Your SlideShare is downloading. ×
A02rdc
A02rdc
A02rdc
A02rdc
A02rdc
A02rdc
A02rdc
A02rdc
A02rdc
A02rdc
A02rdc
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

A02rdc

734

Published on

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
734
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
11
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  1. Componentes da comunicação • Mensagem – Informação Transmissor – Dispositivo que envia mensagem Redes de • • Receptor – Dispositivo que recebe a mensagem Computadores • Meio – Caminho físico por onde viaja uma mensagem Conceitos de Transmissão de Dados Protocolos • Protocolo – Conjunto de regras para garantir a Formação de Pacotes e Quadros comunicação dos dados. Modelo OSI Redes de Computadores Redes de Computadores Técnico em Informática Técnico em Informática Representação de Dados Modos de Transmissão • Caracteres – Seqüência de bits • Para podermos aprofundarmos no universo – ASCII – Usa 7 bits para representar cada símbolo – ASCII Estendido – Usa 8 bits das redes, precisamos entender como as – UNICODE – Pode representa 65536 símbolos redes funcionam. OSI – Padronização dos símbolos – • Para que os dados sejam transmitidos entre os • Numéricos • Imagens computadores e equipamentos de redes • Áudio – Uma representação para o som temos três modos para transmitir os dados • Vídeo – Sinal contínuo de imagens Redes de Computadores Redes de Computadores Técnico em Informática Técnico em Informática Modos de Transmissão II Transmissão de Dados III • Simplex – Nesse tipo de comunicação sempre • Half-duplex: Esse tipo de transmissão é bidirecional mas, por compartilharem o mesmo canal de ocorrerá num único sentido. A transmissão comunicação, nãoé possível transmitir e receber dados simples, e portanto, unidirecional. ao mesmo tempo • Exemplo: • Exemplo: Código Morse, Luz. – Walkie-talkie. Transmissor (Tx) Receptor (Rx) Transmissor (Tx) Receptor (Rx) ou ou Receptor (Rx) Transmissor(Tx) Redes de Computadores Redes de Computadores Técnico em Informática Técnico em Informática
  2. Modos de Transmissão IV Redes • Full-Duplex – É a verdadeira comunicação • Uma rede é o conjunto de dispositivos bidirecional, receptor e transmissor podem se conectados por links de comunicação, comunicar ao mesmo tempo. conhecidos por nós • Exemplo: • Capaz de receber e enviar dados gerados – Telefone, Redes de Computadores pelos dispositivos. Transmissor (Tx) Receptor (Rx) e e Receptor ( x) R Transmissor (Tx) Redes de Computadores Redes de Computadores Técnico em Informática Técnico em Informática Processamento Distribuído Redes • Executa uma tarefa em muitos computadores, isso é muito mais eficiente que entregar todo o poder de processamento a uma única máquina poderosa. Redes de Computadores Técnico em Informática Critério de comparação entre redes Critérios de Classificação das redes • As redes de um modo geral podem ser • Performance – Medida de comparadas de acordo com três critérios, eles “velocidade” de resposta das são: redes, dependendo sempre de números de usuários, meio de transmissão, hardware e eficiência dos software que rodam na rede Redes de Computadores Técnico em Informática
