Your SlideShare is downloading. ×
Universidade	  Estácio	  de	  Sá	           Administração	  de	  Novos	  Negócios	  -­‐	  GST0243	                 Renato	...
        Universidade	  Estácio	  de	  Sá	            Administração	  de	  Novos	  Negócios	  -­‐	  GST0243	               ...
           Pesquisas	  indicam	  que	  a	  "mortalidade	  infantil	  empresarial"	  é	  altissíma	  no	  Brasil	  Segundo	...
 	         Não	  obstante,	  são	  condições	  fundamentais	  para	  um	  ambiente	  econômico	  saudável	  uma	  carga	  ...
     Condições	  do	  Ambiente	  Econômico	          O	   Ambiente	   Econômico	   é	   afetado	   basicamente	   por	   t...
○ Oligopólio:	   É	   o	   famoso	   "Clube	   do	   Bolinha"	   onde	   os	   poucos	   fornecedores	   não	             ...
              ○ Gosto:	  Este	  é	  um	  aspecto	  extremamente	  complexo	  de	  mensurar,	  mas	  que	  pode	           ...
Curva	  de	  Demanda	  e	  Oferta	  (http://pt.wikipedia.org/wiki/Lei_da_oferta_e_da_procura)	               Conceito	  ec...
Conjuntura	  Econômica	             Conjunto	   de	   fatores	   que	   englobam	   a	   econômia.	   Muitos	   são	   os	...
Conjuntura	  de	  Mercado	  (http://www.ie.ufrj.br/aparte/pdfs/analiseconjuntura_teoriametodo_01jul08.pdf)	         Soma	 ...
● Mercado	  de	  trabalho:	  Um	  especialista	  em	  Marketing	  com	  Mestrado	  e	  vários	  cursos	  de	             M...
Conjuntura	  Global	  	            A	   Globalização	   mudou	   completamente	   o	   cenário	   dos	   negócios	   e	   ...
Além	   disso,	   para	   participar	   deste	   mercado	   global,	   cada	   vez	   mais	   veloz	   e	   mais	   concor...
● Legislação	  e	  Política:	  Os	  governos	  podem	  causar	  interferências	  diversas	  nos	  negócios	  ao	          ...
Bibliografia	  e	  Webgrafia:	         ●   Administração	  para	  Empreendedores	  -­‐	  1a	  Edição	  (2006)	  -­‐	  Capí...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

A Importância da Conjuntura Econômica e a Globalização

11,593

Published on

Como a Globalização mudou radicalmente as regras do jogo dos negócios em todo o mundo, fazendo com que a concorrência se torne um desafio global, ao invés de um simples problema local, como ocorria a alguns anos atrás. Neste cenário onde o consumidor pode comprar um produto da China, por 3 vezes menos e receber em sua porta, a diferenciação fica por conta dos serviços e na qualidade do pós venda.

Published in: Business

Transcript of "A Importância da Conjuntura Econômica e a Globalização"

  1. 1. Universidade  Estácio  de  Sá   Administração  de  Novos  Negócios  -­‐  GST0243   Renato  Siqueira  -­‐  2011.01-­‐42286.6    A  Importância  da  Conjuntura  Econômica  e  a  Globalização  
  2. 2.   Universidade  Estácio  de  Sá   Administração  de  Novos  Negócios  -­‐  GST0243         A  Importância  da  Conjuntura   Econômica  e  a  Globalização           Renato  Siqueira  -­‐  2011.01-­‐42286.6          
  3. 3.   Pesquisas  indicam  que  a  "mortalidade  infantil  empresarial"  é  altissíma  no  Brasil  Segundo  pesquisas,   em   média,   30%   das   empresas   não   conseguem   completar   3   anos   de   vida  (http://bit.ly/QsIlwp).   Não   pretendo   aqui   explicar   os   motivos   que   levam   as   empresas   a  fecharem   suas   portas,   mas   irei   apresentar   informações   sobre   como   a   Economia   Globalizada  pode  influenciar  fortemente  a  saúde  das  empresas  caso  os  princípios  básicos  de  funcionamento  do  Ambiente  Econômico  não  sejam  entendidos  e  respeitados.       Iremos   avaliar   e   entender   o   Ambiente   Econômico   e   suas   condições.   Veremos   como   a  Curva  da  demanda  e  da  oferta  influencia  a  capacidade  das  empresas  de  manter  sua  capacidade  produtiva  e  a  oferta  saudável  de  produtos  e  serviços.  Iremos  ver  como  a  Conjuntura  Econômica  e   de   Mercado   deve   ser   levada   em   consideração   pelos   novos   empreendedores   e   também   como  a   Conjuntura   Global   pode   afetar   a   lucratividade   da   sua   empresa,   MESMO   que   ela   só   atue   no  mercado  local.       http://bit.ly/PTVFYa       Ambiente  Econômico  Saudável     Pode  ser  considerado  saudável  o  ambiente  econômico  onde  ocorre  o  incentivo  para  a  iniciativa  privada  e  os  possíveis  empreendedores  perceberem  que  os  riscos  da  abertura  de  um  novo   negócio   ou   a   exploração   de   uma   nova   oportunidade   é   compensado   pela   grande  probabilidade   deste   investimento   ser   bem-­‐sucedido   e   obter   o   retorno   sobre   o   investimento  feito.    
