• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Nota à imprensa 13º salário  em pernambuco 2013
 

Nota à imprensa 13º salário em pernambuco 2013

on

  • 593 views

Dieese estima que R$ 4,3 bilhões serão movimentados no Estado em 2013 com o benefício.

Dieese estima que R$ 4,3 bilhões serão movimentados no Estado em 2013 com o benefício.

Statistics

Views

Total Views
593
Views on SlideShare
427
Embed Views
166

Actions

Likes
0
Downloads
0
Comments
0

2 Embeds 166

http://jconline.ne10.uol.com.br 150
http://m.jconline.ne10.uol.com.br 16

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Nota à imprensa 13º salário  em pernambuco 2013 Nota à imprensa 13º salário em pernambuco 2013 Document Transcript

    • Recife, 28 de outubro de 2013. NOTA À IMPRENSA 13º Salário deverá injetar R$ 4,3 bilhões na economia Pernambucana em 2013 O DIEESE estima que deverão ingressar cerca de R$ 4,3 bilhões na economia pernambucana ao longo de 2013, a título de 13º salário, representando 3,6% do PIB estadual. O valor estimado será pago ao conjunto dos trabalhadores do mercado formal (público e privado), trabalhadores domésticos, beneficiários da previdência social (INSS e Regimes Próprios), somando um total de 3.186.894 indivíduos. Este montante significa uma elevação (nominal) de 11,1% em relação a 2012, superior à média do NE (10,5%) e semelhante à média nacional (11,5%). Comparativamente aos demais estados do NE, Pernambuco obteve a 4º maior elevação do montante pago a título de 13º salário, abaixo do Piauí (15,5%), Maranhão (12,3%) e Sergipe (12,2%). A Bahia, maior estado nordestino obteve uma elevação de 9,7%. No comparativo intra-regional, o 13º que será pago em Pernambuco representará cerca de 3% do total verificado para o Brasil e 19,5% em relação ao NE, inferior apenas à participação da Bahia (27,2%) na região. Tal elevação no estado, decorreu do aumento de 3,1% no total de pessoas que se beneficiarão da gratificação natalina e de 7,2% (nominais) no rendimento/benefício médio. Dos que receberão o 13º salário em 2013 em Pernambuco, 55,8% (aproximadamente 1,779 milhões de pessoas) estão inseridos no mercado formal (setor público, privado e emprego doméstico) e respondem por 67,7% do total de recursos oriundos do 13º. Os outros 44,2% são beneficiários do Regime Geral da Previdência – em torno de 1,408 milhões de pessoas, e contabilizam 32,3% do valor estimado. Dentre os segmentos considerados para esta estimativa, foram os empregados domésticos que obtiveram maior aumento em sua renda média, 14%, seguido dos aposentados e pensionistas, 10%. Os assalariados registraram uma elevação de 6,7% no período em análise. O rendimento médio dos que devem receber o 13º será de R$ 1.275,66 (exclusive o pessoal do regime próprio do estado), o que representa uma elevação de 7,2% em relação a 2012, sendo o maior valor médio previsto para os assalariados do setor formal - público e privado - (R$ 1.672,34), e o menor para o emprego doméstico (R$ 724,45). Os benefícios da previdência (Regime Geral e Próprio do Estado) giram em torno de R$ 986,76. DEPARTAMENTO INTERSINDICAL DE ESTATÍSTICA E ESTUDOS SÓCIOECONÔMICOS ESCRITÓRIO REGIONAL DE PERNAMBUCO REGIONAL Edifício Círculo Católico - Rua do Riachuelo, 105, salas 1021/1023 – Boa Vista – Recife – PE – CEP 50.050 -400 www.dieese.org.br - erpe@dieese.org.br -
    • No contexto regional, Sergipe apresenta o maior rendimento médio (R$ 1.415,12), seguido de Pernambuco (R$ 1.275,66) e Rio Grande do Norte (R$ 1.274,15). A menor renda média registrada na região foi no Piauí (R$ 1.092,34). O Ceará aparece como a 5º maior renda média do Nordeste, embora represente o terceiro maior ingresso de recursos na região. Estimativa de Recursos com Pagamento do 13o. Salário - 2013 Pernambuco Beneficiários Discriminação No. 1. Trabalhadores no Mercado Formal 2. Aposentados e Pensionistas 2.1 Regime Geral - Beneficiários do INSS 2.3 Regime Próprio do Estado (%) 1.778.673 55,8% 2.910.142.047 (%) 67,7% Valor Médio (R$) 1.636,13 % PIB 2,4% 1.710.721 53,7% 2.860.914.073 66,5% 1.672,34 2,4% 2,1% 49.227.974 1,1% 724,45 0,0% 1.408.221 44,2% 1.408.221 44,2% n.d 1.389.570.398 32,3% 986,76 1,2% 1.155.249.745 26,9% 820,36 1,0% 234.320.653 5,4% n.d 0,2% 4.299.712.445 100,0% 1.275,66 * 3,6% n.d 3.186.894 100,0% Total R$ 67.952 1 1. Assalariados do Setores Público e Privado 1.2 Empregados Domésticos com Carteira Total do 13o. Salário Fontes: MTE- RAIS e Caged; PNAD/2009-IBGE; Ministério da Previdência (Boletim Estatistico); STN -Secretaria do Tesouro Nacional (Execução Orçamentária do Estados) e Ministério do Planejamento (Boletim Estatístico de Pessoal) Elaboração: DIEESE * exclusive o pessoal do regime próprio do estado DEPARTAMENTO INTERSINDICAL DE ESTATÍSTICA E ESTUDOS SÓCIOECONÔMICOS ESCRITÓRIO REGIONAL DE PERNAMBUCO REGIONAL Edifício Círculo Católico - Rua do Riachuelo, 105, salas 1021/1023 – Boa Vista – Recife – PE – CEP 50.050 -400 www.dieese.org.br - erpe@dieese.org.br -