Your SlideShare is downloading. ×
0
16_07_2012
16_07_2012
16_07_2012
16_07_2012
16_07_2012
16_07_2012
16_07_2012
16_07_2012
16_07_2012
16_07_2012
16_07_2012
16_07_2012
16_07_2012
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

16_07_2012

248

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
248
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
2
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Shopping Center Varejo Fashion Móveis e Eletro Economia Construção Super & Hiper Marcas Próprias Internacional Mercado Sustentabilidade Canal Farma Marketing Mix TecnologiaE-Commerce do V arejo Cl ipping
  • 2. Caros Leitores Caros Leitores, O jornal Valor desta 2a.F., 16/07/12, mostra que produtos vendidos na nova loja Sephora do Shopping JK Iguatemi em São Paulo, são encontrados com preços muito menores nas filiais dos EUA. Até aí, nenhuma novidade nem nenhum demérito para a unidade brasileira, aliás, a primeira de 30 segundo a matéria. O que se espera é que a estratégia econômica do governo federal de incentivo ao consumo interno consiga diminuir rapidamente tais distorções a partir da redução do tal “custo Brasil” que inclui impostos altíssimos entre outros. Segundo o Banco Central, os gastos dos brasileiros em viagens internacionais somaram US$ 9,0 bilhões no primeiro semestre de 2012 contra US$ 8,4 bilhões no mesmo período de 2011, ou seja, crescimento de 7,1%. A resposta parece óbvia. Lá fora se encontra:Ricardo Pastore, Prof. Msc - produtos em abundância; - alta qualidade; - preço muito mais baixo;Coordenador do Núcleo de - conveniência e facilidade de acesso, etc. ...Estudos do Varejo - ESPM O consumidor quer abundância, preços baixos, conveniência, facilidade para comprar. Enquanto a demanda estiver maior que a oferta, a pressão inflacionária vai encontrar terreno para aumentar, mas quando invertermos essa roda, teremos de vez um ciclo mais prodigioso. Será que conseguiremos um dia? As redes internacionais estão apostando nisso. Vai Brasil! Boa leitura!Um grande abraço, Prof. Ricardo Pastore
  • 3. MercadoClientes fazem fila para nova loja de maquiagem em shopping de luxoA inauguração da primeira loja da Sephora no Brasil G1 Paula Larroque, vice-presidente sênior paraprovocou filas nesta sexta-feira (13), no Shopping América Latina da Sephora.JK Iguatemi, em São Paulo. Por volta das 13h30, De acordo com Paula, a primeira cliente a entrar naa fila ao lado de fora da loja chegava a demorar loja chegou à porta do shopping à meia-noite. Elamais de 20 minutos. Mas a entrada na Sephora foi cortou a fita de inauguração ao lado dos donos.ainda mais concorrida durante a manhã. Karina Sirqueira, 25 anos, esteve com a prima,De acordo com a equipe de seguranças que de 15 anos, na Sephora nesta sexta. Asorganizava a entrada dos clientes, às 10h30, duas compraram batons e pequenos kits dequando a loja foi aberta, cerca de 300 pessoas maquiagem. Os preços surpreenderam, masesperavam do lado de fora. Até as 13h30, estima- elas garantem que a visita valeu a pena. “É umse que mais de 600 pessoas tenham passado pouco mais caro do que no exterior, mas há umapelo local, e a maioria levou pelo menos um variedade incrível produtos”, diz Karina, queproduto, segundo a administração da loja. gastou cerca de R$ 40 com o batom e pouco“Os preços são mais elevados do que nas mais de R$ 50 com o kit de maquiagem.lojas no exterior devido aos impostos, mas aqui Na fila, enquanto aguardavam para entrar na loja, ashá produtos para todos os gostos e todos os também primas Mônica Mutran, psicóloga, e Isabelabolsos. Temos itens de R$ 8,00 até mais de R$ Mutran, arquiteta, decidiam o que iriam comprar.1 mil, então basta chegar e escolher”, afirma ao (G1 – 13/07/2012)
