Terça, 6 setembro 11

1,589 views

Published on

Published in: News & Politics
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,589
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
2
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Terça, 6 setembro 11

  1. 1. 02 x Opinião TERÇA-FEIRA 6 DE SETEMBRO DE 2011 Página editada por: António VarelaMinuto 0 GODINHO LOPES QUER VITÓRIAS NOS PRÓXIMOS TRÊS JOGOS – QUE SÃO TODOS FORA – COMO O LÍDER FAZ QUESTÃO DE RECORDARUltimato presidencial António Magalhães DIRETOR-ADJUNTO http://record.pt/blogdomagalhaes Inspirado pela entrega daLopes radicalizou taça no Algarve, Godinho equipa de futsal que pôde testemunhar no jogo da Super- para o reforço do plantel e deu condições para a reorganização do futebol, mas até ao momento a única alegria que teve foi É,quem tantoumGodinho Lopesqueaos em suma, puxão de orelhas tem desiludido e próximos jogos – especifi- apelida-os de “detratores”. Desconhecen- do eu quem são (será que até podem ser alguns elementos que fazem parte do o discurso. Na habitual newsletter dirigida ver garantida a presença do Sporting na ca, aliás, que os três que se seguem são to- Conselho Leonino e, quem sabe, dos ór- aos sócios, o presidente do Sporting foi fase de grupos da Liga Europa. Só dessa dos fora (Paços de Ferreira, Zurique e Rio gãos sociais?), ainda assim parece-me que mais duro com os jogadores de Domingos forma se pode explicar que a total entre- Ave) – impõem uma resposta determinada o rótulo é exagerado, sobretudo se tiver- e aproximou-se do sentimento generaliza- ga dos jogadores (como se isso não fosse que no campo se deve traduzir em garra e mos em conta dois factos: o desastroso iní- do dos adeptos que não perdoam os 7 pon- o “mínimo” exigível) num jogo de futsal no resultado terá de se expressar em vitó- cio de época e a relativa macieza da crítica tos perdidos em 9 possíveis, independente- (ainda assim, perdido) com o eterno rival rias. Se não é um ultimato, anda lá perto. se comparada com outros tempos recen- mente dos erros cometidos pelos árbitros. A frustração leonina é plenamente jus- tificada e a do presidente ainda mais. Benfica, tenha merecido o reconhecimen- to público do líder e um exemplo a ser se- guido por todos os atletas do clube e À crítica de Godinho Lopes escapam, desta vez, os árbitros mas não quem “diz e escreve mal do Sporting” apesar de tes. E macieza porquê? Porque há a perfei- ta consciência de que o Sporting tem tudo para produzir mais e conseguir resultados. Godinho Lopes disponibilizou meios muito particularmente do futebol. ser sportinguista. O presidente leonino Não pode é esperar mais tempo. Ficção de: João Querido Manha Ó MÍSTER... UPS, PERDÃO... QUERO DIZER, Ó SENHOR GENERAL... Zona M JORNALISTA COMENTADOR DA TVI UM REGULAMENTO CONTRA O “EXCESSO DE ESTRANGEIROS” APENAS LIMITARIA A COMPETITIVIDADE DOS CLUBES Tropas de choque dia 1 de Setembro podia ter sido ses objetivos. Preferem um clube espa- O terrível para muitos administrado- res e diretores do futebol profissio- nal se, ao contrário do que fazem crer as nhol em risco de descer de divisão a um português de Liga dos Campeões, por- que realmente o futebol está tomado prebendas dos seus cargos, alguma ins- por uma lógica de mercenarismo, em tância superior julgasse sumariamente os que os diretores são senhores da guer- seus erros. Isto é: em qualquer empresa ra, os treinadores sargentos de campo e privada seriam intoleráveis atos de gestão os jogadores soldados da fortuna.ORA MUITO BEM: SE CONTINUARES ASSIM AINDA de recursos humanos a redundar em er- imagem de um Ricardo Carva-TE PROMOVO DE CAPITÃO A TENENTE-CORONEL. ros de casting, estipêndios supérfluos e a extraordinária aquisição de mais uma enorme