[Estudo de Qualidade Urbana]          Bairros    Relatório ConsolidadoDaiany do Nascimento Ferreira    Erica Pipas Morgado
RESUMO EXECUTIVO      Este trabalho foi realizado pelos acadêmicos do curso de CiênciaAmbiental da Universidade Federal Fl...
Cidades - Bairros     Dispostos na ordem em que se apresentam neste relatório:Itaboraí – Jardim ImperialItaboraí – Ampliaç...
Instituto de Geociências             Curso de Bacharelado em Ciência Ambiental             Unidade Curricular: Crítica Con...
SumárioINTRODUÇÃO ...........................................................................................................
ANEXO III - QUADROS COM INFORMAÇÕES OBTIDAS NAS FONTESPRIMÁRIAS .............................................................
INTRODUÇÃOObjetivo Geral:Estudar a qualidade urbana local em estudo de caso do bairro de Jardim Imperial,no município de I...
Histórico do Município1         A história do bairro Jardim Imperial não foi encontrada em fontes secundárias, então,     ...
sempre presente na cultura e na economia do município, sendo registrada entre os     nossos índios, nos próprios engenhos,...
Associações de Moradores do Município e do Bairro: FAMI – FEDERAÇÃO DAS ASSOCIAÇÕES DE MORADORES DE ITABORAÍ    Presiden...
MÉTODOPesquisa exploratória e descritiva, seguindo metodologia fenomenológica paraconhecer um fenômeno social a partir da ...
saúde                        http://cnes.datasus.gov.br/Lista_Tot_Es_Municipio.asp?                        Estado=33&NomeE...
RESULTADOSFontes SecundáriasNesta seção, são apresentadas sínteses em tópicos estudados em fontessecundárias a respeito do...
tendo sido implantado na Reta Velha e parte do Distrito de Itambi, sob aresponsabilidade do SAAE, contudo, a maioria da re...
é precário. Existem 86 escolas que oferecem ensino pré-escolar; 130 que oferecemensino fundamental e 26 que oferecem ensin...
Fontes PrimáriasO QUE ESTÁ BOM E MUITO BOM NO BAIRRO:    CATEGORIA DE                  PALAVRAS-CHAVE DO QUE ESTÁ   RESPON...
O QUE ESTÁ RUIM OU PÉSSIMO NO BAIRRO:   CATEGORIA DE                    PALAVRAS-CHAVE DO QUE ESTÁ  RESPONDENTES          ...
No bairro está localizado uma Creche Municipal, a Coordenação de Vigilância     Sanitária e o Centro de Apoio Psicosocial....
CONCLUSÃONas fontes secundárias, os dados obtidos foram sobre o Município de Itaboraí. Jánas fontes primárias (ida ao camp...
FONTES CONSULTADAS<http://www.itaborai.rj.gov.br/home/index.php?pg=historia> Acessado em 14 de maiode 2012.<http://www.ach...
<http://cnes.datasus.gov.br/Lista_Es_Nome_Por_Estado_Municipio.asp?VEstado=33&VMun=330190> Acessado dia 30 de outubro de 2...
Estação de Visconde de ItaboraíIgreja matriz de São João Batista na primeira metade do século XX.          Foto atual da I...
Praça do Bairro Jardim ImperialRua do Bairro sem pavimentação
Área urbanizada com novas construções
Área urbanizada com novas construções  Casa de forró (Alternativa de Lazer)
Contraste entre uma olaria (direita da imagem), um depósito de argila (esqueda da           imgem) e ao fundo um grande em...
Anexo II - Mapas   Itaboraí – Município localizado na Região Metropolitana do Estado do Rio de                            ...
Fonte: Google earth
Fonte: http://www.ibge.gov.br/cidadesat/painel/painel.php?codmun=330190  Anexo III – Quadros de informações obtidas por fo...
Anexo IV – Modelo de questionário para entrevista
ENTREVISTA – BAIRRO JARDIM IMPERIALEntrevistado: ________________________________________________________Idade: __________...
Instituto de Geociências                   Curso de Bacharelado em Ciência Ambiental                   Unidade Curricular:...
Sumário:Objetivo Geral.......................................................................................................
INTRODUÇÃOObjetivo Geral : Estudar a qualidade urbana local em estudo de caso do bairro Ampliação, nomunicípio de Itaboraí...
Histórico do Município2O desbravamento do território remonta à época da fundação de São Sebastião doRio de Janeiro, quando...
Nova. Pela lei estadual nº 1807, de 15-01-1924, é criado o distrito de Tanguá eanexado ao município de Itaboraí, distrito ...
Associação de moradoresDurante as pesquisas, não encontramos nenhuma associação do bairro Ampliação.Fontes secundárias: To...
MétodoPesquisa exploratória e descritiva, seguindo metodologia fenomenológica paraconhecer um fenômeno social a partir da ...
identificar se há órgãos no bairro                                    Do município- IBGE e site daf) Saneamento(água, esgo...
Fontes ConsultadasConjunto de Informação              Fontes SecundáriasCaracterização             Físico- http://www.ibge...
Fontes Primárias            Planejamento inicial de entrevistas:              -Governo: 2 entrevistados (Um candidato á el...
VegetaçãoA vegetação atual do município é composta em maior parte por pastagens, mata deencosta, mangues e brejos. Os rema...
Renda; Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Turismo; Secretaria Municipalde Obras e Srviços Públicos; Secretaria ...
Fontes Primárias              O que está muito bom no bairro                                  Palavras-Chave ou Expressões...
SÍNTESE      Síntese sobre resultados do estudo em fontes PrimáriasSíntese sobre resultados do estudo em fontes PrimáriasA...
ConclusãoSobre as fontes secundárias, encontramos algumas dificuldades. Usamos todas asfontes recomendadas e mesmo assim q...
Referências BibliográficasAmpliação e Calundu recebem saneamento básico e asfalto. A Tribuna RJ, Rio deJaneiro, 28 de Sete...
@Cidades.                    IBGE.                Disponível                em:<http://www.ibge.gov.br/cidadesat/topwindow...
AnexosAnexo A – MapasMapa de ItaboraíFonte: Google MapsMapa de ItaboraíFonte: SOS Itaborai Rj
Mapa do BairroFonte: Google MapsAsfalto
Restaurante popular
Iluminação pública
Lazer
Saneamento e limpeza
I.
Instituto de Geociências                 Curso de Bacharelado em Ciência Ambiental                 Unidade Curricular: Crí...
SumárioINTRODUÇÃO ...........................................................................................................
ANEXO IV - MODELO DE QUESTIONÁRIO E/OU DE ENTREVISTA ..................................... 26
INTRODUÇÃOObjetivo Geral:Estudar a qualidade urbana local em estudo de caso do bairro de Icaraí, nomunicípio de Niterói, a...
Histórico do Bairro e entorno13O termo Icaraí vem do tupi que significa “água sagrada”. Através da junção dostermos y ("ág...
bairro Icaraí como no município. O clima é tropical, com verões quentes e invernosmoderados. Sua temperatura média é de 22...
mudas de frutíferas e plantas medicinais. Sua história é marcada por sucessivasfases de prestígio e declínio e sofreu duas...
__________________Fontes:* http://cgj.tjrj.jus.br/documents/1017893/1038780/NUR02-niteroi.pdf*http://www.educacaoniteroi.c...
MÉTODOPesquisa exploratória e descritiva, seguindo metodologia fenomenológica paraconhecer um fenômeno social a partir da ...
Do Município: IBGE e Ministério da Saúdeh) Estabelecimentos                                 Do Bairro: Observação e regist...
transporte Público                          http://www.niteroi.rj.gov.br/Unidade de órgão daPrefeituraÁreas Públicas de   ...
Associação das Damas de Caridade      Total de entrevistas: 2Trabalhadores      Total de entrevistas: 6
RESULTADOSFontes SecundáriasNesta seção, são apresentadas sínteses em tópicos estudados em fontessecundárias a respeito do...
ao apelo da população foi a criação de feiras de adoção no Campo São Bento, comparcerias de órgãos de proteção animal, ass...
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Relatório consolidado   estudo qualidade urbana local
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Relatório consolidado estudo qualidade urbana local

5,073 views
4,831 views

Published on

Este trabalho foi realizado pelos acadêmicos do curso de Ciência Ambiental da Universidade Federal Fluminense, na unidade curricular Crítica Consciência e Cidadania Socioambiental I, ministrada pela profª Patrícia Almeida Ashley. Na tentativa de adquirir informações sobre alguns bairros com relação aos diversos aspectos que interferem na governança local. A proposta do Projeto Estudo de Qualidade Urbana, além de estudar a qualidade urbana do bairro, foi promover aos discentes a experiência de desenvolver um projeto em grupo. Os discentes analisaram os bairros sobre condições ambientais, sociais, econômicas e institucionais para a qualidade urbana. Essas condições foram analisadas através de fontes primárias e secundárias.

Com a realização deste projeto, os alunos perceberam a importância de se pensar em todas as áreas da sociedade ao se falar em QUALIDADE URBANA.

Para divulgação do que foi realizado pelos alunos, os trabalhos foram consolidados e apresentados neste relatório.

