• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Iniciacao de jovens para a liberdade financeira - Completa
 

Iniciacao de jovens para a liberdade financeira - Completa

on

  • 242 views

 

Statistics

Views

Total Views
242
Views on SlideShare
185
Embed Views
57

Actions

Likes
0
Downloads
0
Comments
0

2 Embeds 57

http://www.dsdchallenge.org 55
http://dsdchallenge.org 2

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Iniciacao de jovens para a liberdade financeira - Completa Iniciacao de jovens para a liberdade financeira - Completa Presentation Transcript

    • GALA DSD 2013Extraído do conteudo do Curso de Formação - Finanças Pessoais© 2010 – 2013 Felisberto S. Botão. Tatos Botão, Lda. – Empreendimentos & Investimentos
    • Felisberto S. Botão, Eng.• 1999 – Engenharia Civil• 2001 – Gestão e Auditoria da Qualidade• 2003 - Gestão de Projectos• 2005 – Gestão de Infra-estruturas• 2007 - Gestão de Finanças para Gestores não Financeiros• 2008 – Finanças Pessoais• 2008 - Gestão Imobiliária• 2008 - Negócio e Investimentos• 2010 – MBA Leadership• 2010 - Colaborador do Jornal DM (D$D)Extraído do conteudo do Curso de Formação - Finanças Pessoais© 2010 – 2013 Felisberto S. Botão. Tatos Botão, Lda. – Empreendimentos & Investimentos
    • SUMÁRIO Moçambique está numa fase do seu ciclo decrescimento que é muito favorável a empreendimentosde geração de renda; O comércio internacional de mercadorias exige umaforte rede de logística, em que a localização é umfactor estratégico; Sofala no geral, e Beira em particular têm umalocalização estratégica no circuito internacional delogística de mercadorias, daí se tornar um centro dereferencia obrigatória nesta fase do comerciointernacional, daí o fluxo de empreendimentos quetemos assistido para se instalarem na região;Extraído do conteudo do Curso de Formação - Finanças Pessoais© 2010 – 2013 Felisberto S. Botão. Tatos Botão, Lda. – Empreendimentos & Investimentos 3
    • SUMÁRIO Importante para a sociedade é perceber a estrutura e acadeia de valores destes empreendimentos para puderinterceptar as suas necessidades de bens e serviços; É verdade que esse quadro representa uma infinidadede oportunidades para o empreendedorismo, mastemos também que estar conscientes que se oambiente não for favorável, o grau de aproveitamentopoderá não ser favorável, e conseqüentemente todoesse movimento não vai criar valor acrescentado àsociedade. Esse ambiente favorável, tipicamenteenvolve a acção de vários actores como:Extraído do conteudo do Curso de Formação - Finanças Pessoais© 2010 – 2013 Felisberto S. Botão. Tatos Botão, Lda. – Empreendimentos & Investimentos 4
    • SUMÁRIO Agências Governamentais como o INEFP com mandatopara promover e dar suporte a inovação e oempreendedorismo; Centros de Conhecimento tais como universidades einstituições de pesquisa; Negócios estabelecidos (públicos) e os novosempreendimentos que vão consumir o produto ou serviçodo empreendedorismo local; Centros de incubação de negócios desenhados para assistire promover negócios emergentes, principalmente dejovens, com potencial para crescer; Instituições financeiras, que não sejam só bancos, quepossam dar suporte ao empreendedorismo.Extraído do conteudo do Curso de Formação - Finanças Pessoais© 2010 – 2013 Felisberto S. Botão. Tatos Botão, Lda. – Empreendimentos & Investimentos 5
    • CONSIDERAÇÕES GERAIS Considerar a lei da atracção na formação da suapersonalidade – Seja positivo; A solidariedade, o voluntarismo, é uma necessidadehumana: Deia ao próximo e receberá de volta. A aprendizagem verdadeira acontece com base emerros e repetição – Um erro é uma oportunidade.Extraído do conteudo do Curso de Formação - Finanças Pessoais© 2010 – 2013 Felisberto S. Botão. Tatos Botão, Lda. – Empreendimentos & Investimentos 6
