Pesquisa de Mercado - 1/10/2013

68 views
66 views

Published on

Aula da disciplina Pesquisa de Mercado, do curso de Publicidade e Propaganda, do Centro Universitário Senac, em 1º de outubro de 2013

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
68
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
2
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Pesquisa de Mercado - 1/10/2013

  1. 1. Pesquisa de mercado 1 de outubro de 2013
  2. 2. Confiança Renato Cruz – Senac – 1/10/20132 Fonte: PINHEIRO, Roberto M. et al. Comportamento do consumidor e pesquisa de mercado. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2006. Intervalos de confiança (%) Índice Z 68,0 1,00 95,0 1,96 95,5 2,00 99,0 2,57 99,7 3,00
  3. 3. Cálculo da amostra (I) Renato Cruz – Senac – 1/10/20133 Para universos infinitos: n = (S2 * Z2) / e2 Onde: n = tamanho da mostra S2 = variância da mostra Z = desvio padrão relacionado ao índice de confiança e = valor de tolerância (erro amostral) Fonte: PINHEIRO, Roberto M. et al. Comportamento do consumidor e pesquisa de mercado. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2006.
  4. 4. Cálculo da amostra (II) Renato Cruz – Senac – 1/10/20134 Para universos finitos: n = (S2 * Z2 * N) / (S2 * Z2 + e2 * (N - 1)) Onde: n = tamanho da mostra S2 = variância da mostra Z = desvio padrão relacionado ao índice de confiança e = valor de tolerância (erro amostral) N = tamanho do universo Fonte: PINHEIRO, Roberto M. et al. Comportamento do consumidor e pesquisa de mercado. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2006.
  5. 5. Cálculo da variância (I) Renato Cruz – Senac – 1/10/20135 S2 é definido pelo pesquisador, por meio de mostra-piloto ou estimativa. Quando não se tem informação: S2 = ((L – l) / 6) 2 Onde: L = limite superior da estimativa da média l = limite inferior da estimativa da média 6 = 99,7% de confiança Fonte: PINHEIRO, Roberto M. et al. Comportamento do consumidor e pesquisa de mercado. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2006.
  6. 6. Cálculo da variância (II) Renato Cruz – Senac – 1/10/20136 Para cálculos envolvendo proporções: S2 = 0,25 Pois: Se a maior variância possível for 50% favoráveis (½) e 50% desfavoráveis (½), então S2 = 0,5 * 0,5 = 0,25. Então, para universos infinitos: n = (0,25 * Z2) / e2 E para universos infinitos: n = (0,25 * Z2 * N) / (0,25 * Z2 + e2 * (N-1)) Fonte: PINHEIRO, Roberto M. et al. Comportamento do consumidor e pesquisa de mercado. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2006.

×