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
5,073
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
26
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Relatório consolidado estudo qualidade urbana local

  1. 1. [Estudo de Qualidade Urbana] Bairros Relatório ConsolidadoDaiany do Nascimento Ferreira Erica Pipas Morgado
  2. 2. RESUMO EXECUTIVO Este trabalho foi realizado pelos acadêmicos do curso de CiênciaAmbiental da Universidade Federal Fluminense, na unidade curricular CríticaConsciência e Cidadania Socioambiental I, ministrada pela profª PatríciaAlmeida Ashley. Na tentativa de adquirir informações sobre alguns bairros comrelação aos diversos aspectos que interferem na governança local. A proposta do Projeto Estudo de Qualidade Urbana, além de estudar aqualidade urbana do bairro, foi promover aos discentes a experiência dedesenvolver um projeto em grupo. Os discentes analisaram os bairros sobrecondições ambientais, sociais, econômicas e institucionais para a qualidadeurbana. Essas condições foram analisadas através de fontes primárias esecundárias. Com a realização deste projeto, os alunos perceberam a importância dese pensar em todas as áreas da sociedade ao se falar em QUALIDADEURBANA. Para divulgação do que foi realizado pelos alunos, os trabalhos foramconsolidados e apresentados neste relatório.EspecificidadeIdealizando o tema abordado sobre qualidade urbana Cidade Bairro Território e suas Territorialidades (local)
  3. 3. Cidades - Bairros Dispostos na ordem em que se apresentam neste relatório:Itaboraí – Jardim ImperialItaboraí – AmpliaçãoNiterói – IcaraíRio de Janeiro – Ilha do GovernadorCachoeiras de Macacu – JapuíbaRio de Janeiro – LapaNiterói – Santa RosaSão Gonçalo – TribobóSão Gonçalo – NevesRio de Janeiro – MéierSão Gonçalo – Trindade
  4. 4. Instituto de Geociências Curso de Bacharelado em Ciência Ambiental Unidade Curricular: Crítica Consciência e Cidadania Socioambiental I Profa: Patricia Almeida Ashley PROJETO ESTUDO DE QUALIDADE URBANA LOCAL JARDIM IMPERIAL EQUIPE:Nome: Vivianne Ramos Lima Matrícula 112095030Nome: Paulo César da Silva Lemos Matrícula 112095021 Niterói, 01 de novembro de 2012
  5. 5. SumárioINTRODUÇÃO ............................................................................................................ 3 OBJETIVO GERAL: ...................................................................................................... 3 EQUIPE DO PROJETO .................................................................................................. 3 HISTÓRICO DO BAIRRO E ENTORNO (OU HISTÓRICO DO MUNICÍPIO, SE NÃO CONSEGUIU ENCONTRAR A HISTÓRIA DO BAIRRO) .......................................................... 4 ASSOCIAÇÃO(ÕES) DE MORADORES DO BAIRRO OU ADJACENTES ................................... 6MÉTODO..................................................................................................................... 7 FONTES SECUNDÁRIAS ............................................................................................... 7 Fontes Consultadas: ............................................................................................ 7 FONTES PRIMÁRIAS .................................................................................................... 8RESULTADOS ............................................................................................................ 9 FONTES SECUNDÁRIAS ............................................................................................... 9 Caracterização Físico-Geográfica ........................................................................ 9 População e Domicílios/Habitações ..................................................................... 9 Alternativas de transporte Público ........................................................................ 9 Unidade de órgão da Prefeitura ........................................................................... 9 Áreas Públicas de lazer........................................................................................ 9 Saneamento ......................................................................................................... 9 Estabelecimento de Educação ........................................................................... 10 Estabelecimento de comercio ............................................................................ 10 Estabelecimento de saúde ................................................................................. 10 Organização religiosa......................................................................................... 10 Síntese sobre resultados do estudo em fontes secundárias .............................. 10 FONTES PRIMÁRIAS .................................................................................................. 11 O que está bom e muito bom no bairro ............................................................. 11 O que está razoável no bairro ............................................................................ 11 O que está ruim ou péssimo no bairro ............................................................... 12 Outros Tópicos das Entrevistas ......................................................................... 12 Síntese sobre resultados do estudo em fontes primárias .................................. 13CONCLUSÃO ........................................................................................................... 14FONTES CONSULTADAS ....................................................................................... 15ANEXOS ................................................................................................................... 16 ANEXO I – FOTOS E/OU VÍDEOS ................................................................................. 16 ANEXO II - MAPAS .................................................................................................... 22
  6. 6. ANEXO III - QUADROS COM INFORMAÇÕES OBTIDAS NAS FONTESPRIMÁRIAS ........................................................................................................... 24ANEXO IV - MODELO DE QUESTIONÁRIO E/OU DE ENTREVISTA ..................................... 25
  7. 7. INTRODUÇÃOObjetivo Geral:Estudar a qualidade urbana local em estudo de caso do bairro de Jardim Imperial,no município de Itaboraí, a partir de dados em fontes secundárias e primárias,considerando uma perspectiva de realismo crítico, multiatores e dialógica entre osque residem, trabalham ou circulam no território estudado e entorno.Equipe do ProjetoVivianne Lima e Paulo César Lemos.
  8. 8. Histórico do Município1 A história do bairro Jardim Imperial não foi encontrada em fontes secundárias, então, citaremos a história do Município de Itaboraí. Itaboraí é uma expressão em Tupi que quer dizer “pedra bonita escondida na água”. A origem está relacionada à história da extinta Vila de Santo Antônio de Sá. A Vila de Santo Antônio de “Macacu”, como também era conhecida, tem sua origem em 1567. Principal entreposto comercial da época, recebia toda a produção de gêneros do Norte Fluminense, que eram transportados pelo Rio Macacu até a Baía de Guanabara, de onde eram exportados para Europa. Possuía muitas fazendas e engenhos de açúcar. A fundação de Itaboraí ocorreu em 1672, com a inauguração de uma capela dedicada a São João Batista, substituída por outro templo em 1684. De 1700 a 1800, a Freguesia de São João de Itaboraí apresenta um notável desenvolvimento. Em 1778, era a mais importante da Vila de Santo Antônio de Sá, considerada um grande centro agrícola. Em 1780, grande parte do açúcar produzido pelos 80 engenhos das freguesias próximas era embarcado em caixas de madeira nos 14 barcos pertencentes ao porto (daí o nome Porto de Caixas). Em 1829, a Freguesia S. João de Itaboraí foi atingida por uma epidemia de malária, causando muitas mortes e grande prejuízo para a região. Em 15 de janeiro de 1833, através de um Decreto Imperial, a freguesia foi elevada à categoria de Vila. A 22 de maio do mesmo ano instala-se a primeira Câmara de Vereadores. A partir de 1850, os transportes fluviais vão sendo substituídos pelos ferroviários. Em 23 de abril de 1860, com a inauguração do primeiro trecho da Estrada de Ferro Niterói-Cantagalo, Itaboraí consolidava a sua importância econômica, pois recebia toda a produção de gêneros do Norte Fluminense pela ferrovia e a enviava em embarcações pelo rio Aldeia até o rio Macacu e deste para a Baía de Guanabara para ser comercializada. Contudo a Vila de S. Antônio de Sá, entrava em decadência, pois perdia a sua condição de entre posto comercial. Em 5 julho de 1874, é inaugurada a Estrada Ferro Carril Niteroiense, partindo de Maruí (Niterói) até Porto das Caixas, ligando Nova Friburgo e Cantagalo, diretamente ao porto da Capital da Província, substituindo o transporte fluvial realizado através de Porto das Caixas, o que levou ao seu declínio e por consequência o da Vila de São João. de Itaboraí, este também agravado pela libertação dos escravos, o que levou muitos fazendeiros à falência. Enquanto os portos fluviais entravam em decadência, a chegada da estrada de ferro à então vila de Itaboraí deu um certo alento ao comercio e à indústria das olarias e cerâmica, permitindo o crescimento urbano e sua transformação de vila em cidade. No século XX, depois de um período de declínio surge uma nova economia agrícola, que foi a laranja, que perdurou dos anos 20 até a década de 80. Cabe ressaltar que Itaboraí se tornou o maior produtor dessa cultura no Rio de Janeiro, e 2º no Brasil chegando até a ser conhecida por “Terra da Laranja”. Já a arte em cerâmica esteve1 http://pt.wikipedia.org/wiki/Itabora%C3%ADhttp://www.achetudoeregiao.com.br/rj/Itaborai/historia.htmhttp://www.itaborai.rj.gov.br/home/index.php?pg=historia
  9. 9. sempre presente na cultura e na economia do município, sendo registrada entre os nossos índios, nos próprios engenhos, que possuíam pequenas olarias para confecção dos invólucros para transporte de açúcar, cuja tradição se perpetuou pelo século XX, ampliada pela indústria ceramista que recebeu novas tecnologias na década de 40, mecanizando a produção.No século XIX, Itaboraí chegou a disputer a indicação para ser a Capital daProvíncia do Rio de Janeiro, perdendo por apenas um voto para Niterói.Agora, na primeira década do século XXI, uma nova mudança ocorre na região, quealém do progresso e do desenvolvimento econômico com a instalação do Comperj –Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro, um investimento de vulto que seráconstruído numa área de 45 milhões de metros quadrados. A produção de resinastermoplásticas e combustíveis consolidará o Rio de Janeiro como grandeconcentrador de oportunidades de negócios no setor, estimulará a instalação deindústrias de bens de consumo que têm nos produtos petroquímicos suas matérias-primas básicas e irá gerar uma grande quantidade de empregos. Com isso, ahistória novamente se reescreve, colocando aquela mesma Itaboraí próspera doséculo XIX, na Itaboraí do novo milênio. E imaginar que Itaboraí, de origem tãodespretensiosa como uma parada de tropeiros, vê-se, com o passar do tempo,daquela dos grandes engenhos e portos, de grande influência econômica, e políticano século XIX, e que cedeu ao Brasil grandes políticos, pensadores e artistas, e queagora, em pleno século XXI, volta a ser um oásis, e como sempre foi sua vocação,recebendo e abrigando pessoas de muito longe, que buscam novas oportunidades,e que trazem também, novas esperanças, e que ao escolher esta terra como suaterra, estão, com o seu bravo povo que amam a sua memória, construindo uma novahistória.
  10. 10. Associações de Moradores do Município e do Bairro: FAMI – FEDERAÇÃO DAS ASSOCIAÇÕES DE MORADORES DE ITABORAÍ  Presidente: Lair Almeida  End: Rua Adalberto de Moraes, 491, bloco 2, apt 104 – Centro – Itaboraí – RJ. ASSOCIAÇÃO DE MORADORES DO BAIRRO JARDIM IMPERIAL  Presidente: Jocimar Pereira da Silva  End: Rua Prefeito Alvaro de Carvalho Junior, Lt 354, Jardim Imperial – Itaboraí – RJ.
