Goethe-Institut Portugal
           Projecto Realidades Virtuais


           Integração das TIC nas
           Línguas Es...
Integração das TIC nas Línguas Estrangeiras




fernando albuquerque costa | instituto de educação | universidade de lisbo...
Situação actual

                          ‒      O professores usam as TIC?
                                 Os    f
    ...
O que pensam os alunos?
               (Projecto PEDACTICE, 2001)


                 “confirmação do sucesso dos materiais...
Em síntese…

            Estamos hoje confrontados com mudanças
            a um nível nunca antes visto:
                ...
Novas formas de ensinar e aprender

               O computador para fazer coisas novas,
               aprender de maneir...
Benefícios da integração
              As tecnologias podem:
            ‒    Tornar a aprendizagem mais excitante e relev...
Que professor?



                          • Motivação                         • Porquê?                                •...
As TIC nas LEs

                   Premissas                                                            Mudanças
         ...
Algumas mudanças
            Na escrita                                                                           Valor de...
Algumas mudanças
            Na comunicação…




fernando albuquerque costa | instituto de educação | universidade de lisb...
Algumas mudanças

                          Aprendizagem                                                            Aprend...
Áreas de trabalho


                                                                 Produção

                           ...
Exemplos de ferramentas


         Informação
                                                                            ...
Exemplos de ferramentas

                                                         Em tempo real
         Comunicação
     ...
Ideias e “boas-práticas”
             http://aprender2.ning.com/




fernando albuquerque costa | instituto de educação | ...
Referências

                  Beetham, H., McGill L
                  Beetham H McGill, L. & Littlejohn, A. (2009)
      ...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Integração das TIC nas Línguas Estrangeiras: desafios à inovação curricular de Fernando Albuquerque Costa

1,900
-1

Published on

Published in: Education, Travel, Technology
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
1,900
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
68
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Integração das TIC nas Línguas Estrangeiras: desafios à inovação curricular de Fernando Albuquerque Costa