  4. 4.     Não  obstante,  são  condições  fundamentais  para  um  ambiente  econômico  saudável  uma  carga   tributária   justa,   o   combate   a   corrupção,   a   estabilidade   legal   e   a   atitude   positiva   em  relação  ao  empreendedorismo,  entre  outros  fatores  subjetivos.     ● Carga  Tributária  Justa:  Simplificando,  se  a  carga  tributária  é  injusta  e  exorbitante,  fica   inviável   manter   um   negócio.   Podemos   citar,   por   exemplo,   que   em   nosso   estado   a   contratação   de   um   funcionário   pelo   regime   CLT   pode   custar   a   empresa   até   108%   em   impostos.  Um  funcionário  que  tenha  um  salário  em  carteira  de  R$1000,00  pode  custar,   no   total,   até   R$2080,00!   Essa   é   uma   demonstração   de   que   não   temos   -­‐   infelizmente   -­‐   uma   carga   tributária   justa.   Isso   contribui   para   a   informalidade   e   para   a   criação   de   "esquemas"   para   burlar   a   "fome"   do   governo   por   impostos,   como   por   exemplo,   a   contratação  de  funcionários  como  PJ  (Pessoa  Jurídica)  e  o  famoso  "salário  por  fora".   ● Corrupção:   A   corrupção   consome   os   recursos   obtidos   pelo   governo   através   dos   impostos,  fazendo  com  que  cada  vez,  os  impostos  se  tornem  cada  vez  mais  opressivos  e   incentivando   ainda   mais   as   violações   à   lei.   Se   há   corrupção,   o   ambiente   econômico   é   sacrificado,   tendo   em   vista   que   nem   sempre   a   concorrência   é   justa   (falaremos   desse   fator   mais   à   frente),   tendo   em   vista   que   aqueles   que   podem   "comprar   a   lei"   acabam   tendo  uma  vantagem  ilícita  sobre  os  demais,  prejudicando  o  mercado.   ● Estabilidade   Legal:   Se   o   ambiente   legal   for   instável,   teremos   problemas.   Imagine,   por   exemplo,   uma   Creche.   Se   eu   abro   uma   creche   hoje,   tenho   que   atender   uma   série   de   requisitos   legais   para   cumprir   as   demandas   legais.   Se   a   legislação   do   setor   mudar   constantemente,  se  torna  um  risco  muito  grande  investir  neste  setor,  uma  vez  que,  de   uma  hora  para  a  outra,  uma  mudança  legal  pode  me  tornar  um  "marginal"  (por  estar  à   margem  das  leis)  e  assim  prejudicar  o  negócio.     ● Atitude  Positiva  em  Relação  ao  Empreendedorismo:  Os  empreendedores  precisam  ser   vistos   como   colaboradores   do   desenvolvimento   social   e   empresarial   e   não   como   infratores   e   pessoas   que   não   conseguem   se   ajustar   aos   "padrões   empresariais".   O   empreendedorismo   pracisa   ser   visto   como   uma   opção   viável   e   REAL   à   carreira   dos   profissionais   e   não   como   uma   saída   de   sobrevivência.   É   fundamental   que   o   empreendedorismo   seja   encorajado   desde   o   ensino   médio   para   que   os   estudantes   sintam-­‐se  motivados  a  inovar  e  criar  novas  oportunidades.  É  importante  que  se  ensine,   desde   muito   cedo,   as   técnicas   de   administração   de   negócios   e   a   busca   por   novas   oportunidades  para  que  no  futuro  estes  jovens  saiam  em  busca  de  oportunidades,  não   de  empregos!    
