Your SlideShare is downloading. ×
Enquanto educador, o quê
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Enquanto educador, o quê

3,586
views

Published on

QUESTÕES REFERENTES AO TRABALHO DO PROFESSOR PARA ATUAR COM ALUNOS SURDOS

QUESTÕES REFERENTES AO TRABALHO DO PROFESSOR PARA ATUAR COM ALUNOS SURDOS

Published in: Automotive, Technology

0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
3,586
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
177
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Enquanto educador, o quê eu preciso saber sobre a língua dos surdos? Profª Msc Raquel Gomes
  • 2. Libras? que língua é essa?
    • Libras é uma língua?
    • Desde 1960 foi conferido status linguístico às línguas de sinais.
    • A legitimidade da língua confere ao surdo alguma “libertação” e distanciamento dos moldes e representações até então exclusivamente patológicos. Desvia a concepção da surdez como deficiência para uma concepção d a surdez como diferença linguística e cultural
  • 3. CRENÇAS, PRECONCEITOS E QUESTIONAMENTOS
    • 1. A língua de sinais é universal?
    • Em qualquer lugar em que haja surdos interagindo, haverá línguas de sinais.
    • Toda língua de sinais é diferente: língua de sinais americana, francesa, japonesa, libras.
  • 4.
    • 2. A língua de sinais é artificial?
    • Não -NATURAL;
    • Língua artificial : construída, planejada, cujo objetivo é estabelecer a comunicação internacional.
    • Esperanto Gestuno
    • Comunidade de mais de 1 milhão de falantes • Os adeptos implementam e desenvolvem cursos em alguns sistemas de educação.   • origem italiana; • mencionada pela primeira vez em 1951 –Cong. Mundial dos Surdos
  • 5.
    • 3. A língua de sinais tem gramática?
    • Os estudos linguísticos das línguas de sinais começaram com Stokoe (1960).
    • Toda língua é constituída por níveis linguísticos: fonológico, morfológico, sintático, semântico/pragmático.
    • As línguas de sinais são constituídas por parâmetros internos. Os sinais são analisáveis como uma combinação de três categorias linguísticas sem significado:
  • 6. Parâmetros das línguas de sinais
  • 7.
    • Mudando alguma característica de qualquer uma dessas categorias, podemos mudar o significado do sinal.
    • Ex:
    • Nesses dois sinais a configuração de mão e o movimento são os mesmos somente o ponto de articulação é diferente.
  • 8.  
  • 9.
    • 4. A língua de sinais é o alfabeto manual?
    • É apenas um recurso utilizado por falantes da língua de sinais. É um código de representação das letras do alfabéticas.
  • 10.
    • 5. A língua de sinais é uma versão sinalizada da língua oral?
    • A língua de sinais tem sua estrutura própria, e independe de qualquer língua oral em sua concepção linguística.
    • As línguas de sinais, em qualquer país, estão em contato direto com as línguas orais, por isso é natural ocorrerem empréstimos, mesclas e hibridismos
  • 11. O que é língua brasileira de sinais? Uma língua como idioma Comunicação pelas mãos   Não é mímica Não é linguagem   É uma língua natural   É captada pela visão, pelas expressões faciais e pelos movimentos corporais       O que é língua brasileira de sinais?                           O que é língua brasileira de sinais?       O que é língua brasileira de sinais?       O que é língua brasileira de sinais?       O que é língua brasileira de sinais?       O que é língua brasileira de sinais?       O que é língua brasileira de sinais?       Uma língua como idioma Comunicação pelas mãos Não é mí mica Não é linguagem É uma língua natural É captada pela visão, pelas expressões faciais e pelos movimentos corporais O que é língua brasileira de sinais?      
  • 12. CONSIDERAÇÕES FINAIS
    • Linguísticamente, pode-se afirmar que a língua de sinais é língua porque apresenta características presentes em outras línguas naturais e, essencialmente, porque é humana.
    • Tem gramática própria e se apresenta estruturada em todos os níveis, como as línguas orais: fonológico.morfológico, sintático e semântico. Além disso, podemos encontrar nela outras características: a produtividade/criatividade, a flexibilidade, a arbitrariedade, ...
  • 13.
    • Vivemos um momento ímpar, muitas conquistas foram alcançadas: ao oficialização da LIBRAS, o direito do surdo de ter um intérprete nas universidades, a obrigatoriedade de formação nas áreas de licenciaturas no ensino superior para surdos, a inclusão da LIBRAS nos currículos...
    • O momento é de transições, adaptações, reformulações. Mas sabemos que ainda há uma distância enorme entre o dizer e o fazer. Há resistências quanto ao uso de línguas de sinais na escolarização do surdo, ou por falta de espaços, oportunidades e apoio para os educadores ouvintes se aperfeiçoarem, ou por se perpetuarem visões preconceituosas sobre a língua.
    • A oficialização da LIBRAS foi um grande passo, mas precisamos ir além, precisamos de políticas linguísticas e educacionais que assegurem verdadeiramente a cidadania ao surdo.
  • 14.
    • “ Quando aceito a língua de outra pessoa, eu aceito a pessoa ... A língua é parte de nós mesmos ... Quando aceito a língua de sinais, eu aceito o surdo, e é importante ter sempre em mente que o surdo tem direito de ser surdo. Nós não devemos mudá-los; devemos ensiná-los; ajudá-los, mas temos que permitir-lhes ser surdos”
    • (Terje Basilier, 1993)

×