  • 4. MercadoSephora prevê 40 lojas para o mercado brasileiroUma das maiores redes varejistas de cosméticos de países como França e EUA. As tarifas dedo mundo, a Sephora, do grupo LVMH, espera importação de cosméticos no país (de 18% achegar ao fim do ano com cinco lojas no Brasil, 35%), assim como a variação cambial, levam assendo três em São Paulo e duas no Rio de mercadorias da marca própria da rede a terem valorJaneiro, todas em shopping centers. Os próximos final no Brasil acima do vendido nos EUA.pontos serão abertos nos shoppings Morumbi e Enquanto um esmalte da marca Sephora éEldorado, em São Paulo, e no Village Mall e Rio vendido nas lojas dos EUA por US$ 4, aqui oSul, no Rio. Na sexta-feira, foi aberta a primeira mesmo item da loja no JK custa R$ 19. Batomloja da rede no país, no shopping JK Iguatemi, da mesma marca Sephora custa US$ 12 noszona sul da capital paulista. EUA e, em São Paulo, R$ 53.Em até cinco anos, a rede espera ter 40 lojas no Lapuente não comentou a hipótese de ampliarmercado brasileiro. Nesse período, acredita que a participação da LVMH no negócio no país.é possível que o Brasil ocupe um lugar no grupo No Brasil, o grupo tem 70% da Sack’s, varejistados dez países mais importantes em vendas on-line de perfumes que a Sephora adquiriu empara a marca, disse o presidente mundial da 2010 para entrar no país. “São condições deSephora, Christopher de Lapuente. contrato que não comentamos”.A empresa não pretende nacionalizar produtos à (DataMark – 16/07/2012)venda a princípio e, portanto, manterá a importação
  • 5. MercadoDaslu começa a vender roupa na RiachueloA Daslu começa a vender roupas nas lojas preço dos produtos deve ser próxima ao deRiachuelo no mês de agosto. A estratégia coleções como a de Stella McCartney paraé aumentar a receita e o plano inicial da a C&A, que teve vestidos de R$ 200,00 emarca é que o canal seja ponto de venda casacos de R$ 300,00. As vendas devempermanente. A rede de varejo possui 148 movimentar R$ 7 milhões neste ano, deunidades no Brasil e as informações são do agosto a dezembro.Valor Econômico, confirmadas pela Laep (Mundo do Marketing – 12/07/2012)Investments, que controla a Daslu.Após negociação de quatro meses entreas empresas, um dos acordos é que sejamcomercializados produtos específicos,fabricados com a marca própria Daslu.Criada com foco no consumidor de altarenda, o novo negócio quer mudar a imagemda marca, ampliar os canais de acesso eganhar margem pelo volume vendido. Sem,no entanto, popularizar muito.Segundo reportagem do Valor, a faixa de
  • 6. MercadoAlto endividamento afeta vendas do varejo, diz IBGEAs medidas tomadas pelo governo para estimular do comprometimento de renda das famílias, oo consumo não estão surtindo efeito nas vendas quadro de desaceleração da economia tambémdo varejo, segundo Reinaldo Pereira, gerente da afetou o humor para o consumo.Coordenação de Serviços e Comércio do Instituto “Essa queda nas vendas na margem está de acordoBrasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O com a atual conjuntura de uma desaceleração navolume de vendas do varejo caiu 0,8% em maio atividade econômica. A indústria já apresentouante abril. Mesmo o índice de média móvel dados de queda. As projeções para o PIB já vêmtrimestral, que reduz a volatilidade do indicador, caindo, já se fala em crescimento de 2%, temse reduziu de 0,3% no trimestre encerrado em analista falando até em 1,5%. Então, não é umabril para 0,0% no trimestre encerrado em maio. quadro que se estava esperando, que era que“O governo vem tentando resolver o problema em 2012 a economia iria deslanchar. Isso nãoda crise da mesma forma como enfrentou em aconteceu”, lembrou Pereira.2008 e que deu certo. Só que agora tem um No entanto, o IBGE ressalta que o resultado nãoingrediente que não tinha antes, que é o alto pode ser encarado como uma tendência de inflexãonível de endividamento do consumidor. O nas vendas do varejo, por ser um indicador volátil.que os economistas dizem é que dessa vez a Na comparação com maio de 2011, ainda houvesaída não é consumo, é investimento”, afirmou aumento de 8,2% nas vendas em maio deste ano.Pereira. Na avaliação do pesquisador, além (Veja – 11/07/2012)