  5. 5.   Condições  do  Ambiente  Econômico   O   Ambiente   Econômico   é   afetado   basicamente   por   três   condições:   Conjuntura  Econômica,   Conjuntura   de   Mercado   e   Conjuntura   Global.   E   estes   são   afetados   por   conceitos  básicos  da  economia  que  TODO  empreendedor  deve  conhecer:  Mercado,  Demanda  e  Oferta.   ● Mercado:   Troca   de   bens   e   serviços   entre   compradores   e   vendedores.   O   "preço   de   mercado"  é  definido  através  do  equilíbrio  entre  a  Demanda  e  a  Oferta,  numa  equação   conhecida  como  "Curva  da  Demanda  e  da  Oferta".   ● Concorrência:   A   "disputa"   que   ocorre   entre   os   fornecedores   para   fornecer   seus   produtos  e  serviços  ao  público  alvo.  A  concorrência  tem  quatro  níveis     ○ Concorrência  Perfeita:  Ocorre  quando  a  oferta  é   igual  por  parte  de  todos  os  envolvidos  tanto  em   preço   quanto   em   número,   e   há   mercado   consumidor   suficiente   para   absorver   a   oferta.   Não   há   necessidade   de   competição   acirrada   entre   os   fornecedores   e   os   consumidores   se   sentem   confortáveis   com   o   preço   pago.   Um   exemplo  deste  modelo  de  concorrência  pode  ser   observado   nos   produtos   agrícolas,   que   são   ofertados  por  preços  adequados  e  que  possuem   um  grande  mercado  consumidor.   ○ Concorrência   Monopolística:   Ocorre   quando   existe   muito   mais   consumidores   do   que   a   oferta   disponível   e   os   poucos   fornecedores   possuem   capacidade   de   produção   limitada   em   face   à   demanda   e   oferecem   produtos   e/ou   serviços   de   igual   qualidade/características.   É   o   que   acontece  hoje  com  a  nossa  telefonia  celular.         Podemos  citar  a  Coca-­‐Cola  como  exemplo  de  Concorrência  Monopolística,  tendo  em  vista  que  ela  produz  diversos  refrigerantes,   sucos,  bebidas,  chás  e  demais  produtos  da  área,  onde  cada  um  deles    possui  uma  característica  diferente,  alcançando  assim  um   nicho  diferenciado  de  consumidores,  criando  barreiras  para  a  entrada  de  concorrentes  neste  mercado..  
  6. 6. ○ Oligopólio:   É   o   famoso   "Clube   do   Bolinha"   onde   os   poucos   fornecedores   não   tem   a   intenção   REAL   de   concorrer   entre   si.   Neste   cenário,   o   consumidor   é   fortemente  prejudicado.  O  oligopólio  é  uma  forma  evoluída  de  monopólio,  pois   o   que   temos   é   um   grupo   de   empresas   que   controla   e   domina   a   oferta   de   determinados  produtos  e/ou  serviços.  Também  conhecido  como  CARTEL.  É  uma   forma  de  concorrência  imperfeita.  (http://bit.ly/QoAjRO)   ○ Monopólio:  Esta  é  a  versão  "Só  pode  haver  um"  do  Oligopólio.  Neste  caso,  assim   como   no   Oligopólio,   ocorre   a   manipulação   da   oferta,   mas   -­‐   diferente   do   Oligopólio  -­‐  apenas  por  uma  empresa.    ● Demanda:   Basicamente,   a   quantidade   de   consumidores   que   querem   e   podem   comprar.   O   poder   de   compra,   aliado   a   intencionalização   e   efetivação   do   ato   da   compra.   Assim   como  qualquer  outro  dos  itens  apresentados,  possui  fatores  que  alteram  e  influenciam   sua  existência  e  comportamento:  Preço,  Renda,  Preço  de  Bens  Relacionados  e  Gosto   ○ Preço:   A   variável   mais   sensível   da   demanda.   Erros   nesse   fator   podem   causar   sérios   problemas   relativos   à   demanda.   É   neessário   utilizar   um   critério   exato   e   preciso   para   mensurar   o   preço   adequado.   Esta   variável   compõe   a   Lei   da   Demanda  que  afirma  que  os  consumidores  tendem  a  comprar  mais  se  o  preço   diminuir  e  menos  se  o  preço  aumentar.   ○ Renda:   Quanto   maior   a   renda   do   indivíduo   ou   da   sua   família,   menor   é   sua   sensibilidade  ao  fator  "preço".  Apenas  para  exemplificar,  se  um  chefe  de  família   tem   um   salário   líquido   de   R$2000,00   ele   provavelmente   não   frequentará   os   mesmos   lugares   ou   consumirá   os   mesmos   produtos   que   consumiria   caso   seu   salário  fosse  de  R$4000,00.  Nesse  caso,  ele  ficaria  mais  sensível  à  qualidade  geral   do  produto  ou  serviço,  e  menos  ao  seu  preço.     ○ Preço  dos  Bens  Relacionados:  Ao  planejar  a  demanda  de  determinado  produto   ou   serviço,   é   fundamental   pensar   nos   Bens   Relacionados:   Se   você   vende   um   carro   1.0   básico   e   o   preço   dos   outros   veículos   1.0   básicos   dos   fabricantes   concorrentes   for   de   -­‐   digamos   -­‐   R$25000,00   é   muito   pouco   provável   que   você   consiga   vender   o   seu   veículo   por   R$30000,00   pois   sendo   o   produto   uma   commodity  (veículo  1.0  básico)  a  diferença  de  preço  não  é  justificável,  caso  não   haja  um  diferencial  competitivo  muito  relevante.      
