Desenvolvimento humano
segundo Vygotsky
Faculdade Joaquim Nabuco
Psicologia do Desenvolvimento
Prof. Pedro Figueiredo
Lev S. Vygotsky (1896 - 1934)
•

•

•

•

Lev Semionovitch Vygotsky (Лев Семёнович
Выготский). Nasceu na Bielorrússia, na ...
Pressupostos teóricos
• Junto com seus colaboradores – Luria e Leontiev - buscou a construção
de uma nova psicologia, elab...
Desenvolvimento e aprendizado
• Diferentemente de Jean Piaget e Henri Wallon, não chegou a
desenvolver uma teoria estrutur...
Desenvolvimento e aprendizado
• As pessoas se desenvolverão delimitadas pelo que a maturação
permite em interação com a cu...
Zona de Desenvolvimento Proximal (ZDP)
• O desenvolvimento de uma criança é compreendido normalmente
através do que ela “j...
Zona de Desenvolvimento Proximal (ZDP)
• Vygotsky acreditava que não deve ser considerado apenas o que a
criança já conseg...
Zona de Desenvolvimento Proximal (ZDP)
• Tal benefício só é possível em um certo nível de desenvolvimento, e
não antes. A ...
Zona de Desenvolvimento Proximal (ZDP)
ZDP

Situação 1

Situação 2

Situação 3

Nível de Desenvolvimento Real
Nível de Des...
Zona de Desenvolvimento Proximal (ZDP)
• A ZDP refere-se, ao caminho que o indivíduo vai percorrer para
desenvolver funçõe...
O papel da intervenção pedagógica
• Processos já consolidados não necessitam da ação externa para serem
desencadeados; pro...
O papel da intervenção pedagógica
• O/a professor/a tem o papel de interferir na ZDP dos alunos,
provocando avanços que nã...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Lev Semenovitch Vygotsky

636

Published on

Lev Semenovitch Vygotsky

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
636
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
40
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Lev Semenovitch Vygotsky