  11. 11. MÉTODOPesquisa exploratória e descritiva, seguindo metodologia fenomenológica paraconhecer um fenômeno social a partir da subjetividade e intersubjetividade depessoas exercendo papéis sociais complementares em um espaço e tempo urbanoem âmbito local (bairro) no contexto e cotidiano de moradia do estudante. Uso defontes documentais disponíveis na internet sobre caracterização de dadoscensitários e histórico sobre bairro, complementada por pesquisa de campo comamostragem por acessibilidade em segmentos do governo, empresas,trabalhadores, comunidade e sociedade civil situados no bairro objeto de estudo decaso. Adotou-se técnica de entrevista estruturada e semi-estruturada para conhecerperspectivas sobre aspectos da qualidade urbana graduados em muito bom e bom,razoável e ruim e péssimo, além de outros comentários espontâneos sugestivos deações e propostas para melhoria da qualidade urbana do bairro. Tratamentoqualitativo das entrevistas por análise de conteúdo (veja seção resultados, subseçãofontes primárias), adotando-se técnica de categorias temáticas para os conteúdosexpressos pelos respondentes.Fontes SecundáriasFontes Consultadas:A seguir, as fontes efetivamente consultadas nesse estudo sobre o Bairro JardimImperial e Município de Itaboraí:Conjunto de Fontes SecundáriasInformaçãoCaracterização Físico- http://www.ferias.tur.br/informacoes/6941/itaborai-rj.htmlGeográfica http://www.ibge.gov.br/cidadesat/topwindow.htm?1População eDomicílios/Habitações http://www.rioita.com.br/index.htmAlternativas detransporte Público http://itaborai.rj.gov.br/educacao/escolas/manutencao/inUnidade de órgão da dex.htmlPrefeitura -Áreas Públicas delazer http://itaborai.rj.gov.br/educacao/escolas/manutencao/dSaneamento ocs/pmsb.pdf http://www.ibge.gov.br/cidadesat/topwindow.htm?1Estabelecimento deEducação http://www.dataescolabrasil.inep.gov.br/dataEscolaBrasi l/home.seam http://emec.mec.gov.br/Estabelecimento de -comercio http://www.ibge.gov.br/cidadesat/topwindow.htm?1Estabelecimento de
  12. 12. saúde http://cnes.datasus.gov.br/Lista_Tot_Es_Municipio.asp? Estado=33&NomeEstado=RIO%20DE%20JANEIRO http://cnes.datasus.gov.br/Lista_Es_Nome_Por_Estado _Municipio.asp?VEstado=33&VMun=330190 -Organização religiosa Fontes Primárias  Comunidade  Três moradores  Empresa  Dono do “Bar do Caique”  Dono da “Padaria Jardim Imperial”  Governo  Candidato a eleição municipal (prefeito)  Três servidores públicos: professora da creche municipal; coordenador de saúde mental do município – CEPSI (Centro de Apoio Psicosocial) e funcionário da FUNASA.  Sociedade Civil  Presidente da Associação de Moradores do Bairro Jardim Imperial
  13. 13. RESULTADOSFontes SecundáriasNesta seção, são apresentadas sínteses em tópicos estudados em fontessecundárias a respeito do bairro e, quando não disponíveis os dados sobre o bairro,do município. Como há uma ampla disseminação de dados sobre municípios, emespecial no IBGE, mas não encontramos a mesma facilidade em dados em áreasgeográficas em escala de bairros.Caracterização Físico-GeográficaO município de Itaboraí está localizado na Região Metropolitana do Estado do Riode Janeiro, no lado leste da Baía de Guanabara, coordenadas de latitude 22º44’40’’e longitude 42º51’34’’. Com área de, aproximadamente, 430km². Seus limitesterritoriais são com os municípios de São Gonçalo, Maricá, Tanguá, Cachoeiras deMacacu e Guapimirim. O clima é tropical (quente e úmido) e a temperatura média éde 27ºC.População e Domicílios/HabitaçõesDe acordo com o último censo realizado pelo IBGE (2010) a população de Itaboraí éde, aproximadamente, 218 mil habitantes. Porém, por fontes primárias, estima-seque esse número já esteja em 270 mil, devido à construção do COMPERJ(Complexo Petroquímico do Estado do Rio de Janeiro). Há no município 69.328domicílios.Alternativas de transporte PúblicoEm fontes secundárias não é transmitido nenhuma informação direta sobretransporte público no Município de Itaboraí e no Bairro Jardim Imperial. No quadrode fontes consultadas da página 7, colocamos o link de um dos transportes públicosde Itaboraí.Unidade de órgão da PrefeituraA prefeitura de Itaboraí encontra-se na Praça Marechal Floriano Peixoto (centro dacidade).Áreas Públicas de lazerNão é disponibilizado em fontes secundárias o lazer no Município de Itaboraí.Saneamento O plano de saneamento básico do Município de Itaboraí tem como objetivoapresentar a situação institucional dos serviços e o diagnostico dos sistemas deágua e esgoto, bem como propor as metas e o Plano de Investimentos nos sistemasde água e esgotos, para o atendimento à demanda futura de serviços, para ohorizonte de 30 (trinta) anos. O serviço público de água e esgoto de Itaboraí écompetência do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) de Itaboraí/RJ,autarquia criada pela Lei Municipal 1.896/04. A prestação do serviço, contudo, é feitatanto pelo SAAE quanto pela Companhia de Água e Esgoto do Rio de Janeiro –CEDAE, esta última de forma precária tendo em vista que não há contrato deconcessão ou de programa. O sistema de coleta de esgotos praticamente inexiste,
  14. 14. tendo sido implantado na Reta Velha e parte do Distrito de Itambi, sob aresponsabilidade do SAAE, contudo, a maioria da rede coletora está assoreada e asETEs existentes estão desativadas. No resto do município a solução é a ligação nosistema de águas pluviais (comum no Centro, fossas e/ou lançamento direto na rua. Estabelecimento de Educação Segundo o IBGE, existem 86 escolas que possuem ensino pré-escolar, sendo 40 escolas públicas municipais e 46 escolas privadas; 130 escolas que possuem ensino fundamental, sendo 19 escolas públicas estaduais, 62 escolas públicas municipais e 19 escolas privadas. e 26 escolas que possuem ensino médio, sendo 15 escolas públicas estaduais e 11 escolas privadas. No site do INEP, encontra-se que há 153 escolas cadastradas, sendo elas públicas e privadas. No site do e-MEC, mostra que no município de Itaboraí há 5 estabelecimentos de ensino superior cadastrados. Estabelecimentos de Comércio Não encontrado em fontes secundárias. Estabelecimento de Saúde Segundo IBGE, são 84 estabelecimentos de saúde no Município de Itaboraí, sendo dois estabelecimentos estaduais. 48 estabelecimentos municipais e 34 estabelecimentos privados. E no site do Ministério da saúde o dado amostrado é que são 159 estabelecimentos de saúde cadastrados no Cadastro Nacional de Estabelecimento de Saúde (CNES). Organização religiosa Em fontes secundárias não há dados sobre as organizações religiosas do Município. Síntese sobre resultados do estudo em fontes secundárias Percebemos que com pesquisa em fontes secundárias não conseguimos obter nenhum dado sobre o Bairro Jardim Imperial e apenas alguns do Município de Itaboraí. Talvez seja por motivos da cidade ainda estar em processo de desenvolvimento. As fontes secundárias foram fundamentais no levantamento de dados físico-geográficos; número de habitantes/domicílios; número de estabelecimentos de educação e saúde. Em resumo, podemos dizer que o Município de Itaboraí situa-se na Região Metropolitana do Estado do Rio de Janeiro, faz limite com São Gonçalo, Maricá, Tanguá, Cachoeiras de Macacu e Guapimirim. Sua população (de acordo com censo realizado pelo IBGE em 2010) é de 218 mil habitantes e, aproximadamente, 69.300 domicílios. O serviço de saneamento básico
  15. 15. é precário. Existem 86 escolas que oferecem ensino pré-escolar; 130 que oferecemensino fundamental e 26 que oferecem ensino médio. Há 84 estabelecimentos desaúde.
  16. 16. Fontes PrimáriasO QUE ESTÁ BOM E MUITO BOM NO BAIRRO: CATEGORIA DE PALAVRAS-CHAVE DO QUE ESTÁ RESPONDENTES MUITO BOM OU BOM (ENTREVISTADOS) Governo Educação Segurança Empresas Educação ObrasComunidade (Moradores) Pavimentação Sociedade Civil Obras SÍNTESE No geral dos segmentos podemos ver que pela maioria, os serviços que estão bons ou muito bons no Bairro são: educação e obras.O QUE ESTÁ RAZOÁVEL NO BAIRRO: CATEGORIA DE PALAVRAS-CHAVE DO QUE ESTÁ RAZOÁVEL RESPONDENTES (ENTREVISTADOS) Governo Coleta de lixo Lazer Empresas Fornecimento de água Coleta de lixo Segurança Comunidade Coleta de lixo (Moradores) Fornecimento de água Sociedade Civil Coleta de lixo SÍNTESE No geral dos segmentos, podemos ver que pela maioria os serviços que estão razoáveis no Bairro são: coleta de lixo e fornecimento de água.
  17. 17. O QUE ESTÁ RUIM OU PÉSSIMO NO BAIRRO: CATEGORIA DE PALAVRAS-CHAVE DO QUE ESTÁ RESPONDENTES MUITO RUIM OU RUIM (ENTREVISTADOS) Governo Saneamento Valas negras Proliferação de mosquitos Empresas Segurança Saúde Comunidade Segurança (Moradores) Iluminação Saneamento Valas negras Proliferação de mosquitos Transporte Sociedade Civil Saneamento SÍNTESE No geral dos segmentos, podemos ver que pela maioria, o que está muito ruim ou ruim no Bairro é a falta de saneamento, a presença de valas negras e a proliferação de mosquitos.Outros dados obtidos por fontes primáriasLocalização do Bairro Jardim ImperialO bairro localiza-se próximo ao centro do Município de Itaboraí. Trata-se de umbairro residencial.Áreas públicas de lazerO bairro dispõe de uma praça pública e uma casa de forró.Alternativas de transportes públicosPor ser localizado próximo ao centro da cidade, o mesmo não possui transportepúblico eficiente. Conta apenas com duas linhas de transporte alternativo.Já no Município de Itaboraí há transporte público (ônibus e vans); moto-taxi e taxi.Unidade de órgãos da Prefeitura
  18. 18. No bairro está localizado uma Creche Municipal, a Coordenação de Vigilância Sanitária e o Centro de Apoio Psicosocial.Saneamento, coleta de lixo e pavimentaçãoCerca de 60% das casas tem rede de esgoto canalizado. A coleta de lixo ocorre trêsdias na semana e o bairro possui cerca de 60% das ruas pavimentadas. .Estabelecimentos religiososO bairro possui quatro igrejas evangélicas.Alternativas de lazerNo bairro há um clube de motoqueiros, times de futebol, etc.Outros Tópicos das Entrevistas Categoria de Quem e o que podem fazer para melhorar a Respondentes qualidade urbana do bairro (Entrevistados) Governo Melhoria de salário, escola técnica e área de lazer Empresas A prefeitura poderia melhorar o fornecimento de água e o número de vezes de coleta de lixo por semana Comunidade (Moradores) O governo poderia melhorar pavimentação e poderia coletar o lixo com mais frequência Sociedade Civil A prefeitura poderia eliminar pontos de valas negras com esgoto a céu aberto presentes no bairroSíntese sobre resultados do estudo em fontes primáriasO Bairro Jardim Imperial, no geral, é bom de se morar. Não tem nada 100% bommas tem segurança, pavimentação, saneamento, localização boa, comércio, escola,saúde... Mas como todo lugar, tem seus problemas em ter partes do bairro queainda não foram alcançadas com os itens acima. Observamos que dependendo dacondição socio-economica do entrevistado, as suas necessidades mudamdependendo do grau de instrução e poder aquisitivo, para muitos que residem emlocal que não são providos de ruas calçadas, esta e a sua principal reivindicação,para os que residem em érea provida de saneamento e calçamento de ruas suasprincipais reivindicações são do tipo escola técnica, área de lazer, segurança, etc.
  19. 19. CONCLUSÃONas fontes secundárias, os dados obtidos foram sobre o Município de Itaboraí. Jánas fontes primárias (ida ao campo) nós obtemos informações específicas do BairroJardim Imperial, em relação a qualidade urbana local. Pudemos perceber que oBairro ainda pode melhorar, principalmente, em saneamento e pavimentação(seguindo o ponto de vista dos entrevistados), mas no geral, é um local bom demorar.A questão do lazer e da educação poderiam ser objetos de estudos maisaprofundados. A área do lazer devido a não ter muitas atrações e a educação, pois,não adianta ter a estrutura de escolas e não ter professores qualificados. Nestescasos então, sugeriríamos uma pesquisa mais específica a fontes primárias, a fim deestudar detalhadamente o que os segmentos (governo, sociedade civil, comunidade,empresas e etc) acham e sugerem que seja mudado em cada setor.O estudo da qualidade urbana dos bairros nos fez desenvolver o “lado pesquisador”,que nos faz buscar dados, avaliá-los e criar censo crítico e de análise de diferentesformas e visões. E como cidadãos, estarmos a parte do que, de fato, estáacontecendo em nosso bairro/município.Com essa análise e resultados em mãos poderíamos efetuar parcerias com aPrefeitura Municipal e/ou empresas privadas que desejarem melhorar e contribuirpara o desenvolvimento local, a fim de fazer palestras para conscientização, açõesde apoio e incentivo à residentes necessitados e ,também, estimular o ladofiscalizador de cada cidadão para que todos possam juntos fiscalizar e cobrar seusdireitos, não esquecendo de cumprir com seus deveres de cuidar do patrimônio quepossui.
  20. 20. FONTES CONSULTADAS<http://www.itaborai.rj.gov.br/home/index.php?pg=historia> Acessado em 14 de maiode 2012.<http://www.achetudoeregiao.com.br/rj/Itaborai/historia.htm> Acessado em 14 demaio de 2012.<http://prefeitura-itaborai.blogspot.com.br/2010/03/saude-faz-8-conferencia-municipal-de.html> Acessado em 14 de maio de 2012.<http://pt.wikipedia.org/wiki/Itabora%C3%AD> Acessado em 14 de maio de 2012.<http://www.ferias.tur.br/informacoes/6941/itaborai-rj.html> Acessado em 16 de maiode 2012><http://www.ibge.gov.br/cidadesat/topwindow.htm?1> Acessado em 16 de maio de2012.<http://www.rioita.com.br/index.htm> Acessado em 17 de outubro de 2012.<http://itaborai.rj.gov.br/educacao/escolas/manutencao/index.html> Acessado dia 20de outubro de 2012.<http://itaborai.rj.gov.br/educacao/escolas/manutencao/docs/pmsb.pdf> Acessadodia 20 de outubro de 2012.<http://www.ibge.gov.br/cidadesat/topwindow.htm?1> Acessado em 24 de outubrode 2012.<http://www.dataescolabrasil.inep.gov.br/dataEscolaBrasil/home.seam> Acessadodia 24 de outubro de 2012.<http://emec.mec.gov.br/> Acessado dia 24 de outubro de 2012.<http://www.ibge.gov.br/cidadesat/topwindow.htm?1> Acessado dia 30 de outubrode 2012.<http://cnes.datasus.gov.br/Lista_Tot_Es_Municipio.asp?Estado=33&NomeEstado=RIO%20DE%20JANEIRO> Acessado dia 30 de outubro de 2012.