  7. 7.   ○ Gosto:  Este  é  um  aspecto  extremamente  complexo  de  mensurar,  mas  que  pode   influenciar  sua  demanda  de  maneira  definitiva.  Não  importa  seu  prooduto  ter  o   melhor   preço,   o   público   alvo   ter   renda   para   consumí-­‐lo   e   eles   estar   bem   posicionado   frente   à   concorrência   e   aos   bens   relacionados:   Se   o   produto   não   agradar   ao   gosto   do   consumidor,   ele   não   vai   gerar   demanda,   tornando-­‐se   um   "abacaxi"  (Vide:  Matriz  BCG  -­‐  http://pt.wikipedia.org/wiki/Matriz_BCG)            ● Oferta:  Significa  basicamente  a  quantidade  de  produtos  e  serviços  que  os  fornecedores   podem   e   querem   tornar   disponível   ao   mercado   consumidor.   A   oferta   é   influenciada   por   alguns  fatores,  entre  eles:  Preço  de  Venda,  Preço  dos  Insumos,  Tecnologia   ○ Preço   de   Venda:   Um   dos   principais   fatores   de   influência   da   oferta.   Quando   o   preço   de   venda   da   mercadoria   é   apresentada   com   valores   atraentes   para   os   fornecedores,  possibilitando  um  melhor  preço  para  os  consumidores,  a  diferença   entre   o   preço   de   custo   e   o   de   venda   resulta   em   uma   operação   lucrativa,   justificando  a  continuidade  do  negócio  e  até  mesmo  sua  expansão  e  melhorias.   ○ Preço  dos  Insumos:  Uma  empresa  que  fabrica  smartphones  precisa  de  inúmeros   insumos   para   a   produção   de   cada   unidade   a   ser   vendida:   Tela,   Placa   Lógica,   Bateria,   Case,   etc.   Se   -­‐   digamos   -­‐   o   preço   da   bateria   aumenta,   será   necessário   repassar   parte   -­‐   ou   todo   -­‐   do   aumento   do   preço   deste   insumo   para   os   consumidores  finais.  Esse  repasse  influencia  a  oferta,  assim  como  a  Demanda.   ○ Tecnologia:   A   tecnologia   -­‐   em   geral   -­‐   ajuda   as   empresas   a   diminuírem   seus   custos  e  prejuízos,  automatizando  processos  e  melhorando  o  fluxo  de  atividades  
  8. 8. Curva  de  Demanda  e  Oferta  (http://pt.wikipedia.org/wiki/Lei_da_oferta_e_da_procura)   Conceito  econômico  que  representa  o  ponto  onde  a  oferta  e  a  demanda  encontram  um  ponto   de   equilíbrio,   de   forma   que   os   fornecedores   se   interessam   em   fornecer   e   os  consumidores   tem   condições   ou   interesse   em   consumir.   Este   princípio   nos   demonstra   que   o  chamado  "preço  de  mercado"  é  o  resultado  da  dinâmica  entre  as  forças  de  demanda  e  oferta.   O  que  ocorre  em  caso  de  desequilíbrio  desta  dinâmica?   Quando   a   Oferta   é   Maior   do   que   a   Demanda,   temos   um   cenário   onde   existem   mais  pessoas   interessadas   em   vender   do   que   pessoas   interessadas   em   comprar.   Dessa   forma,   em  algum   momento,   temos   excedente   no   mercado,   forçando   os   preços   para   baixo   e   gerando  deflação.   A   competição   entre   os   fornecedores   se   torna   acirrada   e   podem   começar   a   ser  praticadas   concorrência   desleais   e   com   isso   podemos   presenciar   a   corrupção   de   agentes   do  governo   visando   obter   vantagens   ilícitas   para   conseguir   uma   diminuição   forçada   nos   preços   ou  alguma  vantagem  desleal  sobre  os  concorrentes.  No  final,  os  consumidores  são  profundamente  prejudicados.   Quando   a   Demanda   é   Maior   do   que   a   Oferta,   o   cenário   muda,   mas   ainda   assim   o  cenário  não  é  positivo  para  o  consumidor.  Com  menos  produtos  no  mercado  (oferta  em  baixa)  temos  o  surgimento  da  inflação,  que  é  o  aumento  dos  preços  devido  a  alta  procura  (é  como  um  leilão,   já   que   quem   tem   uma   renda   maior   pode   pagar   mais   caro   pelos   poucos   produtos   que  estão   disponíveis).   Isso   também   é   bastante   negativo   para   o   mercado   como   um   todo.   Basta   nos  lembrarmos   da   época   do   congelamente   dos   preços,   com   o   gatilho   salarial,   onde   chegamos   à  situação   absurda   dos   vendedores   esconderem   mercadorias   e   as   mesmas   desaparecerem   das  prateleiras,   pois   eram   reservadas   para   os   clientes   que   estavam   dispostos   a   pagar   o   "ágio"  (produtos  com  sobrepreço)       http://ivangorski.wordpress.com/2009/01/20/lei-­‐da-­‐oferta-­‐e-­‐demanda/    
