Uploaded on

Apresentação da metodologia/histórico do Processo de Paty do Alferes …

Apresentação da metodologia/histórico do Processo de Paty do Alferes
Instituto Terra - Prefeitura de Paty - MMA - Foru da Agenda 21 de Paty do Alferes

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
1,014
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
16
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Construíndo a Agenda 21 Local de Paty do Alferes Da Cidade Sustentável
  • 2. ÁGUA Porta de Entrada da Agenda 21 Local em Paty Nada Funciona Sem Planejamento Integrado Uma Coisa Leva a Outra e Tem Relação Com o Todo Não Dá Para Fazer Tudo ao Mesmo Tempo Fazer Juntos em Grupos de Trabalho ou por Entidade Integrada Estar Sempre Informado Sobre o Que está Acontecendo Na Agenda 21 Local Comemorar as Vitórias de Todos Questão Chave em Paty Participação
  • 3. Histórico da 2001/2003 Passo 1 - Mobilização e Educação
  • 4. 2003/2004 Passo 2 - Estruturação do PATY 21 Histórico da
  • 5. 2004 Passo 3 - Diagnóstico Emergencial das Entidades do Forum Paty 21 DEFINIÇÃO DE EIXOS TEMÁTICOS E GRUPOS DE TRABALHO PREPARAÇÃO DO PROJETO DO FNMA Histórico da
  • 6. 2005/2006 Passo 4 - Projeto Para Financiamento Diagnósticos Participativos e Plano de Desenvolvimento Sustentável Participativo de Paty do Alferes MMA/FNMA
  • 7. Financiador – Fundo Nacional de Meio Ambiente (FNMA) Entidade Proponente – Instituto Terra de Preservação Ambiental Entidades Parceiras (com contrapartida) – Prefeitura Municipal de Paty do Alferes, através da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente e Divisão de Meio Ambiente; Balcão SEBRAE de Paty do Alferes e IBAMA RJ. Entidades Parceiras (sem contrapartida) - Entidades integrantes do Fórum da Agenda 21 Local. Valor do Projeto R$ 174.455,00 Paty do Alferes - 2004/2006 - FASE 2 Programa Demonstrativo Ciranda Valor da Contrapartida R$ 48.000,00
  • 8. Objetivo, Metas e Produtos Esperados Construir a Agenda 21 Local do município de Paty do Alferes, por meio de uma Metodologia Participativa, que una a sociedade civil e o poder público na discussão de políticas públicas descentralizadoras, e que produza um plano de ação para o desenvolvimento sustentável. Marco Zero 1. Formação da equipe de trabalho; 2. Formação da equipe de voluntários (rede de acadêmicos e estudiosos); 3. Definição de diretrizes; 4. Levantamento de dados mínimos; 5. Cronograma Detalhado; 6. Questões operacionais.
  • 9. Organizando os Passos da Ciranda Meta I Duração: 6 meses - JANEIRO 2005/JUNHO 2005 Sistematização de Informações sobre condições sócio-ambientais do município A) Mapeamento das miocrobacias e início da construção de banco de dados georreferenciado incluíndo dados sobre riscos ambientais para a população; B) Construção de indicadores de saúde ambiental; C) Panorama sócio-ambiental do município. D) Organização da CASA DA AGENDA 21 E) Reestruturação e fortalecimento dos Grupos de Trabalho da Agenda F) Integração com o Projeto Existentes (Plano de Estruturação da APA Palmares, Conselho em Gestor, DRP, Fortalecimento e Criação de Instituições no interior APA e Projeto de Escola Agroecológica.
  • 10. Cenários da Cidade Sustentável Meta II Duração: 8 meses - JUNHO 2005/JANEIRO 2006 Realização das Oficinas de DRP nas Microbacias - Planejamento Estratégico Participativo A) Realização de um encontro por microbacia - DRP com entidades e sociedade organizada B) Realização de um encontro final para homologar as propostas sistematizadas
  • 11. Visão Ecossistêmica para uma Construção Participativa
  • 12. Físicos Biológicos Antrópicos Realidade = Ambiente Diverso Realidade – Manifestação da Interação de Múltiplos Parâmetros Ecossistema
  • 13. A Diversidade na Escala Local PORTANTO: COMO PLANEJAR?
  • 14. Entrada Energia Nutrientes Investimentos Água Saída Funções Componentes Produtos e Sub-produtos Sistema Ambiental Limites Relações Teoria de Sistemas – Uma Abordagem para as AG21: ECOSSISTEMA
  • 15. Bacia Hidrográfica: “ Sistema ambiental, delimitado por divisores topográficos e, constituído por terras drenadas por um curso d’água e seus afluentes, onde os atributos ambientais interagem e podem ser mais facilmente interpretados”. Base do Planejamento: “ Unidade de estudo da interação entre a rede de drenagem de um rio e as populações locais, envolvendo o uso de seus atributos e os impactos das atividades humanas para os usos múltiplos atuais e futuros do ambiente” (Lei 9.433/97).
  • 16. E por que a bacia hidrográfica? 1) Orientações Legais: 2) Referencial Espacial para Atores Locais 3) Visão Holística e Integradora: Usos X Condições Sócio-Ambientais
    • Leis nº 6.938/81(PNMA)
    • Lei nº 9.433/97 (PNRH)
    • Resolução CONAMA 001/86
  • 17. Meta I: Sistematização de Informações O Planejamento Sistêmico da Agenda 21
