Scrum
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Scrum

on

  • 4,336 views

SCRUM for SCRUMMERS or not

SCRUM for SCRUMMERS or not

Statistics

Views

Total Views
4,336
Views on SlideShare
4,319
Embed Views
17

Actions

Likes
4
Downloads
216
Comments
0

1 Embed 17

http://www.slideshare.net 17

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Scrum Scrum Presentation Transcript

  • SCRUM Fabiana de Oliveira Ferreira fabiana.ferreira@cpmbraxis.com fabianabyte@gmail.com
  • Origens do SCRUM • Jeff Sutherland Uso inicial do scrum na Easel em 1993 IDX e mais de 500 pessoas usando scrum • Ken Schwaber ADM Apresentação na OOPSLA 96 com Sutherland Três livros sobre Scrum • Mike Beedle Padrões para o Scrum na PLOPD4 • Ken Schwaber and Mike Cohn Fundaram a Scrum Alliance em 2002, inicialmente junto com a Agile Alliance
  • Valores do Manifesto Ágil Indivíduos e Processos e interações ferramentas Software que Documentação funciona extensas e numerosas Ao invés de: Colaboração do Negociação de cliente contrato Resposta à Seguir um plano mudanças
  • Métodos Ágeis Crystal SCRUM (Processo de Desenvolvimento de Software) ASD AM (Desenvolvimento Adaptável de (Modelagem Ágil) Software) DSDM Programação ( Método Dinâmico de Desenvolvimento de Sistemas) Pragmática FDD (Desenvolvimento Voltado à XP Funcionalidades)
  • O que o SCRUM não é: • XP (mas um complementa o outro); • RUP; • PRAXIS;
  • Verdades sobre Métodos Ágeis • É uma atitude, não um processo prescritivo. • É um suplemento aos métodos existentes, ele não é uma metodologia completa. • É uma forma efetiva de se trabalhar em conjunto para atingir as necessidades das partes interessadas no projeto.
  • Verdades sobre Métodos Ágeis • Não é um ataque à documentação, pelo contrário aconselha a criação de documentos que tem valor. • Não é um ataque às ferramentas CASE.
  • Rugby Scrum
  • Características • Equipes que se auto-organizam; • O produto evolui em uma série de “Sprints”; • Os requerimentos são listados em um “Product Backlog”; • Não há prática de engenharia prescrita (o Scrum adequa-se a todas) ; • Usa regras generativas na criação de um ambiente ágil para a entrega de projetos; • É uma das “metodologias ágeis”;
  • Scrum
  • Visão Macro
  • Sprint • Projetos Scrum progridem em uma série de “sprints” (Similar às iterações do XP ); • Ocorre em um período pré-determinado que geralmente tem sido definido entre 2 e 4 semanas; • Um período constante leva a um melhor “ritmo”; • O produto é projetado, codificado e testado durante o sprint;
  • Desenvolvimento Sequencial x Paralelo Requerimentos Projeto Código Teste Ao invés de completar uma coisa ... equipes Scrum fazem um pouco de por vez... cada coisa, todo o tempo. Fonte: “The New New Product Development Game” by Takeuchi and Nonaka. Harvard Business Review, January 1986.
  • Desenvolvimento Incremental x Iterativo
  • Nenhuma Mudança Ocorre Durante um Sprint Mudanças Planeje a duração dos sprints de acordo com o máximo tempo com o qual você pode se comprometer a deixar as mudanças fora deles (um mês ou menos)
  • Scrum Framework Papéis •Dono do produto •ScrumMaster •Equipe Cerimônia •Planejamento •Revisão •Retrospectiva Artefatos •Reunião diária •Product backlog •Sprint backlog •Burndown charts
  • Scrum Framework Papéis •Dono do produto •ScrumMaster •Equipe Cerimônia •Planejamento •Revisão •Retrospectiva Artefatos •Reunião diária •Product backlog •Sprint backlog •Burndown charts
  • Dono do Produto • Define as funcionalidades do produto; • Decide datas de lançamento e conteúdo ; • Responsável pela rentabilidade (ROI); • Prioriza funcionalidades de acordo com o valor de mercado; • Ajusta funcionalidades e prioridades; • Aceita ou rejeita o resultado dos trabalhos;