  3. Critérios de Classificação das redes II Critérios de Classificação das redes III • Confiabilidade – Garantia de entrega, medido • Segurança – garantir a proteção dos dados e pela freqüência de falhas, tempo de das informações que trafegam na rede do reconfiguração de link após uma falha, acesso não autorizado. robustez da redenuma catástrofe. Protocolos Protocolos II • Protocolos é a linguagem por qual os • A maioria das transmissões de redes são do equipamentos de redes se comunicam. tipo half-duplex – Exemplo TCP/IP, IPX/SPX, entre outros • Os computadores de uma rede compartilham o mesmo cabo. • São os protocolos que definem como a rede • Quando um dispositivo estiver fazendo irá funcionar, pois os mesmos definem como transmissão, nenhuma outra transmissão os dados serão trafegados pela rede. poderá ser feita. Redes de Computadores Redes de Computadores Técnico em Informática Técnico em Informática Protocolos III Protocolos IV • O computador C não poderá enviar dados para nenhum outro micro da • Se o computador A quiser enviar um dado para o computador B, rede enquanto o cabo estiver sendo usado este dado também chegará ao computador C Redes de Computadores Redes de Computadores Técnico em Informática Técnico em Informática
  4. Protocolo V Protocolo VI • Poderão ocorrer interferência de algum tipo no meio do caminho e o dado pode não chegar ao destino. • Os protocolos são justamente uma solução para todos esses problemas. • Os protocolos pega os dados que devem ser transmitidos na rede e divide ele em pequenos pedaços com tamanhos fixo. • Se um arquivo grande tiver de ser transmitido, os demais dispositivos da rede terão de esperar muito tempo para utilizarem o cabo de rede. O • Esses pedaços são denominados pacotes ou quadros. Computador C terá de esperar o computador A acabar com B para que possa realizar sua transmissão Redes de Computadores Redes de Computadores Técnico em Informática Técnico em Informática Protocolo VII Protocolos VIII • Exemplo: Temos um arquivo de 100KB e o protocolo • As placas de rede dos computadores possuem um existente divide os dados em pacotes de 2KB. endereço fixo, que é gravado em hardware. Quantos pacotes serão transmitidos? • O computador de destino sabe que o pacote • Quantidade de Pacotes = 100KB / 2KB atualmente transitando no cabo de rede é para ele. – 50 Pacotes. • No cabeçalho do pacote vai o endereço da placa de • Dentro de cada pacote há uma informação de rede de destino. endereçamento que informa a origem e destino do pacote. Redes de Computadores Redes de Computadores Técnico em Informática Técnico em Informática Transmissão de dados Transmissão de Dados II Imagine que o computador A e C desejam transmitir um arquivo para Computador • Uso de pacotes otimiza enormemente o uso da rede, • B, o receptor “monta” os pacotes a medida que eles vão chegando. Que é um principalmente para transmissão de dados grandes. trabalho fácil sabendo que o endereço do computador de origem . • Com isso podemos aproveitar melhor o meio de transmissão. • Assim podemos fazer com que vários dispositivos se comuniquem “ao mesmo tempo” em uma rede. A A C A C C A A C C A C A C A C A Redes de Computadores Técnico em Informática
  5. “Velocidade” das redes “Velocidade” das redes • Se somente existir uma transmissão de dados entre o • Se um cabo trabalha com 10Mbps, esse é o limite da computador A e o computador B, está transmissão banda de transmissão. pode ser feita na velocidade máxima do meio de • Se dois computadores compartilharem o mesmo transmissão. Por exemplo, 10Mbps. cabo a velocidade caíra pela metade 5Mbps • Para fazer duas transmissões simultâneas a 10Mbps • Se três computadores compartilharem o mesmo a banda deveria subir para 20Mbps. cabo a velocidade caíra para 3,33Mbps. • O limite da velocidade que é ajustada de acordo com o meio de transmissão (cabo). Redes de Computadores Redes de Computadores Técnico em Informática Técnico em Informática Placa de rede... Placa de rede II • A placa de rede, ao colocar um pacote de dados no cabo da rede, faz uma conta chamada checksum ou CRC (Cyclical Redundancy Check). • Esse cálculo consistem em somar todos os bytes presentes nos pacotes de dados e enviar o resultado dentro do próprio pacote. • A placa de rede do receptor irá