2º exame gtd 2011 12
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

2º exame gtd 2011 12

on

  • 340 views

 

Statistics

Views

Total Views
340
Views on SlideShare
340
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
2
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

2º exame gtd 2011 12 2º exame gtd 2011 12 Document Transcript

  • INSTITUTO SUPERIOR TÉCNICO Gestão e Teoria da Decisão Ano Lectivo 2011/2012 2º Exame 1 de Fevereiro de 2012 (18:30) 1 2 Duração: 2h30m Responda a cada grupo em conjunto separado de folhas (agrafado). Identifique todas as folhas (no topo da mesma) com o seu nome e número legíveis. GRUPO I Responda objetiva e sucintamente (máximo de 1 página A4 por questão) às questões seguintes. Transcrições de materiais disponibilizados na página da disciplina não serão classificadas. 1. No planeamento de projetos, e admitindo que o prazo previsto de realização coincide com a duração do caminho crítico, tipicamente há ainda assim graus de liberdade no que respeita à calendarização de algumas atividades. a) Identifique em que condições há aqueles graus de liberdade b) Identifique e discuta fatores e critérios a ter em conta no estabelecimento da calendarização dessas atividades. 2. Para a elaboração de previsões para uma série cronológica (localmente) estacionária (isto é, sem tendência, sazonalidade ou ciclicidade) através de um modelo de amortecimento exponencial: a) Explicite que propriedades deve apresentar aquela série cronológica de valores para que o modelo de amortecimento exponencial seja aplicável e mais eficaz do que uma média aritmética dos valores observados. b) Discuta fatores e caraterísticas dessa série que tornam potencialmente mais atraente a adoção de um valor elevado para a constante de amortecimento. 3. Na avaliação / decisão multicritério, a avaliação local (segundo cada critério) é baseada em funções de valor. a) Discuta como se pode validar/testar a adequação de uma função de valor. b) Comente a seguinte afirmação: “Sendo a função de valor construída através de juízos subjetivos do agente de decisão, ela é arbitrária e, como tal, viola o princípio de objetividade que deve estar subjacente aos processos científicos de tomada de decisão”. GRUPO II 1. Considere um empreendimento definido pelas atividades A a J para as quais as precedências diretas e as durações estimadas (semanas) são apresentadas na tabela seguinte. Atividade Precedência Duração estimada (semanas) Atividade Precedência Duração estimada (semanas) A - 5 F C,D,E 4 B A 3 G D 2 C A,B 7 H F,G 9 D B 4 I F,G 6 E B,C 6 J I 2
  • a) Trace a rede de atividades, calcule as folgas totais das atividades, identifique o(s) caminho(s) crítico(s) e determine a duração total do empreendimento. b) Qual a duração total do empreendimento se: b1) a duração da atividade D aumentasse para 8 semanas ? b2) a duração da atividade G aumentasse para 5 semanas ? 2. A rede de atividades de projeto composto pelas atividades A a F é apresentada na figura abaixo. Observações: i,j - Duração média da atividade (i,j), TMCi – Tempo Mais Cedo de ocorrência do acontecimento i. TMTi – Tempo Mais Tarde de ocorrência do acontecimento i, FTi,j - Folga Total da atividade (i,j). As durações médias, , (em dias) e os desvios padrão,  , (em dias) das atividades são apresentados na tabela seguinte: Duração Custo marginal de redução (103 €/dia) Redução máxima (dias) Atividade Média  (dias) Desvio Padrão  (dias) A 12 0 20 3 B 23 4 10 2 C 15 1 10 1 D 27 3 10 2 E 18 2 15 1 F 6 2 25 2 a) Calcule a probabilidade, a mais exata possível, de a duração do projeto não exceder 60 dias. b) Sendo crucial garantir que a conclusão do projeto ocorra dentro de 60 dias, quais as atividades que podem ser aceleradas de modo a reduzir de 3 dias, com custo marginal (adicional) total mínimo, a duração prevista na alínea a) para o projeto. Considere os custos de redução, c / t , e as reduções máximas da duração de cada atividade constantes das duas últimas colunas da tabela acima.