dose de “pouca sorte”, pronta a A lho, portuguesíssimo da Silva, passado para trás na Seleção por um filho de imigrante e por dois servir embrulhada em erros de árbitros naturalizados, reflete a confusão escrutinados cirurgicamente. mental decorrente do atraso de adap- MANUEL ARAÚJO oram contratados alguns jogado- tação dos adeptos comuns ao futebol F res de qualidade e de rendimen- to mínimo garantido, em parti- cular pelo Benfica, mas a maioria pro- Mundial agitou consciências e acionou comercial. Tropas de choque recruta- das no Mundo por traficantes de ta- lentos, afogando o amor à camisola vém de catálogos de classe B que ci- espíritos bem-intencionados, num pe- com aparente insensibilidade pela randaram nos últimos meses por cima queno frenesim de desejos irrealizáveis, perda de prestígio e tradição. das secretárias dos enfatuados “mana- como a recuperação das equipas portu- assada a regulamento limitativoParticipação de Portugal no Europeude basquetebol foi um fracasso? gers” nacionais e são más escolhas e, seguramente, maus negócios para os respetivos acionistas. guesas para os jogadores portugueses. As comparações correm sempre o peri- go de resvalarem para a falácia: ne- P a defesa ingénua do jogador português contra o “excesso de estrangeiros”, com insondável con- trabalho de recomposição de nhum jogador da Seleção de Sub-20 de descendência a guineenses e cabo- É certo que a simples participação numa fase final de um Campeonato da Europa, numa modalidade onde O um plantel competitivo é com- plexo e stressante, merecendo tolerância apenas em função das dife- Portugal tem lugar numa equipa de topo do campeonato nacional e poucos clubes de segunda linha lhes podem pa- verdianos, apenas reduziria a capaci- dade competitiva internacional dos nossos clubes, bem patente nas pré- Portugal não marca presença muitas renças de orçamentos e responsabili- gar os salários que um bom agente in- eliminatórias de Agosto. vezes, é só por isso de enaltecer. Mas dades. Mas não justifica os erros que ternacional lhes garante em emblemas illas-Boas e Falcão entram natambém não é menos verdade que em cinco jogos, sofrer ou-tras tantas derrotas, é difícil de digerir. Nos jogos com a Polónia foram cometidos e que, entre outras evidências, levaram à exclusão de no- europeus de segundo plano. s jogadores, portugueses ou sul- V classe dos “desertores”, Djaló e Postiga na coluna dos “danose Grã-Bretanha, os adversários teoricamente mais acessíveis, aequipa de Mário Palma podia ter feito um pouco mais. mes sonantes das listas da UEFA. o meio das deambulações do O americanos, querem atuar por opção nos clubes europeus e ape- colaterais”, os granadinos da Luz mera carne para canhão. Mas a vida ANA PAULA MARQUES, redatora N mercado, o comportamento da Seleção de Sub-20 no respetivo nas veem os principais clubes nacionais como plataformas de lançamento des- continua e com mais uns sonhos para realizar, já em Janeiro. Escrevem nesta página: Ricardo Costa (domingo), António Oliveira (2.ª), João Querido Manha (3.ª), João Gobern (4.ª), Rui Santos (5.ª), Jorge Gabriel (6.ª) e colunistas Record (sábado). Ao integrar o “grupo da morte”, Portu- Os artigos de opinião são da exclusiva responsabilidade dos seus autores gal apanhou três candidatos ao título (Espanha, Lituânia e Turquia), dema- siado fortes para se colocar sequer a hipótese de discutir o resultado – é LAPIDAR (frases que fizeram história)que no basquetebol não é possível colocar o autocarro à frentedo cesto... Restavam Polónia e Grã-Bretanha, teoricamente su- “ Não imaginava ser possível2011) ao 5.º lugar. (Nelson Évora, chegar “ Jogadores ficam sensíveis a propostas que surgem daqui e de acolá, atéperiores mas acessíveis. No primeiro caso, a vitória esteve per- da imprensa (Vítor Pereira, 2011)to. No segundo, discutiu-se o resultado. Fracasso? Não! Os portugueses tinham mais confiança, imaginavam até As propostas da imprensa normalmente não cobrem JOAQUIM NASCIMENTO, editor vê-lo no pódio, apesar dos problemas físicos do último ano as cláusulas de rescisão – o problema é esse
