ditadas pelas grandes corporações que dominam o varejo brasileiro. “O universo de fornecedores do varejo é formado, na sua maior parte, por pequenas e médias empresas que não possuem condições de defesa diante das grandes empresas que dominam este mercado. A Associação pretende influir politicamente, administrativamente e, se for o caso, recorrer a esfera judicial para que as negociações e os contratos ao invés de leoninos sejam mais justos”, disse Péricles Salazar, Presidente-Executivo, que está coordenando a aglutinação das entidades numa só organização nacional. “O primeiro passo da nova entidade será o de encomendar parecer jurídico sobre a legitimidade dos contratos e de suas cláusulas, notadamente nos aspectos civis e tributários. A desvantagem que existe hoje em dia para as empresas é muito grande”, avalia ele. Em processo de organização, a nova entidade deverá estar funcionando plenamente até o final do ano, com sede em Curitiba, Paraná, e envolvendo a maioria dos setores industriais que fornecem seus produtos ao grande varejo.
  • 15. Economia VAREJO PEDIRÁ PRORROGAÇÃO DE ISENÇÃO DO IPI PARA LINHA BRANCA Fonte: Último Segundo - 02/10/2009 As grandes redes varejistas do País apresentarão ao governo na próxima semana um pedido para a prorrogação da redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) sobre os produtos da linha branca – geladeiras, fogões, máquinas de lavar e tanquinhos -, que está prevista para terminar no dia 31 de outubro. Segundo Luiza Helena Trajano, presidente do Magazine Luiza e do Instituto para Desenvolvimento do Varejo (IDV), o setor quer que a isenção siga até dezembro e, no caso das máquinas de lavar, que seja redefinida uma nova alíquota. (...) A presidente do Magazine Luiza alerta, por outro lado, que o fim da redução do IPI afetará a saída dos produtos. “Se o governo voltar com o IPI normal, as vendas devem cair cerca de 15%”, pontuou. No mês de abril, o governo anunciou a redução do imposto para os produtos de linha branca, com o objetivo de estimular as vendas no varejo. A medida venceria em 15 de julho, mas voltou a ser prorrogada. A redução no imposto foi aplicada sobre as geladeiras (que caiu de 15% para 5%), fogões (de 5% para zero), máquinas de lavar (de 20% para 10%) e de tanquinhos (de 10% para zero). A partir de 1º de novembro, as taxas voltam aos patamares pré-crise.
  • 16. Economia CONFIANÇA DO VAREJO TEM SEXTA ALTA CARREFOUR PODE SAIR DA AMÉRICA LATINA, CONSECUTIVA, AFIRMA IFECAP DIZ 'LE MONDE' Fonte: Agência Estado - 05/10/2009 Fonte: REUTERS - 07/10/2009 A confiança do setor varejista registrou em setembro A rede de varejo Carrefour analisa "seriamente" se uma expansão de 1,6%, para 118,87 pontos ante desfazer de suas lojas no Brasil, Argentina e 110,12 pontos em agosto. Essa melhora do sentimento Colômbia, escreveu o jornal francês Le Monde em sua do varejo foi apurada pelo Índice de Expectativas nos edição de quarta-feira. Negócios da Fundação Escola Fundação Escola de Ao final de setembro, o jornal havia indicado a Comércio Álvares Penteado (Ifecap), que calcula o possibilidade de o Carrefour, segunda maior rede índice com base nas respostas a um questionário mundial de varejo, sair da Ásia. O jornal apontou dirigido a cerca de 400 empresas do setor. De acordo ainda que uma venda em bloco das unidades em com o coordenador do índice, o professor de economia países emergentes está descartada. da Fecap, André Chagas, trata-se da sexta alta Nenhum representante da rede estava imediatamente consecutiva do indicador, que já acumula 10,9% de disponível para comentar o assunto nem um de seus elevação desde março. (...) grandes acionistas, o fundo Colony Capital e Bernard Arnault, proprietário da LVMH , que detêm cerca de 13,5% da empresa.