    • EMPREENDEDORISMO Empreendedorismo Empregado Empreendedorismo independente:Auto empregoEmpresarialSocialExtraído do conteudo do Curso de Formação - Finanças Pessoais© 2010 – 2013 Felisberto S. Botão. Tatos Botão, Lda. – Empreendimentos & Investimentos7
    • O CASO DA TATOS BOTÃOExtraído do conteudo do Curso de Formação - Finanças Pessoais© 2010 – 2013 Felisberto S. Botão. Tatos Botão, Lda. – Empreendimentos & Investimentos 8
    • Extraído do conteudo do Curso de Formação - Finanças Pessoais© 2010 – 2013 Felisberto S. Botão. Tatos Botão, Lda. – Empreendimentos & Investimentos 9www.dsdchallenge.orgwww.dsdchallenge.org
    • Extraído do conteudo do Curso de Formação - Finanças Pessoais© 2010 – 2013 Felisberto S. Botão. Tatos Botão, Lda. – Empreendimentos & Investimentos 10
    • RESUMO Revisão geral sobre a origem do sistema monetário internacional, ea sua influência na actual situação financeira global e na sua vida; Posição de Moçambique na fase do ciclo económico global; Oportunidades para jovens em sofala em face de novosinvestimentos e desafios actuias; Plataforma para o sucesso do empreendedorismo em Sofala; Análise de obstáculos.Extraído do conteudo do Curso de Formação - Finanças Pessoais© 2010 – 2013 Felisberto S. Botão. Tatos Botão, Lda. – Empreendimentos & Investimentos
    • I. INTRODUÇÃO Desde os anos 2500 A.C., metais preciosos tais como prata e ouro,circulavam como dinheiro – commodity currency. O primeiro dinheiro de “papel” foi emitido em 1282 pelo imperadorChinês Kublai Khan. Em 1862 o Governo Norte-Americano emitiu o seu dinheiro de papel,que na época podia ser considerado “commodity currency”, porquepodia ser trocado por prata ou ouro – “gold standard”. Em 1971 o Governo Americano suspendeu a equivalência dólar-ouro. Odólar nunca mais poderia ser trocado com algo tangível. Ele já nãotinha um valor intrínseco – “fiat currency”.Extraído do conteudo do Curso de Formação - Finanças Pessoais© 2010 – 2013 Felisberto S. Botão. Tatos Botão, Lda. – Empreendimentos & Investimentos 12
    • I. INTRODUÇÃO A moeda, passou a ser um instrumento de dívida. Cada unidade demoeda, no lugar de equivaler a ouro ou prata, como foi antes, é agorauma “obrigação” com garantia de pagamento através dos contribuintesdo respectivo país. Em 1913 o Congresso Norte Americano estabeleceu uma rede de bancoscentrais, chamada de “Federal Reserve System”, ou simplesmente FED. O Banco Central controla a emissão do dinheiro, e mantém a economiarelativamente balanceada, através da compra e venda de obrigações,emissão da moeda, e fixação de taxas de câmbio.Extraído do conteudo do Curso de Formação - Finanças Pessoais© 2010 – 2013 Felisberto S. Botão. Tatos Botão, Lda. – Empreendimentos & Investimentos 13
    • I. INTRODUÇÃOIMPÁCTO NA VIDA DO CIDADÃO COMUM Os governos não se podem dar ao luxo de deixar grandes empresas ebancos falirem, pelo impacto negativo que isso iria provocar nasmassas, e na economia no geral. Em casos de crise, o governa injecta dinheiro nestas instituições, emforma de fiança – dívida pública. O governo tem duas formas habituais para cobrir este défice, através detaxas comuns, ou através da inflação, que é a conhecida como a “taxaoculta” – afecta directamente o bolso do cidadão.Extraído do conteudo do Curso de Formação - Finanças Pessoais© 2010 – 2013 Felisberto S. Botão. Tatos Botão, Lda. – Empreendimentos & Investimentos 14