  2. 2. TERÇA-FEIRA 6 DE SETEMBRO DE 2011 Em cima da hora x 03 Página editada por: José Carlos FreitasSPORTING Ô PRESIDENTE DEIXA ALERTA AOS JOGADORES EXIGINDO-LHES GARRA DE INÍCIO AO FIMGodinho quer mais Contador 360 197 105empenho da equipa 58 630 309 306 15 450 24 356 70 ANTÓNIO ADÃO FARIAS A mensagem de Godinho cios acrescenta uma exigência torna a pedir compreensãon Garra e atitude até ao últi- enaltece a garra dos atletas do futsal na defesa do emblema, aos jogadores do plantel de Domingos Paciência. “Espero Duras críticas aos sócios e adeptos, mas não deixa de responsabilizar os jo-mo minuto de cada jogo, é oque Godinho Lopes pretende ao mesmo tempo que contem- pla um alerta aos profissionais ver, até ao último minuto, cada jogador deixar tudo em a quem tem gadores para a missão de ar- repiar caminho e inverter o 3 perguntas a...ver nos próximos compromis-sos da equipa profissional do futebol, a quem exigiu “garra” de início ao fim em to- campo! Precisamos de ganhar para retribuirmos todo o or- feito oposição perigoso rumo. “Reconstruir um grupo de trabalho, e toda Almeida Antunes*de futebol. dos os jogos, começando já gulho e determinação dos • Na mesma mensagem uma equipa, só é possível com O presidente dos pelo próximo, em Paços de sportinguistas por onde pas- em que promete tudo a compreensão e o apoio deleões aproveitou a ha- Ferreira, onde o Spor- samos!”, alerta o presidente, fazer na defesa dos só- todos, mas também se cons-bitual comunicação ting tentará, à quarta de 58 anos, numa mensagem cios , Godinho Lopes trói com vitórias”, lembra.semanal aos sócios jornada, conquistar a clara dirigida ao plantel verde exige que a equipa dêdo Sporting – vul- primeira vitória na Liga. e branco. tudo em campo. A mis-go newsletter – para “Quero que esta memória siva do presidente tinha, “ Esperominuto cada último ver até aoelogiar o comporta-mento da equipa de garra nos persiga duran- te toda esta época, nas di- Compreensão. À imagem do que tem feito, o dirigen- por isso, vários destina- tários. E nem a oposi- jogador deixar tudo «Atingir cedode... futsal dos ver-des e brancos, a versas modalidades! Des- de o judo, símbolo de te máximo dos leões voltou a mos- ção se livrou. “Os detra- tores, que se devem or- em campo os 30 pontos»qual pode até ter um ecletismo orga- trar-se tole- gulhar todos os dias em Tudo pelos sócios. Tendo 1sido derrotada nizado e vitorioso, rante para dizer mal, até do clube consciência de que a reapro- Como encara a liderança dana Supertaça ao futebol!”, pede com o mau de que julgam gostar, ximação entre sócios e clube Segunda Liga pelo Atlético?diante do eter- Godinho Lopes início de tem- que se vejam ao espe- foi uma das metas que o fez – Muito bem! Veio aumentarno rival Benfica, que, na mesma porada. Go- lho e sintam a vergonha lançar-se na campanha eleito- as expectativas que temos emmas não deixou, missiva aos só- dinho Lopes do que dizem e escre- ral, Godinho frisou que tudo relação à prestação da equi-na opinião do di- vem”, declarou o líder, fará em prol da satisfação da- pa. O conjunto tem valor erigente, de tornar numa crítica velada a dos filiados. “A minha vonta- pode entrar sempre para dis-a dar “uma lição quem se tem de- de e determinação em servir cutir a vitória.de como se serve monstrado desfa- os verdadeiros amantes doo clube”. vorável ao traba- nosso clube será inabalável, 2 O líder dos