  1. 1. Goethe-Institut Portugal Projecto Realidades Virtuais Integração das TIC nas Línguas Estrangeiras: desafios à inovação curricular fernando albuquerque costa | fc@ie.ul.pt Lisboa Maio de 2010 fernando albuquerque costa | instituto de educação | universidade de lisboa | aprendercom.org/miragens Integração das TIC nas Línguas Estrangeiras Tópicos Visão para as TIC Situação As TIC actual nas LEs fernando albuquerque costa | instituto de educação | universidade de lisboa | aprendercom.org/miragens
  2. 2. Integração das TIC nas Línguas Estrangeiras fernando albuquerque costa | instituto de educação | universidade de lisboa | aprendercom.org/miragens Integração das TIC nas Línguas Estrangeiras “Detesto mudanças, em particular quando elas tornam as coisas melhor !” E.C. Werlauf, Historiador, 1781-1871 fernando albuquerque costa | instituto de educação | universidade de lisboa | aprendercom.org/miragens
  3. 3. Situação actual ‒ O professores usam as TIC? Os f ‒ Como são preparados para o fazer? ‒ Que equipamento existe nas Escolas? ‒ O que determina o Currículo oficial a este respeito? ‒ Que espaços de inovação e mudança aí existem? ‒ O que pensam os alunos? ‒ O que diz a investigação? fernando albuquerque costa | instituto de educação | universidade de lisboa | aprendercom.org/miragens O que diz o Currículo oficial? (Decreto-Lei n.º 6/2001 de 18 de Janeiro ) h) Valorização da diversidade de 2 - Constitui ainda formação metodologias e estratégias de transdisciplinar de carácter ensino e actividades de instrumental a utilização das aprendizagem, em particular tecnologias de informação e com recurso a tecnologias de comunicação, a qual deverá informação e comunicação, conduzir, no âmbito da visando favorecer o escolaridade obrigatória, a uma g desenvolvimento de certificação da aquisição das competências numa competências básicas neste perspectiva de formação ao domínio. (Art. 6º) longo da vida; (Art.3º) fernando albuquerque costa | instituto de educação | universidade de lisboa | aprendercom.org/miragens
  4. 4. O que pensam os alunos? (Projecto PEDACTICE, 2001) “confirmação do sucesso dos materiais multimédia tanto ao nível das atitudes, como em termos de experiência e domínio técnico.” “inesperada ênfase, sobretudo dos alunos do secundário, na utilização de materiais multimédia em trabalhos de índole escolar, escolar à frente de objectivos de recreio entre outros ” outros. “escassa mobilização da internet e de CD-ROM para tarefas de índole mais directamente criativa e de formação especializada que só o computador facilita.” fernando albuquerque costa | instituto de educação | universidade de lisboa | aprendercom.org/miragens O que diz a investigação? (Projecto IPETCCO, 2002 - estudo qualitativo) ‒ A tecnologia não é ainda um recurso integrado nas actividades de aprendizagem. ‒ Uso das TIC sem uma ligação clara a princípios de aprendizagem. ‒ Conhecimento sobre como usar os computadores mas não em classe, com os alunos. ã l l ‒ As TIC não mudaram significativamente as atitudes, papéis e modos de ensinar e aprender. fernando albuquerque costa | instituto de educação | universidade de lisboa | aprendercom.org/miragens
  5. 5. Em síntese… Estamos hoje confrontados com mudanças a um nível nunca antes visto: ‒ Novas realidades sociais ‒ Novas forma de trabalho ‒ Novas f N forma de acesso à i f d informação ã ‒ Novas competências dos cidadãos ‒ Uma nova cultura de aprendizagem? fernando albuquerque costa | instituto de educação | universidade de lisboa | aprendercom.org/miragens VISÃO O que é necessário para se ultrapassar o receio da mudança? • Desaprender a “velha cultura” • Ter uma VISÃO da “nova cultura” • Dispor de estruturas de suporte e apoio… fernando albuquerque costa | instituto de educação | universidade de lisboa | aprendercom.org/miragens
  6. 6. Novas formas de ensinar e aprender O computador para fazer coisas novas, aprender de maneira diferente… "Um computador ligado à internet em cada sala de aula é melhor do que nada, mas não é mais do que um mísero e pequeno passo em direcção à verdadeira mudança." (Papert, 1996, p. 216) fernando albuquerque costa | instituto de educação | universidade de lisboa | aprendercom.org/miragens Objectivos (+) ambiciosos Aprendizagem significativa…, aprendizagem autónoma autónoma…, aprender a aprender… “Nesta perspectiva de escola, não basta adquirir conhecimentos, é necessário compreender, dar sentido e saber usar o que se aprende, assim como q p , desenvolver o gosto por aprender e a autonomia no processo de aprendizagem.” (Reorganização Curricular, 2001) fernando albuquerque costa | instituto de educação | universidade de lisboa | aprendercom.org/miragens
  7. 7. Benefícios da integração As tecnologias podem: ‒ Tornar a aprendizagem mais excitante e relevante ‒ Permitir a individualização da aprendizagem ‒ Aumentar a interacção e encorajar a cooperação ‒ Desenvolver da capacidade de comunicação ‒ Implicar o uso de capacidades de nível elevado p p ‒ Encorajar o envolvimento activo do aluno na aprendizagem ‒ Permitir ultrapassar barreiras, no caso de deficiência ‒ Tornar possível a criação de pontes entre culturas fernando albuquerque costa | instituto de educação | universidade de lisboa | aprendercom.org/miragens Que professor? ‒ Aquele que sabe o que pode (e quer) fazer com as tecnologias. ‒ Aquele que reconhece a importância do envolvimento pessoal na aprendizagem, da acção e da experiência. ‒AAquele que reconhece a importância dos l h i tâ i d aspectos afectivos e da cultura envolvente. fernando albuquerque costa | instituto de educação | universidade de lisboa | aprendercom.org/miragens
  8. 8. Que professor? • Motivação • Porquê? • Uso efectivo ATITUDES PRÁTICA VISÃO • Segurança • Para quê? • Competência • Confiança • Como? • Valor das • Auto-estima • Quando? TIC •… •… •… A fernando albuquerque costa | instituto de educação | universidade de lisboa | aprendercom.org/miragens As TIC nas LEs Tópicos ‒ Premissas ‒ Mudanças… ‒ Potencialidades… ‒ O perfil d professor fil do f ‒ Ideias e “boas-práticas” fernando albuquerque costa | instituto de educação | universidade de lisboa | aprendercom.org/miragens
