Your SlideShare is downloading. ×
0
Comunicação Digital e Democracia Virtual: Net-ativismo USP 2013
Comunicação Digital e Democracia Virtual: Net-ativismo USP 2013
Comunicação Digital e Democracia Virtual: Net-ativismo USP 2013
Comunicação Digital e Democracia Virtual: Net-ativismo USP 2013
Comunicação Digital e Democracia Virtual: Net-ativismo USP 2013
Comunicação Digital e Democracia Virtual: Net-ativismo USP 2013
Comunicação Digital e Democracia Virtual: Net-ativismo USP 2013
Comunicação Digital e Democracia Virtual: Net-ativismo USP 2013
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Comunicação Digital e Democracia Virtual: Net-ativismo USP 2013

337

Published on

Artigo "Comunicação Digital e Democracia Virtual: Net-ativismo como estratégia para demarcação de territórios digital e social", apresentado no I Congresso Internacional de Net-Ativismo, realizado …

Artigo "Comunicação Digital e Democracia Virtual: Net-ativismo como estratégia para demarcação de territórios digital e social", apresentado no I Congresso Internacional de Net-Ativismo, realizado entre 6 e 8 de novembro de 2013 na ECA-USP. O presente trabalho problematiza a mobilização social e manifestação com o uso das redes conectadas, a partir de perspectivas da sociologia e das transformações na esfera pública.

Published in: Social Media
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
337
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
3
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. COMUNICAÇÃO DIGITAL E DEMOCRACIA VIRTUAL NET-ATIVISMO COMO ESTRATÉGIA PARA DEMARCAÇÃO DE TERRITÓRIOS DIGITAL E SOCIAL Renato Martinelli Gândara Martins Faculdade Cásper Líbero BSP - Business School São Paulo 07 de Novembro de 2013
  • 2. Sociedade e Comunicação • Rede de Conexões, Comunicação e Sistemas Sociais (Cardoso; Ianni). • Status e Papel Social (Hartley). • Comunicação para exercer Influência. • Busca de Espaço na Esfera Pública e no Sistema Social.
  • 3. Mudanças na Esfera Pública Séculos Período Histórico Esfera Pública e Comunicação 5 a 15 • Dominação feudal fundiária escravagista Idade Média • Sem representatividade política da sociedade • Esfera pública em espaço público local 16 a 18 Idade Moderna • Crescimento do capitalismo mercantilista: espaços comerciais como esfera pública • Pulverização da representatividade pública • Nascimento da imprensa 19 a 21 Idade Contemporânea • Meios de comunicação impressa e eletrônica • Internet, mídias sociais e liberdade de expressão • Net-ativismo e esfera pública global
  • 4. Influência dos Meios de Comunicação • Esfera Pública x Sociedade democrática (Habermas). • Capitalismo e a mercantilização da notícia. • Esfera pública pelos meios de comunicação de massa. • Esfera pública digital conectada: criação, produção e distribuição de conteúdo independente, pela internet e mídias sociais.
  • 5. Net-Ativismo x Territórios Digital e Social • Comunicação digital para democracia virtual. • Uso da rede conectada para mobilização e influência. • Conquista de Status e Influência no sistema social. Busca pela Demarcação de Territórios Digital e Social.
  • 6. Referências • CARDOSO, Fernando Henrique; IANNI, Octavio. Homem e Sociedade. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1977. • CASTELLS, Manuel. A galáxia da internet: reflexões sobre a internet, os negócios e a sociedade. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2003. • CAVALCANTE, Rebeca Freitas. Ciberativismo: como as novas formas de comunicação estão a contribuir para a democratização da comunicação. Lisboa, 2010. 70 p. Dissertação (Mestrado em Ciências da Comunicação – Área de Especialização Estudo dos Media e do Jornalismo). Universidade Nova de Lisboa, 2010. Disponível em: <http://run.unl.pt/bitstream/10362/5305/1/rebeca.pdf>. Acesso em: 1º ago. 2013. • GOMES, Wilson; MAIA, Rousiley C. M. Comunicação e democracia: Problemas & Perspectivas. São Paulo: Paulus, 2008. • HABERMAS, Jürgen. Mudança estrutural da esfera pública: investigações quanto a uma categoria da sociedade burguesa. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 2003. • HJARVARD, Stig. Midiatização: teorizando a mídia como agente de mudança social e cultural. Revista MATRIZes, ano 5, número 2. São Paulo, 2012, pp. 53-91. • LÉVY, Pierre. Cibercultura. São Paulo: Editora 34, 1999. • ________. O que é o virtual? São Paulo: Editora 34, 1996. • MARTINO, Luís Mauro Sá. Teoria da Comunicação: ideias, conceitos e métodos. Petrópolis: Vozes, 2010.
  • 7. Referências • MCLUHAN, Marshall. Os meios de comunicação como extensões do homem. São Paulo: Cultrix, 1969. • LEMOS, André. Olhares sobre a cibercultura. Porto Alegre: Sulina, 2003. • MARQUES, A. S.; NOGUEIRA, E. D. Estratégias de visibilidade utilizadas por movimentos sociais na internet. In: Revista Comunicação Midiática, v.7, n.2, mai/ago. 2012, p.138-161. • MARTINELLI, Renato. Ciberativismo: liberdade de expressão e pressão social entre o virtual e o real. In: GOTTLIEB, Liana. Comunicação em Cena, v. 3. São Paulo: Scortecci, 2013. • ORWELL, George. A Revolução dos Bichos. São Paulo: Companhia das Letras, 2007. • SANTAELLA, Lucia. A teoria geral dos signos: como as linguagens significam as coisas. São Paulo: Pioneira, 2000. • ________. Política participativa nas redes. São Paulo, 2012. • SANTAELLA, Lucia; LEMOS, Renata. Redes sociais digitais: a cognição conectiva do Twitter. São Paulo: Paulus, 2010. • SANTOS, Fernando. O ciberativismo como ferramentas de grandes mobilizações humanas: das revoltas no Oriente Médio às ações pacíficas do Greenpeace no Brasil. In:Revista Anagrama, ECA-USP, São Paulo, v.5, n.1, 2011. • VEGH, S. Classifying forms of online activism: the case of cyberprotests against the World Bank. In: MCCAUGHEY,M., AYERS, M.D. (ed.). Cyberactivism: online activism in theory and practice. London: Routledge, 2003.
  • 8. Sobre o Autor Renato Martinelli Gândara Martins • Mestrando em Comunicação pela Faculdade Cásper Líbero (SP). Bacharel e Pós-graduado em Comunicação pela ESPM (SP). Especialista em Comunicação Corporativa, pela Syracuse University (EUA). • Professor-orientador da BSP - Business School São Paulo (SP) em Comunicação Empresarial, Media Training, Marketing Digital e Mídias Sociais. • Contatos: profrenatomgm@gmail.com renato.martinelli@prof.bsp.edu.br

×