  21. 21. <http://cnes.datasus.gov.br/Lista_Es_Nome_Por_Estado_Municipio.asp?VEstado=33&VMun=330190> Acessado dia 30 de outubro de 2012. ANEXOSAnexo I – Fotos e/ou Vídeos Atual Prefeitura de Itaboraí. Ruínas do Convento de São Boaventura na antiga Vila de Santo Antônio de Sá
  22. 22. Estação de Visconde de ItaboraíIgreja matriz de São João Batista na primeira metade do século XX. Foto atual da Igreja matriz de São João Batista
  23. 23. Praça do Bairro Jardim ImperialRua do Bairro sem pavimentação
  24. 24. Área urbanizada com novas construções
  25. 25. Área urbanizada com novas construções Casa de forró (Alternativa de Lazer)
  26. 26. Contraste entre uma olaria (direita da imagem), um depósito de argila (esqueda da imgem) e ao fundo um grande empreendimento imobiliário. Coordenação da Vigilância Sanitária
  27. 27. Anexo II - Mapas Itaboraí – Município localizado na Região Metropolitana do Estado do Rio de Janeiro.
  28. 28. Fonte: Google earth
  29. 29. Fonte: http://www.ibge.gov.br/cidadesat/painel/painel.php?codmun=330190 Anexo III – Quadros de informações obtidas por fontes primárias
  30. 30. Anexo IV – Modelo de questionário para entrevista
  31. 31. ENTREVISTA – BAIRRO JARDIM IMPERIALEntrevistado: ________________________________________________________Idade: ____________________________Grau de instrução: ____________________________________________________Segmento: __________________________________________________________ 1) O que está muito bom e/ou bom no bairro? 2) O que está razoável? 3) O que está muito ruim e/ou ruim? 4) O que você acha que pode ser feito pra mudar?
  32. 32. Instituto de Geociências Curso de Bacharelado em Ciência Ambiental Unidade Curricular: Crítica Consciência e Cidadania Socioambiental I Professor: Patricia Almeida Ashley Projeto: Estudo de Qualidade Urbana ITABORAÍNOME: Camila Américo dos Santos MATRICULA: 112095007NOME: Dandhara Correia Martins MATRICULA: 112095010NOME: Thalita da Fonseca Rodrigues MATRICULA: 112095028 Niterói, 1 de Novembro 2012
  33. 33. Sumário:Objetivo Geral........................................................................................................ 3 Equipe do Projeto........................................................................................3 Histórico do Município/ Formação Administrativa......................................... 4 Associação de Moradores............................................................................6MÉTODO................................................................................................................... 7 FonteSecundárias..............................................................................................................7 Fontes Recomendadas............................................................................. 7 Fontes Consultadas ................................................................................. 8 FontesPrimárias................................................................................................................. 9RESULTADOS ........................................................................................................10 Fontes Secundárias ...................................................................................... 10 Caracterização Físico- Geográfica .........................................................10 População e Domicílios/Habitações.......................................................11 Alternativas de Transporte Público.......................................................11 Unidade de Órgão da Prefeitura...........................................................11 Áreas Públicas de Lazer ......................................................................11Saneamento...............................................................................................................11 Estabelecimento de Educação...............................................................12 Estabelecimento de Comércio................................................................12 Estabelecimento de Saúde....................................................................12 Organização Religiosa...........................................................................12 Síntese sobre resultados do estudo em fontessecundárias...............................................................................................................12 Fontes Primárias..............................................................................................13 O que está bom e muito bom no bairro.................................................13 O que está razoável no bairro..............................................................13 O que está ruim ou péssimo no bairro..................................................13 Síntese sobre resultados do estudo em fontesprimárias....................................................................................................................13CONCLUSÃO...........................................................................................................15ReferênciasBibliográficas..........................................................................................................16ANEXOS:...................................................................................................................18
  34. 34. INTRODUÇÃOObjetivo Geral : Estudar a qualidade urbana local em estudo de caso do bairro Ampliação, nomunicípio de Itaboraí, a partir de dados em fontes secundárias e primárias,considerando uma perspectiva de realismo crítico, multiatores e dialógica entre osque residem, trabalham ou circulam no território estudado e entorno.Equipe do Projeto:Thalita Rodrigues, Camila Américo e Dandhara Correia.
  35. 35. Histórico do Município2O desbravamento do território remonta à época da fundação de São Sebastião doRio de Janeiro, quando foram doadas, nas circunvizinhanças, sesmarias onde seinstalaram lavouras de cana-de-açúcar e engenhos de açúcar e aguardente.Estabelecidas as sesmarias, surgiu um povoado, ligado à Vila de Santo Antônio deSá, servindo de matriz a capela dedicada a Nossa Senhora da Conceição, naFazenda de Iguá, atual Venda das Pedras, propriedade de João Correia.Nas terras adjacentes a esse núcleo desenvolveu-se o futuro Município, que atingiuelevado grau de prosperidade econômica no segundo reinado, até 1860, quandoItaboraí representava uma das mais prósperas regiões fluminenses. Pelo Porto dasCaixas, movimentado porto fluvial, escoava-se toda a produção agrícola local e dasregiões próximas: era o açúcar exportado em caixas, daí resultando o nome doporto. Por essa época, era Itaboraí o celeiro do Rio de Janeiro e o maior empóriocomercial da Província.Ao chegar D. João VI ao Brasil, já então se encontrava uma elite formada. Era tal odesenvolvimento da freguesia, pelos progressos materiais e pela cultura de seupovo, que permitiu a Itaboraí competir com Niterói, quando da escolha da Capital daProvíncia do Rio de Janeiro. Com a inauguração da estrada de ferro Cantagalo,penetrando no interior do Estado, decaiu o porto de sua importância comercial,refletindo-se o seu abandono na economia de todo o Município. Daí o declínio,apressado pela promulgação da Lei Áurea em 1888. Poucos Municípios sofreramtanto com a abolição como o de Itaboraí. Também as febres palustres, irrompidas àsmargens do rio Macacu, se espalharam pela vizinhança, contribuindo para aceleraressa decadência.Itaboraí tem sua história estreitamente vinculada à cultura do País, como berço debrasileiros ilustres, entre os quais se destacam as figuras de Alberto Torres, de JoãoCaetano, de Joaquim Manoel de Macedo, de Salvador de Mendonça e de JoséJoaquim Rodrigues Torres, Visconde de Itaboraí, primeiro presidente da Provínciado Rio de Janeiro.Formação AdministrativaFreguesia criada com a denominação de São João de Itaboraí, por Alvará de 18-01-1696, referem-se ainda à criação da Freguesia os decretos estaduais nº 1, de 08-05-1892, e 1-A, de 03-06-1892. Elevado à categoria de vila com a denominação de SãoJoão de Itaboraí, pelo decreto de 15-01-1833. Constituído do distrito sede. Sede navila de São João de Itaboraí. Instalado em 22-05-1833. Por alvará de 29-01-1755 elei provincial nº 188, de 14-05-1840, é criado o distrito de Vila Nova e anexado aomunicípio de São João de Itaboraí. Pela lei provincial ou decreto ou provincial nº912, de 30-10-1856, e também por decretos estaduais nº 1, de 08-05-1892 e nº 1-A,de 03-06-1892, é criado o distrito de Porto das Caixas e anexado ao município deSão João de Itaboraí. Elevado à condição de cidade com a denominação deItaboraí, pelo decreto estadual nº.38, de 16-01-1890. Pelos decretos estaduais nºs 1,de 08-05-1892 e 1-A- de 03-06-1892, é criado o distrito de Santo Antônio de Sá eanexado ao município de Itaboraí. Pela lei estadual nº 966, de 31-10-1910, o distritode Santo Antônio de Sá passou a denominar-se Sambaetiba. Em divisãoadministrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído de 4 distritos:Itaboraí, Porto das Caixas, Sambaetiba ex-Santo Antônio de Sá e Itambi ex-Vila2 Fonte: IBGE @Cidades
  36. 36. Nova. Pela lei estadual nº 1807, de 15-01-1924, é criado o distrito de Tanguá eanexado ao município de Itaboraí, distrito formado com áreas desmembrado dodistrito sede Itaboraí. Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, omunicípio é constituído de 5 distritos: Itaboraí, Porto das Caixas, Vila Nova ex-Itambi, Sambaetiba e Tanguá. Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, o município é constituído de 5 distritos: Itaboraí, Itambi ex-Vila Nova, ex-Vila Nova de Itambi, Porto das Caixas, Sambaetiba, Tanguá. Pelo decreto estadualnº 641, de 15-12-1938, é criado o distrito de Cabussu e anexado ao município deItaboraí, distrito formado com parte da área do distrito sede de Itaboraí.Em divisãoterritorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído de 6 distritos: Itaboraí,Cabuçu, Itambi, Porto das Caixas, Sambaetiba e Tanguá. Assim permanecendo emdivisão territorial datada de 17-I-1991.Pela lei complementar nº 6, de 05-04-1993,são criados os distrito de Pacheco e Manilha anexado a município de Iataboraí,distrito de Pacheco formado com parte da área dos distritos sede de Itaboraí,Cabuçú e Tanguá e distrito de Manilha formado com parte da área dos distritos deItaboraí e Itambí.Pela lei complementar nº 3, de 05-04-1993, é criado o distrito deVisconde de Itaboraí e anexado ao município de Itaboraí, distrito formado com parteda área do distrito de Itambi.Em "Síntese" de 31-XII-1994, o município é constituídode 9 distritos: Itaboraí, Cabuçu, Itambi, Manilha, Pacheco, Porto das Caixas,Sambaetiba, Tanguá e Visconde de Itaboraí.Pela lei estadual nº 2496, de 28-12-1995, desmembra do município de Itaboraí o distrito de Tanguá. Elevado à categoriade município. Em divisão territorial datada de 15-VII-1997, o município é constituídode 8 distritos: Itaboraí, Cabuçu, Itambi, Manilha, Pacheco, Porto das Caixas,Sambaetiba e Visconde de Itaboraí.Assim permanecendo em divisão territorialdatada de 15-VII-1999.Em divisão territorial datada de 2001, o município éconstituído de 5 distritos: Itaboraí, Cabuçu, Itambi, Porto das Caixas, Sambaetiba.Não figurando os distritos de Manilha, Pacheco e Visconde de Itaboraí. Assimpermanecendo em divisão territorial datada de 2007.
  37. 37. Associação de moradoresDurante as pesquisas, não encontramos nenhuma associação do bairro Ampliação.Fontes secundárias: Todos os endereços consultados pelas fontes secundáriaseram de Associações de outros bairros de Itaboraí.Fontes primárias: Com a conclusão das fontes secundárias, iniciou-se uma busca naprefeitura é também foi concluído que os funcionários não sabiam se existiam ounão a associação de moradores. Incorporei está questão nas entrevistas de fonteprimária perguntando aos entrevistados se eles conheciam ou já ouviram falar daassociação de moradores. E as respostas, foram todas as mesmas, que nuncaouviram falar da associação de moradores.