ver- lho da atual pois tudo merecem!”, prome- Ainda assim qual é o objeti-des e brancos pediu direção. te o presidente, que recordou vo para a temporada?que o exemplo deixado que voltará disponibilizar-se – O primeiro objetivo é atingir-em campo pelos comanda- para mais uma sessão de es- mos o mais cedo possível os 30dos de Orlando Duarte fos- clarecimento: “Quinta-feira, pontos. Depois logo vemos sese transversal a todas as ou- INCISIVO. no Auditório Artur Agosti- podemos ir mais além. Temostras equipas do clube, das Líder vincou nho, lá estarei para partilhar o um treinador (João de Deus) queamadoras às desempenho do trabalho que temos desenvol- está a desenvolver um trabalhoprofissionais. futsal do clube vido. Até lá!” espetacular com estes jovens. 3 E para quando os jogos do campeonato na Tapadinha? – Sexta-feira vamos a uma reu- MIGUEL BARREIRA nião na Câmara de Lisboa. Espe- ramos trazer boas notícias, ape- sar de sabermos que as coisas não são fáceis. Mas é na Tapadi-CARLOS XAVIER DÁ JUNIORES DE SÁ PINTO COMO EXEMPLO FERNANDO MENDES COMPREENDE TOMADA DE POSIÇÃO nha que queremos jogar.«Ter atitude é obrigação «Quis dar um incentivo OFF THE RECORD *Presidente do Atléticode quem veste a camisola» em momento menos bom»n Carlos Xavier cresceu no é a obrigação de quem tem o n “Godinho Lopes quis fazer blica”, acrescenta o antigo la-Sporting e de lá saiu para re- privilégio de vestir a camiso- passar palavras de incentivo aos teral-esquerdo, que repre- De: Cerebrumpresentar os espanhóis da Real la do Sporting”, considera jogadores, num momento me- sentou o clube enquanto Para: Keirrisson «Tomas umaSociedad, antes de regressar a aquele que, aos 49 anos, foi nos bom de uma equipa que jogador e como treinador. ampola a seguirPortugal para terminar a car- eleito o melhor lateral-direi- ainda se está a cimentar.” A con- Fernando Mendes, hoje MIGUEL BARREIRA às refeições ereira no clube do coração. to da história do clube, numa sideração é de Fernando Men- com 74 anos, vê com na- DAVID SANTOS irás lembrar-te Com a autoridade de quem votação do site leonino. des, velha glória da centenária turalidade a mensagem de melhor daspassou 12 anos na principal Godinho alertou para o história leonina, que, questiona- Godinho. “São palavras de coisas»equipa leonina, confessa a Re- exemplo da equipa de do por Record revelou com- Record, incentivo de quemcord concordar com Godinho futsal, mas, segundo preender perfeitamente o con- sabe das grandes Ficção de Alcómicos AnónimosLopes, embora sublinhe que Xavier, nem preci- teúdo das palavras do presiden- dificuldades deos jogadores nem sequer de- sava de ir tão lon- te dos verdes e brancos. se criar umaviam dar margem para serem ge: “Basta ver os “A atitude de Godinho Lo- equipa nova echamados à atenção. “Não de- juniores do Sá Pin- pes visa elevar o moral dos jo- de se obter re-via ser preciso ser o nosso pre- to, um verdadeiro gadores. Não mais do que isso. sultados rapi-sidente a pedir garra e empe- exemplo de garra Pretende incentivar o grupo da m en te ” ,nho aos jogadores porque essa em atitude.” através de uma mensagem pú- conclui.
  3. 3. 04 x Em cima da hora TERÇA-FEIRA 6 DE SETEMBRO DE 2011 Página editada por: Paulo Quental LIGA ZON SAGRES Ô CAMPEONATO NUNCA TEVE TANTOS ESPANHÓIS ERAM 5 DO PAÍS VIZINHO CURIOSIDADES O “Deportivo” Javi García abriu de Chaves 97/98 n A proximidade da fronteira le- vou o Desportivo de Chaves a O defesa-central Aparicio tinha já 33 anos quando trocou o Vicente Calderón pelo Bessa mas as portas à invasão apostar no mercado espanhol na ainda jogou duas épocas (de última década do século passado 1952 a 1954) no Boavista, isto e na época 97/98 a língua caste- depois de 13 anos no At. Madrid lhana era quase oficial