  • Scrum Master • Representa a gerência para o projeto; • Responsável pela aplicação dos valores e práticas do Scrum; • Remove obstáculos; • Garante a plena funcionalidade e produtividade da equipe; • Garante a colaboração entre os diversos papéis e funções; • Escudo para interferências externas;
  • Equipe • Entre 5 e 9 pessoas; • Multi-funcional (Programadores, testadores, desenvolvedores de interfaces, etc. ); • Tempo integral Raras exceções (Ex.: Administrador de Base de Dados) ; • Auto-organizável; • Idealmente, sem títulos, ainda que possível; • As trocas só acontecem nas mudanças de Sprints;
  • Scrum Framework Papéis •Dono do produto •ScrumMaster •Equipe Cerimônia •Planejamento •Revisão •Retrospectiva Artefatos •Reunião diária •Product backlog •Sprint backlog •Burndown charts
  • Planejamento do Sprint Planejamento Capacidade Priorização da equipe •Análise e avaliação do product backlog Objetivo Product •Objetivo do sprint backlog Condições Plano de negócio •Decidir como chegar ao objetivo Produto (projeto) atual •Cria tarefas do sprint backlog a partir dos itens do product backlog Sprint Tecnologia (user stories / funcionalidades) backlog •Horas no sprint backlog
  • Planejamento do Sprint • A equipe seleciona itens do Product Backlog com os quais compromete-se a concluir; • O Sprint Backlog é criado; • Tarefas identificadas e estimadas (1 a 16 horas); • De forma colaborativa, não é realizado apenas pelo ScrumMaster;
  • Planejamento do Sprint Quero que os usuários Modelagem (8 horas) Codificar interface (4) do portal possam Escrever textos (4) planejar suas férias, Codificar a classe foo (6) escolhendo itinerários Atualizar testes de performance (4) online.
  • Scrum Diário • Parâmetros: Diário 15 minutos Todos em pé! • Não é realizada para a solução de problemas; • Todo mundo é convidado; • Apenas os membros da equipe, ScrumMaster e dono do produto podem falar; • Ajuda a evitar reuniões adicionais desnecessárias;
  • As Três Perguntas Diárias • O que você fez ontem? • O que você vai fazer hoje? • Existe algum obstáculo?
  • As Três Perguntas Diárias • As respostas não são um “relatório” para o ScrumMaster; • Elas são COMPROMISSOS; • Perante os pares de desenvolvedores;
  • Revisão do Sprint • A equipe apresenta os resultados obtidos durante o Sprint • Tipicamente ocorre a demonstração de novas funcionalidades ou sua arquitetura Informal • 2 horas de preparação Sem slides • Todo o time participa • “O mundo é convidado”
  • Retrospectiva do Sprint • Periodicamente, observe o que funciona e o que não funciona; • Tipicamente de 15 a 30 minutos; • Feita após cada Sprint; • Toda a equipe participa: ScrumMaster; Dono do produto; Membros da equipe; Clientes e outros;
  • Inicia, Pára, Continua A equipe discute o que gostaria de: Começar a fazer Parar de fazer Continuar fazendo
  • Scrum Framework Papéis •Dono do produto •ScrumMaster •Equipe Cerimônia •Planejamento •Revisão •Retrospectiva Artefatos •Reunião diária •Product backlog •Sprint backlog •Burndown charts
  • Product Backlog • Uma lista de todo o trabalho desejado no projeto. • Idealmente, descrito na forma em que cada item possua um peso de acordo com a vontade/necessidade do cliente ou usuários. • Priorizado pelo dono do produto. • Repriorizado no início de cada Sprint.
  • Exemplo de Um Product Backlog Item do Backlog Peso Permitir que o usuário faça uma reserva 3 Permitir que o usuário cancele a reserva 5 Permitir a troca de datas da reserva 3 Permitir que empregados do hotel gerem 8 relatórios de lucratividade Melhorar manipulação de erros 8 ... 30 ... 50