  • 18. Áreas Homogêneas para o Planejamento:
  • 19.  
  • 20. Meta II: Diagnóstico Ambiental Participativo: Traçar um perfil contextualizado da realidade sócio-ambiental municipal
    • Identificar as instituições representativas
    • Identificar demandas e potencialidades locais
    • Reconhecer feições e modos de produção locais
    • Perceber os processos de valorização e representação local do ambiente
    Entrevista Semi- Estruturada Encontros Comunitários Agendas 21 Parceiros Locais Lideranças Comunidade Associações Entidades Representativas Escolas Portadores de Deficiência Profissionais de Turismo
  • 21. Entrevistas : Presidentes Mapeamento Institucional 1) Lideranças:
  • 22. Nome: AMA Palmares Presidente: Valdemir de Carvalho Tempo de Existência: 20 anos Nº de Associados: 190 Nome: AMA UNI Bairros Tempo de Existência: 12 anos Nome: AMA Granja Presidente: Gisete da Silva Nº de Associados: 60 Nº de Associados: 70 Presidente: Sérgio Murilo Rosa Tempo de Existência: 10 anos
  • 23. 2) Comunidade Equipe Fixa – Barraca da Agenda 21
  • 24. Entrevistadores Comunidade
  • 25. Agenda 21 dos Parceiros Locais: A) Escolas B) Deficientes Físicos B) Profissionais de Turismo Iº Fórum Municipal de Turismo
  • 26. Encontros Comunitários:
  • 27. APA Palmares – Sub-bacia Ubá 2: Encontro de Jovens Encontro de Homens e Mulheres
  • 28. Sub-bacias da Maravilha e Coqueiros e Rio Pardo :
  • 29. Sub-bacia Ubá 7 e 8 : Horizonte, Guaribu, Saudade,Antônio Joaquim, Santa Rosa, Antas, Boa União, Cachoeirinha, Almites,Pindobas, Guache e Colônia Vila Rica
  • 30. Meta I: Sistematização de Informações Meta II: Diagnóstico Participativo Base de Dados Participativa
  • 31. Mapeamentos e Aviações Técnicas: Uso e Ocupação Características Ambientais
  • 32. Avaliações e Proposições Participativas:
  • 33. 109,753/ano 278,81/ano 58,973/ano Indicadores
  • 34. Meta I Sistematização de Informações Base de Dados Participativa Meta II Diagnóstico Participativo
    • Percepção para articulação em diversas escalas
    • Complexidade das situações agrárias
    • Diversidade do meio
    • Percepção da realidade pelos atores
    Saber Científico Saber Popular
  • 35. Cenários & Discussões: Análises Ambientais
    • Riscos
    • Potenciais
    • Áreas Críticas
    Metas e proposições para ações, a curto, médio e longo prazo, mais efetivas quanto à busca de um desenvolvimento sustentável para garantirmos a perpetuação do bem de uso comum que é o meio ambiente. Meta III: Plano Estratégico da Agenda 21
  • 36. Meta III (6 meses): Girando a Ciranda Documento da Agenda 21- contendo: 1. Sumário Executivo; 2. Metodologia geral da elaboração da Agenda 21; 3. Descrição das atividades realizadas e resultados alcançados; 4. Descrição de visão estratégica da comunidade, incluindo uma declaração conjunta sobre os cenários de futuro desejável construídos ao longo do processo; 5. Apresentação dos objetivos-chave, das potencialidades e vulnerabilidades; 6. Apresentação das metas específicas a serem atingidas; 7. Apresentação das ações concretas e específicas para atingir as metas e, por conseguinte, os objetivos; 8. Estratégia de implementação de ações, incluindo vínculos com o processo de planejamento existente e descrevendo as associações entre os diferentes setores sociais; 9. Critérios para revisão do processo e dos pactos firmados de forma periódica; 10. Indicadores para o acompanhamento futuro da implementação da Agenda 21 Local; 11. Planejamento de ações de Atenção Primária Ambiental e proposta de intervenção para minimizar e/ou cessar os riscos encontrados na etapa do diagnóstico.
  • 37. Sistema de Informações Participativo
  • 38. Rio de Janeiro - Centro Sul - Vale do Ciclo do Café Bacias Hidrográficas do Paraiba do Sul e Guandu Corredor de Biodiversidade Tingua - Bocaina Impactos Positivos Agenda 21 Regional Unidade Demonstrativa Paty do Alferes
  • 39. Programas Demonstrativos Integrados da Agenda 21 Local Paty Agenda 21 da APA Palmares PDA/MMA Agenda 21 nas Escolas Sala Verde Água é Vida - Preserve E Agenda das Escolas Estaduais Coletivos Educadores FNMA - MEC - MMA Agenda 21 da Agricultura Desenvolvimento Rural Sustentável - Agroecologia GEOR SEBRAE Ministério do Meio Ambiente - FNMA Indicadores de Desenvolvimento Sustentável - Saúde -Banco de dados georreferenciado Cenários Futuros da Comunidade Plano Estratégico Participativo Agenda 21 e Plano Diretor Banco de Dados da Agenda 21 Zoneamento Ecológico Econômico Conferência da Cidade Desenvolvimento Urbano Sustentável Agenda 21 Portadores de Deficiência I Conferência Olhar Paty Minc Agenda 21 Regional Corredor Tingua Bocaina 9 Municípios PDA Mata Atlântica Agenda 21 Programa Ação Social Agentes Jovens Agenda 21 Programa PSF e DST Gravidez na Adolescência Agentes de Saúde