Your SlideShare is downloading. ×
0
Refleja. Me declaro Viv@. Versión en Portugués
Refleja. Me declaro Viv@. Versión en Portugués
Refleja. Me declaro Viv@. Versión en Portugués
Refleja. Me declaro Viv@. Versión en Portugués
Refleja. Me declaro Viv@. Versión en Portugués
Refleja. Me declaro Viv@. Versión en Portugués
Refleja. Me declaro Viv@. Versión en Portugués
Refleja. Me declaro Viv@. Versión en Portugués
Refleja. Me declaro Viv@. Versión en Portugués
Refleja. Me declaro Viv@. Versión en Portugués
Refleja. Me declaro Viv@. Versión en Portugués
Refleja. Me declaro Viv@. Versión en Portugués
Refleja. Me declaro Viv@. Versión en Portugués
Refleja. Me declaro Viv@. Versión en Portugués
Refleja. Me declaro Viv@. Versión en Portugués
Refleja. Me declaro Viv@. Versión en Portugués
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Refleja. Me declaro Viv@. Versión en Portugués

1,052

Published on

Vida - Amor

Vida - Amor

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,052
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
21
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Me declaro viv@! por ¡Refleja!
  • 2. Antes eu cuidava que os outros não falassem mal de mim, Então me comportava como os outros queriam e minha consciência me censurava Menos mal que, a pesar da minha esforçada boa educação sempre havia alguém me difamando. Agradeço muito à essa gente que me ensinou que a vida não é um cenário. Desde então, me atrevi ser como sou! Saboreie cada ato teu.
  • 3. Tenho viajado por todo o mundo, tenho amigo de todas as religiões. Conheço gente estranha: vegetarianos que devoram ao próximo com sua intolerância, pessoas que caminham com um letreiro que diz: “Eu sei mais que você.” Médicos que estão pior que seus pacientes, gente milionária infeliz, gente que passa o dia queixando-se, que se reunem aos domingos para queixar-se um de cada vez , gente que tem feito da estupidez a sua maneira de viver .
  • 4. A árvore anciã me ensinou que todos somos iguais. A montanha é meu ponto de referência: Ser invunerável, Que cada um diga o que queira, Eu sigo caminhando, Sou guerreiro, Minha espada é o amor,, Meu escudo é o humor, Meu “lar” a coerência, Meu texto a liberdade, e se a minha felicidade resulta insuportável, me desculpem , Não fiz da prudência a minha opção, prefiro a imaginacão à ignorância, Ou seja, a inocência incluida. Talvez somente tenhamos que ser humanos.
  • 5. Mesmo que não veja os átomos, não significa que eles não existem. Por isso é importante que o AMOR seja o único que inspire teus atos. Sem AMOR, nada tem sentido. Sem AMOR estamos perdidos, Sem AMOR corremos o risco de novamente estar transitando de costas para a LUZ.
  • 6. O silêncio é a chave, a simplicidade é a porta que deixa fora os imbecis. A educação oficial te prepara para se sejas tua própria interferência. É interessante ver como os programas educativos elegem Cuidadosamente todo o essencial para descartá-lo; Assim não se ensina a viver, nem a morrer, nem a amar, nem a rir. A gente feliz não é gente rentável, com lucidez não é necessário o supérfluo. Na realidade, so falo para recordar-te a importância do silêncio. Anseio que descubras a mensagem que se encontra entre essas palavras; não sou um sábio, sou um paixonado pela vida.
  • 7. Não é sufiente querer despertar, mas sim DESPERTAR. A melhor forma de despertar é fazer sem se preocupar que nossos atos incomodem a quem dorme ao nosso lado. Lembre-se que o desejo de fazer bem é uma interferência, é mais importante amar o que fazemos e desfrutar de todo o caminho. A meta não existe, o caminho e a meta são o mesmo, não temos que correr a nenhum lugar, somente saber dar cada passo plenamente.