  • 17. Economia SERASA: VAREJO MOSTRA ESTABILIDADE EM SETEMBRO Fonte: Agencia Estado - 06/10/2009 A atividade varejista mostrou estabilidade em setembro, após sete meses consecutivos de crescimento, segundo o Indicador Serasa Experian de Atividade do Comércio. A expectativa da entidade, no entanto, é de que o comércio volte a registrar taxas mensais de crescimento, ainda que menos intensas do que a média registrada no período de maio a agosto, de 1,1%. Isso por causa do fim do ciclo de relaxamento monetário e retirada dos estímulos fiscais anticrise. Na comparação com setembro de 2008, a atividade varejista mostrou elevação de 5,6%, a segunda maior taxa do ano, perdendo apenas para agosto de 2009, quando o avanço foi de 6,3%. No acumulado do ano, o indicador registra avanço de 4,4%, liderado pelo setor de móveis, eletroeletrônicos e informática, que cresceu 10,1%. Dentre os segmentos pesquisados, o destaque positivo foi o de veículos, motos e peças, cujo movimento avançou 6,5% em setembro ante agosto, impulsionado pela proximidade do fim dos estímulos fiscais. O segmento de combustíveis e lubrificantes cresceu 1% e o de supermercados, hipermercados, alimentos e bebidas, 0,1%. Já o segmento de móveis, eletroeletrônicos e informática registrou queda de 0,6%; lojas de material de construção tiveram baixas de 0,3% e tecidos, vestuário, calçados e acessórios registrou queda de 2,1%.
  • 18. Economia CARREFOUR NEGA QUE VÁ SAIR DO BRASIL Fonte: Valor Econômico – 08/10/09 Depois de uma semana tumultuada, a matriz do Carrefour em Paris veio ontem a público dizer que nega a intenção de vender seus negócios no Brasil ou na China, reforçando que esses são alvos prioritários. "O Carrefour não está habituado a comentar rumores, mas, devido à sua recorrência, o grupo nega a venda de seus negócios em mercados emergentes", informou a multinacional francesa, em comunicado à imprensa. (...) Na semana passada, o jornal "Le Monde" divulgou, sem mencionar fontes, que os dois maiores acionistas do Carrefour, o magnata Bernard Arnault e o fundo Colony, estão fazendo pressões para que a empresa venda as operações em países como o Brasil e a China. (...) Diante da dimensão tomada pelos rumores, a administração do Carrefour decidiu sair do silêncio. "A atual estratégia do Carrefour foi inteiramente aprovada por seu conselho de administração. As diretrizes apresentadas em março deste ano permanecem as mesmas. As prioridades geográficas do grupo são a França e os outros três países integrantes do chamado G4 - Bélgica, Espanha e Itália - e, no médio e longo prazos, os mercados emergentes, particularmente Brasil e China", diz o comunicado. (...)