no balneá- rio. Esse plantel contava com o de- fesa Raúl, os médios Dani Diaz e Outros dois jogadores trocaram MIGUEL AMARO mais frequente. A Javi García junta- lade foi também pioneiro na contra- Toniño, e os avançados Matute e os colchoneros pelo Boavista. O ram-se Nolito (ex-Barcelona B) e tação de espanhóis quando contou, Miner. Além destes, o Chaves tinha extremo Cesar Atienza (3 jogos n Nunca a Liga portuguesa teve tan- Capdevila (ex-Villarreal), lateral vete- na época 44/45 com Mosquera (2 jo- ainda outros três jogadores que ha- tos jogadores espanhóis. Os nues- rano com título de campeão europeu gos e 1 golo na 1.ª Divisão). viam atuado na Liga do país vizi- em 99/2000) e o médio De la tros hermanos, habituados a impor- e mundial no currículo. Regressou Clube sem tradição de contratar no nho: o médio bósnio Milinkovic e Sagra (zero jogos em 97/98) tar os craques lusos, começam tam- também o jovem avançado Rodrigo, outro lado da fronteira é o FC Porto. os avançados romenos Sabou e bém a exportar profissionais do fu- Em toda a história só há um registo: Cuc. A época não foi famosa: o “De- Quando o Celta de Vigo desceu à tebol para o lado de cá da fronteira Nolito, Capdevila, Dieste, na época 54/55. O avançado, portivo” desceu à 2.ª Divisão. 2.ª Divisão (79/80) o médio- e o campeonato de 2011/12 conta nascido em Nória, jogou de azul e com oito [ver quadro]. Rodrigo, Jeffren, branco apenas um ano e não marcou centro Iglésias aventurou-se no Segundo os dados da Real Federa- Capel, Mérida e Balboa nenhum golo nas 12 partidas. CATALÃO INTERNACIONAL outro lado da fronteira. Jogou no ção Espanhola, nos últimos anos ali- nhavam entre dois e cinco jogado- completam o lote E os outros. O Sp. Braga foi o último Paco Fortes Sp. Braga e cumpriu uma boa temporada (29 jogos/5 golos) res no campeonato português e, normalmente, em clubes que depois de uma épo- clube a contratar um espanhol esta época. Trata-se do médio de ataque conquistou Faro não lutavam pelo título, salvo ra- ca cedido ao Bolton. Fran Mérida (ex-Atlético Madrid). Os n Já estava com 29 anos quando Em 1986/87, O Elvas contratou ao ras exceções. Agora o cenário é O Sporting também minhotos também tinham um espa- chegou a Portugal mas não veio Albacete o avançado Carrasco, diferente. A transferência, na apostou no mercado espa- nhol no plantel de 2010/11, Collado, para se reformar. Paco Fortes apa- época 2009/10, de Javi Gar- nhol com a chegada de dois ho- mas o jovem avançado regressou este receu no Farense (84/85) depois conhecido apenas por ser irmão cía do Real Madrid para o mens para o ataque, ambos com ano ao seu país. de muitos anos a atuar na 1.ª Liga do então craque, com o mesmo Benfica começou a trans- nome no país vizinho, como são E falta falar do oitavo espanhol da espanhola e em clubes como Bar- nome, do Barcelona. Na época formar esse mercado e Jeffren (ex-Barcelona) e Primeira Liga: Balboa. O extremo, celona, no qual se formou, Mála- seguinte ainda jogou no Rio Ave agora também o Diego Capel (ex-Sevilha). contratado pelo Benfica em 2008/09, ga, Espanyol e Valladolid. Interna- Sporting contratou a Os leões até não foram fez apenas 10 jogos pelos encarnados cional, acabou a carreira aos 34 clubes grandes de felizes em casos anterio- (nunca como titular) e desde então anos e passou a treinador dos al- Canito chegou ao Restelo com Espanha, como o res, como nos casos de foi emprestado a emblemas do segun- garvios, cargo que ocupou duran- currículo (Barcelona, Espanyol, Barcelona e o Se- Koke, Angulo e Zapater, do escalão espanhol. Agora foi cedi- te 11 temporadas, levando o Fa- Betis e Saragoça) mas já tinha 29 vilha. mas tiveram dois cam- do ao Beira-Mar, no qual espera mos- rense à final da Taça de A Luz