  • GRUPO III A empresa SANITEX comercializa material sanitário de um conceituado fabricante. O ano passado esta empresa firmou contratos com alguns promotores imobiliários, prevendo-se que venha a fornecer equipamentos do tipo B. Neste contexto, e de acordo com o planeamento das obras dos promotores imobiliários, a empresa deverá fornecer por semana 15 equipamentos do tipo B. Os custos de encomenda dos equipamentos do tipo B são cerca de 600€, independentemente da quantidade encomendada, e a sua manutenção em stock representa um encargo mensal para a SANITEX de 20% do seu custo unitário de aquisição (300€ para os equipamentos do tipo B). Nota: Considere 1 mês igual a 4 semanas. a) Qual a periodicidade com que devem ser colocadas ao fabricante as encomendas dos equipamentos de tipo B. Que custo anual está associado a esta política de aprovisionamento? b) O fabricante tem efetuado as entregas dos equipamentos do tipo B num prazo médio de 1 semana, segundo uma distribuição aproximadamente Normal, e com um desvio padrão de 0,3 semanas. Tendo optado a SANITEX por uma gestão através do nível de encomenda, com intervalos médios entre encomendas de 2 semanas, qual o stock de segurança a adotar para este tipo de equipamento e o respetivo nível de serviço que garanta uma probabilidade de rotura inferior a 5%. A SANITEX considera agora a hipótese de também adquirir ao mesmo conceituado fabricante equipamentos do tipo A, cuja procura é de 15 equipamentos por semana, sendo que o custo de manutenção do stock representa um encargo mensal de 20% do seu custo unitário de aquisição (400€ para os equipamentos do tipo A). c) Face a esta hipótese, a SANITEX pondera efetuar as encomendas em simultâneo optando por uma gestão conjunta de ambos os equipamentos (cada encomenda incluiria a quantidade de equipamentos do tipo A e tipo B necessários até à próxima encomenda), situação em que teria de suportar apenas um custo fixo de encomenda (de 600€). Qual a periodicidade com que devem ser colocadas ao fabricante as encomendas dos equipamentos dos tipos A e B? d) Comente de forma sucinta a seguinte afirmação: “Fornecedores com prazos de entrega mais longos conduzem a probabilidades de rotura mais elevadas (mantendo-se o stock de segurança)”.
  • GRUPO IV Suponha que um amigo seu pretende comprar uma casa e tem quatro alternativas em vista (alternativas A a D). Depois de ponderar bem a questão, decidiu considerar os seguintes critérios na sua escolha: C1 – Custo de aquisição (em milhares de euros); C2 – Acessibilidade (medida numa escala ordinal); C3 – Existência de espaços verdes, equipamentos e serviços de abastecimento de nível local na vizinhança, definida numa escala de 0 (não existem) a 5 (ótimo nível de serviço). A matriz de impactos para as quatro alternativas é a seguinte: A B C D C1 160 140 110 130 C2 Muito Boa Suficiente Má Boa C3 4 3 2 3 Como especialista em modelação de processos decisórios, irá apoiar o seu amigo na escolha da melhor alternativa para a compra de casa. Para a avaliação local, usou-se o método direct rating no que respeita aos critérios C2 e C3, resultando a matriz que se segue (na escala 0-100): V1 A B C D V2 100 25 0 65 V3 60 80 40 80 a) Complete a matriz (avaliação local para o critério C1), admitindo que se adopta uma função de valor linear para este critério e se escolhem como níveis de referência (extremos da escala) a melhor e a pior alternativa na matriz de impactos. No que se segue considere V1(A) = 0, V1(B) = 30, V1(C) = 100, V1(D) = 50. Suponha que o questionamento do seu amigo lhe permitiu ainda concluir que deve ser atribuído um peso (coeficiente de ponderação) de 0.4 ao critério C1, e que os pesos dos critérios C2 e C3 devem ser iguais. b) Existe alguma alternativa que possa eliminar da análise? Justifique. c) Qual a alternativa de compra de casa que recomendaria? Fundamente a sua recomendação, explicitando as hipóteses em que a mesma se baseia. d) Efetue uma análise de sensibilidade ao peso do critério custo (C1) considerando apenas as duas melhores alternativas apuradas na alínea c). Admita que se mantém a proporção atualmente existente entre os pesos dos critérios C2 e C3. Discuta o interesse e alcance deste tipo de análise de sensibilidade.