  9. 9. Conjuntura  Econômica   Conjunto   de   fatores   que   englobam   a   econômia.   Muitos   são   os   fatores   que   compõem   a  Conjuntura   Econômica   do   nosso   país,   como   a   moeda,   PIB,   emprego,   câmbio,   exportação,   importação,  investimentos,   inflação,   deflação,   taxa   de   juros,   etc.   Estes   e   muitos   outros   fatores   são   o   conjunto   que  forma  (e  transforma)  a  economia.   Para   fins   de   realização   deste   trabalho,   iremos   avaliar   mais   de   perto   os   seguintes   fatores  macroeconômicos:  crescimento  econômico  (PIB),  inflação,  deflação  e  a  taxa  de  juros.   ● Crescimento  Econômico  (Aumento  do  PIB):  O  PIB  (Produto  Interno  Bruto)  é  a  medida  que  avalia   o  valor  de  mercado  de  todos  os  bens  e  serviços  produzidos  num  país  dentro  de  um  determinado   período   de   tempo.   O   aumento   do   PIB   representa   crescimento   econômico,   pois   significa   que   a   economia  está  positiva,  empregos  estão  sendo  gerados  e  o  consumo  está  positivo  e  estável.   ● Inflação:  A  inflação  representa  um  aumento  geral  nos  preços  dos  produtos  e  serviços  causado   por   um   desequilíbrio   econômico   na   curva   de   demanda   e   oferta:   Significa   que   temos   menor   oferta  de  produtos  e  serviços  no  mercado,  gerando  o  aumento  dos  preços  devido  a  alta  procura.   Esta   situação   é   primariamente   negativa   para   os   consumidores,   mas   é   melhor   a   longo   prazo   (desde  que  mantida  sobre  controle)  do  que  a  Deflação   ● Deflação:   A   Deflação   representa   um   outro   tipo   de   desequilíbrio   econômico   na   curva   de   demanda   e   oferta:   Quando   existe   uma   oferta   muito   superior   à   demanda.   Neste   cenário,   os   preços   tendem   a   cair,   cada   vez   mais,   beneficiando   -­‐   supostamente   -­‐   os   consumidores.   Não   obstante,   este   cenário   tende   a   ser   extremamente   nocivo   aos   consumidores   no   longo   prazo,   gerando   desemprego,   instabilidade   econômica,   queda   generalizada   no   compromisso   com   a   qualidade   da   oferta   e   aumentando   sobremaneira   o   risco   de   corrupção   e   iniciativas   monopolísticas     (Ref.:  http://super.abril.com.br/cotidiano/se-­‐inflacao-­‐ruim-­‐deflacao-­‐melhor-­‐443986.shtml)     ● Taxa  de  Juros:  Juros  é  o  valor  do  dinheiro  no  tempo.  É  a  remuneração  do  dinheiro.  Este  fator   altera  os  rendimentos  das  empresas,  assim  como  o  poder  de  compra  dos  consumidores,  o  que   pode  afetar  sobremaneira  a  capacidade  das  empresas  de  se  manterem  produtivas  e  lucrativas.   Quanto   mais   "caro"   for   o   dinheiro,   mais   os   consumidores   irão   tornar-­‐se   reticentes   a   contrair   dívidas   e   financiamentos   e   mais   caro   será   para   as   empresas   manter   suas   operações   com   lucratividade.          
  10. 10. Conjuntura  de  Mercado  (http://www.ie.ufrj.br/aparte/pdfs/analiseconjuntura_teoriametodo_01jul08.pdf)   Soma  total  dos  fatores  que  alteram  o  Mercado,  qualquer  que  seja  sua  natureza.   Existe  um  grande  número  de  fatores  variáveis  que  se  relacionam  de  formas  múltiplas  e  complexas,   fornecendo   um   quadro   da   situação   econômica   de   determinado   mercado   em  determinado   momento.   Segue   uma   lista   de   algumas   destas   variáveis:   produção,   estoques,  número   de   pessoas   empregadas,   taxa   de   juros,   receita   e   despesa,   demanda   de   produtos   e  serviços,  competição,  mercado  de  trabalho,  regulamentação  governamental,  entre  outros.     ● Demanda  de  Produtos  e  Serviços:  A  demanda  tem  influência  significativa  nos  mercados.   Sem   ela,   os   mercado   não   existiriam.   Existem   fatores   que   influenciam   a   demanda,   conforme  já  vimos  anteriormente,  como  preços,  renda  e  preferências.   ● Competição  no  Mercado:  Se  eu  tenho  algo  pra  vender  e  você  tem  algo  semelhante  para   vender,   por   um   preço   parecido   a   um   mesmo   público   alvo,   temos   um   ambiente   de   competição   neste   mercado.   Esta   competição   é   um   fator   que   tem   influência   significativa   na  conjuntura  mercadológica,  tendo  em  vista  que  os  consumidores  irão  ter  opções  de   escolha   e,   sendo   assim,   dentro   de   um   ambiente   sem   muita   diferenciação,   vence   o   menos   preço.   Por   isso,   é   importante   estar   atento   à   concorrência   real   e   potencial,   visando  ser  capaz  de  manter  um  controle  efetivo  da  matriz  SWOT  e  assim,  ser  capaz  de   se  manter  competitivo  dentro  do  cenário  mercadológico  no  qual  se  está  inserido.       http://pt.wikipedia.org/wiki/An%C3%A1lise_SWOT  