  • 19. Marketing Mix SPFC LEVA REDE HOTELEIRA PARA DENTRO DO UNILEVER FAZ MEGA PROMOÇÃO PELOS SEUS 80 MORUMBI ANOS Fonte: Mundo do Marketing - 05/10/2009 Fonte: Mundo do Marketing - 05/10/2009 O Mercure Grand Hotel São Paulo Ibirapuera fechou A Unilever deflagrou uma mega promoção para parceria com o São Paulo Futebol Clube para fornecer comemorar os seus 80 anos no Brasil. A fabricante de diárias em apartamentos superiores e com café da manhã marcas como Omo e Seda dará um prêmio único R$ 2 incluso para jogadores e comissão técnica durante o milhões a um consumidor e terá dois sorteios diários de R$ período de concentração. As diárias especiais serão dadas 10 mil e dois semanais de R$ 100 mil. Dez marcas vão mensalmente ao clube que, em troca, dará ingressos no participar da ação promocional: Ades, AXE, Dove, setor Premium, divulgações no placar eletrônico durante os Hellmanns, Lux, Omo, Seda, Rexona, Kibon e Knorr. jogos e a instalação de um quiosque do hotel no estádio. (...) SUPERMERCADO PODE DEIXAR DE USAR ETIQUETAS DE PREÇOS Fonte: DCI - 08/10/2009 O Superior Tribunal de Justiça (STJ) considerou que não é necessário colocar a etiqueta de preço em cada produto. No entendimento dos ministros, o código de barras é aceito. O entendimento foi aplicado no julgamento de um recurso especial do Supermercado Bahamas Ltda., no município mineiro de Cataguases. A empresa contestou decisão do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, que afirmou ser necessária a etiquetação de todos os produtos, mesmo quando o mecanismo de código de barras é adotado. A ministra relatora, Eliana Calmon, ressaltou que o STJ já decidiu diversas vezes no mesmo sentido do tribunal mineiro. Mas, com a entrada em vigor da Lei 10.962/04, que dispõe sobre a oferta e as formas de afixação de preços de produtos e serviços para o consumidor, o STJ mudou a jurisprudência.
  • 20. Marketing Mix PÃO DE AÇÚCAR JÁ VENDE PANETONE DE SUAS MARCAS PRÓPRIAS Fonte: Mundo do Marketing - 6/08/2009 CARREFOUR FAZ MAIOR PROMOÇÃO DO ANO Fonte: Mundo do Marketing - 6/08/2009 A mais de dois meses do Natal, o Grupo Pão de Açúcar se antecipa à industria e já coloca à venda os O Carrefour estréia a sua maior promoção do ano. A panetones de suas marcas exclusivas Taeq e Qualitá. ação premiará milhares de clientes com cartões- Os produtos estão sendo vendidos nas lojas Extra, Pão presente de R$ 100,00 para gastar em lojas da rede. de Açúcar, CompreBem e Sendas. Este ano, a Qualitá A cada R$ 50,00, os clientes ganham uma raspadinha licenciou a marca Bob Esponja e oferece uma versão que se estiver premiada sirenes e apitos tocarão por mini do panetone. A rede espera vender 25% a mais toda loja para anunciar o ganhador. neste ano. As compras com o cartão Carrefour têm o dobro de chances, porque dão direito a duas raspadinhas a cada R$ 50,00. A campanha “Compra Mega Premiada Carrefour” terá ações de publicidade assinada pela F/Nazca. Vinte milhões de tablóides, um hotsite e peças de PDV complementam a ação promocional.
  • 21. E-Commerce CLASSE C NA WEB FAZ TENDA INVESTIR EM CANAL DIGITAL Fonte: Mundo do Marketing - 6/08/2009 O sonho da casa própria ficou mais real para consumidores de baixa renda e não é somente por conta do acesso ao crédito. Com 40 anos de mercado, a Tenda dedicou os últimos dez para investir na nova classe media através de um modelo inovador de vendas em lojas físicas e, ultimamente, comercializando casas e apartamentos pelo portal da empresa. (...) O mergulho na classe C é o principal diferencial da construtora segundo Dirce Amaral, Diretora de Marketing da Tenda. Através de uma comunicação que falasse diretamente com estes consumidores, a empresa buscou atrair clientes para os pontos-de-venda sem falar das características do produto. A mensagem chamava o consumidor para as lojas com a promessa de que lá ele encontraria a sua casa e teria acesso a um produto especial feito para ele. Até a reformulação do site, a Tenda usava a internet de forma passiva, levando apenas informações para o internauta. Agora, a nova versão on-line tem foco em interatividade. (...) O projeto de reformulação do portal Tenda foi feito pela agência Energy e, de acordo com o presidente, Fernando Taralli (foto), o aumento do tráfego de internautas se dá principalmente pela procura e acesso cada vez maior da classe C à web. “Na classe C um computador pode atingir até três pessoas diferentes. A internet ainda não chega para a maioria, mas os que estão nela colaboram com os que não estão”, conta Taralli ao site.
