Cidades, realidades e possibilidades: Democracia participativa para a qualidade social

775 views
645 views

Published on

Palestra no evento de lançamento do Movimento Niteroi como Vamos

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
775
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
145
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Cidades, realidades e possibilidades: Democracia participativa para a qualidade social

  1. 1. Cidades Sustentáveis: Sociedade, Mobilização e Cidadania<br />Data: 24 de março de 2011<br />Local: Auditório da AMPLA, Niterói - RJ<br />Cidades, Realidades e Possibilidades:DemocraciaParticipativaorientadapara a Qualidade Social<br />Patricia Almeida Ashley<br />Prince Claus Chair in Development and Equity – 2009/2011<br />International Institute of Social StudiesErasmus University Rotterdam, Holanda<br />ProfessoraAdjunta<br />Departamento de AnáliseGeoambiental<br />Instituto de GeociênciasUniversidade Federal Fluminense, Brasil<br />
  2. 2. Tópicos<br />Realidade(s): percebendo, conhecendo, compreendendo, participando e agindo<br />As cidades em que vivemos<br />Democracia Participativa orientada para a Qualidade Social:<br />A articulação de saberes<br />A percepção de riscos<br />A construção de oportunidades<br />A articulação de responsabilidades sociais<br />Os instrumentos e meios de sua realização<br />
  3. 3. Realidade(s)<br />O que entendemos por realidade se constrói socialmente e se percebe subjetivamente<br />O que percebemos é modelado:<br />Pelo conjunto do que valorizamos/priorizamos (valores) e aceitamos como certo ou errado (moral)<br />Pelo conjunto e memória de nossas experiências pessoais (subjetivas) e coletivas (intersubjetivas)<br />Pela organização, articulação e comunicação de informação clara, pertinente, oportuna e relevante<br />
  4. 4. A Realidade Percebida depende do Ponto de Vista: A Visão a partir de um Ponto e de um Tempo...<br />
  5. 5. Exemplo: Uma cidade histórica em Minas Gerais e o Projeto Ecocidades(experiência de 2004 a 2009)<br />
  6. 6. São João del Rey, Minas Gerais, Brasil (fundado in 1709; pop. 85000)<br />
  7. 7. Córrego do Lenheiro<br />Córrego do Lenheiro – Sem Chuva<br />
  8. 8. Córrego do Lenheiro – Em Chuva de Verão<br />
  9. 9. Córrego do Lenheiro – Pós Chuva de Verão<br />
  10. 10. Córrego do Lenheiro – Fora do Centro de São João Del-Rei<br />Fonte: Foto da Semana, Jornal Gazeta de São João Del-Rei, 2008<br />
  11. 11. Residencial Lenheiros<br />
  12. 12. Residencial Lenheiros<br />
  13. 13. E O QUE AS UNIVERSIDADES PODEM FAZER?<br />Diversos campos de conhecimento:<br />Humanidades<br />Exatas e da Terra<br />Saúde<br />Ensino, pesquisa, inovação e extensão articulados em cursos, eventos, projetos, interfaces de comunicação e publicações<br />Cursos de Atualização e Aperfeiçoamento, Graduação, Especialização, Mestrado e Doutorado <br />
  14. 14. Parque Municipal Serra do Lenheiro...<br />Edital 2006 do PROEXT MEC/CIDADES<br /><ul><li>Projeto de Extensão Ecocidade em Verbo-Ação na Serra do Lenheiro (30 mil reais para 1 ano de atividades) - UFSJ
  15. 15. Iniciativa a partir da mobilização cidadã e convite do Movimento Social pela Implantação do Parque Ecológico Serra do Lenheiro</li></li></ul><li>PROEXT MEC Cidades 2006:Projeto Ecocidade em Verbo-Ação na Serra do Lenheiro<br />
  16. 16. www.ecocidades.org<br />
  17. 17.
  18. 18.
  19. 19. Redes de responsabilidades sociais em prol da Qualidade Social<br />Tempo/Espaço<br />
  20. 20. Realidade, Qualidade Social e Responsabilidades Sociais<br />
  21. 21. Realidade(s) da Qualidade Social<br />As percepções da(s) diversas realidade(s) quanto à qualidade social em um território afetam a compreensão da(s) cidade(s) em que vivemos<br />Qualidade Social (Beck, et al, 1997):<br />A extensãonaqual as pessoassãocapazes de participarnavida social, econômica e cultural das comunidades , emcondiçõesquemelhorem o seubemestar (well-being) e potencialidades.<br />
  22. 22. www.socialquality.org– Holanda (ISS/EUR,EFSQ  UFF)<br />
  23. 23. Quatro dimensões da Qualidade Social<br />Acesso e Participação<br />Mobilização<br />Solidariedade<br />Recursos<br />Pessoas com acessoaosrecursosmateriais, ambientais e outrosnecessáriospara a suaparticipação<br />Estruturas sociais mobilizadoras e apoiadoras<br />As relações sociais são baseadas em identidade coletiva e normas de valores<br />Instituições e grupos são acessíveis para a participação<br />Empoderamento Social<br />Coesão<br />Social<br />Segurança Socio-Econômica<br />Inclusão<br />Social<br />
  24. 24. Qualidade Social<br />Resultados de Pesquisa de Jaeyeol Yee & Dukjin Chang (2009)<br />
  25. 25. A Relação que estabelecemos e construímos com a Cidade reflete e, ao mesmo tempo, modifica a sua Qualidade Social<br />
  26. 26. A Cidade<br />Exterminador<br />A Cidade<br />A Cidade<br />Faço Parte<br />Subordinado<br />
  27. 27. Livro: “Ética e Responsabilidade Social nos Negócios”, SARAIVA<br /><ul><li>Contatos: Rede EConsCiencia
  28. 28. Email: ecocidades@gmail.com
  29. 29. Local: Departamento de Análise Geoambiental do Instituto de Geociências – 4° andar – UFF (Campos Praia Vermelha)</li>

×