Loading…

Flash Player 9 (or above) is needed to view presentations.
We have detected that you do not have it on your computer. To install it, go here.

Like this presentation? Why not share!

Pelé

on

  • 3,738 views

Pelé, o Atleta do Século que completou 70 anos em 23 de outubro de 2.010.

Pelé, o Atleta do Século que completou 70 anos em 23 de outubro de 2.010.
Tudo começou em Bauru.

Statistics

Views

Total Views
3,738
Views on SlideShare
3,738
Embed Views
0

Actions

Likes
1
Downloads
72
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Pelé Pelé Presentation Transcript

  • Pelé completa 70 anos.
  • O mundo todo recebeu a notícia de que Pelé estaria completando 70 anos neste dia 23 de outubro de 2.010.
  • Parece que foi ontem que acompanhamos o “rei” fazendo das suas, como esta bicicleta, num dos milhares jogos dos quais participou.
  • Incontáveis as vitórias de Pelé.
    • 3 vezes campeão do mundo.
    • E tudo começou na Copa do Mundo da Suécia, em 1.956. Pelé tinha apenas 16 anos de idade e foi o grande destaque.
    • Pelé é considerado como o maior jogador da história do futebol, tendo fama internacional na condição de futebolista. Recebeu o título de Atleta do Século de todos os esportes em 15 de maio de1.981, eleito pelo jornal francês L´Equipe.
  • Incontáveis as vitórias de Pelé.
    • No fim de 1.999, o Comitê Olímpico Internacional, após uma votação internacional entre todos os Comitês Olímpicos Nacionais associados, também elegeu Pelé o "Atleta do Século". A FIFA também o elegeu, em 2.000, numa votação feita por renomados ex-atletas e ex-treinadores como o “Jogador de Futebol do Século XX”.
    Pés de Pelé na “Calçada da Fama” do Maranã, onde Pelé fez o milésimo gol.
  • Pelé nasceu em Bauru.
    • Claro que não iremos negar que Edson Arantes do Nascimento nasceu em Três Corações, Minas Gerais. Mas Pelé nasceu em Bauru, cidade onde começou a mostrar seu futebol e sendo chamado pelos companheiros do BAC de Pelé. Aí surgiu o apelido que ficou famoso.
  • Pelé – um pouco de sua história.
    • Filho de dona Celeste Arantes e de João Ramos do Nascimento, conhecido futebolista no sul de Minas como Dondinho , em 1.915 mudou-se com a família para Bauru, Estado de São Paulo. O nome "Edison" foi escolhido pelo pai para fazer uma homenagem ao inventor Thomaz Edson.
  • Pelé – um pouco de sua história.
    • Ainda criança manifestou a vontade de ser futebolista. Ironicamente a alcunha "Pelé" que serviu para identificar o jogador considerado o maior goleador de todos os tempos teve origem num goleiro. Em 1.943 o pai de Pelé jogava no time mineiro do São Lourenço.
  • Pelé – um pouco de sua história.
    • Aqui temos Pelé (já com mais idade), com o pai João Ramos do Nascimento, conhecido como Dondinho, e sua mãe Dona Celeste Arantes do Nascimento e uma das irmãs.
  • Pelé – um pouco de sua história.
    • Posteriormente, viria a jogar no Baquinho, o time de maior referência da juventude do Pelé. O time principal era o Bauru Atlético Clube (BAC), da categoria principal da cidade e de onde derivou o nome do time juvenil. O convite para jogar no Baquinho partiu do Antoninho, que oferecia até emprego para os jogadores.
  • Pelé – um pouco de sua história.
    • Foi o Antoninho, ainda, quem dirigiu o primeiro treino do time. Depois, o Valdemar de Brito, famoso jogador do passado e técnico dos profissionais, passou a treinar a equipe. Foi ele quem levou o Pelé para a equipe do Santos, onde adquiriu fama internacional. Certamente, o brasileiro de maior projeção no exterior. Uma das pessoas mais conhecidas e reconhecidas no planeta.
  • Pelé – um pouco de sua história.
    • Um fato que destacou a importância de Pelé no exterior foi quando de sua visita a África em 1.969. No transcorrer da guerra civil na África, para que Pelé e o time do Santos Futebol Clube transitassem em segurança entre Kinshasa e Brazzaville, as forças rivais declararam a interrupção das agressividades, chegando a ocorrer, numa região de fronteira, a transferência da delegação sob tutela de um exército para o outro.
  • Pelé – um pouco de sua história.
    • Este fato fez lembrar o sonho do Barão Pierre de Coubertin ao fazer renascer os Jogos Olímpicos no século XX. Pois era costume na Grécia Antiga, a decretação de um armistício quando da realização dos jogos olímpicos da época.