    • I. INTRODUÇÃOCurso de Formação - Finanças Pessoais© 2010 – 2012 Felisberto S. Botão. Tatos Botão, Lda. – Empreendimentos & Investimentos 15IMPÁCTO NA VIDA DO CIDADÃO COMUMImpostos Mais de 90 % da classe média tem o salário como a fonte única derendimentos. O salário é o rendimento mais taxado, em termos percentuais. O estadocobra-lhe o imposto do seu salário, antes mesmo de ele chegar as suasmãos, são os casos de IRPS e INSS ou Reforma. Ainda tem outros impostos como o de combustível, rádio, lixo, IVA,etc., que a sua cobrança também não lhe dá chances de negociar. Quando o governo actua sobre a economia, tanto para corrigir umatendência social ou financeira, a sociedade paga mais em impostos.Mais impostos deixam a sociedade com menos dinheiro no bolso, o quefaz recorrer à dívida para cobrir o défice. Imposto é uma necessidadeem uma sociedade civilizada.
    • I. INTRODUÇÃOExtraído do conteudo do Curso de Formação - Finanças Pessoais© 2010 – 2013 Felisberto S. Botão. Tatos Botão, Lda. – Empreendimentos & Investimentos 16DívidaO sistema financeiro internacional precisa de devedores parasobreviver. Os devedores asseguram o fluxo de caixa para o sistema, epor outro lado, mantém a classe média fragilizada, promovendo ocrédito de consumo.“Se for a contrair uma dívida, assegura-te que uma terceira pessoapagará a mesma em seu lugar.”InflaçãoQuando a sociedade contrai muita dívida, isso põe muito dinheiro acircular no mercado, o que causa inflação. Como a inflação excessivaprejudica a economia, o governo, para controlar, encarece o dinheiro,ou seja, aumenta a taxa de juro, que é uma forma de imposto. Issodesencoraja as pessoas de irem buscar dinheiro no banco.“Não deposite o seu futuro financeiro em poupanças. Quanto maispoupas, mais a inflação sobe, e menos valor de compra tem a suapoupança”. O equilíbrio e sempre necessário.
    • I. INTRODUÇÃOExtraído do conteudo do Curso de Formação - Finanças Pessoais© 2010 – 2013 Felisberto S. Botão. Tatos Botão, Lda. – Empreendimentos & Investimentos 17ReformaO dinheiro que o Estado deduz do seu salário, ou o dinheiro que oINSS recebe do seu empregador, não fica guardado a espera da suareforma. Ele é aplicado, é usado para as despesas correntes.No dia que você for reformar, poderá não haver dinheiro para te pagar;pelo menos regularmente.Não se deixe acomodar com a ideia de bom emprego, trabalho árduo eleal, para garantir uma boa reforma, e desta forma conseguirfinalmente o descanso merecido. Não vai ser assim não, será capaz deter que trabalhar mais ainda, do que o faz hoje no seu empregoregular.Em resumo: Se quiser mudar a sua vida financeira, tem queempreender. Mude a sua linguagem sobre o dinheiro, aprenda o básicosobre dinheiro, e comece a ultrapassar obstáculos.
    • BÁSICOS SOBRE DINHEIROFINANCIAL STATEMENTSOMA DERENDIMENTOSSOMA DE DESPESASBENS DERENDIMENTODIVIDAS ERESPONSABILIDADES
    • II. POSIÇÃO DE MOÇAMBIQUE NA FASE DOCICLO ECONÓMICO GLOBALExtraído do conteudo do Curso de Formação - Finanças Pessoais© 2010 – 2013 Felisberto S. Botão. Tatos Botão, Lda. – Empreendimentos & Investimentos 19Econimia global gira entre as classes de activos: valores mobiliários;valores imobiliários; negócios e mercadorias;A fase actual do ciclo económico global está do lado das mercadorias;As mercadorias, como petróleo, gás, carvão, comida, com alta procura nocomércio internacional, exige uma rede logística bem estruturada, queengloba toda a cadeia de valores;Moçambique é produtor e a sua localização é estratégica nas rotascomerciais, sendo Beira com mais privilégio, tanto para escoar a produçãointerna, como para trânsito de importações do interland;Pelo reconhecimento da posição estratégica da Beira, váriosempreendimentos se estabeleceram na região nos últimos anos, o querepresenta um portfólio de oportunidades para os jovens.
