• Like
Ficha multiliteracies
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
157
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
0
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. FICHAMENTO DO CAP. 1 DO LIVRO TEACHING AND LEARNINGMULTILITERACIES DE ANSTEY, M. e BULL, G.Luiz Antonio Caldeira AndradeObjetivo do capitulo:Refletir sobre as práticas comuns de letramento utilizadas no passado e no presentecomo parte integrante das experiências sociais, culturais, profissionais, deentretenimento e cívicas dos indivíduos. A partir dessas reflexões, professores ealunos poderão transgredir os limites do conhecimento, das habilidades e dosprocessos referentes ao letramento, necessários ao exercício adequado de cidadania,seja em suas comunidades locais ou globais, hoje e no futuro.O principal aspecto a ser observado diz respeito às modificações ocorridas naspráticas de letramento, em face do avanço tecnológico e das mudanças sócio-econômicas, que levam professores e alunos a se adaptarem ao novo cenário, com acriação de novas pedagogias, no primeiro caso, e no aprendizado dessas pedagogiase de novas habilidades, no segundo.Mudanças no Ambiente de trabalho e a GlobalizaçãoO advento da globalização acarretou mudanças em ambos ambientes profissionais –urbano e rural. O conhecimento e domínio de novas tecnologias de impressão ecomunicação, assim como novas práticas de leitura, forçaram diferentes profissionais,de executivos a produtores rurais, a substituírem suas atividades no plano local-individual por relações de trabalho mais amplificadas, ou seja, em equipe, quer nopróprio país como no exterior. Na adoção de novas rotinas de comunicação eexecução de tarefas, assim como na de novas práticas para proteção ambiental,vemos a presença de práticas de letramento diferentes daquelas utilizadas antes doevento global.Mudanças Tecnológicas, Sociais e a GlobalizaçãoO avanço tecnológico acarretou, segundo os autores, rápidas e profundas mudançasem nosso estilo de vida e em nossas relações sociais. As referências que tínhamosaté então de tempo e espaço já se mostram completamente distintas daquelas da eramoderna. Encurtando distancias e reduzindo o tempo de informação à população,desfrutamos, hoje, da possibilidade de sabermos sobre qualquer lugar do planeta semsairmos de casa. Transmissões via satélite nos permitem presenciar acontecimentosem diferentes e remotos locais do planeta no momento de sua ocorrência. Ainda, osmeios impressos de comunicação – revistas e jornais – passam a fazer uso da
  • 2. multimodalidade na informação aos seus leitores. A despeito da interferência doprodutor da mensagem, que transpõe para o meio semiótico suas crenças, valores eperspectivas culturais, esses veículos se tornam muito mais atraentes etecnologicamente compatíveis com as demandas do público.Somado a tudo isso, nos dizem os autores, faz-se um investimento massivo naindústria de tecnologia, como dantes era feito na produção de bens de consumo comoalimentos, por exemplo. Inúmeras são as empresas multinacionais que se voltam parao mercado da informação, implementando, dentre outras coisas, call centers.Tecnologia e Educação – Avanços na Sala de AulaPor fim, o autor aborda as mudanças ocorridas na sala de aula, com os avanços datecnologia. Novas práticas de ensino-aprendizagem e registros históricos surgem namedida em que meios eletrônicos mais sofisticados permitem que os indivíduostenham acesso a novas fontes sociais e históricas. A escrita à mão dá lugar à escritavia email, twitter, facebook, etc., agilizando procedimentos e contatos, enquantoencurta distancias e tempo.Segundo os autores, é preciso que os alunos estejam cientes e atentos para as novastecnologias das quais dispõem, para que possam fazer o uso adequado das mesmasnas atividades em sala de aula.Tecnologia e IdentidadeOs autores nos mostram nesse parágrafo como os indivíduos têm moldado suasidentidades segundo os meios eletrônicos que utilizam. Ainda que um processonatural, a participação em redes sociais diversas, grupos de discussão de temasvariados ou mesmo do setor profissional, vão, aos poucos, moldando o novo perfil dousuário dos meios eletrônicos.As pessoas são bombardeadas por inúmeros sites que prometem atender a suasnecessidades, enquanto, sub-repticiamente vão moldando o caráter desses indivíduoscom valores, crenças e práticas culturais destinadas ao consumo desenfreado e a umapostura social que esteja submetida aos seus propósitos.Assim, os autores chamam a atenção para o fato de termos que ter conhecimento echecar as fontes eletrônicas que utilizamos quanto à sua fidedignidade eprocedimento. ‫ﻧﻦﻑ‬