• Save
Android Palestra
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Android Palestra

on

  • 2,202 views

 

Statistics

Views

Total Views
2,202
Views on SlideShare
2,202
Embed Views
0

Actions

Likes
2
Downloads
0
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment
  • O C.E.S.A.R – Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife – é uma instituição privada de classe mundial que cria produtos, processos, serviços e empresas inovadoras usando Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC). Atuando há mais de 11 anos em âmbito nacional e internacional, o C.E.S.A.R interliga centros de inovação numa rede de conhecimento que torna possível realizar projetos de desenvolvimento conectados ao futuro, com qualidade e agilidade.
  • O C.E.S.A.R – Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife – é uma instituição privada de classe mundial que cria produtos, processos, serviços e empresas inovadoras usando Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC). Atuando há mais de 11 anos em âmbito nacional e internacional, o C.E.S.A.R interliga centros de inovação numa rede de conhecimento que torna possível realizar projetos de desenvolvimento conectados ao futuro, com qualidade e agilidade.
  • O C.E.S.A.R – Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife – é uma instituição privada de classe mundial que cria produtos, processos, serviços e empresas inovadoras usando Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC). Atuando há mais de 11 anos em âmbito nacional e internacional, o C.E.S.A.R interliga centros de inovação numa rede de conhecimento que torna possível realizar projetos de desenvolvimento conectados ao futuro, com qualidade e agilidade.
  • O C.E.S.A.R – Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife – é uma instituição privada de classe mundial que cria produtos, processos, serviços e empresas inovadoras usando Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC). Atuando há mais de 11 anos em âmbito nacional e internacional, o C.E.S.A.R interliga centros de inovação numa rede de conhecimento que torna possível realizar projetos de desenvolvimento conectados ao futuro, com qualidade e agilidade.
  • O C.E.S.A.R – Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife – é uma instituição privada de classe mundial que cria produtos, processos, serviços e empresas inovadoras usando Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC). Atuando há mais de 11 anos em âmbito nacional e internacional, o C.E.S.A.R interliga centros de inovação numa rede de conhecimento que torna possível realizar projetos de desenvolvimento conectados ao futuro, com qualidade e agilidade.
  • O C.E.S.A.R – Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife – é uma instituição privada de classe mundial que cria produtos, processos, serviços e empresas inovadoras usando Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC). Atuando há mais de 11 anos em âmbito nacional e internacional, o C.E.S.A.R interliga centros de inovação numa rede de conhecimento que torna possível realizar projetos de desenvolvimento conectados ao futuro, com qualidade e agilidade.
  • O C.E.S.A.R – Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife – é uma instituição privada de classe mundial que cria produtos, processos, serviços e empresas inovadoras usando Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC). Atuando há mais de 11 anos em âmbito nacional e internacional, o C.E.S.A.R interliga centros de inovação numa rede de conhecimento que torna possível realizar projetos de desenvolvimento conectados ao futuro, com qualidade e agilidade.