  • 8. Não, não te prendas, não resistas, rende-te à vida, Quem aceita o que é e se prepara para fazer o que pode, então se encarnam às utopias e o impossível se põe a disposição. A melhor maneira de ser feliz é: SER FELIZ; Reconstrua tua raiz e saboreie a vida. A frivolidade e a intranscendência condenam a vida à morte. Quando somos maiores do que fazemos, nada pode desequilibrar-nos, mas quando permitimos que essas coisas sejam maiores que nós mesmos, nosso desequilíbrio está garantido.
  • 9. O coração se encontra em estado de emergência por falta de amor, temos que voltar a conquistar a vida, apaixonarmos outra vez por ela; Nosso potencial interior aflora espontaneamente quando nos encontramos em paz. Possamos ser somente água fluindo; O caminho nós mesmos temos que fazer mas não permitas que ele escravize o rio, e em vez de caminho tenha um cárcere. A infelicidade não é um problema técnico, é o resultado de ter tomado um caminho errado.
  • 10. Amo minha loucura que me liberta da estupidez. Amo o amor que me imuniza, diante da infelicidade que viaja por onde quer, infectando almas e atrofiando corações. O AMOR é, à nivel sutil, a essência do nosso estado imunológico. Sem amor, a síndrome da imunodeficiência será adquirida inevitavelmente e ela é mortal.
  • 11. Desde meu coração indígena suspeito que ser infeliz é uma fuga. È muito fácil fazer besteiras nesse mundo moderno! Suspeito que o homem começou a equivocar-se faz muito tempo, Então já é tempo de retificar a marcha, reorientar o passo, retomar a sagrada senda do sol. Não é possível chegar à nossa casa sem transcender o egoísmo; Não é possível ascender na vida plenamente sem haver liberado previamente os medos e temores. As pessoas estaõ tão acostumadas a complicar, que rejeitam de antemão a simplicidade; As pessoas estão tão acostumadas a serem infelizes que a sensação de felicidade lhes causa suspeita. As pessoas estão tão reprimidas Que a espontaniedade e ternura as incomodam e o Amor inspira desconfiança.
  • 12. Há coisas que são muito razoáveis e…….infectam. Já não podemos perder tempo em seguir aprendendo técnicas espirituais quando ainda estamos vazios de amor. Um dia permitimos que nos escravizazem. O amor se tornou um fantasma manipulado por controle remoto por aqueles que precisam de nós domesticados. Quem não está preparado para escutar tem a recompensa de não enteirar-se de nada.
  • 13. Desfruta o que tens, recebe o que vêm, cria e inventa o que necessitas fazes somente o que podes e fundamentalmente celebra o que tens .
  • 14. A vida é um canto à beleza, uma convocação à transparência, quando, pela vivência descobres isso, o vento voltará a ser teu amigo, a árvore se tornará um mestre e o amanhecer um ritual, a noite se vestirá de cores, as estrelas falarão o idioma do coração e o espírito da terra repousará outra vez tranquilo.
  • 15. Não importa o que dizem de ti…. O que os outros esperam de ti pode se tornar um cárcere; Digam o que quiserem de mim Eu sou o que sou .
  • 16. Suscríbete gratuitamente indicando lugar de residencia: refleja@ciudad.com.ar Desde el amor y al servicio del Amor, ¡Refleja! por Marcela Parolin Buenos Aires, Argentina Vamos siendo un movimiento cuyo objetivo es irradiar Amor al mundo, facilitando herramientas para la transformación personal, que ayuden a discernir cuál es el camino, a fin de ya no desviarse y no atraer para nuestras vidas el dolor. El único protagonista es el mensaje. No perseguimos fines económicos porque es una tarea de servicio. Nos mantenemos con aportes que Uds. eligen hacer, cada uno desde su vocación y servicio, para que siga girando la rueda de la prosperidad, nos beneficiemos todos, y el mensaje de Amor llegue a mayor cantidad de personas cada día. ¡Muchas gracias por tu colaboración! www.dineromail.com Música de la presentación: “One man’s dream” - Yanny Imágenes de la Web. Texto: Citas del libro, "Me declaro Vivo" by Luis Espinoza (Chamalú) Traducción al portugués: Rosana Reginatto [shivayoga7@yahoo.com.br

×