Pesquisa de Mercado - 19/2/2014
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Pesquisa de Mercado - 19/2/2014

on

  • 92 views

Aula da disciplina Pesquisa de Mercado, do curso de Publicidade e Propaganda do Centro Universitário Senac, em 19 de fevereiro de 2014

Aula da disciplina Pesquisa de Mercado, do curso de Publicidade e Propaganda do Centro Universitário Senac, em 19 de fevereiro de 2014

Statistics

Views

Total Views
92
Views on SlideShare
92
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
6
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Pesquisa de Mercado - 19/2/2014 Pesquisa de Mercado - 19/2/2014 Presentation Transcript

    • Pesquisa de Mercado 19 de fevereiro de 2014
    • The Homer Fonte: Os Simpsons, “Oh Brother, Where Art Thou?”, Temporada 2, Episódio 15, 16 fev. 1991. 2 Renato Cruz – Senac – 19/2/2014
    • Objetivos 1. Identificar e definir oportunidades e problemas mercadológicos; 2. Gerar, refinar e avaliar ações de marketing; 3. Monitorar o desempenho mercadológico; 4. Aprimorar a compreensão do marketing como um processo. Fonte: DIAS, Sergio Roberto. Pesquisa de mercado. São Paulo: Saraiva, 2011 3 Renato Cruz – Senac – 19/2/2014
    • Etapas 1. Especificar a informação necessária à solução dessas questões; 2. Planejar o método para coletar essas informações; 3. Gerenciar e implementar o processo de coleta de dados; 4. Analisar os resultados; 5. Comunicar os resultados e suas implicações Fonte: DIAS, Sergio Roberto. Pesquisa de mercado. São Paulo: Saraiva, 2011 4 Renato Cruz – Senac – 19/2/2014
    • A ética na pesquisa - I  A cooperação do entrevistado é voluntária. Ele não pode ser enganado quando se pede a sua cooperação.  O anonimato do entrevistado deve ser preservado.  No caso de ele autorizar a sua identificação: o Deve ficar claro para quem suas informações serão divulgadas e como elas serão usadas; o O pesquisador deve garantir que elas não serão usadas para outros propósitos e que o destinatário das informações concorda com esse compromisso. Fonte: DIAS, Sergio Roberto. Pesquisa de mercado. São Paulo: Saraiva, 2011 5 Renato Cruz – Senac – 19/2/2014
    • A ética na pesquisa - II  O pesquisador não deve permitir a divulgação de conclusões de um projeto de pesquisa que não estejam fundamentadas em dados.  Deve estar pronto para fornecer a informação técnica necessária para validar qualquer conclusão publicada.  O pesquisador não deve divulgar a identidade do cliente (a não ser que haja determinação legal de fazê-lo) ou qualquer informação confidencial sobre o negócio do cliente, sem que seja expressamente autorizado por ele. Fonte: DIAS, Sergio Roberto. Pesquisa de mercado. São Paulo: Saraiva, 2011 6 Renato Cruz – Senac – 19/2/2014
    • Estratégia de pesquisa - I  Definição da unidade de pesquisa a ser mensurada no trabalho de campo (logradouro, pessoa física, família ou pessoa jurídica);  Indicação das unidades que serão objeto da pesquisa (universo da pesquisa e amostragem);  Identificação das variáveis a serem mensuradas;  Escala de mensuração a ser aplicada a cada variável; Fonte: DIAS, Sergio Roberto. Pesquisa de mercado. São Paulo: Saraiva, 2011 7 Renato Cruz – Senac – 19/2/2014
    • Estratégia de pesquisa - II  Técnica da mensuração a ser empregada em cada variável (registro de indícios, observação estimulada e não estimulada, tomada de depoimentos mediante entrevista ou correspondência);  Instrumentos de avaliação (contadores, medidores, gravadores, câmeras, escalas, questionários, gabaritos, listas);  Características do pessoal de campo. Fonte: DIAS, Sergio Roberto. Pesquisa de mercado. São Paulo: Saraiva, 2011 8 Renato Cruz – Senac – 19/2/2014
    • Antes do questionário - I  Qual é o principal objetivo da pesquisa?  Que pessoa ou departamento pretende usar a pesquisa?  Por que ela quer que a pesquisa seja feita?  Existe algum problema ou questão que levou à contratação do estudo?  O que especificamente sua organização quer entender? Fonte: BEALL, Anne E. Strategic market research: a guide to conducting research tha drives business. New York: iUniverse, 2010. 9 Renato Cruz – Senac – 19/2/2014
    • Antes do questionário - II  Se fosse para priorizar um conjunto de coisas sobre as quais você quer saber, quais seriam a primeira, a segunda e a terceira?  O que as pessoas esperam aprender com a pesquisa?  Quais são as ideias atuais das pessoas na organização sobre o que está acontecendo no mercado no que diz respeito a esse tema?  Por que as pessoas têm essas hipóteses? Fonte: BEALL, Anne E. Strategic market research: a guide to conducting research tha drives business. New York: iUniverse, 2010. 10 Renato Cruz – Senac – 19/2/2014
    • Amostragem probabilística - I  Um município, com 200 mil eleitores cadastrados, tem cinco candidatos a prefeito.  O candidato X contrata uma pesquisa, para saber quantos vão votar nele.  Os eleitores são divididos em duas categorias: os que vão votar em X e os que não vão votar nele.  Dez leitores são selecionados aleatoriamente e cuidadosamente entrevistados.  Os dez planejam votar em X. Fonte: DIAS, Sergio Roberto. Pesquisa de mercado. São Paulo: Saraiva, 2011 11 Renato Cruz – Senac – 19/2/2014
    • Amostragem probabilística - II  O que isso quer dizer? Que X tem 100% de intenções de voto?  Não. Isso quer dizer que no mínimo 126 mil pessoas pretendem votar em X, com um risco máximo de erro de 1%.  Por quê?  Se X tem 126 mil eleitores, a probabilidade de um de seus eleitores ser entrevistado na pesquisa é de 0,63 (126.000/200.000).  A probabilidade de dez eleitores de X serem entrevistados é de 0,6310, o que corresponde a 0,00985, ou menos de 1%. Fonte: DIAS, Sergio Roberto. Pesquisa de mercado. São Paulo: Saraiva, 2011 12 Renato Cruz – Senac – 19/2/2014