Classifique os custos 11
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Classifique os custos 11

on

  • 2,862 views

 

Statistics

Views

Total Views
2,862
Views on SlideShare
2,862
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
59
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft Word

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Classifique os custos 11 Classifique os custos 11 Document Transcript

  • FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RIO GRANDE INSTITUTO E CIÊNCIAS ECONÔMICAS, ADMINISTRATIVAS E CONTÁBEIS Elementos de Custos Trabalho 2 1. Como os elementos seguintes podem ser classificados em despesas fixas (DF), custos fixos (CF), despesas variáveis (DV), custos variáveis (CV), investimento (I) ou perda (P)? C C D D I I ELEMENTO CV CF DV DF P I Comissões sobre vendas Consumo de açúcar em fábrica de doces Energia elétrica – consumo da área administrativa Energia elétrica – consumo da área industrial Fretes de entregas Aquisição de veículo para entregas Fretes de insumos produtivos Gastos com depreciação da fábrica Gastos com depreciação de micros das lojas Leasing (aluguel) de veículos administrativos Limpeza e conservação das lojas Consumo de matéria-prima no processo fabril Consumo de material secundário na fábrica Consumo de material de escritório Embalagem consumida na indústria Ociosidade da mão-de-obra Salários e encargos administrativos Combustível gasto por vendedores 2. A Granja Santa Luz apresenta custos fixos mensais iguais à $ 14.000,00 por mês. Sabe-se que a empresa costuma comercializar 120.000 kg de frangos por mês, a um preço de venda igual a $ 1,50 por kg. Os custos variáveis da empresa equivalem a $ 0,80 por kg. Pede-se: a) Qual o ponto de equilíbrio contábil da empresa (em quantidades e em unidades monetárias)? 3. Seja uma empresa dimensionada para uma produção anual máxima de 15.000 toneladas/ano, e seja ainda sua equação de custo total de produção igual a:
  • FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RIO GRANDE INSTITUTO E CIÊNCIAS ECONÔMICAS, ADMINISTRATIVAS E CONTÁBEIS CT = $24.000.000 (Custo Fixo) + $5.250 (Custo Variável unitário) x. Considerando que o preço de mercado de seu produto seja $9.000/tonelada e admitindo-se uma despesa de venda de 5% da receita, determine: a) Ponto de equilíbrio b) Lucro máximo c) Ponto de equilíbrio para um preço de mercado de $6.850/tonelada. 4. A Empresa J. Lopes Indústria e Comércio fabrica e vende apenas um único tipo de lanterna manual – a lanterna “Fim do Poço”. Sabemos que o preço de venda unitário da lanterna é de $ 20,00. Recorrendo-se aos registros da Contabilidade de Custos, verificamos que os custos variáveis por unidade chegam a $ 10,00 e que os custos fixos montam a $ 100.000,00. As despesas comerciais são iguais a $ 5,00 por unidade e as despesas fixas comerciais e administrativas somam $ 20.000,00. Diante desses dados, a gerência pede que sejam preparadas as seguintes informações: a) o ponto de equilíbrio; b) o resultado líquido caso as vendas fossem de $ 400.000,00 c) o resultado líquido se as vendas baixassem para $ 300.000,00 e se os custos fixos fosse reduzido em 50% e se todos os custos variáveis permanecessem com suas taxas inalteradas. 5. A empresa X opera uma cadeia de sapatarias alugadas, as lojas vendem 10 modelos de sapatos masculinos com preço de venda e aquisição idênticos para os 10 modelos. A empresa está tentando descobrir se vale a pena cobrir outra loja que teria a seguinte matriz de custos: - Preço de venda- 50,00 - Custo do sapato – 40,00 - Comissão de vendas – 2,50 - Custos fixos anuais – - Aluguel 55.000,00
  • FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RIO GRANDE INSTITUTO E CIÊNCIAS ECONÔMICAS, ADMINISTRATIVAS E CONTÁBEIS - Salários 176.000,00 - Outros 69.000,00 a) Determinar o ponto de equilíbrio anual em termos monetários e unidades físicas b) Qual será o lucro da loja se forem vendidos 45 000 pares de sapatos c) Se gerente da loja receber $,50 por par a titulo de comissão, qual será o ponto de equilíbrio em termos de unidades físicas e monetárias? d) Baseando-se nos dados originais, se o pagamento de comissões for interrompido mediante acordo salarial no montante de $ 780.000,00, qual será o ponto de equilíbrio em termos monetários e unidades e) Baseando-se nos dados originais se o gerente da loja receber $1,00 por par vendido acima do Ponto de Equilíbrio. Qual será o lucro da loja caso sejam vendidos 50 000 pares? 6. Classifique os gastos em Custos Variáveis e/ou Custos Diretos, Custos Fixos e /ou Indiretos, Perdas, Investimentos ou Despesas, considerando uma fábrica de camisas. - Tecidos consumidos na produção - Botões consumidos na produção - Compra de tecidos - Embalagens plásticas utilizadas na produção - Salários dos operários da fábrica - Salários dos supervisores da fábrica - Encargos sociais dos operários da fábrica - Conta de telefone mensal do setor administrativo - Depreciação de máquinas da fábrica - Depreciação de equipamentos administrativos - Manutenção preventiva da fábrica - Manutenção dos computadores administrativos - Seguro do prédio da fábrica - Etiquetas consumidas na produção - Lubrificantes das máquinas - Fatura de energia elétrica da fábrica - Aluguel do prédio da fábrica -Fretes pagos na compra de materiais
  • FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RIO GRANDE INSTITUTO E CIÊNCIAS ECONÔMICAS, ADMINISTRATIVAS E CONTÁBEIS 7. Alguns dados contábeis e financeiros das Fábricas de Sandálias Aladas Ltda, estão exibidos a seguir. Com base nos números apresentados estime para o volume total produzido no período: (a) o custo primário; (b) o custo de transformação; (c) o custo fabril; (d) o gasto total ou custo integral. Conta $ Materiais requisitados: diretos 8.200,00 Depreciação do parque industrial 1.700,00 Aluguel da fábrica 5.200,00 Aluguel de escritórios administrativos 7.400,00 Materiais requisitados: indiretos 950,00 Depreciação de computadores da diretoria 720,00 Mão-de-obra direta 9.400,00 Seguro da área industrial 2.600,00 Respostas: Descrição do subgrupo e conta Valor Subtotal ($) ($) 1.1. MD 1.2. MOD 1.3. CIF 1.4. Despesas
  • FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RIO GRANDE INSTITUTO E CIÊNCIAS ECONÔMICAS, ADMINISTRATIVAS E CONTÁBEIS a) Custo primário = b) Custo de transformação = c) Custo total = d) Custo integral = 8. Em relação à questão anterior, sabe-se que no período analisado a empresa produziu 2.000 unidades de um mesmo produto. Calcule qual o custo integral unitário de cada produto e qual a margem de lucro líquida da empresa, em $ e em %, se o preço de venda da empresa for igual a $ 20,00. Resposta: 9. A Fábrica de Sorvetes Sabor Gelado Ltda, apresenta custos e despesas fixos anuais a $ 40.000,00. Seus custos variáveis são iguais a $ 13,50 por caixa. Comumente, o preço de venda médio é igual a $ 22,00. Supondo produções de 10.000 e 20.000 caixas, calcule: (a) as receitas totais; (b) o custo total e unitário; (c) o custo fixo total e unitário; (d) o custo variável total e unitário. Resposta: Quantidade = 10.000 unidades Quantidade = 20.000 unidades DRE simplificado Total ($) Unitário ($) Total ($) Unitário ($) Receita (-) Custos fixos (-) Custos variáveis (-) Custos totais (=) Lucro Bruto
  • FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RIO GRANDE INSTITUTO E CIÊNCIAS ECONÔMICAS, ADMINISTRATIVAS E CONTÁBEIS 10. Os gastos e estoques das Indústrias AbraCaDabra estão apresentados a seguir: Todos os números referem-se ao mês de setembro de 2001. Pede-se determinar: (a) o Custo com Materiais Diretos; (b) o Custo Fabril; (c) o Custo das Mercadorias Vendidas; (d) o DRE e o lucro auferido pela empresa. Descrição $ Materiais indiretos consumidos na fábrica 540.000,00 Depreciação de móveis do escritório 15.000,00 Receita de vendas 1.111.000,00 Depreciação de máquinas industriais 18.000,00 Salário dos vendedores 12.000,00 Aquisição de novo equipamento industrial 65.400,00 Seguros da fábrica 1.200,00 Salários administrativos 600,00 Compras de matéria-prima 2.400,00 Mão-de-obra indireta 120.000,00 Mão-de-obra direta 6.000,00 Energia da fábrica 75.000,00 Os estoques em fins de agosto e setembro de 2001 podem ser vistos na tabela seguinte: Estoques Finais Agosto Setembro Matéria-prima 60.000,0 48.000,00 0 Produtos em processo 36.000,0 48.000,00 0
  • FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RIO GRANDE INSTITUTO E CIÊNCIAS ECONÔMICAS, ADMINISTRATIVAS E CONTÁBEIS Produtos acabados 36.000,0 48.000,00 0