• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
O moto perpétuo do boca-a-boca
 

O moto perpétuo do boca-a-boca

on

  • 8,189 views

Um olhar sobre o papel da usabilidade nas redes sociais sobre a propagação de mensagens. Apresentação integrante do painel "Usabilidade" do Social Media Brasil (SMBR) 2009.

Um olhar sobre o papel da usabilidade nas redes sociais sobre a propagação de mensagens. Apresentação integrante do painel "Usabilidade" do Social Media Brasil (SMBR) 2009.

Statistics

Views

Total Views
8,189
Views on SlideShare
6,651
Embed Views
1,538

Actions

Likes
48
Downloads
0
Comments
5

18 Embeds 1,538

http://www.midiadigital.com.br 1157
http://www.cassano.com.br 186
http://miguelcavalcanti.com 89
http://blog.miguelcavalcanti.com 65
http://nucleoweb.blogspot.com 9
http://miguelcavalcanti.piapara.com 8
http://www.slideshare.net 7
http://nucleoweb.blogspot.com.br 4
http://webcache.googleusercontent.com 2
http://www.15seg.com 2
http://ferreiraechagas.com.br 2
http://translate.googleusercontent.com 1
http://www.ferreiraechagas.com.br 1
http://tuguiaeroticacom.blogspot.com 1
http://10.0.0.57 1
http://brasil-virtual.net 1
http://www.avoidr.com 1
http://www.linkedin.com 1
More...

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel

15 of 5 previous next Post a comment

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    O moto perpétuo do boca-a-boca O moto perpétuo do boca-a-boca Presentation Transcript

    • O moto perpétuo do boca-a-boca Roberto Cassano - Agência Frog www.agenciafrog.com.br - @agenciafrog - @rcassano
    • Um dos desafios da comunicação em redes sociais é criar uma mensagem que se auto-propaga.
    • Que independa da compra de mídia. Que passe de boca em boca.
    • E que faça isso com princípios. 1. Respeito e proteção ao consumidor são vitais; 2. Honesty ROI: Relacionamento aberto, Opinião e Identidade 3. Respeito às regras do ambiente; 4. Gestão responsável do relacionamento com menores; 5. Incentivo à honestidade como guia dos multiplicadores; 6. Proteção à privacidade e permissão.
    • Já viu aquele vídeo?
    • Qual? O da baranga que canta?
    • Pô, irado... Animal.
    • Lindo... chorei e tudo... Quer dizer... entrou um cisco na hora... cê sabe
    • Todo boca-a-boca é um movimento
    • Todo movimento demanda energia.
    • Infelizmente, a Web não é um moto perpétuo.
    • A usabilidade é chave para não se desperdiçar energia.
    • = Permalinks do Youtube - Link único. - Acesso sem login/senha. - Independe de quem está logado. - Ferramentas de disseminação dentro do conteúdo.
    • = Permalinks do Youtube + TinyURL/ Migre.me etc - Formas simples de se encolher URLs - Viabiliza disseminação via Twitter e MSN - Incorpora capital social (Migre.me)
    • = Permalinks do Youtube + TinyURL/Migre.me + Twitter - Rápido, instantâneo - Independe de destinatário - Plataforma para troca de links
    • = Permalinks do Youtube + TinyURL + Twitter + Classificadores - Trending Topics, TOP 10s, destaques... Adicionam nova energia quando o boca a boca está esfriando. - Confirma pertinência do conteúdo. - “Hot Topics” não só ajudam a filtrar, mas incentivam o reenvio.
    • O Twitter tem papel fundamental na disseminação porque é fácil postar.
    • O custo da transação é baixo no Twitter: - Não preciso definir destinatários - Não preciso ter um amigo para quem enviar - Não preciso fazer cadastro - Preencho 1 campo ao invés de 4 - Não corro risco de importunar o amigo - As pessoas esperam que eu dissemine links Mas o custo não ficará baixo para sempre: - Risco de arranhar imagem (o que vão dizer?) - Phishing - Excesso de links/conteúdos (ruído/paisagem)
    • A tendência é buscarmos as redes que menos dissipam energia. Isso é, as com baixo custo de transação.
    • Twitter como construção de mailing, relacionamento e promoção.
    • MySpace e Facebook – uso possível como “casa” da campanha
    • E tudo junto na disseminação. Sem burocracias.
    • Questões que afetam a usabilidade de uma campanha: - Custo “Pequeno Príncipe” – Vou ter que cuidar? - Custo tempo – Vou ficar preso? - Custo social – O que vão achar disso? - Custo cadastro – Mais um!? - Custo “bipolar” – Quantos perfis posso ter? - Custo login – Mais um cookie e eu engordo! - Custo BBB – Não é exposição demais não?
    • Obrigado! Roberto Cassano www.agenciafrog.com.br roberto.cassano@agenciafrog.com.br twitter.com/rcassano twitter.com/agenciafrog