con- peões nacionais em trar as qualidades que convenceram Portugal e a uma im- anos e, apesar de uma boa época tinua a ser o 99/2000: Robaina e as águias a pagar 4 milhões de eu- pensável participação nos azuis, no final de 85/86 destino Toñito. O clube de Alva- ros pelo seu passe. na Taça UEFA. regressou a Espanha PELO MÉDIO TOÑITO O guardião Bastón passou pelo Chaves (94/95) mas é apenas Guerra entre recordado por um momento ESPANHÓIS NOS GRANDES leões e dragões caricato: tentou fintar o sportinguista Iordanov, perdeu a BENFICA (10) SPORTING (8) n Chegou a Setúbal com 20 anos, ÉPOCA JOGADOR POSIÇÃO ÉPOCA JOGADOR POSIÇÃO vindo do Tenerife B, e era um des- bola e sofreu golo 99/2000 Chano Médio 1944/45 Mosquera Avançado conhecido até no seu país mas nas 99/2000 Tote Avançado 99/2000 Toñito Médio duas épocas seguintes foi um dos O médio basco Toniño deixou 2000/01 Marchena Defesa 99/2000 Robaina Avançado melhores do Vitória e no verão de 1999 noticiou-se o interesse do FC saudades em Chaves pela 2008/09 Reyes Avançado 2005/06 Koke Avançado CRAQUE. 2008/09 Balboa Médio 2009/10 Angulo Médio Porto. O Sporting entrou na cor- potência do seu remate. Esteve 4 Médio veio 2009/10* Javi García Médio 2010/11 Zapater Médio rida pelo médio e estalou mais épocas nos flavienses e outra em do Real 2010/11 Roberto Guarda-redes 2011/12* Diego Capel Avançado uma “guerra” entre dragões e Guimarães. No total foram 123 Madrid 2011/12* Nolito Avançado 2011/12* Jeffren Avançado leões. Toñito acabou em Alvalade na época 2011/12* Capdevila Defesa e foi campeão logo no primeiro jogos e 14 golos na Liga FC PORTO (1) de 2009/10 2011/12* Rodrigo Avançado 1954/55 Dieste Avançado ano. Jogou ainda no Santa Clara,PAULO CALADO (*) Jogadores em ação na presente época, aos quais se juntam Balboa (Beira-Mar) Boavista e U. Leiria. Na 1.ª Liga Carlos Alvarez, médio formado no e Fran Mérida (Sp. Braga). somou 206 jogos e 24 golos. Celta, passou 6 anos em Portugal (Chaves, V. Guimarães e ALFREDO DI STEFANO ORIENTOU O SPORTING APENAS UMA JORNADA EM 1974/75 Nacional) e deixou boa imagem. Treinadores só conquistam Taças Viria a falecer num acidente doméstico, tinha 35 anos n Quando os clubes grandes contra- por grandes penalidades ao Sporting tos (Sp. Braga e Leixões), Alberto Pa- O guarda-redes Belman foi tam um treinador o primeiro objetivo (a celebre “mão” de Pedro Silva). zos (Sp. Braga, Farense e Marítimo) titularíssimo na subida do é o de conquistar o título de campeão. Mas essa pequena conquista não lhe e José António Barrios (V. Setúbal), Nacional à 1.ª Liga, em 2001/02, Nesse sentido a aposta em espanhóis valeu a renovação do contrato. além de Paco Fortes [ver caixa]. tem sido um fracasso. Na última dé- Também traumatizante foi a pas- A passagem mais curiosa de um mas nas 6 temporadas seguintes cada, o Benfica apostou três vezes em sagem de Vitor Fernandez pelo Dra- treinador espanhol pelo futebol por- fez apenas 8 jogos na 1.ª Liga técnicos do país vizinho e nunca ga- gão. O treinador espanhol até come- tuguês aconteceu na época 74/75. nhou a Liga. José Antonio Camacho çou a época 2004/05, com a conquis- Alfredo di Stéfano, nascido na Ar- O avançado Catanha marcou 5 ainda venceu uma Taça de Portugal, ta da Supertaça de Portugal (1-0 ao gentina mas cidadão espanhol, hoje 2-1 ao FC Porto de José Mourinho, Benfica) e a Taça Intercontinental (0- presidente honorário do Real Ma- golos pelo Belenenses em 95/96, em 2003/04, mas nem na segunda 0 e 8-7 nos penáltis, frente ao Once drid, foi contratado para orientar o quando ainda era brasileiro. passagem pela Luz foi mais feliz. Caldas). Na Liga aguentou até à 19.ª Sporting. A pré-época correu mal e Depois mudou-se para Espanha, Quique Flores fica na história das jornada, mas quando perdeu em casa uma derrota na 1.ª jornada, frente ao naturalizou-se e chegou à JOSÉ MOREIRA águias como responsável pela con- (1-3) com o Sp. Braga foi despedido. Olhanense levou o clube a dispensá- quista da primeira Taça da Liga do Outros técnicos com passagens lo pois Don Alfredo ainda nem se- seleção roja. Em 2004/05 voltou clube (08/09), ganha no desempate por Portugal: Fernando Castro San- quer tinha assinado o contrato... Fernández celebrou duas vezes ao Restelo, mas sem êxito
