Plano De AcçãO
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

Plano De AcçãO

on

  • 440 views

 

Statistics

Views

Total Views
440
Views on SlideShare
440
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
0
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft Word

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Plano De AcçãO Document Transcript

  • 1. AGRUPAMENTO DE ESCOLAS E JARDINS-DE-INFÂNCIA D.JOANA DE CASTRO A Professora Bibliotecária Rute Isabel Ferreira Marta Nunes
  • 2. AGRUPAMENTO DE ESCOLAS E JARDINS-DE-INFÂNCIA D.JOANA DE CASTRO 0 – Introdução Neste documento apresentam-se as grandes linhas orientadoras do trabalho a realizar, nos próximos três anos, pela equipa da Biblioteca Escolar, delineadas em reunião da Equipa e que serão apresentadas em Conselho Pedagógico para aprovação. Não se pretende limitar a planificação anual de actividades deste grupo, apenas traçar metas cujo alcance dependerá de muitos factores e varáveis que poderão, inclusivamente, inviabilizar o seu sucesso. Foram apenas levantados os aspectos que, no entender da equipa, constituem pontos menos positivos, que se pretende que sejam melhorados. Não foram indicados os aspectos não problemáticos, os quais constarão, anualmente, do Plano de Actividades da Biblioteca. 1 – Problemas detectados por área: Área Problemas A - Espaço diminuto para armazenamento de documentos. B – A BE disponibiliza as condições mínimas de 1 – Organização interna espaço para responder às necessidades dos utilizadores, necessitando urgentemente de sofrer obras de remodelação. Apresentação de candidatura ao CREN de um projecto de Requalificação destinado à aquisição de mobiliário e equipamentos para melhoria a nível de mobiliário e equipamento, tendo sido considerada pela Rede de Bibliotecas Escolares, 2
  • 3. AGRUPAMENTO DE ESCOLAS E JARDINS-DE-INFÂNCIA D.JOANA DE CASTRO de intervenção Prioritária. A – Catálogo do fundo documental ainda não 2 – Tratamento totalmente informatizado. documental B – Conclusão do Manual de Procedimentos. C – Elaboração de Tutoriais Bibliográficas. A – Dificuldade em fazer cumprir os prazos de requisição de documentos. 3 – Serviços B – Impossibilidade de utilização dos equipamentos de leitura áudio e vídeo pelos alunos, na zona de audição e visionamento de filmes, devido ao insuficiente número de fones. A – Falta de formação do pessoal docente e não docente da equipa nas seguintes áreas: 1 - Desenvolvimento da BE: Tratamento documental 4 – Formação da equipa (Catalogação, Indexação e Classificação); 2 - A BE e as literacias do século XXI. B – Falta de formação de alguns elementos da equipa no manuseamento de alguns equipamentos informáticos e electrónicos. A - Comportamentos inadequados de alguns alunos: falta de silêncio, uso de telemóveis, leitores de MP3,etc. 5 – Formação de utilizadores B - Dificuldades na pesquisa, tratamento e utilização da informação na Internet e nos suportes tradicionais. C – Formação insuficiente dos alunos a nível da pesquisa no catálogo informatizado. A – Inexistência de expositores móveis para 6 – Dinamização exposições a acontecer no átrio da BE. B – Falta de empenhamento e/ou perfil de colegas 3
  • 4. AGRUPAMENTO DE ESCOLAS E JARDINS-DE-INFÂNCIA D.JOANA DE CASTRO para a dinamização de actividades de promoção do livro e da leitura bem como de exposições temáticas. A – Inexistência de um corpo redactorial do Boletim 7 – Divulgação da Biblioteca “O Mensageiro”, incluindo professores, alunos, funcionários e encarregados de educação. A – Espaço físico diminuto para armazenamento de documentos. B – A BE disponibiliza as condições mínimas de espaço para responder às necessidades dos 8 – Espaços utilizadores, necessitando urgentemente de sofrer obras de remodelação. Esperamos a aprovação de uma candidatura para melhoria a nível de mobiliário e equipamento, tendo sido considerada pela Rede de Bibliotecas Escolares, de intervenção Prioritária. C – Apresentação de uma candidatura, em parceria com a Biblioteca Municipal, para integração das EB 1’s do Agrupamento, na Rede das Bibliotecas Escolares. 9 – Cooperação com A – Comunicação ainda pouco eficiente e pouco estruturas da Escola eficaz com alguns Departamentos. B – Alguma dificuldade na identificação do fundo documental a adquirir de acordo com as parcas verbas disponíveis. A – Necessidade de uma maior cooperação com a 10 – Ligação ao meio Biblioteca Municipal/Câmara Municipal e Museu da GEAL. A – Enriquecimento da equipa com um elemento da 11 - Informática área das TIC. 4