    • III. OPORTUNIDADES PARA JOVENS EMSOFALAExtraído do conteudo do Curso de Formação - Finanças Pessoais© 2010 – 2013 Felisberto S. Botão. Tatos Botão, Lda. – Empreendimentos & Investimentos 20Terminal de carvão da Beira•Emprego melhor remunerado;•Serviço de formação profissional;•Fornecimento de consumíveis;•Manutenção de equipamento e infra-estruturas.Fábrica de cimento no Dondo•Emprego melhor remunerado;•Sub-empreitadas em serviços especializados;•Fornecimento de consumíveis;•Manutenção de equipamento e infra-estruturas.Revitalização das açucareiras de Mafambisse e Marromeu•Emprego melhor remunerado;•Cultura e fornecimento de cana de açúcar;•Fornecimento de adubo e outros insumos;•Manutenção de equipamento e infra-estruturas.
    • IV. PLATAFORMA PARA O SUCESSO DOEMPREENDEDORISMOExtraído do conteudo do Curso de Formação - Finanças Pessoais© 2010 – 2013 Felisberto S. Botão. Tatos Botão, Lda. – Empreendimentos & Investimentos 21a) InstituicionalAgências Governamentais como o INEFP com mandato parapromover e dar suporte a inovação e o empreendedorismo;Centros de Conhecimento tais como universidades e instituiçõesde pesquisa;Negócios estabelecidos (públicos) e os novos empreendimentosque vão consumir o produto ou serviço do empreendedorismo local;Centros de incubação de negócios desenhados para assistir epromover negócios emergentes, principalmente de jovens, compotencial para crescer;Instituições financeiras, que não sejam só bancos, que possam darsuporte ao empreendedorismo.
    • Extraído do conteudo do Curso de Formação - Finanças Pessoais© 2010 – 2013 Felisberto S. Botão. Tatos Botão, Lda. – Empreendimentos & Investimentos 22OBJECTIVO:Aumentar a percentagem de rendimento passivo e portfolio≥ despesas mensais Comprar uma casa para arrendamento. Iniciar um negócio a part-time, como marketing multinível. Usar o seu conhecimento para consultorias. Abrir uma conta poupança, e atingir a meta de 6 x despesas. Criar ideias e produtos inovadores, registar, e ganhar direitos.COMO O MEU DINHEIRO DEVE TRABALHAR PARA MIM?IV. PLATAFORMA PARA O SUCESSO DOEMPREENDEDORISMOb) Pessoal
    • Extraído do conteudo do Curso de Formação - Finanças Pessoais© 2010 – 2013 Felisberto S. Botão. Tatos Botão, Lda. – Empreendimentos & Investimentos 23QUAL DEVE SER O MEU RENDIMENTO LÍQUIDO?OBJECTIVO: Diminuir o valor a pagar em taxas. Previlegiar o rendimento passivo; paga menos taxas. Formalizar a sua actividade; tem mais alternativas legais deminimizar taxas. Contratar um especialista fiscal, e aprender tudo o que pudersobre taxas, a nível pessoal e empresas. Assegurar que tira totalproveito dos benefícios fiscais a que tem direito.IV. PLATAFORMA PARA O SUCESSO DOEMPREENDEDORISMOb) Pessoal
    • Extraído do conteudo do Curso de Formação - Finanças Pessoais© 2010 – 2013 Felisberto S. Botão. Tatos Botão, Lda. – Empreendimentos & Investimentos 24QUE PERCENTAGEM DO RENDIMENTO LÍQUIDO DEVOGASTAR EM HABITAÇÃO?OBJECTIVO:Manter o custo com habitação abaixo de 33 % dorendimento líquido. Rever os custos com utilitários. Considerar a possibilidade de mudar de residência, caso o custocom manutenção seja alto.IV. PLATAFORMA PARA O SUCESSO DOEMPREENDEDORISMOb) Pessoal
    • Extraído do conteudo do Curso de Formação - Finanças Pessoais© 2010 – 2013 Felisberto S. Botão. Tatos Botão, Lda. – Empreendimentos & Investimentos 25QUANTO DEVO GASTAR EM BENS DE LUXO?OBJECTIVO:Manter o valor dos bens de luxo abaixo de 33 % do totalde activos. Cultivar o hábito de retardar os benefícios pessoais. Distinguir claramente os bens de custo dos activos. Activosgeram rendimentos; bens de custo geram despesas.IV. PLATAFORMA PARA O SUCESSO DOEMPREENDEDORISMOb) Pessoal
