Aula 9 - Configurações Organizacionais de Mintzberg
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Aula 9 - Configurações Organizacionais de Mintzberg

on

  • 15,172 views

Aula 9 - 2º bimestre - Configurações Organizacionais de Mintzberg. Aula de Análise Organizacional. Turma:3º período. Curso de Administração

Aula 9 - 2º bimestre - Configurações Organizacionais de Mintzberg. Aula de Análise Organizacional. Turma:3º período. Curso de Administração

Statistics

Views

Total Views
15,172
Views on SlideShare
15,171
Embed Views
1

Actions

Likes
1
Downloads
285
Comments
0

1 Embed 1

https://twitter.com 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Aula 9 - Configurações Organizacionais de Mintzberg Aula 9 - Configurações Organizacionais de Mintzberg Presentation Transcript

  •  (1939) é um renomado acadêmico e autor na área de administração. Ph.D. pela MIT Sloan School of Management. Professor na McGill University -Quebec, Canadá Mestre em Gerência no MIT. Obras sobre estratégia de Gerência e de Negócios, com mais de 140 artigos publicados e treze livros no seu nome. 2
  • 3
  • Estrutura em cinco configurações 4
  • Núcleo Operacional Envolve operadores que executam o trabalho básico diretamente relacionado à fabricação dos produtos e à prestação dos serviços.Cúpula Estratégica Assegura que a organização cumpra sua missão de modo eficaz e também que atenda às necessidades dos que a controlam.Linha Intermediária Conecta a cúpula estratégica ao núcleo operacional pela cadeia de gerentes intermediários que possui autoridade formal.Tecnoestrutura Os analistas de controle da tecnoestrutura efetivam as formas de padronização da organização.Assessoria de Apoio Dá apoio à organização sem se envolver no trabalho operacional. 5
  • FUNÇÃO DICANúcleo Operacional EXECUÇÃO atividade/serviço fimCúpula Estratégica ESTRATÉGIAS objetivos, missão e visão Autoridade formal eLinha Intermediária COORDENAÇÃO cadeia de gerenciamento Analistas de métodos eTecnoestrutura PADRONIZAÇÃO procedimentos “COMO?” Especialistas fora do fluxo de trabalho operacional.Assessoria de Apoio SUPORTE Não necessariamente ligados a organização 6
  • MCO-06 - Org. em 5 configurações 7
  • 8
  • Grande amplitude de controle na cúpula estratégica,nenhuma nas unidades de assessoria e insignificante nalinha intermediária 9
  • Principal mecanismo de Supervisão diretacoordenaçãoParte chave da organização Cúpula estratégicaPrincipais parâmetros para Centralizaçãodelinear Pequena e jovem Sistema técnico pouco elaborado Ambiente simples e dinâmicoFatores situacionais Cúpula da organização briga pelo poder Não acompanha a moda 10
  • Estrutura administrativa e de apoio plenamente elaborada e as grandesunidades operacionais, na linha intermediária para refletir a hierarquia deautoridade vertical
  • Principal mecanismo de Padronização dos processos de trabalhocoordenaçãoParte chave da organização TecnoestruturaPrincipais parâmetros do Grandes unidades operacionais,Design Centralização Descentralização vertical e horizontal planejamento das ações Organização antiga Sistema técnico regulado, normatizado Ambiente estávelFatores Situacionais Controle Não segue a moda
  • Estrutura achatada, linha intermediária estreita e uma assessoria de apoio plenamente elaborada MCO-06 - Org. em 5 configurações 13
  • terceiro tipo – Burocracia ProfissionalPrincipal mecanismo de Padronização das habilidadescoordenaçãoParte chave da organização Núcleo operacionalPrincipais parâmetros de descentralização vertical e horizontalDesignFatores Situacionais Ambiente estável e complexo; sistema técnico não regulado e não sofisticado; acompanha a moda 14
  • Uma pequena cúpula estratégica formada pelos altos dirigentes; uma pequenatecnoestrutura à esquerda, envolvida no design e na operação do sistema de controlede desempenho, um grupo maior de assessores de apoio à direita.Quatro divisões aparecem abaixo do escritório central representadas como BurocraciasMecanizadas 15
  • Quarto tipo – Forma DivisionalizadaPrincipal Mecanismo de Padronização dos resultadosCoordenaçãoParte chave da Organização Linha intermediáriaPrincipais parâmetros de Agrupamento baseado no mercado,Design sistema de controle do desempenho, descentralização vertical Mercados diversificados;Fatores situacionais empresa antiga e de grande porte; Poder nos gerentes intermediários; acompanha a moda. 16
  • Uma estrutura de formaflexível capaz de se ajustar aambientes com mudançasaceleradas, Apresenta uma estruturaorgânica, que temparticipação nas tarefasmultidisciplinares, um papelde ligação e integração comcomplexidade baixa emoderada, com poucaformalização na tomada dedecisão. 17
  • Quinto tipo – AdhocraciaPrincipal mecanismo de Ajustamento mútuoCoordenaçãoParte-chave da Organização Assessoria de apoioPrincipais parâmetros de Instrumentos de interligação,Design estrutura orgânica, descentralização seletiva horizontal, especialização do profissional, agrupamentos funcionais Ambiente complexo e dinâmico;Fatores situacionais Jovem e Flexivel; Sistema técnico sofisticado e muitas vezes automatizado Segue a moda 18