  • Objetivo do Sprint Breve descrição que ilustre o foco do trabalho durante o Sprint Base de Dados Ciências da vida Fazer com que a aplicação rode no Funcionalidades para estudos SQL Server além do PostgreSQL genéticos da população Serviços financeiros Criar suporte para indicadores de desempenho em tempo real
  • Gerenciando SprintBacklog • Cada indivíduo escolhe o trabalho que fará; • Trabalhos nunca são atribuídos; • Atualização diária da estimativa do trabalho restante; • Qualquer membro da equipe pode adicionar, apagar ou mudar tarefas; • O trabalho aparece a partir do Sprint; • Se uma tarefa não é clara, defina-a como um item com uma quantidade maior de tempo e subdivida-a depois; • Atualize as coisas a serem feitas na medida em que se tornam mais conhecidas;
  • Sprint Backlog Tarefas Seg Ter Qua Qui Sex Codificar interface de usuário 8 4 8 Codificar regra de negócio 16 12 10 4 Testar 8 16 16 11 8 Escrever help online 12 Escrever a classe teste 8 8 8 8 8 Adicionar log de erros 8 4
  • Burndown Chart O Burndown Chart simplesmente lista as horas a serem consumidas pelos recursos. Pode ser montado de forma global ou para cada recurso a ser consumido. O ideal é que as horas previstas sejam equivalentes às consumidas. Se as consumidas forem menores, menos mal. Se maiores, o projeto está consumindo recursos além dos que foram propostos. Ele serve, historicamente, para avaliar nossa capacidade de prever os recursos, e como guia para que a ajustemos.
  • Burndown Chart
  • Burndown Chart
  • Burndown Chart
  • Sprint Wall
  • Scrum de Scrums
  • Scrum de Scrums de Scrums
  • Tipos de Scrum Distribuídos
  • Dificuldades do Scrum Distribuído • Independência de equipes; • Problemas de comunicação; • Barreiras Culturais; • Modo de Trabalho; • Práticas de Scrum são para equipes reunidas;
  • SCRUM em 100 Palavras •Scrum é um processo ágil que permite manter o foco na entrega do maior valor de negócio, no menor tempo possível. •Isto permite a rápida e contínua inspeção do software em produção (em intervalos de duas a quatro semanas). •As necessidades do negócio é que determinam as prioridades do desenvolvimento de um sistema. As equipes se auto-organizam para definir a melhor maneira de entregar as funcionalidades de maior prioridade. •Entre cada duas a quatro semanas todos podem ver o real software em produção, decidindo se o mesmo deve ser liberado ou continuar a ser aprimorado por mais um “Sprint”.
  • Onde tem sido Aplicado?
  • Quais Ramos Têm Usado? • Software comercial; • Video games; • Desenvolvimento interno; • Sistemas para suporte à vida; • Desenvolvimento contratado • Sistemas para controle de (terceirização); satélites; • Projetos de preço fixo; • Websites; • Aplicações Financeiras; • Software para handhelds; • Aplicações certificadas pela • Telefones celulares; ISO 9001; • Aplicações para redes; • Sistemas embarcados; • Aplicações de ISV • Sistemas disponíveis 24x7; (Independent Software • Desenvolvimento por hackers Vendors); solitários; • Algumas das maiores aplicações em produção;
  • Dúvidas?
  • Referências • http://www.dicas-l.com.br/brod/brod_20071031.php • http://blog.fragmental.com.br/2007/08/15/introduzindo-agilidade-num- ambiente/ • http://www.softhouse.se/Uploades/Scrum_eng_webb.pdf • http://www.infoq.com/minibooks/scrum-xp-from-the-trenches • http://www.baufest.com/spanish/scrum/scrumconference2006/Roots_of_ Scrum_Baufest_7_Nov_2006.pdf • http://www.mountaingoatsoftware.com/system/hidden_asset/file/52/Portu gueseScrum.pdf • http://www.aspercom.com.br • http://www2.dc.ufscar.br/~rosangel/mds/Seminarios/MetodosAgeis.pdf • http://www.ime.usp.br/~gdaltonl/ageis/ageis_6pp.pdf • http://mudandoumapequenaempresa.blogspot.com/search/label/SCRUM