  11. 11. ● Mercado  de  trabalho:  Um  especialista  em  Marketing  com  Mestrado  e  vários  cursos  de   MBA   e   Especialização   custa   sensivelmente   mais   caro   que   um   pedreiro,   por   mais   especializado  que  este  seja.  Assim  como  um  Analista  de  Comunicação  Empresarial  com   Doutorado   custa   muito   mais   a   uma   empresa   do   que   um   Analista   de   Marketing   recém   formado.   O   mercado   de   trabalho,   com   todas   as   suas   nuances   e   especificidades   afeta   sobremaneira   a   operação   dos   negócios   em   seus   mais   diversos   mercados.   Além   do   mais,   fatores   externos,   como   a   influência   de   sindicatos   de   classe   podem   trazer   complicadores   adicionais   ao   relacionamento   com   a   mão   de   obra,   encarecendo   a   operação   e   influenciando  enormemente  as  variáveis  SWOT  de  uma  empresa  em  seu  mercado.         ● Regulamentação   Governamental:   Todas   as   atividades   LÍCITAS   de   comércio,   indústria,   manufatura   ou   serviços   tem   que   estar   atentas   às   legislações   do   setor   para   evitar   surpresas   desagradáveis   resultantes   do   descumprimento   desta   ou   daquela   nova   regulamentação  do  setor  que  pode  trazer  sérias  complicações  a  uma  empresa.     Às  vezes,  a  lesgislação  se  torna  um  entrave  (ou  até  mesmo  uma  punição)  aos  empreendedores,  fazendo  com  que  muitos  deles  recorram  à   ilegalidade  ou  a  informalidade,  tendo  em  vista  que  muitas  vezes  é  uma  tarefa  quase  impossível  cumprir  integralmente  com  todos  os  requisitos   legais  de  determinada  atividade  em  determinados  setores  do  mercado.      
  12. 12. Conjuntura  Global     A   Globalização   mudou   completamente   o   cenário   dos   negócios   e   do   mercado   no   mundo  todo.   Hoje   o   seu   concorrente,   que   antes   estava   no   bairro,   hoje   pode   estar   do   outro   lado   do  mundo   e   causar   problemas   reais   para   sua   empresa,   inclusive   fazendo   com   que   você   perca   uma  parcela   significativa   dos   seus   clientes!   Produtos   no   mundo   todo,   de   grandes   e   reconhecidas  marcas   são   fabricados   no   Sudeste   Asiático,   Índia   e   outros   países   com   abundância   de   mão   de  obra,  requisitos  legais  e  trabalhistas  mais  "permissivos"  e  incentivos  fiscais  e  legais.     Globalização  e  Concorrência     As  empresas  não  podem  mais  ignorar  a  Globalização.  Fazer  isso  significa  "jogar  dados"  com   o   futuro   da   sua   empresa.   Hoje,   os   consumidores   podem   comprar   o   mesmo   produto   de  vários  fornecedores  ao  redor  do  mundo.  Inclusive,  da  China,  diretamente,  sendo  entregue  na  sua  porta  sem  custos  adicionais.    Exemplos:  Case  de  Silicone  para  Smartphone  Galaxy  S2  No  Brasil  (Mercado  Livre):    R$16,00  +  Frete  (http://bit.ly/P5Y57b)  -­‐  5  a  7  dias  úteis  para  entrega    Na  China:  (DealExtreme):    US$2,29   (R$4,58)   -­‐   Frete   GRÁTIS   PARA   O   BRASIL!   (http://bit.ly/NUgA1H)   -­‐   15   dias   úteis   para  entrega    UMA  DIFERENÇA  DE  350%  CASO  SE  COMPRE  NO  BRASIL,  SEM  CONSIDERAR  O  CUSTO  DO  FRETE!    Essa  é  uma  demonstração  clara  de  que  a  concorrência  não  é  mais  local,  e  provavelmente  será  mais  forte  e  mais  complexa  a  cada  dia,  exigindo  muito  mais  do  que  a  simples  concorrência  em  preços,   que   já   não   é   mais   suportada   nos   cenários   modernos   de   consumo.   Hoje   em   dia,   se   você  só  vende  o  produto,  simples,  como  commodity  e  sem  agregar  nenhuma  valor,  certamente  você  será,  em  mais  ou  menos  tempo,  extinto  do  mercado.    Além  do  mais,  os  padrões  também  foram  alterados  pela  globalização,  tendo  em  vista  que  seus  clientes  irão  fazer  comparações  de  qualidade  e  serviços  baseados  em  empresas  cujos  padrões  são  baseados  em  normas  de  aceitação  internacional  e  sujeitas  a  regulamentações  e  inspeções  de  órgãos  reguladores.  Não  dá  mais  pra  ser  apenas  um  "negocinho"  no  final  da  rua.  Hoje  em  dia,   seu   concorrente   pode   estar   em   qualquer   lugar   do   mundo,   vendendo   para   seus   antigos  clientes,  neste  exato  momento!  
