Projeto central de tratamento de residuos residuo zero

  • 7,127 views
Uploaded on

It's a presentation about a RECYCLING CENTER to be based at Guapó-GO BRAZIL.

It's a presentation about a RECYCLING CENTER to be based at Guapó-GO BRAZIL.

More in: Technology
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
7,127
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
0
Comments
0
Likes
1

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. PROJETO ATERRO SANITÁRIO E INDUSTRIAL CTR – Central de Tratamento de Resíduos Resíduo Zero Ambiental GUAPÓ – GOIÁS BRASIL
  • 2. QUEM SOMOS A Resíduo Zero Ambiental desenvolveu um projeto que traz ao Município de Guapó desenvolvimento sustentável aliado a tecnologia. A Resíduo Zero e Ecoblending fazem parte do mesmo grupo empresarial que oferece soluções ambientais na destinação de resíduos industriais de forma ambientalmente correta. Objetivo do Projeto: Implementar uma CTR – Central de Tratamento de Resíduos Tecnologia de tratamento de resíduos Aterro Sanitário e Industrial Aproveitamento Energético Gestão Reciclagem eficiente e responsável Incinerador
  • 3. CENTRAL DE TRATAMENTO DE RESÍDUOS RESÍDUOS (Galpões de recepção e triagem de resíduos domiciliares, Galpões de armazenamento de pneus e recicláveis) Aterro Classe I Reciclagem Incineração Aterro Classe II Área de Galpão de Processamento Solidificação de de resíduos da Lodo construção civil
  • 4. DIVULGAÇÃO DO EMPREENDIMENTO EM GUAPÓ-GO E ARAGOIANIA-GO Dia 24 a 28 de maio de 2010. Escola Municipal Padre Conrado Guapó Praça Central de Aragoiânia Escola Municipal Dona Sanita Guapó
  • 5. DIVULGAÇÃO DO EMPREENDIMENTO EM GUAPÓ-GO E ARAGOIANIA-GO 6.000 folders entregues em Guapó & Aragoiânia. Equipe de educadores ambientais da Empresa Cia da Criação Publicidade & Marketing Rio Verde-GO Centro Educacional Lucas Queiróz Entrevista a Radio Ribeirão
  • 6. BENEFÍCIOS PARA GUAPÓ • AQUECIMENTO ECONÔMICO DA CIDADE Comercio; Alimentação; Hotelaria; Mecânicas; Transportadora; Construção Civil; Mercado Imobiliário. • GERAÇÃO DE EMPREGOS – Melhoria contínua nas condições de Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho, incluindo todos os benefícios trabalhistas. Contratação de 30 colaboradores diretos + 60 indiretos (Fase de Implantação) Contratação de 150 colaboradores diretos + 300 indiretos (Fase de Operação) Será priorizado a mão de obra local • EMPREENDIMENTO DE INFRA-ESTRUTURA – Viabiliza novos empreendimentos na cidade.
  • 7. BENEFÍCIOS PARA GUAPÓ • ARRECADAÇÃO DE IMPOSTOS: Com a instalação do projeto da Resíduo Zero, o município de Guapó será beneficiado com a arrecadação de impostos, como por exemplo o ISS (Imposto Municipal Sobre Serviço).
  • 8. AÇÕES PRATICADAS PELA RESIDUO ZERO • AÇÕES PRATICADAS: Durante o desenvolvimento do projeto EIA, a empresa se antecipou em algumas ações ambientais: - Foram plantadas 4.000 mudas de árvores nativas na área de preservação; - O grupo previsiona plantar mais 10.000 mudas de árvores nativas, com o intuito de enriquecer a área de preservação.
  • 9. AÇÕES PRATICADAS PELA RESIDUO ZERO • Imagens da área.
  • 10. PROGRAMAS A SEREM DESENVOLVIDOS • EDUCAÇÃO AMBIENTAL: Como parte integrante de sua política, a empresa busca o estabelecimento de relações de aprendizagem com crianças e adolescentes (ensino fundamental e médio). - Aperfeiçoamento de Técnicas de Coleta Seletiva com oficinas pedagógicas; - Apoio a sociedade acadêmica; - Criação de oficinas e cursos técnicos profissionalizantes (parceria com instituições de ensino).
