Ses

556 views
498 views

Published on

Published in: Education, Business
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
556
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
6
Actions
Shares
0
Downloads
5
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Ses

  1. 1. INOVAÇÃO NO SETOR PÚBLICO Ciclo de Socialização do Conhecimento SES‐SP  [21.10.2008] GUILHERME ARY PLONSKI
  2. 2. Inovação se tornou um mantra
  3. 3. 13.10.2008 A system overwhelmed by innovation
  4. 4. Há uma dose ótima de inovação?
  5. 5. Qual a essência da inovação?
  6. 6. Inovação = Novidade?
  7. 7. Inovação = Criatividade?
  8. 8. Inovação = C&T?
  9. 9. Inovação entrou na agenda pública brasileira via C&T 1916 Academia Brasileira de Ciências 1948 Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) 1985 Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT) 2001 II Conferência Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação 2002 “Ano da Inovação”, “Dia da Inovação” Tentativa de estabelecer uma Lei de Inovação
  10. 10. Lembremos que o desejo de conhecer nos leva a... Ciência Conjunto de respostas a perguntas de  tipo por que? Fazer ciência requer método Gera descobertas Tecnologia Conjunto de soluções a questões de  tipo como? Fazer tecnologia usa muitos  conhecimentos ‐ explícitos e tácitos Gera invenções
  11. 11. Inovação tem a ver com... Transformação de conhecimentos em Riqueza (apropriação?) Bem estar (conceito abrangente) Poder (!) Inovação é Idéia implementada pela primeira vez Produzindo efeitos significativos (econômicos,  sociais, ambientais, higidez, militares. ...) Efeitos múltiplos (tecnologias duais) Significância relativa (métrica)
  12. 12. Inovação tecnológica > desenvolvimento econômico
  13. 13. ...reiteradamente confirmado
  14. 14. A questão da apropriação não é trivial...
  15. 15. ...pois vai além do interesse privado
  16. 16. ... pois pode ser relevante para melhorar o mundo  “Addressing Global  Challenges Using  Nanotechnology” Relatório UNESCO (2006):  nanotecnologias podem ajudar  expressivamente a alcançar cinco  das oito MDGs
  17. 17. O conceito de inovação evolui Manual de Oslo V2 (1997): Inovações tecnológicas em  produtos e processos (TPP) V3 (2005) Enfatiza conexões p/inovação Amplia escopo: inovações em  marketing e organização Amplia foco: inovação também Em segmentos menos intensivos  em P&D No setor de serviços E passou a incluir
  18. 18. ...no setor público! 3.1 Amplitude setorial 27. A inovação pode ocorrer em qualquer setor da  economia, incluindo serviços governamentais como  saúde e educação. As diretrizes do Manual, entretanto, são  essencialmente voltadas para as inovações de empresas comerciais. Isso  abarca a indústria de transformação, indústrias primárias e o setor de  serviços. 28. A inovação é também importante para o setor  público. Porém, pouco se sabe sobre o processo de  inovação em setores não orientados ao mercado.  Muitos trabalhos devem ainda ser feitos para estudar a inovação e  desenvolver um arcabouço para a coleta de dados de inovação no setor  público. Tais trabalhos poderiam conformar a base para um manual à  parte.
  19. 19. Essa percepção está se difundindo... Effective government and public services depend on successful  innovation – to develop better ways of meeting needs, solving problems,  and using resources and technologies. Innovation is sometimes seen as an optional luxury or an  added burden. It should be seen as a core activity ♦ to increase the responsiveness of services to local and  individual needs; ♦ and to keep up with public needs and expectations G Mulgan and D Albury, UK Cabinet Strategy Office (2003)
  20. 20. Em alguns temas o Brasil dá show
  21. 21. Como estamos em SP >  Sinopse Estudo FUNDAP ‐ FIA
  22. 22. Valorizar a inovação no serviço público é um passo importante...
  23. 23. Setor público é mais do que Prestador de Serviços ‐ Regulador ‐ Produtor  ‐ Indutor ‐ Usuário ‐ ...
  24. 24. Papel regulador: assopra mas morde Lei da Inovação et al. Mas Insegurança jurídica
  25. 25. Papel produtor: institutos de pesquisa
  26. 26. Papel indutor Sistema de Geração de  Empreendimentos Inovadores 2007
  27. 27. Processos e ambientes para incubação de empresas
  28. 28. Incubadoras de Empresas – alguns dados Empresas inovadoras 1500 graduadas 2800 residentes 2000 associadas Receita das graduadas: BR$1,6 /a 30 mil empregos diretos Principalmente qualificadas Impostos gerados MR$ 430 total investimento (20a) MR$ 400 /a impostos Inovação (Finep) 13% da subvenção 1/3 dos prêmios de inovação  (3a)
  29. 29. Algumas contribuições do movimento ao País R&D makes business sense ‐ FK Biotec (site da OMPI)
  30. 30. PqT (2007): 57 (identificados), 35 estudados Em operação 11 Em implementação 13 Em planejamento 13
  31. 31. Reunião de  Orientação Estratégica  do Projeto 22 de Abril de 2008  Brasília 
  32. 32. ... Política de inovação é essencial • Mundo contemporâneo requer nova geração de  políticas de inovação 1ª Geração: inovação decorre de processo linear que começa com P&D 2ª Geração [1990s]: inovação é fruto de sistemas interativos 3ª Geração [2000s]: inovação é eixo estruturante do desenvolvimento • Políticas pela inovação (e não só para inovação)
  33. 33. Desafio principal: governança Coordenar as práticas, dando coerência às  agendas individuais Integrar as políticas, tanto horizontais quanto  verticais 
  34. 34. A inovação pede passagem!

×