  • 7. MercadoP&G cria loja virtual em shopping de Campos do JordãoA P&G e o Pão de Açúcar levaram para Campos Desde a inauguração, a P&G Virtual Storedo Jordão a tecnologia de compra via QR Code. já impactou mais de três mil pessoas. NesteDurante este mês, os consumidores que passarem sábado, dia 14, será a vez de Pampers e Hipoglóspelo shopping sazonal Market Plaza podem Amêndoas estreitarem o relacionamento com oadquirir produtos de marcas como Gillette, Pantene, público. As marcas farão o passeio dos bebês,Pampers e Duracell por meio do próprio smartphone distribuirão kits com produtos e terão umaou pelos tablets disponibilizados na loja. tenda de 9 m² no Market Plaza, onde as mãesNo espaço de 40 m², painéis de vídeo exibem poderão conhecer o espaço e tirar fotos numauma gôndola virtual com os produtos. As cabine. No mesmo fim de semana, de 13 a 15compras são realizadas pelo Pão de Açúcar de julho, os consumidores serão convidados aDelivery e, gastando acima de R$ 25,00, os participar de um jogo da memória das linhasclientes recebem um brinde da P&G. A cada Pink e Activa de Always.fim de semana de julho, a loja virtual também Na última sexta-feira, dia 6, o Pão de Açúcarpromove iniciativas para os consumidores também apostou na tecnologia para aumentarenvolvendo as marcas da companhia. No início as vendas e se aproximar dos consumidores. Odo mês, por exemplo, o amaciante Downy Grupo inaugurou uma Vitrine Virtual no shoppingrealizou um jogo de adivinhação usando o Cidade Jardim, em São Paulo.olfato dos participantes. (Mundo do Marketing – 11/07/2012)
  • 8. MercadoAbilio Diniz pode trocar o Pão de Açúcar pelo CarrefourSegundo a colunista Sonia Racy, do jornal acordo assinado em 2005 com Abilio.O Estado de S. Paulo, Abilio Diniz estaria No entanto, em 2011, Abilio Diniz sinalizou anegociando deixar o Grupo Pão de Açúcar intenção de integrar o Carrefour brasileiro e o Pãopelo montante de US$ 7 bilhões. Com o de Açúcar. Na época, o Casino tomou a atitudevalor, o empresário pode tentar comprar uma de Abilio como uma manobra para impedir a suaparticipação no controle global do Carrefour, passagem ao controle do grupo, e a negociaçãoseu concorrente no autosserviço. não avançou.Segundo o jornal, o Carrefour estaria interessado (Supermercado Moderno – 11/07/2012)na experiência de Abilio Diniz para corrigirproblemas de gestão da empresa no Brasil eem suas atividades globais. Consultado peloEstado, Abilio disse que “seria uma maravilha seisto estivesse acontecendo”, e que o Carrefour éassunto do ano passado.No dia 22 de junho, Jean-Charles Naouri, doGrupo francês Casino, foi efetivado comocontrolador do Grupo Pão de Açúcar, pormeio da holding Wilkes. Isto estava previsto no
  • 9. MercadoGrandes redes devem crescer até 6% neste anoA projeção é feita com base em dados quando descontada a inflação.divulgados pelo Carrefour, Pão de Açúcar, Já a Pesquisa Mensal do Comércio, do IBGE,e instituições como o IBGE (Instituto que inclui pequenos varejistas, aponta queBrasileiro de Geografia e Estatística) e Abras os super e hipermercados acumulam alta de(Associação Brasileira de Supermercados), 9,7% até maio.pelo jornal Valor Econômico. (Supermercado Moderno – 13/07/2012)O crescimento deve ficar abaixo do obtidopelas redes de médio e pequeno portes, queabastecem as classes C e D.Conforme SM informou ontem, as vendasdo Carrefour no Brasil cresceram 7,7% noprimeiro semestre, taxa que cai para 2,7%se considerada a inflação dos últimos12 meses. A própria rede afirmou que sesentirá “confortável” caso o número semantenha estável ao final do ano. Já oGrupo Pão de Açúcar projetou expansãode 10,9%, que deverá cair para 5,9%