  • 11. PROGRAMAS A SEREM DESENVOLVIDOS • Programas de Revitalização de Nascentes na Área do Empreendimento - Recuperação e preservação de matas ciliares, previsionando uma área para a visitação do publico com o intuito de conhecer as nascentes e a reserva ecológica da fazenda Serrinha, dispondo de trilhas ecológicas, monitoramento e educação ambiental
  • 12. PROGRAMAS A SEREM DESENVOLVIDOS • Programas de Capacitação da Mão de Obra local – Absorver a mão de obra local, treinando e capacitando os futuros contratados da RESIDUO ZERO AMBIENTAL; • Programas em Parcerias com a Prefeitura – Desenvolver trabalhos com os profissionais da área de reciclagem; • Programas de Saúde e Segurança para os funcionários – Benefícios trabalhistas, plano de saúde, plano odontologico.
  • 13. PROJETO DE ENGENHARIA Eng. Renan Lindner
  • 14. PREMISSAS FUNDAMENTAIS DO PROJETO • Evolução do tema dos resíduos sólidos • Lançamento conjunto de resíduos urbanos e industriais em lixões; • Evolução da legislação ambiental, com definição das diretrizes para processos de tratamento e destinação final; • Início da operação dos aterros para resíduos industriais; • Ações do MP sobre lixões de resíduos urbanos; • Início da operação dos aterros para resíduos urbanos; • Busca da valorização dos resíduos – integração dos resíduos na atividade econômica; • Aprovação da política nacional de resíduos sólidos.
  • 15. ASPECTOS ORIENTADORES DO PROJETO • Características gerais do projeto; • Ampliação de opções para tratamento e destinação final de resíduos; • Ênfase na valorização de resíduos, com a permanência dos materiais nos ciclos de atividades econômicas; • Proposta de processos diversos para a valorização de resíduos; • Projeto com instalações flexíveis, capazes de permitir a implantação de diversos tipos de tratamento de resíduos.
  • 16. ASPECTOS ORIENTADORES DO PROJETO (CARACTERISTICAS ESPECIFICAS) • Orientação do projeto para a minimização de impactos sobre o terreno, com redução de emissões durante a execução e instalação prévia de barreiras de proteção das APPs; • Aproximação de atividades que requerem operação, gerenciamento e energia intensivas, com localização na região de entrada do plano. Com a aproximação, buscam-se efeitos de sinergia entre as atividades, com otimização dos custos de operação; • Instalação de técnicas de tratamento que contemplam principais demandas de resíduos industriais, domiciliares e urbanos (RSS, RCC, recicláveis, etc).
  • 17. ÊNFASE NOS SISTEMAS DE PROTEÇÃO AMBIENTAL • Projeto das células orientado para a redução da geração de percolados; • Declividades adequadas na construção das células; • Sistemas compostos de impermeabilização e drenagem; • Poços de monitoramento; • Sistemas de tratamento de percolados, com destinação final dequada (sem lançamentos nos receptores próximos); • Implantação de sistemas de contengência e gerenciamento de riscos; • Projeto de encerramento das áreas de aterro.
  • 18. MODELO ESQUEMATICO DE UM ATERRO SANITÁRIO / INDUSTRIAL
  • 19. IMPLANTAÇÃO DE MANTA IMPERMEABILIZANTE
  • 20. IMPLANTAÇÃO DE MANTA IMPERMEABILIZANTE
  • 21. ASPECTOS QUANTITATIVOS • Residuo Classe 1 --------------------------------------------- 50 ton/dia • Residuo Classe 2 --------------------------------------------- 100 ton/dia • Residuo de Serviço de Saúde ---------------------------- 2 ton/dia • Residuo de Construção Civil ------------------------------ 50 ton/d • Residuo de Serviço Urbano • Recicláveis
  • 22. “Na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma.” Antoine Lavoisier Muito obrigado.