  4. 4. TERÇA-FEIRA 6 DE SETEMBRO DE 2011 Em cima da hora x 05 Página editada por: João Lopes EURO’2012 Ô NORUEGUESES ACUSAM DINAMARQUESES DE ARROGÂNCIA GRUPO H Guerra de palavras Jogos disputados Islândia 1-2 Noruega Lá fora PORTUGAL Dinamarca 4-4 1-0 Chipre Islândia Noruega 1-0 PORTUGALNegócio de Neymar para o Chipre 1-2 NoruegaBarcelona, Diogo Salomão PORTUGAL 3-1 Dinamarca a anteceder decisãona derrota do Deportivo da Dinamarca 2-0 ChipreCorunha e a festa do jogo Islândia 1-3 PORTUGAL Chipre 0-0 Islândia1000 de Rogério Ceni são al- Noruega 1-1 Dinamarcaguns dos assuntos que trata Islândia 0-2 Dinamarcaa imprensa internacional. PORTUGAL 1-0 Noruega Noruega 1-0 Islândia Chipre 0-4 PORTUGAL Classificação P J V E D GM/GS 1.º PORTUGAL 13 6 4 1 1 15-7 2.º Noruega 13 6 4 1 1 7-4 3.º Dinamarca 10 5 3 1 1 7-4 4.º Chipre 2 5 0 2 3 5-12 5.º Islândia 1 6 0 1 5 2-9 Jogos por disputar Dinamarca 19.15 Noruega JOSÉ ANGÉLICO Islândia 19.45 Chipre PORTUGAL 07/10 Islândia n Na véspera do importante encon- Chipre 07/10 Dinamarca tro em Copenhaga, a imprensa no- Noruega 11/10 Chipre rueguesa considerou arrogantes os Dinamarca 11/10 PORTUGAL rivais dinamarqueses, mas o técni- Nota: Os vencedores dos 9 grupos de qualificação, assim co Morten Olsen não se mostrou como o segundo classificado com melhor registo ante os cin- NEYMAR E O BARCELONA muito preocupado com isso. “Nós co primeiros do seu grupo, apuram-se diretamente para o Euro’2012. Os oito restantes segundos classificados dispu-“Pacto por Neymar” é o acreditamos que podemos ganhar tam um playoff a duas mãos, com os quatro vencedores aque se pode ler na capa do os jogos e se isso é o que eles cha- juntarem-se à Ucrânia e à Polónia, países organizadores“MundoDeportivo”, que faz mam arrogância, provavelmentereferência às notícias avan- não estão inteiramente errados. Às FORÇA. Morten Olsençadas pela imprensa brasi- vezes é necessário ser arrogante parece disposto aleira que colocam o inter- para vencer”, afirmou ontem o sele- carregar dinamarquesesnacional canarinho no Bar- cionador dinamarquês, de 62 anos. até à fase final docelona, em 2013, a troco Morten Olsen esteve presente nos Campeonato da Europade 60 milhões de euros. cinco anteriores jogos oficiais entre as duas equipas, não sofrendo qualquer “Provavelmente não [ O QUE PODE ACONTECER ] estão inteiramente Se a Dinamarca ganhar: errados”, admitiu ç Portugal precisa de vencer a Islândia e empatar na Dina- o técnico Morten Olsen marca (caso esta ganhe tam- bém ao Chipre) para garantir derrota: na qualificação para o Mun- o apuramento dial’86 como jogador (vitórias por 1- ç Portugal assegura pelo me- REUTERS 0 e 5-1); depois como treinador no nos o playoff se bater a Islân- apuramento para o Euro’2004 (triun- dia e mantiver melhor dife- fo por 1-0 e empate a dois golos) e no suas virtudes e fraquezas, especial- rença de golos do que a No- encontro da 1.