fazer essa conta e verificar se o resultado é o calculado pelo transmissor. • Caso algum pacote chegue defeituoso o receptor pede sua retransmissão. • Essa é a vantagem de trabalhar com pacotes pequenos, ou seja precisamos recuperar somente o pacote perdido. Redes de Computadores Técnico em Informática Formato de um Pacote Padrões de Rede • Exemplo de um pacote de dados. • Redes de computadores proprietárias • Não havia de se misturar soluções de fabricantes diferentes. Endereço Endereço Informações de Destino de Origem de Controle Dados CRC • Dificuldade nas interconexões de sistema de computadores • Para ajudar resolver esse problema, a ISO que desenvolveu o chamado padrão OSI. Redes de Computadores Redes de Computadores Técnico em Informática Técnico em Informática
  6. Modelo OSI Modelo OSI • Com o surgimento do modelo OSI as redes foram padronizadas. • O modelo OSI é composto por sete camadas: física, enlace, rede, transporte, sessão, apresentação e aplicação. Redes de Computadores Técnico em Informática Modelo OSI Quadro X Pacote • Na transmissão de um dado, cada camada pega as • Quadro é um conjunto de dados brutos informações passadas pela camada superior, passando os enviados através da rede. dados para camada imediatamente inferior. Esse processo é o encapsulamento. • Um pacote de dados se refere a um conjunto • Na camada de transporte os dados são divididos em pacotes de dados manipulados nas camadas 3 e 4 do • Na camada de enlace os pacotes são divididos em vários modelo OSI quadros. • Vamos agora estudar as camadas do modelo • Modelo OSI ainda pode ser visto como aplicação, transporte e OSI. rede. Redes de Computadores Redes de Computadores Técnico em Informática Técnico em Informática Aplicação Apresentação • Essa camada faz a interface entre o protocolo • Conhecida como camada de tradução, de comunicação e o aplicativo que pediu ou convertendo o dado recebido em um formato receberá a informação através da rede. comum a ser usado na transmissão pelo • Os protocolos que executam os processos na protocolo usado. camada de aplicação são: • Converte os dados no formato ASCII para – HTTP (Acesso à WEB) formato EBCDIC – SMTP (Correio Eletrônico) – FTP (Transferência de Arquivos) – Telnet (Emulação de Terminais) Redes de Computadores Redes de Computadores Técnico em Informática Técnico em Informática
  7. Sessão Transporte • Permite que duas aplicações em computadores • A camada de transporte pega os dados enviados diferentes estabeleçam uma sessão de comunicação. pela camada de sessão e dividi -los em pacotes que serão transmitidos pela rede. • É responsável pelo estabelecimento do acesso a uma • O receptor é responsável por pegar os pacotes aplicação por meio de identificação do usuário. recebidos e remontar o dado original. • Nessa camada os protocolos contidos são: NFS, SQL • TCP, UDP. para linux, SQL e o RPC. Redes de Computadores Redes de Computadores Técnico em Informática Técnico em Informática Rede Enlace • É responsável pelo endereçamento dos • A camada de Enlace pega os pacotes de dados pacotes, convertendo endereços lógico em recebidos e os transforma em quadros que serão endereços físicos. trafegado pela rede • Acopla aos quadros e endereço físico da placa de • Essa camada também determina a rota que os rede, dados de controle e o CRC. pacotes irão seguir paraatingiro destino • O quadro criado pelo enlace é enviado para a • Essa camada é usada quando a rede possui camada Física, que converte os quadros em sinais mais de um segmento de rede. elétricos Redes de Computadores Redes de Computadores Técnico em Informática Técnico em Informática Enlace II Física • Quando o receptor recebe o quadro, a sua camada • A camada Física pega os quadros enviados