  • Pelé – um pouco de sua história.
    • Pelé começou sua carreira no Santos Futebol Clube, em 1.956 e disputou sua primeira partida internacional com a seleção brasileira dez meses depois. Nos anos 1960 foi convidado para jogar fora do Brasil, na Europa, mas preferiu ficar no seu clube de coração, o Santos. [
  • Pelé – um pouco de sua história.
    • Pelé tornou-se professor de educação física, formado em 1.974, pela Faculdade de Educação Física de Santos (Universidade Metropolitana de Santos).
  • Pelé – um pouco de sua história.
    • Pelé sempre foi muito criticado por diversas de suas declarações.
    • Durante o regime militar, deu declaração polêmica dizendo que "o povo brasileiro não sabe votar", o que provocou a reação de políticos na época.
  • Pelé – um pouco de sua história. Estatísticas Partidas: 1375 Gols: 1284 Média de Gols por Partida: 0,93 Atleta do século Recorde de gols em uma partida: oito gols, em 21 de novembro de 1964, na partida Santos 11 a 0 Botafogo de Ribeirão Preto (superado por Dadá Maravilha na década de 1970). Partidas pela seleção brasileira: 115 (92 oficiais) Gols pela seleção brasileira: 95 Mais jovem artilheiro Campeonato Paulista: 1957 - Santos (fez 17 anos durante a competição) Mais jovem Campeão Mundial: 1958 - Brasil (17 anos) Mais jovem Bicampeão Mundial: 1962 - Brasil (21 anos) Único Jogador tricampeão mundial: 1970 - Brasil Maior artilheiro em uma temporada do Campeonato Paulista: 1958 - 58 gols Maior número de temporadas como artilheiro do Campeonato Paulista: 11 Maior artilheiro em uma temporada: 1959 - 127 gols Maior artilheiro da história da Seleção Brasileira: 95 gols Maior artilheiro do futebol profissional: 1284 gols Bola de Ouro Especial da revista Placar: 1987 Placa de bronze afixada no Maracanã: 1961 - Em virtude de um lindo gol marcado contra o Fluminense, no dia 12 de junho de 1961. Origem do termo "Gol de placa", cunhado por Joelmir Beting.
  • Pelé – foi em Bauru que tudo começou.
    • Talvez a história comece com uma promessa de craque não concretizada, o centro-avante do Fluminense João Ramos, ou Dondinho, como era mais conhecido, que teve sua carreira interrompida por uma contusão. Há quem diga que a paixão é hereditária.
  • Pelé – foi em Bauru que tudo começou.
    • O certo é que de seu casamento com Maria Celeste iria surgir o maior ídolo do futebol, talvez do esporte em geral, de todos os tempos.
  • Pelé – quando tudo começou.
    • Em outubro de 1940, na mineira Três Corações, Dondinho via nascer seu filho pródigo, do qual seria o primeiro treinador, motivado pelo amor ao esporte.
  • Pelé – o começo, em Bauru.
    • Em Bauru (interior de São Paulo) o pequeno Edson Arantes do Nascimento, chamado por "Dico" pelos pais, então com seis anos de idade começa despertar a atenção de quem o via brincando de bola na rua.
  • Pelé – a infância em Bauru.
    • Desde o quintal de sua casa, em que colhia da laranjeira a bola para treinar suas embaixadas, e desfilava habilidosos dribles em adversários imaginários; onde houvesse uma pelada, certamente se encontraria o filho de seu Dondinho sendo disputado na escalação dos times.
  • Pelé – a infância em Bauru.
    • Depois de ter sido ídolo do "7 de setembro", levando já uma considerável torcida aos campos de terra, Pelé veste sua primeira camisa de time, quando passa a jogar pelo Ameriquinha, aos 12 anos de idade.
  • Pelé – a infância em Bauru.
    • Chegou a atuar ainda em outras equipes como Canto do Rio, São Paulinho de Curuçá, Radium e por último, o Baquinho (Bauru Atlético Clube).
  • Pelé – um pouco de sua história.
    • As peladas de Bauru passaram a ser disputadas com uma preocupação a mais, marcar Pelé. A maestria de seus dribles e a sua já espantosa visão de jogo levavam os adversários ao desespero e os torcedores ao delírio.
  • Pelé – um pouco de sua história.
    • Mas foi no Bauru Atlético Clube, o Baquinho, que Pelé teve seu talento levado a sério. Com o projeto de formar uma equipe infanto-juvenil que revelasse novos talentos para o futebol, o clube trouxe o ex-craque da Seleção Brasileira (1934), Waldemar de Brito.
  • Pelé – um pouco de sua história.