  38. 38. MétodoPesquisa exploratória e descritiva, seguindo metodologia fenomenológica paraconhecer um fenômeno social a partir da subjetividade e intersubjetividade depessoas exercendo papéis sociais complementares em um espaço e tempo urbanoem âmbito local (bairro) no contexto e cotidiano de moradia do estudante. Uso defontes documentais desponíveis na internet sobre caracterização de dadoscensitários e histórico sobre o bairro, complementada por pesquisa de campo comamostragem por acessibilidade em segmentos do governo, empresa, trabalhadores,comunidade e sociedade civil situados no bairro objeto de estudo de caso. Adotou-se técnica de entrevista estruturada e semi-estruturada para conhecer perpesctivassobre aspectos da qualidade urbanas graduadas em muito bom e bom, razoável eruim e péssimo, além de outros comentários espontâneos sugestivos de ações epropostas para a melhoria da qualidad urbana do bairro. Tratamento qualitativo dasentrevistas por análise de conteúdo adotando-se técnica de categorias temáticaspara conteúdos expressos pelos respondentes.Fontes SecundáriasFontes RecomendadasDe acordo com a orientação comum pela professora e orientadora de estudo,seguem as fontes secundárias recomendadas para consulta. Na seção Resultados,apresentamos os resultados das fontes que efetivamente adotamos no casoestudado.Conjunto de informação Informações Do Município: IBGEa)Caracterização Físico- Geográfica Do Bairro: imagem do google earth e breve descritivo pelos alunos. Do município: IBGEb)População e Domicílios/ Habitações Do Bairro: Possiveis fotos de interesse e uma descrição geral, pelos alunos, sobre esse aspecto no perfil do bairro. Do Município- IBGEc) Àreas Públicas de Lazer Do bairro: Possíveis fotos de interesse e uma descrição geral pelos alunos sobre esse aspecto Do Bairro: possíveis fotos de interesse e uma descrição geral,d) Alternativas de Transporte Público pelos alunos, sobre o aspecto no perfil do bairro Do município: IBGE Perfil dos Municipios Brasileiros- Gestão Publicae) Unidades e òrgãos da Prefeitura Municipal 2009 Do Bairro: site da prefeitura para
  39. 39. identificar se há órgãos no bairro Do município- IBGE e site daf) Saneamento(água, esgoto e coleta prefeiturade lixo) Do Bairro: Se encontrarem alertas ou situaçõe críticas no bairro em questão de saneamento, tirar fotos e breve descrição. Do Município: IBGE, INEP e site dag) Estabelecimento de Educação prefeiturapública e Privada Do bairro: INEP e site da prefeitura Do Município: IBGE e Ministério dah)Estabelecimentos de Saúde Pública Saúdee Privada Do bairro: Observações e registros fotográficos pelos alunosi)Esatabelecimentos de Comércio, Do Municipio: IBGE - @ cidadesServiços e Indústria e EconomiaInformal.j)Organizações religiosas, de defesa Informações do bairro em pesquisasde direitos humanos, comunitários, via internet ou local pelos alunossociais e do meio ambiente.Fontes secundárias recomendadas1-IBGE: WWW.IBGE.GOV.BR a) @ cidades – http: //ibge.gov.br/cidadesat b) Indicadores ( mapa do site) – www.ibge.gov.br / hom e/mapa_site/mapa_site.http: c) Banco de dados agregados – Sistema IBGE de Reunião Automática- SIDRA- www.sidra.ibge.gov.br/bda/ d) Perfil dos Municipios Brasileiros – Gestão pública municipal 2009- ww.ibge.gov.br/munic2009/ e) Mapas. www.ibge.gov.br/mapas.ibge/ f) Indicadores de desenvolvimento Sustentável do IBGE. www.sidra.ibge.gov.br.bda pesquisas.2-INEP- www.inep.gov.br a)cadastro de escolas da educação básica do Brasil b) cadastro de Instituições de educação Superior do Brasil3-Ministério da Saúde a) Cadastro Nacional de estabelecimentos da saúde
  40. 40. Fontes ConsultadasConjunto de Informação Fontes SecundáriasCaracterização Físico- http://www.ibge.gov.br/cidadesat/painel/painGeográfica el.php?codmun=330190# http://pt.wikipedia.org/wiki/Itabora%C3%AD acesso dia : 290912 IBGE, Censo Demográfico 2010PopulaçõesDomicílios/Habitações http://www.ibge.gov.br/munic2009/ver_temaAlternativas de Transporte .php?tema=t15_4&munic=330190&uf=33&nPúblico ome=Itaborai Fonte: IBGE, Perfil dos Municípios Brasileiros - Gestão Pública 2009 Acessado dia : 29/09/12 e 30/09/12 http://www.itaboraiweblist.com.br/index.php/Unidade de órgão da Prefeitura component/k2/item/1752-estrutura- municipalÀreas públicas de Lazer http://atribunarj.com.br/noticia.php?id=9321 &titulo=ITABORA%CD:%20Amplia%E7%E3 o%20e%20Calundu%20recebem%20sanea mento%20b%E1sico%20e%20asfaltoSaneamento http://jornaloitaborai.com.br/site/index.php?o ption=com_k2&view=item&id=453:itabora% C3%AD-no-topo-da-lista-das-cidades-do- rio-que-ainda-t%C3%AAm-esgoto-a- c%C3%A9u-aberto&Itemid=144 http://jornal.ofluminense.com.br/editorias/pol itica/campanha-ganha-forca-em- itaborai,http://itaborai-online.net/?p=150 acesso dia: 61012Estabelecimento de Educação http://www.dataescolabrasil.inep.gov.br/data EscolaBrasihome.seam;jsessionid=98EC8E 59A50115CDE8CE2C9FF95788 INEP acesso dia 290912 http://emec.mec.gov.br/ acesso dia 300912 Informação pesquisada no local.Estabelecimento de ComércioEstabelecimento de Saúde http://cnes.datasus.gov.br/Lista_Es_Nome_ Por_Estado_Municipio.asp?Navegacao=Pro xima&Vbusca= acesso dia 300912 Informação pesquisada no local.Organização Religiosa
  41. 41. Fontes Primárias Planejamento inicial de entrevistas: -Governo: 2 entrevistados (Um candidato á eleição, um funcionário da prefeitura ou camara e funcionário de escola pública). -Empresa: 2 entrevistados (Dono de empredimento e um comerciante autonomo) -Comunidade: 4 entrevistados (Quatro moradores) -Trabalhadores: 2 entrevistados (Moradores que trabalham no entorno do bairro e pessoas de outras cidades que trabalham no bairro) -Sociedade Civil: 3 entrevistados (Funcionário de associação de moradores responsávelpelo bairro e de ong locale líder religioso) Planejamento concluído: Foram entrevistados: -Governo: 2 entrevistados (funcionarios públicos) -Empresa:entrevistados ( 1 dono de empreendimento e um autonomo) -Comunidade: 6 entrevistados (transuentes) -Trabalhadores: 2 entrevistados (trabalhodor público e um trabalhador privado) -Sociedade Civil: 1 entrevistado (Lider religioso)ResultadosFontes secundáriasNesta seção, são apresentados sínteses em tópicos estudados em fontessecundárias a respeito do bairro e, quando não disponíveis os dados sobre o bairro,do município. Como há uma ampla disseminação de dados sobre município emespecial no IBGE, mas não encontramos a mesma facilidade em dados em áreasgeográficas em escala de bairros, esta seção objetiva demosntrar o que é possivel apartir das fontes recomendadas e de outras fontes que os alunos possam buscarem sites e outros meios.Caracterização Físico-Geográficas3“Itaboraí é um município do estado do Rio de Janeiro, no Brasil”. Localiza-se a22º44’40” de latitude sul e 42º5134" de longitude oeste, a 46 metros de altitude."Itaboraí" é uma palavra tupi que significa "pedra bonita escondida na água", ouainda "pedra brilhante na água", através da junção dos termos itá ("pedra"), porã("bonita), ou berá ("brilhante"), e y ("água, rio").Área: 430 km2Bioma: Mata AtlânticaGeografiaO município de Itaboraí possui clima tropical, chuvoso no verão e seco no inverno.Sua temperatura média anual é de 25°C.3 Fontes: IBGE @Cidades, Wikipédia.
  42. 42. VegetaçãoA vegetação atual do município é composta em maior parte por pastagens, mata deencosta, mangues e brejos. Os remanescentes de matas são observados nossetores mais íngremes e elevados nas serras do Barbosão e do Lagarto. São matastipicamente secundárias resultantes da regeneração natural, pois concentrarammuita exploração de madeira para a obtenção de carvão e lenha no passado. Norestante do município, as matas encontram-se muito fragmentadas e aparecem emlocais isolados.Os manguezais ocupam grande parte da desembocadura dos rios que desaguam nabaía de Guanabara em áreas de pouco declive cortadas pelos rios Macacu eGuaxindiba. RelevoAs características do relevo do município são bem peculiares entre si. As maioresaltitudes da cidade são encontradas na serra do Barbosão, a leste, na divisa comTanguá; nas serras do Lagarto e Cassorotiba do Sul, na divisa com o município deMaricá. Nas demais localidades, no norte e no oeste do município, predominam asplanícies, onde estão concentrados os rios que convergem para a baía deGuanabara. Entre as planícies e as serras, observa-se um relevo suavementeondulado, com morros que raramente ultrapassam os cinquenta metros.Populações e Domicílios/Habitações4População : 218.008 hab.Indicadores sociais municipais: uma análise dos resultados do universo do CensoDemográfico 2010População residente - total 218.008 pessoasPopulação residente - situação do domicílio - urbana 98,8 %População residente - situação do domicílio - rural 1,2 %População residente - sexo - masculino 48,7 %População residente - sexo - feminino 51,3 %Razão de sexo 95,0 %População residente - total 218.008 pessoasPopulação residente - total - urbana 215.412 pessoasPopulação residente - total - rural 2.596 pessoaAlternativas de transporte público5Transporte coletivo por ônibus intramunicipal; Atende ao deslocamento entre bairros,distritos, localidades dentro do município.Unidades de órgãos da Prefeitura6ITAPREVI - Instituto de Previdência; Prefeitura Municipal de Meio Ambiente;Presidente da Comissão Municipal de Controle Externo; Presidente da ComissãoMunicipal de Controle Interno; Secretaia Municipal de Fazenda; Secretaria Municipalde Integração; Secretaira Municipal de Governo; Secretaria Municipal deAdministração; Secretaria Municipal de Agricultura; Secretaria Municipal deDesenvolvimento Social; Secretaria Municipal de Educação e Cultura; SecretariaMunicipal de Esportes e Lazer; Secretaria Municipal de Habitação, Trabalho e4 Fontes: IBGE @Cidades.5 Fonte: IBGE, Perfil dos Municípios Brasileiros - Gestão Pública 20096 Fonte: Itaboraí Web List
  43. 43. Renda; Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Turismo; Secretaria Municipalde Obras e Srviços Públicos; Secretaria Municipal de Planejamento eDesenvolvimento Econômico; Secretaria Municipal de Saúde; Secretaria Municipalde Transportes.Áreas Públicas de Lazer7Bibliotecas públicas, Museus, Centro cultural (3), Estádios ou ginásiospoliesportivos, Rádio comunitária AM ou FM, TV, Clubes e associações recreativas.Saneamento8Domicílios particulares permanentes - urbano - tipo de saneamento - total 68.619domicílios; Domicílios particulares permanentes - rural - tipo de saneamento - total803 domicílios; População residente em domicílios particulares com saneamentoinadequado - total 8.998 pessoasItaboraí no topo da lista das cidades do Rio que ainda têm esgoto a céu aberto.Estabelecimentos de Educação9Escolas51 privadas e 96 públicas.Universidades5 privadas.Estabelecimentos de comércio10Camelôs, trabalhadores autônomos, mercados e supermercados.Estabelecimentos de Saúde11São no total 160 estabelecimentos de saúde, entre eles maternidades, hospitais eclinicas privadas.Organizações Religiosas12Capela, igrejas evangélicas, Centros espíritas e de Ubânda.Síntese sobre resultados do estudo em fontes secundáriasProcurando por fontes recomendadas e por outros sites, foi difícil encontrar algumasinformações e algumas estavam desatualizadas. Quando não encontramosdetermindas informações, procuramos reportagens locais sobre o assunto, umexemplo foi o saneamento básico, que usamos algumas reportagens de jornais online, mas acabamos encontrando no site do IBGE também. Quase não háinformações do bairro, sendo que a maioria das informações dadas são doMunicípio. Quando não havia informações nas fontes secundárias, procuramoscoletá-las no bairro.78 Fontes: A Tribuna Rj, O Itaboraí, O Fluminense, IBGE @Cidades9 Fontes: INEP, e-MEC10 Informações coletadas no local.11 Fonte: CNES12 Informações coletadas no local.