pelo de enlace confere se o dado chegou integro, através enlace e os transforma em sinais compatíveis com o do CRC. meio onde os dados deverão ser transmitidos. • Enviando uma confirmação para a origem chamada • O papel dessa camada é efetuado pela placa de rede de acknowledge , ou simplesmente ack. dos dispositivos conectados em redes. • Caso não receba essa confirmação o transmissor • Essa camada não se preocupa com o cabo mas sim reenvia os pacotes. com o tipo de conector e tipo de cabo usado para a transmissão e receptor dos dados. Redes de Computadores Redes de Computadores Técnico em Informática Técnico em Informática
  8. Padrão IEEE 802 Padrão IEEE 802 • IEEE (Institute of Electrical and Electronic Engineers) criou o padrão 802 destinada a regulamentar os protocolos de rede. • O nível 2 do modelo OSI no modelo IEEE 802 é dividida em duas: – Controle do Link Lógico (LLC) – Controle de Acesso ao Meio (MAC) Redes de Computadores Técnico em Informática Padrão IEEE 802 II Padrão IEEE 802 III • Protocolo IEEE 802 e suas camadas • Padrão IEEE 802 – Em relação ao modelo OSI APLICAÇÃO APRESENTAÇÃO SESSÃO OSI CONTROLE DO LINK LÓGICO (LLC) TRANSPORTE ENLACE CONTROLE DE ACESSO AO MEIO (MAC) REDE FÍSICA FÍSICA CONTROLE DO LINK LÓGICO CONTROLE DE ACESSO AO MEIO IEEE 802 FÍSICA Redes de Computadores Redes de Computadores Técnico em Informática Técnico em Informática Padrão IEEE 802 IV Acesso ao meio • Existem vários padrões, como: • Camada Física pega os quadros enviados pelo – IEEE 802.2 – Específica o funcionamento do LLC e o MAC. MAC e os envia para o meio físico – IEEE 802.3 – Padrão Ethernet – Usa o conceito de detecção de colisão, chamado de CSMA/CD. • IEEE define a topologia usado pela rede e o – IEEE 802.5 – Usando em redes com topologia anel, tipo de conector usado pela placa de rede especificando as redes token-ring • Os dados são codificados e enviados para o – IEEE 802.11 – Especifica os protocolos de redes Wireless Link de Dados Controle do Link Lógico (LLC) 802.2 meio Controle de Acesso ao Meio (MAC) 802.3 802.4 802.5 Física Redes de Computadores Redes de Computadores Técnico em Informática Técnico em Informática
  9. A codificação Controle de Acesso ao Meio • Endereço Físico e único da placa de rede • Tomando como exemplo o padrão Ethernet • Gravado no hardware o que “impossibilita” sua alteração 10Mbps queusa codificação Manchester • Formado por 48 bits ou 6 bytes sendo: • A codificação Manchester transforma um bit 0 – 3 Bytes para determinar o fabricante – 3 Bytes para determinar o dispositivo em uma decida de 1 para 0 e um bit 1 em uma • Sua função é endereçar fisicamente os quadros subida de 0 para 1. determinando origem e destino • MAC ainda ajuda controlar o uso do cabo, enviando o • Essa codificação é para aproveitar melhor o quadro novamente toda vez que houver uma colisão. meio de transmissão evitando de deixá-lo • O MAC usa um driver da placa de rede para acessar, para ensinar como acessa o nível físico. ocioso. Redes de Computadores Redes de Computadores Técnico em Informática Técnico em Informática Quadro MAC Quadro MAC • Preâmbulo – Marca o inicio do quadro, informa o tipo de • A seguir veremos o quando que o MAC codificação e a taxa de transmissão entrega para a camada física. Os dados • Mac Destino – Endereço da placa de rede do receptor presente no quadro são fornecidos pelo LLC. • Mac Origem – Endereço da placa de rede do transmissor • Comprimento – Indica quantos bytes estão sendo Preâmbulo MAC MAC Comprimento Dados FCS transferidos no campo de dados do quadro Destino Origem • Dados – São os dados enviados pela camada de LLC. 8 Bytes 6 Bytes 6 Bytes 2 Bytes 46 a 1500 Bytes 4 bytes • Pad – Completa o quadro quando LLC não atinge o valor mínimo de dados do quadro • FCS – Contem as informações de controle de correção de erros (CRC) – checksum. Redes de Computadores Redes de Computadores Técnico em Informática Técnico em Informática Endereço MAC Padrão Ethernet • FF FF FF 00 00 00 • Quando não há colisão na transmissão existe • O endereço MAC é escrito um gap entre os pacotes de 9,6µs. normalmente em hexadecimal. 1 2 3 Gap - 9,6µs Gap - 9,6µs • Tamanho mínimo de um quadro Ethernet é de 84 bytes e o máximo é de 1538 bytes. Redes de Computadores Técnico em Informática