    • No último jogo de Pelé no Baquinho, seu time aplicaria uma histórica goleada de 12 x 1 sobre o Flamenguinho. Neste jogo, que foi preliminar da final do Campeonato (2ª Divisão) em 1954, o pequeno gênio faria 7 gols e acabaria nos noticiários de São Paulo, já como promessa de craque.
  • Pelé – um pouco de sua história.
    • Foi o suficiente para que o experiente Waldemar de Brito percebesse o nascimento de um fenômeno do futebol.
  • Pelé – um pouco de sua história.
    • O clube recebia uma proposta do Noroeste, também de Bauru, mas Waldemar sabia que a luz do futuro deus do futebol deveria brilhar em uma equipe de maior expressão nacional e possibilidade de mostrar ao resto do mundo a rara habilidade de Pelé.
  • Pelé – um pouco de sua história.
    • Mesmo com os protestos de Dna. Celeste, o ex-treinador do já extinto Baquinho embarca com Pelé em um trem direto para o litoral do Estado.
  • Pelé – um pouco de sua história.
    • No dia 8 de agosto de 1956 seria apresentado ao glorioso Santos Futebol Clube aquele que viria a ser o maior craque de sua história e o maior jogador de futebol que o mundo já viu.
  • Pelé – um pouco de sua história.
    • Edson Arantes do Nascimento, Pelé, assina o contrato com a equipe enquanto Waldemar de Brito declara ao então presidente do clube, Athiê Couri, que "Este é o garoto que vai ser o maior jogador do mundo". E foi.
  • Pelé – um pouco de sua história.
    • Nem o mais otimista dos mortais poderia imaginar o que aquele garoto franzino faria pelo Santos em tão pouco tempo.
  • Pelé – um pouco de sua história.
    • Com o time comandado pelo Rei, o Santos, que, antes do fenômeno, ainda lutava para se firmar entre os grandes clubes do Brasil, entrou de vez para a galeria das maiores equipes não só do País como do mundo.
  • Pelé – um pouco de sua história.
    • Nos anos da "Era Pelé", como ficou conhecido o período em que ele jogou no Santos, de 1956 a 1974, o time da Vila não parou de conquistar títulos e encantar o mundo.
  • Confira a seguir os títulos conquistados pelo Santos quando Pelé defendia as cores Alvi-negras.
    • - 10 títulos do campeonato paulista (1958/60/61/62/64/65/67/68/69/73; - 2 vice-campeonatos paulistas (1957/59); - 2 terceiras colocações nos campeonatos paulistas (1963/66) - 1 quarto lugar no paulista de 1970 - 5 vezes campeão da Taça Brasil (1961/62/63/64/65); - Campeão da taça de Prata (1968); - Campeão da Recopa Mundial (1968); - Bicampeão da Taça Libertadores (1962/63); - Bicampeão mundial de clubes (1962/63).
  • Pelé – um pouco de sua história.
    • Uma performance inesquecível para os torcedores que dificilmente voltarão a ver um jogador como ele comandar uma "máquina" de jogar futebol como aquela.
  • PELÉ – O ATLETA DO SÉCULO
    • Vamos agora para a página que contém ampla reportagem sobre Pelé, quando completa 70 anos. Um vídeo mostra em detalhes, com depoimento do próprio atleta. Luiz Carlos Cordeiro, jornalista bauruense que escreveu um livro contando a vida de Pelé, faleceu dois dias antes dos 70 anos do “rei”. e emocione-se.
    CLIQUE AQUI Luiz Carlos Cordeiro, o jornalista bauruense que escreveu um livro contando a vida de Pelé, em foto de matéria sobre os 70 anos do “rei”. Cordeiro faleceu no dia em que a matéria foi divulgada pelo UOL.
  • 3 Mundiais - (1958, 1962 e 1970) 2 Mundiais Interclubes - Santos (1962 e 1963) 2 Copas Libertadores da América - Santos (1962 e 1963) 10 Campeonatos Paulistas - Santos (1958, 1960, 1961, 1962, 1964, 1965, 1967, 1968, 1969 e 1973) 5 Taças Brasil - Santos (1961, 1962, 1963, 1964 e 1965) 4 Tornios Rio-Sao Paulo - Santos (1959, 1963, 1964 e 1966) 1 Campeonato Nacional dos Estados Unidos - Cosmos     1281 gols en 1363 jogos Com a Seleção Brasileira : 92 jogos – 97 gols Pelé – estatísticas
  • 3 Mundiais - (1958, 1962 e 1970) 2 Mundiais Interclubes - Santos (1962 e 1963) 2 Copas Libertadores da América - Santos (1962 e 1963) 10 Campeonatos Paulistas - Santos (1958, 1960, 1961, 1962, 1964, 1965, 1967, 1968, 1969 e 1973) 5 Taças Brasil - Santos (1961, 1962, 1963, 1964 e 1965) 4 Tornios Rio-Sao Paulo - Santos (1959, 1963, 1964 e 1966) 1 Campeonato Nacional dos Estados Unidos - Cosmos   1281 gols em 1363 92 jogos com a camisa da Seleção Brasileira : 97 gols Pelé – estatísticas
  • Pelé – o “Atleta do Século”.
    • Texto e apresentação por Renato Cardoso.
  • Pelé – o “Atleta do Século”. www.vivendobauru.com.br