ª volta, em março (1- mente destas últimas”, ironizou Mor- VETERANO EGIL OLSEN SEM DÚVIDAS ruega, mesmo que esta ga- SALOMÃO DESILUDIDO 1). De qualquer forma, Olsen frisa que, apesar os seus jogadores acredi- ten Olsen, referindo-se a eventuais de- bilidades defensivas. Aliás, a Norue- «Eles são favoritos nhe ao ChipreO jornal “DeporSport” abrea sua edição com um gran- tarem neles próprios, será preciso manter respeito pelos vizinhos norue- ga sofreu golos nas visitas a Portugal, Chipre e Islândia e espera que o ce- e jogar em casa Se a Noruega ganhar: ç Os noruegueses garantem,de plano do extremo portu-guês Diogo Salomão, com gueses e, por isso, conta com o apoio dos adeptos – são esperados hoje qua- nário se repita em Copenhaga. significa muito» no mínimo, um lugar no playoffum ar desiludido, fruto da se 40 mil espectadores no Parken Sta- Agger confiante. Na ausência de n A Noruega visita Copenhaga em me- ç Caso a Noruega tambémderrota caseira do Deporti- dion – para fazer a diferença. Christian Poulsen, Daniel Agger é o lhor posição do que os rivais e um empa- vença o Chipre, Portugal terávo da Corunha frente ao As dúvidas em volta da recupera- novo capitão dinamarquês e também te seria certamente um resultado que de bater Islândia e Dinamar-Hércules, por 1-0. ção de John Arne Riise na seleção no- demonstrou grande confiança. “Esta- agradaria a Egil Olsen. O veterano sele- ca, além de manter a melhor rueguesa também mereceu reparos. mos bem preparados e o jogo na No- cionador norueguês, de 69 anos, não tem diferença de golos para ter- O técnico dinamarquês disse não es- ruega ajudou-nos ainda mais porque dúvidas. “Vamos defrontar um adversá- minar em 1.º lugar tar preocupado com a utilização ou muitos dos nossos jogadores nunca os rio forte fora de casa. A Dinamarca é fa- ç Dinamarca falha apuramen- não do lateral-esquerdo mas mostrou- tinham defrontado. Agora já o fize- vorita e jogar em casa significa muito”, to direto e mesmo vencendo se convencido de que o jogador do ram”, frisou o defesa, de 26 anos, cien- salientou o técnico, que já sabe o que é os dois últimos jogos só fica- Fulham foi poupado frente à Islândia te de que a Dinamarca precisa de ven- ganhar na capital dinamarquesa, pois fê- rá à frente de Portugal se a e que está apto a ser titular hoje. “Mas cer para continuar a depender de si lo em 1998, na sua primeira passagem Seleção Nacional não ga- estamos perfeitamente cientes das própria na luta pelo apuramento. pelo comando da Noruega, e por 2-0. nhar à Islândia ou perder na Para o embate de hoje, Olsen já deve- Dinamarca por 2-0 ou mais rá contar com John Arne Riise, que on- de 3 golos DINAMARCA NORUEGA tem garantia estar apto. “Penso que es- tou pronto. Estive muito bem no treino”, Se Dinamarca e Noruega 19.15 referiu o esquerdino, que respondeu tam- empatarem: Jacobsen bém a Morten Olsen e à imprensa dina- ç Uma vitória sobre a Islândia Sorensen Jarstein Riise Kjaer Hangeland marquesa que fez questão de lembrar o e um empate na Dinamarca CENI NA FESTA DOS MIL Poulsen Agger Hogli Tettey Grindheim seu envolvimento em três dos quatro go- chegam para dar o apura- Rommedahl Boilesen Ruud los sofridos pela Noruega na qualifica- mento a Portugal, caso man-“Quero ser líder. É assim ” Eriksen Kvist Estádio Hauger ção. “O que Morten Olsen acredita não tenha melhor diferença deque o guardião brasileiro Parken, em Copenhaga Parr me interessa nada. É uma jogada tática golos do que a NoruegaRogério Ceni lança o en- Bendtner Árbitro Carew dele, pode dizer o que quiser”, frisou. ç Caso a Dinamarca vençacontro da próxima jornada Krohn-Dehli Stéphane Lannoy Huseklepp (França) Em forma está também o gigante John os dois jogos finaisfrente ao Atlético Mineiro, Carew, que diz ter perdido 4 kg desde o e a Noruega ganhe aono qual o veterano de 38 jogo com Portugal, em junho, pesando Chipre, Portugal fica afasta- Treinador: Treinador:anos fará a festa do jogo Morten Olsen Egil Olsen agora 102 kg, o mesmo que em 2001, do do Europeu1.000 da sua carreira. 4x2x3x1 4x3x3 quando esteve na final da Champions.

×