    • Extraído do conteudo do Curso de Formação - Finanças Pessoais© 2010 – 2013 Felisberto S. Botão. Tatos Botão, Lda. – Empreendimentos & Investimentos 26QUAL DEVE SER O MEU RETORNO DE ACTIVOS?OBJECTIVO:Manter o retorno de activo a nível de 25 %, é uma boacifra, mas nunca abaixo de 20%. Considerar a possibilidade de realocar os seus activos que nãoestejam a gerar rendimento, reinvestindo-os. Considerar a possibilidade de liquidar alguns bens de custo, parainvestir o valor realizado em activos.IV. PLATAFORMA PARA O SUCESSO DOEMPREENDEDORISMOb) Pessoal
    • Extraído do conteudo do Curso de Formação - Finanças Pessoais© 2010 – 2013 Felisberto S. Botão. Tatos Botão, Lda. – Empreendimentos & Investimentos 27COMO DEVO CONSTRUIR A MINHA RIQUEZA?OBJECTIVO:Comprar activos que geram rendimentos mensais quesuperem as suas despesas. A sua riqueza é medida em tempo e não em dinheiro. Os activos quando convertidos em dinheiro, devem ser capazesde cobrir despesas de pelo menos seis meses. Se o rendimento passivo exceder as despesas mensais, a riquezaé infinita, porque os activos estão a trabalhar para si.“Não importa quanto você ganha, mas sim, quanto vocêpoupa”IV. PLATAFORMA PARA O SUCESSO DOEMPREENDEDORISMOb) Pessoal
    • Extraído do conteudo do Curso de Formação - Finanças Pessoais© 2010 – 2013 Felisberto S. Botão. Tatos Botão, Lda. – Empreendimentos & Investimentos 28PRATICAR AS HABILIDADES CHAVES Liderança, é saber encontrar as pessoas certas para se associar, epoder motiva-las a trabalhar para o crescimento do negócio. Gestão (fluxo de caixa & sistemas de negócios), constitui as duascoisas principais que o empreendedor deve dominar a sua gestão;nomeadamente, o fluxo de caixa, assegurando que seu negócio temsempre liquidez, e que cresça sempre. E segundo, deve ser capaz deperceber que as coisas não acontecem isoladamente, mas sim, queelas estão interligadas. Venda e marketing, é o que permite que o cliente lhe possa ouvir,acreditar em si, confiar, e por fim comprar o seu produto ou serviço.E mais importante ainda, é assegurar que o cliente possa repetir ascompras mês após mês, durante longos anos.IV. PLATAFORMA PARA O SUCESSO DOEMPREENDEDORISMOb) Pessoal
    • Extraído do conteudo do Curso de Formação - Finanças Pessoais© 2010 – 2013 Felisberto S. Botão. Tatos Botão, Lda. – Empreendimentos & Investimentos 29CRIAR O MODELO DE NEGÓCIOOportunidade - um produto, um serviço, ou uma oportunidade demarketing que mais ninguém se apercebeu, com potencial de gerarrendimento. Começar com serviços, facilita a entrada rápida de capital.Defina com clareza a forma como essa oportunidade vai gerar dinheiro. Aprenda como mobilizar fundos, que não seja apenas através dobanco. Trabalhe com pessoas com conhecimento de causa, para te ajudarem aalcançar os teus objectivos financeiros.IV. PLATAFORMA PARA O SUCESSO DOEMPREENDEDORISMOb) Pessoal
    • V – VENCER OBSTÁCULOSExtraído do conteudo do Curso de Formação - Finanças Pessoais© 2010 – 2013 Felisberto S. Botão. Tatos Botão, Lda. – Empreendimentos & Investimentos 30Medo de perder dinheiro:Toda gente tem medo de perder dinheiro, mesmo os ricos. Como DaleCarnegie diz, “A melhor forma de perderes o medo, é enfrentar aquiloque te causa o medo”. A verdade é que correr risco é o segredo dacriação de riqueza; mas um risco medido. Independente do resultado,a lição sempre fica.Cinismo:O cinismo manifesta-se quando a dúvida e o medo inundam a nossamente, começamos a diminuir a nós mesmos, com pensamentoscomo, “não tenho capacidades suficiente para fazer isso”, ou entãoentramos no jogo do “se”, ou seja, “se as coisas andarem mal e eu nãopoder devolver o crédito?”, ou então, temos a terceira variante,quando amigos e familiares questionam a nossa posição, “você nãosabe o que está a fazer”. Você precisa desenvolver a capacidade deanálise e trabalhar com factos, e nunca com opinião popular. E osfactos adquirem-se da educação financeira. O cinismo cega-nos,enquanto a análise abre-nos os olhos.