  10. Controle do Link Lógico (LLC) Estrutura LLC • LLC é regido pelo padrão IEEE 802.2. • Tamanho do quadro 46 a 1500 bytes • Permite que mais de um protocolo acima dele. • Desse 8 bytes são usados para controle • Os pontos de comunicação entre transmissor e receptor é • Esses dados são exatamente o SAP de origeme destino chamado de SAP (Ponto de Acesso a Serviço). • SAP é formado por 5 bytes sendo três para o fabricante • Sua função é adicionar, ao dado recebido informações de e definido pelo desenvolvedor. quem enviou esta informação. • Como 40 bits proporciona poucos endereços foi criado • Assim sendo possível a entrega dos dados corretamente pelo um novo campo denominado SNAP (Sub Network receptor. Access Protocol) • Sem essa camada não seria possível um mesmo computador • Quando o SNAP é usado os bits 10101010 é colocado trabalhar com mais de um protocolo de comunicação. no campo SAP. Redes de Computadores Redes de Computadores Técnico em Informática Técnico em Informática Estrutura LLC Quadro LLC • DSAP – Indica o endereço SAP de destino, se SNAP for usado DSAP é • Aqui temos a estrutura do quando de controle fixado em 10101010. LLC: • SSAP – Indica o endereço SAP de origem. • Controle – CTL Assume normalmente três valores: LLC - 3 bytes SNAP – 5 bytes – UI – Quando está transmitindo dados – XID – Usado para troca de dados entre o transmissor e o receptor – DSAP SSAP Controle Código Tipo Dados Comando que informa a identidade do transmissor e receptor – Teste – O transmissor envia um dado e o receptor recebe e o envia de 1 Bytes 1 Bytes 1 Bytes 3 Bytes 2 Bytes 38 a 1492 Bytes volta, a fim de testar a comunicação. • Código – É o código do fabricante/desenvolvedor do protocolo IEEE. 1 byte 1 byte 1 byte 1 byte 1 byte • Tipo – É o código dado pelo fabricante/desenvolvedor ao protocolo. Indica o Fabricante Definido pelo Desenvolvedor Redes de Computadores Redes de Computadores Técnico em Informática Técnico em Informática NDIS NDIS • NDIS – Network Driver Interface Specification • Desenvolvido pela 3Com e a Microsoft • É um driver instalado no sistema operacional que permite que uma placa de rede possa utilizar mais de um protocolo de rede ao mesmo tempo. • Permite que seja colocado no mesmo computador duas placas de redes. Redes de Computadores Técnico em Informática
  11. ODI ODI • ODI – Open Datalink Interface • é um driver com o mesmo o objetivo do NDIS • Usado em sistemas Apple e Novell • Possui duas interfaces – MPI – Multiple Protocol Interface – MLI – Multiple Link Interface • Os drivers da placa de rede compatíveis com o ODS são chamados de MLID – Multiple Link Interface Driver. • MLI – permite a instalação de mais placas de rede na mesma máquina. Redes de Computadores Técnico em Informática NDIS X ODI UFA!!! Aprendemos hoje... • Quando receber o quadro a MPI entrega os • Componentes de Comunicação dados diretamente para o protocolo • Representação de Dados responsável. • Modos de transmissão • No NDIS, quando chega a camada vector • Protocolos tentar “empurrar”o quadro para cada um dos protocolos instalados, pois não existe campo • Modelo OSI de endereçamento. • MAC • Entre outros. Redes de Computadores Técnico em Informática

×