  1. 1. Desenvolvimento humano segundo Vygotsky Faculdade Joaquim Nabuco Psicologia do Desenvolvimento Prof. Pedro Figueiredo
  2. 2. Lev S. Vygotsky (1896 - 1934) • • • • Lev Semionovitch Vygotsky (Лев Семёнович Выготский). Nasceu na Bielorrússia, na época integrante da ex-União Soviética, em 17 de Novembro de 1986. Teve vasta criação intelectual, apesar da morte prematura aos 37 anos, por tuberculose. Formou-se em direito, frequentando paralelamente os cursos de filosofia e história na Universidade Popular de Shanyavskii. Anos mais tarde, estudou Medicina. Foi professor e pesquisador em psicologia, pedagogia, filosofia, literatura e deficiência física e mental. Criou um laboratório de psicologia na escola de formação de professores de Gomel e participou da criação do Instituto de Deficiências, em Moscou.
  3. 3. Pressupostos teóricos • Junto com seus colaboradores – Luria e Leontiev - buscou a construção de uma nova psicologia, elaborando uma abordagem que compreendesse o ser humano enquanto corpo e mente, biológico e social, membro da espécie humana e participante de um processo histórico, que baseava-se em três ideias centrais: – as funções psicológicas têm um suporte biológico pois são produtos da atividade cerebral; – o funcionamento psicológico fundamenta-se nas relações sociais entre o indivíduo e o mundo exterior, as quais desenvolvem-se num processo histórico; – a relação homem/mundo é uma relação mediada por sistemas simbólicos.
  4. 4. Desenvolvimento e aprendizado • Diferentemente de Jean Piaget e Henri Wallon, não chegou a desenvolver uma teoria estruturada do desenvolvimento humano, mesmo tendo como objeto principal de investigação o desenvolvimento da espécie, dos grupos culturais e dos indivíduos. • O aprendizado está relacionado ao desenvolvimento, sendo “um aspecto necessário e universal do processo de desenvolvimento das funções psicológicas culturalmente organizadas e especificamente humanas”. • O percurso do desenvolvimento é definido em parte pela maturação do organismo e em parte pelo aprendizado deste indivíduo na cultura.
  5. 5. Desenvolvimento e aprendizado • As pessoas se desenvolverão delimitadas pelo que a maturação permite em interação com a cultura. • Aprendizado é o processo pelo qual o indivíduo adquire informações, habilidades, atitudes, valores, a partir de seu contato com a realidade e o social. • O aprendizado possibilita o despertar de processos internos dos indivíduos no contato com o ambiente sócio-cultural através do suporte de outros indivíduos de sua espécie.
  6. 6. Zona de Desenvolvimento Proximal (ZDP) • O desenvolvimento de uma criança é compreendido normalmente através do que ela “já sabe fazer”, das tarefas que ela consegue desempenhar sozinha. Este é o modo de compreensão do desenvolvimento infantil mais corrente, onde o pesquisador avalia tarefas que considere importantes para o desempenho da criança em termos do que ela já é capaz de fazer. • Vygotsky chama de “nível de desenvolvimento real” (NDR) aquilo que a criança consegue realizar só, ou seja, etapas já alcançadas e bem consolidadas pela criança em seu curso de desenvolvimento.
  7. 7. Zona de Desenvolvimento Proximal (ZDP) • Vygotsky acreditava que não deve ser considerado apenas o que a criança já consegue realizar, mas também aquilo que consegue realizar com a ajuda de adultos ou companheiros mais capazes, o qual denominou “nível de desenvolvimento potencial” (NDP). • A criança pode realizar com ajuda ou intervenção uma tarefa que sozinha não seria possível, por exemplo: a montagem de uma torre de cubos. • O possibilidade da alteração de desempenho de uma pessoa através da ajuda/intervenção de outra é fundamental na teoria de Vygotsky, que enfatiza as relações sociais no aprendizado.
  8. 8. Zona de Desenvolvimento Proximal (ZDP) • Tal benefício só é possível em um certo nível de desenvolvimento, e não antes. A ideia de nível de desenvolvimento potencial capta um momento de desenvolvimento em uma etapa posterior àquelas já consolidadas, onde a interferência de outro afeta significativamente o resultado da ação individual. • Esta ideia é fundamental na teoria de Vygotsky, porque atribui extrema importância à interação social no processo de construção das funções psicológicas humanas. Ou seja, o desenvolvimento individual se dá no ambiente social através da interação com o outro. • É a partir da existência dos dois níveis de desenvolvimento que temos o conceito de ZDP: a distância entre o nível de desenvolvimento real e o nível de desenvolvimento potencial.
  9. 9. Zona de Desenvolvimento Proximal (ZDP) ZDP Situação 1 Situação 2 Situação 3 Nível de Desenvolvimento Real Nível de Desenvolvimento Potencial ZDP Nível de Desenvolvimento Real Nível de Desenvolvimento Potencial Nível de Desenvolvimento Real Nível de Desenvolvimento Potencial ZDP
  10. 10. Zona de Desenvolvimento Proximal (ZDP) • A ZDP refere-se, ao caminho que o indivíduo vai percorrer para desenvolver funções que estão em processo de amadurecimento e que se tornarão funções consolidadas. • É um domínio psicológico em constante transformação: aquilo que uma criança é capaz de fazer com a ajuda de alguém hoje, ela conseguirá fazer sozinha amanhã. A ZDP, portanto, envolve um processo intermediário do processo entre potencial e real. • É como se o processo de desenvolvimento progredisse mais lentamente do que o processo de aprendizado: o aprendizado desperta processos de desenvolvimento que, aos poucos, vão tornar-se parte das funções psicológicas consolidadas no indivíduo.
  11. 11. O papel da intervenção pedagógica • Processos já consolidados não necessitam da ação externa para serem desencadeados; processos ainda nem iniciados, por outro lado, não se beneficiam dessa ação externa. • Uma vez que o aprendizado impulsiona o desenvolvimento, a escola tem um papel essencial na construção do ser psicológico adulto dos indivíduos de sociedades escolarizadas. Tal papel só se dará adequadamente quando a escola dirigir o ensino não para etapas intelectuais já alcançadas, mas para estágios do desenvolvimento ainda não incorporados pelos alunos. • Deve ter como ponto de partida o desenvolvimento real da criança e como ponto de chegada os objetivos estabelecidos pela escola, supostamente adequados à faixa etária e o nível de conhecimento e habilidades de cada grupo de crianças, levando-se em conta também seu nível de desenvolvimento potencial.
  12. 12. O papel da intervenção pedagógica • O/a professor/a tem o papel de interferir na ZDP dos alunos, provocando avanços que não aconteceriam espontaneamente. Os procedimentos escolares – demonstração, assistência, pistas, instruções – são fundamentais para um “bom ensino”. “O bom ensino é aquele que se adianta ao desenvolvimento”
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×