Android Palestra Android Palestra Presentation Transcript

  • Android Renato Molina [email_address]
  • Agenda
  • Agenda
    • Um pouco sobre o mercado móvel
    • O que é o android?
    • A plataforma android
    • Arquitetura do android
    • Ambiente de desenvolvimento
    • Conceitos básicos do android
    • Um Hello world no android
    • Preparando o ambiente
    • Conceitos básicos
    • Activity
    • Intent
  • Objetivos
    • Dar uma visão geral os congressitas da plataforma android para o desenvolvimento de aplicações.
    • Criação de um projeto básico demo, demonstrando os conceitos vistos.
    • Apresentar uma visão do mercado.
  • Introdução
  • Alguns dados estatísticos
    • Para cada 1,5 bilhões de televisores existem 3 bilhões celulares no mundo.
    • Mais de 3 bilhões de pessoas no mundo possuem um celular, cerca de metade da população mundial.
    • Um mercado em expansão.
    • Mercado de android subiu 10% em 2010 e tende a dobrar em 2010.
  • O mundo da mobilidade
    • Os usuários estão cada vez mais conectados e exigentes.
    • Celulares deixaram de ser simples telefones.
    • O Hardware está cada vez mais poderoso.
    • Grandes sistemas estão cada vez mais tendo a necessidade de convergir para essa realidade.
  • Plataformas móveis
    • Várias são as plataformas hoje para desenvolvimento de aplicações para dispositivos móveis. Symbian, Brew, JavaME, .NET Compact Framework e Flash Lite.
    • O android é a resposta do Google para esse ramo.
  • Open Headset Aliance
    • Grupo formados por gigantes do mercado de telefonia liderados pelo Google.
    • O objetivo principal do grupo é transformar a experiência móvel dos usuários ao redor do mundo.
    • Alguns membros: Motorola, HTC, LG, Samsung, Sony Ericson, Toshiba, Intel, Asus, entre outros.
    • http://www.openhandsetalliance.com/
  • O que é o android?
    • O Android é a nova plataforma do Google voltada para dispositivos móveis.
    • Baseada na plataforma Java com sistema operacional Linux.
    • Busca inovar e acelerar o desenvolvimento de aplicações e serviços, trazendo aos usuários uma experiência mais rica em termos de recursos.
    • Android é a primeira plataforma móvel completa, aberta e livre.
  • O que é o android?
    • Sistema Operacional Multitarefa.
    • Fácil integração com as Aplicações nativas e serviços do google.
    • Código aberto e livre.
    • Poderoso ambiente de desenvolvimento.
  • Android Market
    • Local onde os desenvolvedores podem postar suas aplicações.
    • 70% dos lucros são repassados aos desenvolvedores.
    • Angry birds
  • Plataforma
    • Framework de Aplicação permitindo reuso de componentes;
    • Navegador Web Integrado baseado na engine open source WebKit;
    • Gráficos Otimizados por meio de uma biblioteca de gráficos 2D; e gráficos 3D baseados na especificação OpenGL ES 1.0;
    • SQLite para armazenamento de dados em formato de estruturas relacionais;
    • Audio (formatos MP3, AAC, AMR), vídeo (MPEG4 e H.264) e imagens (formatos JPG, PNG, GIF) e suporte a Flash
    • Bluetooth, EDGE, 3G, WiFi (dependente de hardware) e Tethering.
    • Câmera, GPS, bússola, e acelerômetro (dependente de hardware)
  • Alguns Aparelhos
    • Android OS, v2.1 (Eclair)
    • ARM Cortex A8 600 MHz, PowerVR SGX530 graphics
    • 384 MB RAM
    • microSD, up to 32GB, 16GB included
    • 480 x 854 pixels, 3.7”
    • Accelerometer sensor
    Motorola Droid (Milestone)
    • Android OS, v2.2 (Froyo)
    • Qualcomm Snapdragon QSD8250 1 GHz processor
    • 512MB RAM
    • AMOLED capacitive touchscreen
    • 480 x 800 pixels, 3.7 inches
    • O.S. Flash support.
    Nexus One
    • Android OS, v2.1 (Eclair)
    • ARM Cortex A8 1GHz processor
    • 512MB RAM
    • Super AMOLED capacitive touchscreen
    • 480 x 800 pixels, 4.0 inches
    • O.S. Flash support.
    Samsung Galaxy S
    • Android OS, v2.1 (Eclair)
    • ARM Cortex A8 1GHz processor
    • 512MB RAM
    • Super AMOLED capacitive touchscreen
    • 480 x 800 pixels, 4.0 inches
    • O.S. Flash support.
    Motorola Shadow
    • iPhone OS (based on Mac OS)
    • 1 GHz Apple A4 processor
    • 512 MB RAM
    • 32 GB storage
    Iphone 4
  • Exemplos
    • Vídeos demonstrativos do android.
  • O que vem por ai?
    • Com telas LCD com backlight de LEDs, full HD e tudo que se espera de uma TV de ponta, o grande diferencial é trazer o sistema operacional Android instalado, onde o usuário encontrará aplicações como o YouTube, Google Maps, previsão do tempo, calendário e navegador Web.