  44. 44. Fontes Primárias O que está muito bom no bairro Palavras-Chave ou Expressões Categoria de Respondentes do que está Muito Bom ou (Entrevistados) Bom Progresso estrutural; Nada. Governos Restaurante popular Empresa Prevenção á saúde; Educação; Lazer; Lazer; Nada. Comunidade Restaurante popular; Trabalhadores Oportunidade de emprego. Iluminação pública Sociedade Civil SÍNTESE O que está razoável no bairro Categoria de Respondentes Palavras-Chave ou Expressões (Entrevistados) do que está razoável Asfalto; Segurança. Governo Asfaltos; Saneamento. Empresas Saúde; Educação pública; Coleta de lixo; Inexistência de polos de Comunidade (Moradores) saúde; Segurança e Nada Asfalto; Limpeza pública. Trabalhadores Sociedade Civil Segurança SÍNTESE O que está ruim ou péssimo no bairro Categoria de Respondentes Palavras-Chave ou Expressões do (Entrevistados) que está Ruim ou Péssimos Governo Trânsito; Saúde. Empresa Segurança; Saúde. Comunidade ( Moradores) Falta de segurança; Saúde; Saneamento público; Saúde; Transporte; Saneamento. Trabalhadores Saúde; Segurança Sociedade Civil Asfalto;
  45. 45. SÍNTESE Síntese sobre resultados do estudo em fontes PrimáriasSíntese sobre resultados do estudo em fontes PrimáriasAs entrevistas em fontes primarias me proporcionou uma visão mais critica dasquestões propostas pelo projeto.Porque ao contrario da pesquisa de fontessecundárias que te dá uma visão limitada, pois você está lendo um texto que afirmaque aquele serviço está sendo bem feito,vistoriado, aperfeiçoado e/ou construido.Aspesquisas de fonte primária te mostra de forma concreta,atraves derelatos,questionamento e da vistoria do serviço,se aquilo que está sendo feito deforma correta ou não. Por ser moradora do bairo,já esperava que todas asentrevistas tivessem mas razoável,ruim e pessimo do bom e muito.
  46. 46. ConclusãoSobre as fontes secundárias, encontramos algumas dificuldades. Usamos todas asfontes recomendadas e mesmo assim quase não encontramos algumasinformações. Quase não há informção sobre o bairro de Ampliação na rede, sendo amaioria dos dados coletados do município de Itaboraí. Esperávamos encontrar maisinformações no site da Prefeitura, mas estava fora do ar, em manutenção. Ficamoscom o sentimento de ter perdido algumas informações valiosas para o trabalho.Outro empecilho foi a procura de associações de moradores, até o final do trabalhonão haviamos encontrado nenhuma do bairro de Ampliação. Procurando na redeencontramos associações de outros bairros. Os próprios moradores não sabem daexistência de uma associação, então chegamos a conclusão de que não existe uma.Em fontes primárias, a principal dificuldade foi conseguir fazer as entrevistas dogoverno e da sociedade cívil, por isso algumas entrevistas foram adiadas ou naoaconteceram. Houve uma grande facilidade para fazer as entrevistas com acomunidade que foi receptiva, mas o grande problema foi encontrar uma ong e aassociação de moradores que nem mesmo a prefeitura sabia se existia ou não. Osregistros de imagens em sua grande maioria são de asfalto porque foi o caso maisencontrado. Os resultados, pelo menos para mim,Dandhara Correia Martins, já eramesperados: haviam muitas reclamações, muitas respostas para as questoes derazoável, péssimo e ruim e demora ou nao havia resposta para bom e muito bom.Com esse trabalho, ficamos conhecendo melhor o município de Itaboraí, que,sinceramente, eu, Camila Américo, não conhecia nada. Descobrimos que é umbairro em crescimento, pois com a construção do COMPERJ vão se abrir novosempregos e oportunidades para a população, mas se não houver cuidados, podeocorrer um crescimento desordenado. Ainda há muito o que melhorar, pois não háasfalto em algumas ruas e o saneamento básico é muito precário. O transportetambém é um ponto a se melhorar, pois só existem duas empresas atuando no local.
  47. 47. Referências BibliográficasAmpliação e Calundu recebem saneamento básico e asfalto. A Tribuna RJ, Rio deJaneiro, 28 de Setembro de 2012 Disponívelem:<http://atribunarj.com.br/noticia.php?id=9321&titulo=ITABORA%CD:%20Amplia%E7%E3o%20e%20Calundu%20recebem%20saneamento%20b%E1sico%20e%20asfalto> Acesso em: 6 de Out. de 2012.Silvino, Marlene. Itaboraí no topo da lista das cidades do Rio que ainda têm esgoto acéu aberto. O Itaboraí, Rio de Janeiro. Disponível em:<http://jornaloitaborai.com.br/site/index.php?option=com_k2&view=item&id=453:itabora%C3%AD-no-topo-da-lista-das-cidades-do-rio-que-ainda-t%C3%AAm-esgoto-a-c%C3%A9u-aberto&Itemid=144> Acesso em: 6 de Out. de 2012Campanha ganha força em Itaboraí. O Fluminense, Rio de Janeiro, data. Disponívelem:< http://jornal.ofluminense.com.br/editorias/politica/campanha-ganha-forca-em-itaborai> Acesso em: 6 de out. de 2012IBGE mostra a realidade de Itaboraí. Itaboraí online, Rio de Janeiro, data.Disponível em: <http://itaborai-online.net/?p=150> Acesso em: 6 de out. de 2012Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE - @CIDADESEstrutura do Município. Portal Itaboraí WebList, Rio de Janeiro, 21 de Abr. de 2011.Disponível em:<http://www.itaboraiweblist.com.br/index.php/component/k2/item/1752-estrutura-municipal> Acesso em: 29 de set. de 2012Censo educacional de 2009. INEP. Disponível em:<http://www.dataescolabrasil.inep.gov.br/dataEscolaBrasil/home.seam;jsessionid=98EC8E59A50115CDE8CE2C9F24F95788> Acesso em: 30 de set. de 2012Cadastro de Instituições de Educação Superior do Brasil. e-MEC. Disponível em:<http://emec.mec.gov.br/> Acesso em: 29 de Set. 2012Itaboraí. Wikipédia. Disponível em: <http://pt.wikipedia.org/wiki/Itabora%C3%AD>Acesso em: 29 de Set. de 2012Pesquisa de Informações Básicas Municipais. Perfil dos Municípios brasileiros –IBGE. Disponível em:<http://www.ibge.gov.br/munic2009/ver_tema.php?tema=t15_4&munic=330190&uf=33&nome=Itaborai> Acesso em: 30 de Set. de 2012Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde. CNESNet. Disponível em:<http://cnes.datasus.gov.br/Lista_Es_Nome_Por_Estado_Municipio.asp?Navegacao=Proxima&Vbusca=> Acesso em: 30 de Set. de 2012
  48. 48. @Cidades. IBGE. Disponível em:<http://www.ibge.gov.br/cidadesat/topwindow.htm?1> Acesso em: 6 de out. de 2012Fonte: IBGE,Cadastro Central de Empresas 2010. Rio de Janeiro: IBGE, 2012.Fontes das InformaçõesAs informações são oriundas de pesquisas e levantamentos correntes do IBGE edados de outras instituições, como Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas,Ministério da Educação e do Desporto - INEP/MEC; Departamento de Informática doSistema Único de Saúde, Ministério da Saúde - DATASUS/MS; Tribunal SuperiorEleitoral - TSE; Banco Central do Brasil - BACEN/MF, Secretaria do TesouroNacional, Ministério da Fazenda - STN/MF e Departamento Nacional de Trânsito -DENATRAN/MCidades (Ministério das Cidades).Mapa de Itaboraí e do Bairro. Google Maps. 2 mapas. Escala indeterminada.Disponível em:<http://maps.google.com.br/maps?q=mapa%20Itaborai&rlz=1C1GGGE_pt-BRBR507BR507&sugexp=chrome,mod%3D0&um=1&hl=pt-BR&biw=1360&bih=667&ie=UTF-8&sa=N&tab=il> Acesso em: 24 de Out. de 2012Mapa de Itaboraí. SOS Itaboraí Rj “o despertar da consciência”. 1 mapa. Escalaindeterminada. Disponível em:<http://www.google.com.br/imgres?q=mapa+itaborai&hl=pt-BR&sa=X&biw=1280&bih=835&tbm=isch&prmd=imvns&tbnid=sBIaBwkgXhT8IM:&imgrefurl=http://sositaborai.blogspot.com/2011/12/telefones-uteis-de-itaborai-e-mapa.html&docid=dr64F8VK0njYmM&imgurl=http://2.bp.blogspot.com/-ZsDYEj7DU-I/Tvdbm2k8djI/AAAAAAAAALI/v7O4l_1PJUM/s1600/mapa.png&w=392&h=458&ei=wBdnUN-NBYqY9QTyxYDgDw&zoom=1&iact=rc&dur=200&sig=114730247710390950471&page=1&tbnh=156&tbnw=134&start=0&ndsp=20&ved=1t:429,r:1,s:0,i:74&tx=59&ty=56> Acesso em: 29 de set. de 2012
  49. 49. AnexosAnexo A – MapasMapa de ItaboraíFonte: Google MapsMapa de ItaboraíFonte: SOS Itaborai Rj
  50. 50. Mapa do BairroFonte: Google MapsAsfalto
  51. 51. Restaurante popular
  52. 52. Iluminação pública
  53. 53. Lazer
  54. 54. Saneamento e limpeza
  55. 55. I.