  • 10. MercadoVolume de vendas da BR Malls cresce 22,5% no 2º trimestreA BR Malls Participações informou nesta pela BR Malls encerrou o segundo trimestre dosegunda-feira (16/7) que o volume consolidado ano em 97,6% da área bruta locável (ABL) total,de vendas dos lojistas dos shoppings que ante 97,7% em junho de 2011.administra atingiu R$ 4,6 bilhões no segundo Já o nível de pagamentos em atrasos acimatrimestre de 2012, o que representa um de 30 dias subiu para 4%, frente aos 3,4%crescimento de 22,5%, na comparação com em igual período do ano passado. Em abrilo mesmo período do ano passado. último, a taxa estava em 4,6%.A expansão das vendas no quesito mesmas (Brasil Econômico – 16/07/2012)lojas (considerando unidades com nomínimo 12 meses de operação) foi de 7%de abril a junho deste ano, ante 10%, emrelação ao mesmo trimestre de 2011.A companhia explica que o desempenho nocritério mesmas lojas decorre principalmentedo incremento nas lojas satélites, quecresceram 8,5% no período, e nas lojas delazer, que tiveram expansão de 7,9%.A taxa de ocupação dos shoppings administrados
  • 11. Marketing MixPão de Açúcar vê download de app aumentar 70% com Vitrine VirtualRede inaugurou canal de venda na última adquirir os produtos expostos.sexta-feira, dia 6, e permite que consumidores A ação tem como objetivo posicionar a marcado shopping Cidade Jardim adquiram entre o público que passa pelo centro comercialprodutos pelo smartphone ou tablet. e associar o Pão de Açúcar à inovação. NoO Pão de Açúcar já colhe os frutos do local, o consumidor encontra painéis quelançamento da Vitrine Virtual, no shopping simulam gôndolas de um supermercado eCidade Jardim, em São Paulo. Inaugurado no pode comprar os itens reproduzidos peloúltimo dia 6, o novo canal de venda da rede smartphone ou tablet escaneando os QRvarejista impulsionou um aumento de 70% no Codes presentes abaixo de cada produto.número de downloads do aplicativo Pão de (Mundo do Marketing – 13/07/2012)Açúcar Delivery, ferramenta necessária para
  • 12. EconomiaInadimplência do consumidor cresce 19,1% no 1º semestre, diz SerasaA inadimplência do consumidor aumentou 19,1% honradas, em média, e 60% deles têm contas ano primeiro semestre deste ano, na comparação pagar acima de 100% de sua renda mensal.com o mesmo período do ano passado, de Contas atrasadasacordo com dados divulgados nesta quarta- As dívidas não bancárias, como carnês, e as comfeira (11) pela Serasa Experian. os bancos, foram as principais responsáveis pelaApenas em junho, o medidor de dívidas em alta da inadimplência no primeiro semestre, comatraso apontou alta de 15,4% ante o mesmo aumentos de 21,6% e de 22,1%, respectivamente,mês em 2011. No confronto com maio, contudo, e contribuição de 8,6 pontos porcentuais (pp) ehouve leve queda, de 0,50%. 10,9 pp para a alta de 19,1% no período.De acordo com a Serasa, o forte aumento da Os títulos protestados aumentaram 6,3%. Já osinadimplência deve-se ao crescente endividamento cheques sem fundos registraram queda de 5,9%.das famílias e ao descontrole ao assumir novas dívidas. O valor médio das dívidas com os bancos apresentouDados da empresa mostram que a renda do queda de 1% no primeiro semestre do ano, emconsumidor está comprometida por dívidas caras comparação com o mesmo período do ano anterior.(que cobram juros altos), como cheque especial e Já o valor dívidas não bancárias, os chequesrotativo do cartão de crédito, e de alto valor, como sem fundos e os títulos protestados tiveram altaaquelas contraídas para pagar veículos e imóveis. de 16,3%, 11,8% e 6,3%, respectivamente.Cada inadimplente carrega quatro dívidas não (G1 Economia – 11/07/2012)
  • 13. Shopping Center Varejo Fashion 16/07/2012 Móveis e Eletro Economia unidadeConstrução om de stinado à c Este info rmativo é de & , forma or alunos ex SuperarejoHiperda pMarcas, Próprias bre v interesse so Internacional empresas un cionários de essores e f nos, profMercado alu io de Varejo Sustentabilidade Reta il Lab , o laboratór Canal Farma as do Marketingrejo da ESPM. parceir Va Mix e Estudos de do Núcleo d Tecnologia :E-Commerce Coordenação or: Produzido p astore Pro f. Ricardo P rvoli Raphael Spa mo João do Car

×