    • A aplicação permite o download e a instalação de novos aplicativos, através do Android Market.
  • Arquitetura
  • Arquitetura do Android
  • Camada de aplicação
    • Na camada de aplicação está localizada uma lista de aplicações que incluem um cliente de e-mail, programa de SMS/MMS, calendário, mapas, navegador,gerenciador de contatos, entre outros.
    • Aplicações escritas na linguagem Java.
  • Aplication Framework
    • Componentes que permitirão com que novas estruturas sejam utilizadas para futuras aplicações.
    • Um rico e extensível conjunto de componentes gráficos que pode ser utilizado para construir uma aplicação, bem como listas, grids, caixas de textos, botões, etc.
    • Provedores de conteúdo que habilitam às aplicações acessar dados de outras aplicações.
  • Dalvik VM
    • Máquina Virtual do Android.
    • Toda aplicação roda dentro do seu próprio processo.
    • Executa arquivos .dex, bytecodes de java otimizados para o android.
  • Preparando o ambiente
  • Ambiente de desenvolvimento
    • Poderoso Ambiente de Desenvolvimento, totalmente integrado ao Eclipse.
    • Um Emulador completo.
    • Ferramentas para Debug e análise de código.
    • Analisador de memória e performance.
    • Ferramenta para análise de hieraquia de Layouts.
  • Ambiente de desenvolvimento
    • Vamos montar o nosso ambiente e fazer um programa exemplo.
  • Conceitos básicos
  • Activity
    • Representa uma tela da aplicação composta por elementos visuais (android.view.view)
    • Similar a JFrame do Swing
    • O método setContentView(view) define qual a view principal da tela e deve sempre ser chamado no onCreate()
  • A classe R
    • Criada automaticamente e nunca deve ser modificada.
    • Define constantes para acesso aos recursos do projeto.
    • Ao utilizar um recurso, não precisamos colocar sua extensão.
    • O nome dos arquivos adicionados, devem ser minúsculos e sem espaços, caso contrário, a classe R não será compilada corretamente.
  • Android Manifest
    • É a base de qualquer aplicação android, contendo as configurações necessárias para executar a aplicação.
    • Toda activity deve ser declarada no manifest.
  • Acessando elementos da tela
    • findViewById(R.id.nome_recurso);
    • Usado para utilizar recursos da aplicação.
    • Acesso aos recurso através dos Id’s da classe R
  • LogCat
    • Fazem parte do pacote android.util.Log
    • Podemos filtrar esses Log’s no DDMS
    • É o nosso System.out.print(“”);
  • Activity
  • O que é?
    • Uma tela da aplicação.
    • Trata todos os eventos gerados pela tela.
    • Composta por View’s (layouts).
    • Qualquer aplicação (Dialer, browser, etc) é uma activity.
  • Características
    • Gerenciadas pela pilha de Activity.
    • Toda activity possui um ciclo de vida.
    • Todas devem ser declaradas no Manifest
    • Toda classe activity deve herdar de Activity.
      • Ex: MyActivity extends Activity
  • Ciclo de Vida
  • Navegação entre as telas
    • O método startActivity(Intent) é usado para iniciar uma nova atividade (Activity), que será colocada no topo da atividade pilha.
    • O método sempre deve receber por parâmetro a Intent da activity a ser inicializada.
    • Ao inicializar, a nova activity ficará no topo da pilha.
  • Recebendo parâmetros de outra activity
    • Às vezes necessitamos obter um resultado de uma atividade quando ela termina sua execução.
      • Ex: Por exemplo, você pode iniciar uma atividade que permite ao usuário escolher uma pessoa em uma lista de contatos, quando termina, ele retorna a pessoa que foi selecionada.
    • Para isso, utilizamos o método startActivityForResult(intent, data)
    • Você receberá o retorno da execução no método onActivityResult(intent, data)
  • Passando parâmetros para outra activity
    • Passamos parâmetros para outras telas através das Intent’s.
    • O método putExtra adiciona novos valores a intent que iniciará a nova activity.
  • Encerrando uma activity
    • Para encerrar um activity utilizamos o método finish()
    • Ao utilizá-lo, o onDestroy() é invocado
  • Exemplo
    • Vamos ver um exemplo prático.
  • Dúvidas? ?
  • Referências Bibliográficas
    • Google Android
      • - Autor: Lecheta, Ricardo R.
      • Editora: Novatec
    • Desenvolvimento de Aplicações Android
    • - Autor: Mednieks, Zigurd; Meike, Blake;
    • - Editora: Novatec
    • Apresentação Android
    • Felipe Ferraz – C.E.S.A.R
  • Alguns Links interessantes http://developer.android.com http://forum.portalandroid.org/ http://www.androidbrasil.com/
  • Obrigado Renato Molina [email_address] @renatomolinat