  • 5. AGRUPAMENTO DE ESCOLAS E JARDINS-DE-INFÂNCIA D.JOANA DE CASTRO B - Substituição do parque informático da BE. C – Colocação de um videoprojector no espaço da BE. D - Construção da intranet A – Necessidade de rever as ligações eléctricas de 12 - Segurança modo a que não se desligue o sistema tão frequentemente. 2 - Plano de acção: ANO Áreas Objectivos 5
  • 6. AGRUPAMENTO DE ESCOLAS E JARDINS-DE-INFÂNCIA D.JOANA DE CASTRO A – Reformular a organização da arrecadação e solicitar a colaboração do CEF Marcenaria para a construção de prateleiras. 1 B – Criar um novo espaço, na zona de atendimento, para concretizar a catalogação de documentos, a fim de não ocupar espaço físico na zona de leitura. A – Continuar a informatizar o catálogo do material impresso. 2 B – Criar o catálogo informático do material em 2009-2010 suporte digital (DVD). C – Concluir o Manual de Procedimentos da Biblioteca. A – Encaminhar os alunos que chegam à Biblioteca para as áreas de trabalho adequadas. B – Aplicar sistematicamente os pontos do Regimento relativamente aos prazos de requisição. 3 C – Adquirir mais equipamentos de áudio para a respectiva zona de modo a responder às necessidades dos alunos. Adquirir novos postos de visionamento TV/Vídeo. A - Dar uma formação inicial mais completa aos colaboradores e aos novos elementos da equipa. 4 B – Formar os elementos da equipa nas seguintes áreas: Gestão das Colecções; Catalogação e Literacia da Informação (Centro de Formação). A – Fazer cumprir o Regimento da Biblioteca no que toca à postura e comportamento nos espaços da Biblioteca. B – Dar formação aos alunos em Literacia da 6
  • 7. AGRUPAMENTO DE ESCOLAS E JARDINS-DE-INFÂNCIA D.JOANA DE CASTRO 1 A – Reorganização do espaço de arquivo. A – Continuar a informatizar o catálogo do material 2 impresso B – Criar o catálogo informático dos documentos 2010-2011 audio e CD multimédia. A – Encaminhar os alunos que chegam à Biblioteca 3 para as áreas de trabalho adequadas. B – Aplicar sistematicamente os pontos do Regimento relativamente aos prazos de requisição. A - Dar uma formação inicial mais completa aos 4 colaboradores e aos novos elementos da equipa. B – Formar os elementos da equipa na área da Catalogação (Centro de Formação). A – Fazer cumprir o Regimento da Biblioteca no que toca à postura e comportamento nos espaços da Biblioteca. B – Dar formação aos alunos em Literacia da Informação, em articulação com as actividades lectivas. C – Dar uma formação inicial, essencialmente aos 5 alunos do 5º ano, em pesquisa no catálogo informatizado. D – Em articulação com as aulas de TIC, formar os alunos no acesso e pesquisa na Internet. E – Estimular a criação de hábitos de leitura nos alunos. A - Criar um espaço de divulgação ( mesa-vitrine) no 6 Átrio da escola. A – Reunir um corpo redactorial do Boletim da Biblioteca estável e em número suficiente, incluindo 7
  • 8. AGRUPAMENTO DE ESCOLAS E JARDINS-DE-INFÂNCIA D.JOANA DE CASTRO A – Rever a política de Desenvolvimento da 1 Colecção. A – Continuar a informatizar o catálogo do material 2 impresso. B – Criar o catálogo informático dos CD áudio. C – Disponibilização do catálogo on-line. A – Encaminhar os alunos que chegam à Biblioteca 3 para as áreas de trabalho adequadas. B – Aplicar sistematicamente os pontos do Regimento relativamente aos prazos de requisição. A - Dar uma formação inicial mais completa aos 4 colaboradores e aos novos elementos da equipa. 2011-2012 B – Formar os elementos da equipa na área da Classificação (Centro de Formação). A – Fazer cumprir o Regimento da Biblioteca no que toca à postura e comportamento nos espaços da Biblioteca. B – Dar formação aos alunos em Literacia da Informação, em articulação com as actividades lectivas. C – Dar uma formação inicial, essencialmente aos 5 alunos do 5º ano, em pesquisa no catálogo informatizado. D – Em articulação com as aulas de TIC, formar os alunos no acesso e pesquisa na Internet. E – Estimular a criação de hábitos de leitura nos alunos. A – Criar uma INTRANET que possibilite a 6 divulgação das actividades e fundos da Biblioteca. 8
  • 9. AGRUPAMENTO DE ESCOLAS E JARDINS-DE-INFÂNCIA D.JOANA DE CASTRO 9