  • 22. E-Commerce COMPREBEM OFERECE R$ 5 MIL EM PROMOÇÃO E LANÇA NOVO SITE Fonte: Mundo do Marketing - 6/08/2009 O CompreBem anuncia novidades para outubro, mês em que a rede comemora seu aniversário. Com a promoção “Você Mais Poderosa”, o consumidor poderá concorrer a R$ 5 mil a cada R$ 30,00 em compras nos supermercados ou postos de combustíveis da rede. Ao todo serão 21 sorteios e para completar, a empresa reformulou o visual do portal www.comprebem.com, que oferece novas funcionalidades e facilidades de navegação, além do conteúdo de todas as edições da revista CompreBem. Para os consumidores que pagarem a conta com o cartão CompreBem, a rede dará chances em dobro para concorrer ao prêmio. A promoção funciona através de mensagens SMS e o sorteio acontece dia 11 de novembro. Além disso, todas as 160 lojas CompreBem terão mais de mil itens em oferta durante o mês, em todas as categorias. O novo portal da rede varejista oferece reportagens sobre beleza, jardinagem, nutrição, economia, horóscopo e culinária e passou por uma reformulação por conta do crescimento de internautas que acessam o site. O novo modelo permite ao consumidor solicitar o cartão CompreBem e também se cadastrar para receber informações sobre promoções, facilidades de pagamento e descontos. Outra novidade do site é um aplicativo de busca de receitas e um localizador de lojas, postos de gasolina e drogarias da bandeira.
  • 23. Varejo no Mundo CARREFOUR DENIES SOUTH AMERICA PULL-OUT By The Financial Times October 8 2009 03:25 Carrefour, Europe’s biggest retailer, on Wednesday denied it was selling its operations in “growth” markets, scotching rumours that it planned to pull out of South America. Brazil and China remained “geographic priorities” among growth markets in the medium and long- term, according to a Carrefour statement, in response to stories in Le Monde that the group was in the process of selling its Latin American operations. The hypermarkets group is under pressure from its biggest investors, Colony Capital, the US private equity group and Bernard Arnault, one of France’s richest men, to turn around the retailer’s fortunes in the face of competition from hard discounters and local supermarkets. (...) In August, he said he would close the group’s stores in southern Italy, which he called a “loss- maker” while continuing to operate in the north of the country . Latin America accounted for 12 per cent of Carrefour’s operating profit of €3.3bn ($4.9bn) in 2008, and sales in the region increased by 31 per cent compared to 2007. In France, which represented 46 per cent of operating profit, sales rose by 1 per cent. However, analysts said the statement still left the door open for Carrefour eventually to exit from Argentina or Colombia, where its operations are smaller than in Brazil.
  • 24. Workshop Avançados!!! O ritimo atual do varejo exige constante atualização sobre temas emergentes. Pensando nisso, o Núcleo de Estudos do Varejo da ESPM organizou workshops com um dia de duração sobre cinco temas que mais geram interesse no momento. Os conteúdos são exclusivos e abordam assuntos como: • Comportamento de Compras do Consumidor • Estratégia Competitiva • Inovações Tecnológicas • Marcas Próprias • Varejo Imobiliário São programas de alto nível, liderados por professores da Pós Graduação da ESPM que ocupam posições de destaque nos mercados onde atuam. Se interessou? Para saber mais clique aqui e confira todo o programa do Workshop
  • 25. Este informativo é destinado à comunidade de interesse sobre varejo, formada por alunos, ex-alunos, professores e funcionários de empresas parceiras do Retail Lab, o laboratório de Varejo do Núcleo de Estudos do Varejo da ESPM. PRODUZIDO POR: Leonardo Milanês Tatiana Fagundes COORDENAÇÃO: Prof. Ricardo Pastore 02/10/2009