    • V – VENCER OBSTÁCULOSExtraído do conteudo do Curso de Formação - Finanças Pessoais© 2010 – 2013 Felisberto S. Botão. Tatos Botão, Lda. – Empreendimentos & Investimentos 31Preguiça:Há um dito que diz, “pessoas ocupadas são maioritariamente asmais preguiçosas”.A explicação é que muita gente ocupa-se bastante com o trabalho,levando até algum para casa, outros ocupam-se cuidando da saúde.E se não é nenhuma destas, ou passeando com os filhos menores,ocupam-se vendo TV, pescando, jogando com amigos, etc. Naverdade, lá no fundo, estas pessoas mantêm-se ocupadas para evitaralgo importante que não querem encarar. E se você lhes lembrar,eles vão reagir com zanga e irritação.Essa é uma forma comum de preguiça, através da ocupação. Parasairmos disso, temos que chamar um pouco do nosso ego, equestionar, “que benefício teria se resolver o problema que estou aevitar? Isso abriria a vontade de lutar e a busca de respostas.
    • V – VENCER OBSTÁCULOSExtraído do conteudo do Curso de Formação - Finanças Pessoais© 2010 – 2013 Felisberto S. Botão. Tatos Botão, Lda. – Empreendimentos & Investimentos 32Hábitos:A nossa vida é mais o reflexo dos nossos hábitos, que propriamenteda nossa educação.Nós herdamos e assumimos hábitos como pagar primeiro as dívidase obrigações a favor de terceiros, logo que recebemos o nosso salário.Mudar isso não é fácil.Deves olhar para isso como motivação; pois que se te faltar dinheiropara pagares os teus credores, a pressão vai te obrigar a encontrarformas alternativas de gerar rendimentos. E isso torna-te forte, eimpede que terceiros, como o chefe, o credor, etc., abusem da tuavida. Por outro lado, vai desenvolver novos hábitos, que lhe vãoajudar no processo de criação de riqueza.
    • VI – O PODER DA FÉExtraído do conteudo do Curso de Formação - Finanças Pessoais© 2010 – 2013 Felisberto S. Botão. Tatos Botão, Lda. – Empreendimentos & Investimentos 33Acredite em si próprio. Lembre-se sempre que você é único nouniverso, nunca houve, não há, e nunca haverá outro igual a si. Issoé muito revelador, e significa que Deus te deu qualidades ehabilidades únicas que precisas para singrares financeiramente.Tudo o que precisas é determinação, forte desejo, e uma profunda fédo dom único que Deus te deu.Expectativa – o homem deve desenvolver uma expectativa de algo,uma esperança para receber a bênção. E se essa expectativa for algogrande, assim também será a bênção.Crença na força sobrenatural – Não basta o conhecimento e otrabalho árduo. Para ser bem sucedido, o ser humano precisa daforça de Deus, e esta depende muito da forma como você trata o teupróximo, e temor e a odediência a ELE.Associativismo – Qualquer um precisa de parceiros para ter maioreshipóteses de ser bem sucedido. Daí que a igreja e a sociedade devemencorajar as pessoas a se associarem e a trocarem experiências, queé nestas interacções que o parceiro certo acabará aparecendo.
    • OBRIGADO PELA ATENÇÃODISPENSADAAGRADECIMENTO ESPECIAL A EQUIPA DATATOS BOTÃO, LdaVocê é o único responsável pelo seu futuro financeiro,tome atitudeBeira, Maio de 2013Extraído do conteudo do Curso de Formação - Finanças Pessoais© 2010 – 2013 Felisberto S. Botão. Tatos Botão, Lda. – Empreendimentos & Investimentos