  56. 56. Instituto de Geociências Curso de Bacharelado em Ciência Ambiental Unidade Curricular: Crítica Consciência e Cidadania Socioambiental I Profa: Patricia Almeida Ashley PROJETO ESTUDO DE QUALIDADE URBANA LOCAL Icaraí EQUIPE:Nome: Maria Beatriz Ayello Leite Matrícula 112095034Nome: Ana Flávia Lins Matrícula 112095005 Niterói, 1 de Novembro de 2012
  57. 57. SumárioINTRODUÇÃO ............................................................................................................ 3 OBJETIVO GERAL: ...................................................................................................... 3 EQUIPE DO PROJETO .................................................................................................. 3 HISTÓRICO DO BAIRRO E ENTORNO (OU MUNICÍPIO, SE NÃO CONSEGUIU CONHECER A HISTÓRIA DO BAIRRO) ................................................................................................. 4 Associação(ões) de Moradores do Bairro ou adjacentes ..................................... 6MÉTODO..................................................................................................................... 7 FONTES SECUNDÁRIAS ............................................................................................... 7 Fontes Recomendadas ........................................................................................ 7 Fontes Consultadas: ............................................................................................ 8 FONTES PRIMÁRIAS .................................................................................................... 9RESULTADOS .......................................................................................................... 10 FONTES SECUNDÁRIAS ............................................................................................. 10 Caracterização Físico-Geográfica ...................................................................... 10 População e Domicílios/Habitações ................................................................... 10 Alternativas de transporte Público ...................................................................... 10 Unidade de órgão da Prefeitura ......................................................................... 10 Áreas Públicas de lazer...................................................................................... 10 Saneamento ....................................................................................................... 11 Estabelecimento de Educação ........................................................................... 11 Estabelecimento de comercio ............................................................................ 11 Estabelecimento de saúde ................................................................................. 12 Organização religiosa......................................................................................... 12 Síntese sobre resultados do estudo em fontes secundárias .............................. 12 FONTES PRIMÁRIAS .................................................................................................. 13 O que está bom e muito bom no bairro ............................................................. 13 O que está razoável no bairro ............................................................................ 13 O que está ruim ou péssimo no bairro ............................................................... 13 Outros Tópicos das Entrevistas ......................................................................... 14 Síntese sobre resultados do estudo em fontes primárias .................................. 14CONCLUSÃO ........................................................................................................... 15FONTES CONSULTADAS ....................................................................................... 16ANEXOS ................................................................................................................... 17 ANEXO I – FOTOS E/OU VÍDEOS ................................................................................. 17 ANEXO II – DOCUMENTOS ......................................................................................... 24 ANEXO III - MAPAS ................................................................................................... 25
  58. 58. ANEXO IV - MODELO DE QUESTIONÁRIO E/OU DE ENTREVISTA ..................................... 26
  59. 59. INTRODUÇÃOObjetivo Geral:Estudar a qualidade urbana local em estudo de caso do bairro de Icaraí, nomunicípio de Niterói, a partir de dados em fontes secundárias e primárias,considerando uma perspectiva de realismo crítico, multiatores e dialógica entre osque residem, trabalham ou circulam no território estudado e entorno.Equipe do ProjetoMaria Beatriz Ayello Leite e Ana Flávia Lins
  60. 60. Histórico do Bairro e entorno13O termo Icaraí vem do tupi que significa “água sagrada”. Através da junção dostermos y ("água") e karai ("sagrado"). Situa-se na Baía de Guanabara, próximo à suaentrada, na margem oposta às praias do Flamengo e de Botafogo, na orla do Rio deJaneiro. No início do século XVI, o bairro fazia parte do território dos índios tupinambás.Com a derrota destes perante os portugueses e seus aliados temiminós em 1567, aregião, sob o nome de Freguesia de São João de Carahy, foi doada ao chefetemiminó Arariboia em 1568, como parte da Sesmaria dos Índios. No século XIX, aregião integrou-se à recém-criada Vila Real da Praia Grande, que mudaria seu nomepara Niterói em 1834. A sua praia constituía-se, à época, em um extenso areal,margeado por pitangueiras, cajueiros, cactos e vegetação típica de restinga. O seuefetivo povoamento iniciou-se a partir das décadas de 1840 e de 1850. À época dodescobrimento, predominava a Mata Atlântica, que, hoje, só está preservada empoucos locais, como, por exemplo, na Serra da Tiririca. Há, também, áreas derestinga e de mangue. Em 1916, foi inaugurado o Hotel Balneário Casino Icarahy. Em 1939, o palaceteque abrigava o hotel foi derrubado para a sua substituição por um edifício em estiloart déco, em projeto do arquiteto Luiz Fossatti. Com a proibição do jogo no país, em1946, o cassino deixou de funcionar. A partir de 1967, o prédio passou a abrigar areitoria da Universidade Federal Fluminense. Em 1937, foi construído um trampolim em concreto armado no meio da praia,com recursos da prefeitura, da imprensa e do Clube de Regatas Icarahy. Otrampolim era mais um projeto do arquiteto Luiz Fossatti. Durante as décadas de1930 e 1940, foi construído o Cinema Icaraí, em estilo art déco. O trampolim daPraia de Icaraí foi dinamitada no final da década de 1960, por oferecer perigo aosbanhistas. A partir de então, o bairro conheceu um boom imobiliário, que seconsolidou a partir da década de 1970 com a construção e inauguração da PontePresidente Costa e Silva. O comércio do bairro é dos mais variados, destacando-se a presença de váriosprodutos de moda, situadas principalmente ao longo das ruas Coronel MoreiraCésar, Gavião Peixoto e outras como a Presidente Backer e a Lopes Trovão. NaRua Moreira César e arredores, podem-se encontrar várias lojas conhecidasnacionalmente, dentre elas, Osklen, Cantão, Animale, Reserva, H Stern, MariaBonita Extra, Mara Mac, Richards, Victor Hugo, Cavendish, entre outras. É por issouma das ruas mais prestigiadas não só de Niterói, mas de toda região. Existe um projeto de reurbanização da Moreira César para que as calçadassejam niveladas e a fiação elétrica aterrada. O projeto tem inspiração na famosa ruaOscar Freire, em São Paulo. No Campo de São Bento, os moradores desfrutam deum imenso jardim com árvores das mais variadas espécies. Bares como o SteakHouse e o Chalé fazem parte da boemia e da história icaraienses. O clima de Niterói também deve ser brevemente explicado para que sejapossível absorver e compreender melhor o cotidiano da população local, seja no
  61. 61. bairro Icaraí como no município. O clima é tropical, com verões quentes e invernosmoderados. Sua temperatura média é de 22,6°C. A pluviosidade tem média de 1 093mm anuais. Não há estação seca no município, apenas uma redução no regime dechuvas durante o inverno. O inverno, compreendido entre junho, julho, agosto e setembro, apresentafrentes frias oriundas do avanço de massas polares ocasionando quedas bruscas detemperatura, amenizadas pela maritimidade. No verão, compreendido entredezembro, janeiro, fevereiro e março, as influências de massas equatoriais e deventos provenientes da Amazônia determinam o clima quente e úmido juntamentecom suas típicas tempestades vespertinas. Há picos comuns de trinta grauscentígrados e, devido à alta umidade, sensações térmicas superiores. O outono, entre março e junho, é marcado por dias limpos de céus azuis etemperaturas frescas, principalmente pela manhã. As massas polares começam aatingir a região com significância e as temperaturas caem progressivamente.Podendo, porém, no intervalo de frentes frias aumentar sua temperatura a até trintagraus, caracterizando o fenômeno conhecido como veranico. A primavera,compreendida entre os meses de setembro, outubro, novembro e dezembro, échuvosa, pois ainda são sentidas frentes frias tardias deixadas pelo inverno, atemperatura não sobe muito, até se aproximar dezembro (verão). Devido a melhor estrutura, seja de transporte, alimentação, saúde, lazer,educação, Icaraí está recebendo uma elevada atenção por parte da população.Segundo o censo demográfico de 2010, Icaraí é o bairro mais populoso da cidadepossuindo nesse ano 487. 000 habitantes. A taxa de crescimento anual dapopulação vem subindo. De 1980 a 1991, ela foi de apenas 0,1% e de 1991 a 1996foi de 3,46%. A prefeitura de Niterói trabalha com a divisão do município em doze regiõesadministrativas, porém essa divisão existe apenas para efeito técnico e estatístico,não sendo usada nem conhecida pela população. O nome da região normalmente éo mesmo do maior bairro inserido nela. As doze regiões administrativas são: Barreto,Centro, Engenhoca, Fonseca, Icaraí, Ingá, Pendotiba, Região Oceânica, Rio doOuro, Santa Bárbara, Santa Rosa e São Francisco. O município tem uma área de129,375 quilômetros quadrados localizada entre a Baía da Guanabara (oeste), oOceano Atlântico (sul), Maricá (leste) e São Gonçalo (norte). A Região Oceânica é o grande ponto de belezas naturais, pois conta compraias maravilhosas como - Praia de Fora e Praia do Imbuí, com seus valoreshistóricos; Praia de Piratininga, Praia de Camboinhas, Praia de Itaipu, Praia deItacoatiara, Praia do Sossego, Praia Adão e Eva e Prainha, locais calmos eparadisíacos; além, da Lagoa de Piratininga e a Lagoa de Itaipu. Porém, estes locais especialmente exuberantes estão sofrendo fortes impactosambientais devido ao acúmulo de lixo, contaminação das águas, mau cheiro, assimcomo as demais praias pertencentes ao município. O que está levando ainsatisfação e protestos por parte de população. Vale ressaltar também, O Parqueda Cidade, uma reserva que em seu topo possui um mirante com uma vistapanorâmica da Região Oceânica, Icaraí, Baía de Guanabara e do mar aberto. O Horto Botânico de Niterói (Também conhecido por Jardim Botânico deNiterói), no bairro do Fonseca, foi criado, por decreto do governador Nilo Peçanha,em maio de 1906, com a finalidade de cultivar e distribuir aos lavradores sementes e