  13. 13. Além   disso,   para   participar   deste   mercado   global,   cada   vez   mais   veloz   e   mais   concorrido,   é  fundamental   estar   atento   a   outros   fatores   de   ordem   sócio-­‐politico-­‐econômica   que   são  fundamentais   para   a   correta   participação   neste   contexto   global.   Estes   fatores   (entre   outros)  são:    Cultura,  Condições  Econômicas,  Taxa  Cambial,  Legislação  e  Política   ● Cultura:  Existem  conjuntos  de  regras  sociais  claramente  estabelecidas  (outras  nem   tanto)  em  cada  país  ou  região  do  mundo  que  é  aquilo  que  usualmente  chamamos  de   "cultura".  Uma  das  manifestações  mais  óbvias  (e  por  isso,  com  uma  das  implicações   mais  óbvias)  é  a  lingua  de  um  país.  Podemos  citar,  apenas  a  título  de  exemplo  o  veículo     Mitsibushi  Pajero,  cujo  nome,  em  espanhol,  significa  uma  gíria  para  "pessoa  que  se   masturba",  ou  ainda  "hacer  la  paja"  usada  no  sentido  de  se  masturbar.  Devido  a  essa   falha  vexatória,  o  nome  foi  modificado  para  "Mitsubishi  Montero"  (montanhoso,   alpinista)  em  países  de  língua  espanhola.  (http://bit.ly/RALuGY)     A   cultura   de   um   povo   é   algo   fortemente   enraizado   em   seu   cotidiano   e   influencia  fortemente  a  curva  de  oferta  e  demanda  de  um  determinado  seguimento  de  mercado.  Como  uma   rede   de   fast   food   que   vende   hamburguers   vende   seu   produto   na   índia,   onde   a   vaca   é  sagrada?  Vendendo  hamburguers  vegetarianos!     Outros  fatores  que  são  reflexo  da  cultura  de  um  povo  incluem  (mas  não  se  limitam  a):  hábitos,  crenças  e  atitudes  em  relação  a  produtos  e  marcas.   ● Condições   Econômicas:   Se   você   negocia   com   um   país   que   está   "quebrado"   é   bem   provável  que  o  próximo  a  "quebrar"  seja  você,  certo?  Esteja  sempre  atento  aos  cenários   econômicos   e   notícias   dos   jornais   sobre   a   conjuntura   econômica   dos   países   com   os   quais   negocia   e   dos   países   que   fornecem   algum   tipo   de   insumo   para   a   produção   de   algum  dos  seus  produtos,  mesmo  que  os  insumos  venham  da  China  e  da  Coréia,  sejam   enviados   para   o   Japão   para   a   montagem   e   depois   depachados   para   sua   empresa   no   Brasil.   Um   forte   problema   econômico   em   qualquer   um   destes   países   pode   ter   um   impacto  significativo  em  seus  negócios!   ● Taxa  Cambial:  Se  você  compra  um  insumo  da  China  por  -­‐  digamos  -­‐  US$1  a  unidade  e   depois   de   todo   o   processo   produtivo   vende   este   produto   no   Brasil   a   US$3,   onde   seu   preço  de  mercado  é  de  aproximadamente  US$3,20  a  US$3,50  e,  repentinamente  a  taxa   cambial   na   China   tem   uma   subida   fazendo   com   que   o   insumo   que   você   comprava   passe   de   US$1   para   US$2,00!   Com   isso,   seu   produto   passará   para   US$4,00   ficando   fora   do   preço  de  mercado  e  com  isso,  forçando  você  a  mudar  de  fornecedor  ou  alterar  outros   fatores  internos  à  sua  empresa  de  forma  a  continuar  participando  do  mercado.    