  9. 9. As TIC nas LEs Premissas Mudanças 1. É distinto ler e ‒ Na leitura escrever com ‒ Nos processos de escrita computador! ‒ Na comunicação do dia-a-dia ‒ No próprio currículo das LEs 2. 2 É possível f í l fazer (QECRL) coisas diferentes com as tecnologias! fernando albuquerque costa | instituto de educação | universidade de lisboa | aprendercom.org/miragens Algumas mudanças Na leitura Mais importância na aprendizagem da p q p g pesquisa que na informação em si própria Leitura não-linear Importante recordar o itinerário, as relações Importante elaborar algo (esquemas mentais) fernando albuquerque costa | instituto de educação | universidade de lisboa | aprendercom.org/miragens
  10. 10. Algumas mudanças Na escrita Valor de cada movimento Do ensaio para o hipertexto Das palavras para o multimédia Memória gestual Do autor para o co produtor co-produtor Escrita muito analítica Memória visual fernando albuquerque costa | instituto de educação | universidade de lisboa | aprendercom.org/miragens Algumas mudanças Narrativa não-linear, p hipertexto Complexidade Narrativa linear Flexibilidade fernando albuquerque costa | instituto de educação | universidade de lisboa | aprendercom.org/miragens
  11. 11. Algumas mudanças Na comunicação… fernando albuquerque costa | instituto de educação | universidade de lisboa | aprendercom.org/miragens Algumas mudanças No currículo das LEs ‒ Aprender programas utilitários (por ex. o processador de texto) ‒ Aprender a utilizar o corrector ortográfico ‒ Incorporação de elementos multimédia ‒ Uso de hipertexto (criar diferentes níveis de escrita) ‒ Comunicação online ‒ Trabalho colaborativo ‒ ... fernando albuquerque costa | instituto de educação | universidade de lisboa | aprendercom.org/miragens
  12. 12. Algumas mudanças Aprendizagem Aprendizagem Superficial Profunda Operações mentais não automáticas Tarefas automáticas que implicam actividade Fraco compromisso mental cognitiva de nível superior. Actividade deliberada e focada na realização de uma tarefa. Copiar de texto para o computador. “Passar um Pensar, reflectir, fazer inferências, trabalho a limpo” colocar e testar hipóteses, antecipar implicações... fernando albuquerque costa | instituto de educação | universidade de lisboa | aprendercom.org/miragens Tarefas de qualidade Aprender com tecnologia Criar situações em que o aluno aprende usando as tecnologias como ferramentas que o apoiam no processo de representação, reflexão e construção do conhecimento. ferramentas cognitivas A questão determinante não é a tecnologia, mas a forma de encarar essa mesma tecnologia. fernando albuquerque costa | instituto de educação | universidade de lisboa | aprendercom.org/miragens
  13. 13. Áreas de trabalho Produção TRANSVERSALIDADE PROJECTO Informação Comunicação fernando albuquerque costa | instituto de educação | universidade de lisboa | aprendercom.org/miragens Tecnologias disponíveis Offline Sala de Aula Manuais, Livros Materiais impressos Trabalho de grupo Áudio CBT/CBL Vídeo Tutoria Software educativo Síncrona Diferida Sites temáticos Chat Portais Classe Virtual eMail Listas F de discussão WBT/WBL Foruns d di ã Comunicação instantânea Streamed vídeo Textos Colaboração Virtual Bases de dados Conferência Web Laboratório Virtual SMS Espaços de partilha Online (Costa, 2001) fernando albuquerque costa | instituto de educação | universidade de lisboa | aprendercom.org/miragens
  14. 14. Exemplos de ferramentas Informação meta-pesquisa pesquisa orientada fernando albuquerque costa | instituto de educação | universidade de lisboa | aprendercom.org/miragens Exemplos de ferramentas online Produção offline fernando albuquerque costa | instituto de educação | universidade de lisboa | aprendercom.org/miragens
  15. 15. Exemplos de ferramentas Em tempo real Comunicação mensagens instantâneas Diferida conversação correio electrónico espaços de discussão e partilha fernando albuquerque costa | instituto de educação | universidade de lisboa | aprendercom.org/miragens O papel (perfil) do professor  Promoção da autonomia na aprendizagem  Comunicação pedagógica através das tecnologias  Concepção de ambientes e materiais de suporte à aprendizagem - especialista - colaborador - informador - parceiro - instrutor - facilitador - explicador - moderador - avaliador - tutor - gestor - “coach”
  16. 16. Ideias e “boas-práticas” http://aprender2.ning.com/ fernando albuquerque costa | instituto de educação | universidade de lisboa | aprendercom.org/miragens Ideias e “boas-práticas” http://alexgfrancisco.webnode.com/ fernando albuquerque costa | instituto de educação | universidade de lisboa | aprendercom.org/miragens
  17. 17. Referências Beetham, H., McGill L Beetham H McGill, L. & Littlejohn, A. (2009) Littlejohn A (2009). Thriving in the 21st century: Learning Literacies for the Digital Age - LLiDA project (JISC, UK). Costa, C. (2007). Webheads in action: o currículo numa comunidade de prática: um estudo de caso (Dissertação de Mestrado). Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação. Universidade de Lisboa. Costa, F. & Viseu, S. (2008). Formação – Acção – Reflexão: Um modelo de preparação de professores para a integração curricular das TIC. In F. Costa, H. Peralta & S. Viseu As TIC na Educação em Portugal. Concepções e práticas. Porto Editora: Lisboa. 238-258. EU (2009). The Future of Learning: New ways to learn new skills for future jobs - European Co Commission Institute for Prospective Technology Studies (IPTS) in Seville. ss o st tute o ospect e ec o ogy Stud es ( S) Se e. Salomon, G. (2002). Technology and Pedagogy: Why Don't We See the Promised Revolution? Educational Technology, 71-75 fernando albuquerque costa | instituto de educação | universidade de lisboa | aprendercom.org/miragens

×