  62. 62. mudas de frutíferas e plantas medicinais. Sua história é marcada por sucessivasfases de prestígio e declínio e sofreu duas grandes reformas, em 1950 e 1975. Com mais de um século de existência, o horto conta com espécies de plantas eárvores como jatobás, jequitibás, jacarandás e sapucaias e também com espéciesexóticas, como o pau-mulato, só encontradas no Jardim Botânico do Rio de Janeiroe na Amazônia.Com área de 258 000 metros quadrados, recebe, diariamente, cerca de trezentaspessoas em busca de ar puro, contato com a natureza e tranquilidade para práticasesportivas e de lazer. Em Icaraí encontram-se também dois monumentos famosos,as pedras de Itapuca e do Índio, ponto utilizado por pescadores, surfistas eapreciadores da Praia de Icaraí. Os moradores do bairro lutam para preservar padrões de vida já estabelecidos oupara elevá-los, e o móvel da mobilização passa frequentemente pelo meio ambiente,segurança e uso do solo, enquanto nas favelas existentes no bairro, as lutaspautam-se em necessidades cruciais de sobrevivência imediata. Icaraí é um bairro antigo com vários elementos históricos envolvidos, assim comoa forte presença cultural. A busca por uma região mais sustentável e segura estálevando a mobilizações por parte da população que busca equilibrar o aspectocomercial com o ambiental para que se torne um ambiente atrativo, confortável elimpo.Associação (ões) de Moradores do Bairro ou adjacentes Icaraí já possuiu a Associação de Moradores e Amigos de Icaraí – AMAI, filiadaà Federação das Associações de Moradores de Niterói (FAMNIT). A associação seencontrava na Rua Lopes Trovão - Icaraí, Niterói, RJ- 24220-101, cujo telefone era(21) 94572368, onde os moradores se reuniam semanalmente para discutir pautas,melhorias, ações, enfim, meios para melhorar o bairro e a qualidade de vida dapopulação. Atualmente segundo as entrevistas realizadas no bairro a Associaçãoencontra-se desativada e alguns moradores confirmaram que está nessa situaçãodesde 1993. Federação das Associações de Moradores de Niterói (FAMNIT)Presidente: Mario Eugenio LopesEndereço: Rua Padre Anchieta, 65 – Centro – Niterói – RJCep: 24.210-050Atividades desenvolvidas: Órgão de Defesa
  63. 63. __________________Fontes:* http://cgj.tjrj.jus.br/documents/1017893/1038780/NUR02-niteroi.pdf*http://www.educacaoniteroi.com.br/estrutura/dep-pol-pedagogicas/coord-ensi-fundamental/mapeamento.pdf;*http://www.nitvista.com/index_frame.php?url=%2Fbairros.php%3Fa%3Dbica%26item%3D7*http://pt.wikipedia.org/wiki/Hist%C3%B3ria_de_Niter%C3%B3i*http://jornal.ofluminense.com.br/editorias/cidades/praias-de-niteroi-aguas-mais-claras-porem-improprias-para-banho*http://nikitiguia.com/paginas/pagina1124.pht*http://pt.wikipedia.org/wiki/Divis%C3%A3o_administrativa_de_Niter%C3%B3i#Subdivis.C3.B5es*http://www.niteroitv.com.br/guia/niteroi_historia.asp
  64. 64. MÉTODOPesquisa exploratória e descritiva, seguindo metodologia fenomenológica paraconhecer um fenômeno social a partir da subjetividade e intersubjetividade depessoas exercendo papéis sociais complementares em um espaço e tempo urbanoem âmbito local (bairro) no contexto e cotidiano de moradia do estudante. Uso defontes documentais disponíveis na internet sobre caracterização de dadoscensitários e histórico sobre bairro, complementada por pesquisa de campo comamostragem por acessibilidade em segmentos do governo, empresas,trabalhadores, comunidade e sociedade civil situados no bairro objeto de estudo decaso. Adotou-se técnica de entrevista estruturada e semi-estruturada para conhecerperspectivas sobre aspectos da qualidade urbana graduados em muito bom e bom,razoável e ruim e péssimo, além de outros comentários espontâneos sugestivos deações e propostas para melhoria da qualidade urbana do bairro. Tratamentoqualitativo das entrevistas por análise de conteúdo (veja seção resultados, subseçãofontes primárias), adotando-se técnica de categorias temáticas para os conteúdosexpressos pelos respondentes.Fontes SecundáriasFontes RecomendadasDe acordo com orientação comum pela professora e orientadora do estudo, seguemas fontes secundárias recomendadas para consulta. Na seção Resultados,apresentamos as que efetivamente adotamos no caso estudado.Conjuntos de Informação Fontes Secundárias e Primárias: Do Município – IBGEa) Caracterização Físico- Do Bairro: Imagem do Google Earth e breve descritivoGeográfica pelos alunos Do Município – IBGEb) População e Do Bairro: Possíveis fotos de interesse e umaDomicílios/Habitações descrição geral, pelos alunos, sobre esse aspecto no perfil do bairro Do Município – IBGE Do Bairro: Possíveis fotos de interesse e umac) Áreas Públicas de Lazer descrição geral, pelos alunos, sobre esse aspecto no perfil do bairro Do Município –d) Alternativas de Do Bairro: Possíveis fotos de interesse e umaTransporte Público descrição geral, pelos alunos, sobre esse aspecto no perfil do bairro Do Município: IBGE Perfil dos Municípios Brasileiros –e) Unidades de Órgãos da Gestão Pública Municipal 2009Prefeitura Do Bairro: site da prefeitura para identificar se há órgãos no bairro Do Município: IBGE e site da Prefeituraf) Saneamento (Água, Do Bairro: se encontrarem alertas ou situaçõesEsgoto, Coleta de Lixo) críticas no bairro em questões de sanemento, tirar fotos e breve descriçãog) Estabelecimentos de Do Município: IBGE, INEP e site da PrefeituraEducação Pública e Privada Do Bairro: INEP e site da prefeitura
  65. 65. Do Município: IBGE e Ministério da Saúdeh) Estabelecimentos Do Bairro: Observação e registro fotográfico pelosde Saúde Pública e Privada alunosi) Estabelecimentos de Do Município: IBGE - @cidadesComércio, Serviços eIndústria e EconomiaInformalj) Organizações religiosas, Informações do bairro em pesquisa via internet oude defesa de direitos local pelos alunoshumanos, comunitários,sociais e do meio ambiente Fontes Secundárias recomendadas: 1. IBGE: www.ibge.gov.br a. @ CIDADES - http://ibge.gov.br/cidadesat b. Indicadores (Mapa do Site) - www.ibge.gov.br/home/mapa_site/mapa_site.php c. Banco de Dados Agregados - Sistema IBGE de Recuperação Automática – SIDRA http://www.sidra.ibge.gov.br/bda/ d. Perfil dos Municípios Brasileiros – Gestão Pública Municipal 2009 – http://www.ibge.gov.br/munic2009/ e. Mapas - http://www.ibge.gov.br/mapas_ibge/ f. Indicadores de Desenvolvimento Sustentavel do IBGE - http://www.sidra.ibge.gov.br/bda/pesquisas/ids/default.asp?o=13&i=P 2. INEP – www.inep.gov.br a. Cadastro de Escolas da Educação Básica no Brasil http://www.dataescolabrasil.inep.gov.br/dataEscolaBrasil/home.seam b. Cadastro de Instituições de Educação Superior do Brasil http://emec.mec.gov.br/ 3. Ministério da Saúde a. Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde http://cnes.datasus.gov.br/Lista_Tot_Es_Estado.asp - Totalização http://cnes.datasus.gov.br/Lista_Es_Nome_Por_Estado_Municipio.asp?VE stado=00&VMun=0 - Por endereço (estado, município e endereço com bairros)Fontes Consultadas:Conjunto de Fontes SecundáriasInformaçãoCaracterização Físico- https://maps.google.com.br/maps?hl=pt-Geográfica BR&q=Icarai+Niteroi&ie=UTF- 8&hq=&hnear=0x9983fb389abaa1:0x39be736e0658afec,Icara% C3%AD,+Niter%C3%B3i+- +RJ&gl=br&ei=85SIUJi1KYai8QT31YHwAw&ved=0CDwQ8gEwB Q http://www.ibge.gov.br/home/População e http://www.populacaodobrasil.com/populacao/populacao-de- niteroi-rjDomicílios/HabitaçõesAlternativas de http://pt.wikipedia.org/wiki/Transportes_de_Niter%C3%B3i
  66. 66. transporte Público http://www.niteroi.rj.gov.br/Unidade de órgão daPrefeituraÁreas Públicas de http://nikitiguia.com/paginas/pagina260.phplazer http://www.indignacaoecidadania.com/2011/02/campo-de-sao- bento-em-niteroi-populacao.html http://pt.wikipedia.org/wiki/Icara%C3%AD#Lazer_e_TurismoSaneamento http://www.aguasdeniteroi.com.br/publique/cgi/cgilua.exe/sys/star t.htm?sid=603 http://www.aguasdeniteroi.com.br/publique/cgi/cgilua.exe/sys/star t.htm?contextid=74&infoid=3289&sid=301 http://portal.mec.gov.br/Estabelecimento deEducação http://www.niteroi.rj.gov.br/Estabelecimento decomercio http://pt.wikipedia.org/wiki/Icara%C3%AD#Cl.C3.ADnicas_e_HosEstabelecimento de pitaissaúde http://www.niteroi.rj.gov.br/ http://pt.wikipedia.org/wiki/Icara%C3%AD#Institui.C3.A7.C3.B5esOrganização religiosa _ReligiosasFontes PrimáriasComunidade (Moradores) Total de entrevistas: 15Empresas Farmácia Favorita Escola Particular (Salesianos) Rádio Tupi Distribuidora Alimentícia (Smart) EcoAmpla Total de entrevistas: 6Governo Prefeitura Escola Pública (Colégio Estadual Joaquim Távora) Hospital Universitário Veterinário da Uff Total de entrevistas: 3Sociedade Civil Associação Fluminense de Reabilitação
  67. 67. Associação das Damas de Caridade Total de entrevistas: 2Trabalhadores Total de entrevistas: 6
  68. 68. RESULTADOSFontes SecundáriasNesta seção, são apresentadas sínteses em tópicos estudados em fontessecundárias a respeito do bairro e, quando não disponíveis os dados sobre o bairro,do município. Como há uma ampla disseminação de dados sobre municípios, emespecial no IBGE, mas não encontramos a mesma facilidade em dados em áreasgeográficas em escala de bairros, esta seção objetiva demonstrar o que é possível apartir das fontes recomendadas e de outras fontes que os alunos possam buscar emsites e outros meios.Caracterização Físico-GeográficaBairros vizinhos a Icaraí: Ingá Morro do Estado Centro Santa Rosa Vital Brasil São Francisco.A extensão territorial do bairro é de aproximadamente 2km², que representa 1,4% daárea total do município. Sua localização geográfica 22° 54’ 24.80’’ S 43° 0.6’ 36.65’’W elev 79ft, segundo o Google Earth. Como pode ser observado no anexo III-Mapas.População e Domicílios/HabitaçõesO bairro de Icaraí é o mais populoso da cidade de Niterói, segundo o censo oficial de2000. Com 75.127 habitantes, 16,35% da população da cidade inteira, que é487.327. A maior parte das habitações em Icaraí são prédios, ajudando ao maior numero depopulação.Alternativas de transporte PúblicoO transporte é feito basicamente por ônibus, havendo taxis e bastantes carrosparticulares, porém publico apenas ônibus. Alguns passando apenas pela orla eoutros pelo adentro do bairro.Unidade de órgão da PrefeituraOcorreu uma controvérsia em relação à participação da prefeitura no bairro. A coletade lixo, por exemplo, em algumas regiões é muito eficiente, às vezes com a coletaseletiva incluída. Porém em outros locais o lixo se acumula por dias até que seconsiga o devido direcionamento do material. Um aspecto positivo que surgiu devido
  69. 69. ao apelo da população foi a criação de feiras de adoção no Campo São Bento, comparcerias de órgãos de proteção animal, assim como alguns eventos educativos.Áreas Públicas de lazerNo bairro foram encontradas áreas públicas de lazer como o Campo São Bento, apraia de Icaraí, algumas praças, porém houve reclamações nas entrevistas. Osentrevistados argumentaram que apesar de existir áreas de lazer alguns fatorescomo o crescimento populacional e consequentemente de moradias e o trânsitoestão dificultando o acesso a estes locais. O bairro está crescendo de maneiraacelerada e está deixando a desejar em estruturação bem planejada e organizada.SaneamentoA coleta de lixo é feita diariamente pelo período noturno, a partir das 20:00h. Segundo informações obtidas junto à concessionaria Aguas de Niterói, responsávelpelo fornecimento de água e tratamento de esgoto da cidade de Niterói. O bairro deIcaraí além de sediar a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), que trata 100% dopróprio no bairro, trata também os bairros de Boa Viagem, Charitas, Cubango, Ingá,Santa Rosa, São Francisco e Vital Brasil, reduzindo assim mais 90% da cargaorgânica despejada no mar, emitida pelo emissário submarino de Icaraí.Estabelecimento de EducaçãoAs instituições de ensino encontradas foram as seguintes: Colégio e Curso Miguel Couto Centro Educacional Alzira Bittencourt Colégio Castelo do Saber Colégio e Vestibulares Voltaire Colégio e Curso pH Colégio Marília Mattoso Colégio Lobo Torres Colégio MV1-Icaraí Colégio Miraflores Colégio São José Colégio São Vicente de Paulo Colégio Estadual Baltazar Bernardino Escola Estadual Manuel Abreu Escola Estadual Nossa Senhora Auxiliadora Escola Estadual Nossa Senhora do Sagrado Coração Escola Municipal Professor Paulo de Almeida Campos Escola Nossa Pensi La Salle Abel Escola Estadual Júlia Cortines (antigo Jardim de Infância Júlia Cortines) Curso Marly Cury Colegio Estadual Joaquim Távora Escola Divina Providência

×