  14. 14. ● Legislação  e  Política:  Os  governos  podem  causar  interferências  diversas  nos  negócios  ao   redor   do   mundo,   com   medidas   políticas   que   visem   estimular   ou   desestimular   o   comércio  exterior.  Estas  medidas  podem  ter  um  caráter  protecionista,  para  estimuar  o   mercado  interno  ou  simplesmente  ser  um  jogo  político  de  interesses.  Entre  as  medidas   comumente  utilizadas  pelos  governos,  podemos  citar:   ○ Cota:   Restrição   quanto   ao   número   de   produtos   de   determinada   categoria   ou   tipo   podem   ser   importadas   para   o   país.   Esta   é   uma   medida   protecionista   que   visa  fomentar  o  mercado  nacional.     ○ Embargo:  Proibição  da  importação  ou  exportação  de  determinado  produto  para   ou   de   determinado   país.   É   uma   medida   política   e   também   de   proteção   do   mercado   interno,   até   mesmo   por   razões   de   saúde   pública,   por   exemplo,   quando   a  importação  de  determinados  itens  alimentícios  de  determinadas  regiões  pode   representar  riscos  à  saúde  pública  de  um  país.   ○ Tarifas:   A   Taxa   de   importação   de   produtos.   O   valor   das   tarifas   é   regulado   de   forma   a   proteger   os   interesses   políticos,   comerciais   e   mercadológicos   de   um   país.   Se   a   indústria   nacional   precisa   de   um   "gás"   aumenta-­‐se   as   tarifas,   cria-­‐se   cotas   e   fomenta-­‐se   o   consumo   do   produto   nacional   (por   mais   que   ele   seja   péssimo  em  relação  ao  concorrente  importado)   ○ Subsídios:   Incentivos   que   o   governo   concede   às   empresas   nacionais   para   competir   com   empresas   estrangeiras.   Os   preços   subsidiados   são   menores,   e   portanto,  mais  atraentes  se  considerado  apenas  o  fator  econômico  "preço".        
  15. 15. Bibliografia  e  Webgrafia:   ● Administração  para  Empreendedores  -­‐  1a  Edição  (2006)  -­‐  Capítulo  03   Antonio  Cesar  Amaru  Maximiniano     ● Crash:  Uma  breve  história  da  Economia  -­‐  Da  Grécia  Antiga  ao  Século  XXI  (2011)  -­‐  Capítulo  09  -­‐   Deflação     Alexandre  Versignassi     ● "Diminui  a  ‘mortalidade  infantil’  de  micro  e  pequenas  empresas".  Disponível  em:   <http://bit.ly/QsIlwp>.  Visitado  em:  01  de  Setembro  de  2012.   ● "Clipping  SEPLAN  (03012012)  -­‐  Ranking  de  Gestão  dos  Estados  Brasileiros  -­‐  2011".  Disponível   em:  <http://bit.ly/PTVFYa>.  Visitado  em:  02  de  Setembro  de  2012.   ● "Wikipedia  -­‐  Oligopólio".  Disponível  em:  <http://bit.ly/QoAjRO>.  Visitado  em:  03  de  Setembro   de  2012.   ● "Wikipedia  -­‐  Matriz  BCG".  Disponível  em:  <http://pt.wikipedia.org/wiki/Matriz_BCG>.  Visitado   em:  03  de  Setembro  de  2012.   ● "Wikipedia  -­‐  Lei  da  Oferta  e  da  Procura".  Disponível  em:   <http://pt.wikipedia.org/wiki/Lei_da_oferta_e_da_procura>.  Visitado  em:  03  de  Setembro  de   2012.   ● "Lei  da  Oferta  e  da  Demanda:  O  que  é  a  Lei  da  Oferta  e  da  Demanda".  Disponível  em:   <http://ivangorski.wordpress.com/2009/01/20/lei-­‐da-­‐oferta-­‐e-­‐demanda/>.  Visitado  em:  03  de   Setembro  de  2012.   ● "Superinteressante:  Se  a  Inflação  é  ruim,  a  Deflação  é  melhor?".  Disponível  em:   <http://super.abril.com.br/cotidiano/se-­‐inflacao-­‐ruim-­‐deflacao-­‐melhor-­‐443986.shtml>.  Visitado   em:  03  de  Setembro  de  2012.   ● "Análise  de  conjuntura:  teoria  e  método".  Disponível  em:   <http://www.ie.ufrj.br/aparte/pdfs/analiseconjuntura_teoriametodo_01jul08.pdf>.  Visitado   em:  04  de  Setembro  de  2012.   ● "Wikipedia  -­‐  Análise  SWOT".  Disponível  em:   <http://pt.wikipedia.org/wiki/An%C3%A1lise_SWOT>.  Visitado  em:  04  de  Setembro  de  2012.   ● "Mercado  Livre  -­‐  Capa  Case  Protetor  de  Silicone  Samsung  Galaxy  S2  I9100".  Disponível  em:   <http://bit.ly/P5Y57b>.  Visitado  em:  09  de  Setembro  de  2012.   ● "Deal  Extreme  -­‐  Protective  Rubber  Gel  Silicone  Back  Case  for  i9100  Galaxy  S2  -­‐  Translucent".   Disponível  em:  <http://bit.ly/NUgA1H>.  Visitado  em:  09  de  Setembro  de  2012.   ● "Yahoo  Respostas  -­‐  Qual  o  verdadeiro  significado  do  nome  do  jipe  "Pajero"  da  Mitsubishi?".   Disponível  em:  <http://bit.ly/RALuGY>.  Visitado  em:  09  de  Setembro  de  2012.    

×