Your SlideShare is downloading. ×
Apresentação1 pronomes
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Introducing the official SlideShare app

Stunning, full-screen experience for iPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Apresentação1 pronomes

2,129
views

Published on

Apresentação em sala de aula - 2a. verificação

Apresentação em sala de aula - 2a. verificação

Published in: Education, Technology, Travel

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
2,129
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
87
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Universidade Federal do Rio de Janeiro Centro de Ciências Jurídicas e Econômicas Faculdade de Administração e Ciências Contábeis Curso de Biblioteconomia e Gestão de Unidades de Informação 2011.1 PRONOMES ALUNAS: DANIELA CRANCHI JANAINA JULIANA RODRIGUES MARIA EDUARDA RAQUEL LOPES Profa. FÁTIMA BARBOSA
  • 2.  
  • 3. PRONOME É a palavra que representa ou acompanha o substantivo/adjetivo, relacionando-o à pessoa do discurso.
  • 4. Espécies de pronomes
    • PESSOAIS
    • POSSESSIVOS
    • DEMONSTRATIVOS
    • RELATIVOS
    • INTERROGATIVOS
    • INDEFINIDOS
  • 5. PRONOMES PESSOAIS
    • São aqueles que designam uma das três pessoas do discurso: a que fala, a com quem se fala e a de quem se fala.
  • 6. Pronome pessoal O pronome pessoal é aquele que indica as pessoas do discurso. Dividem-se em retos e oblíquos.
  • 7. Os pronomes pessoais retos são:
  • 8.
    • São pronomes oblíquos átonos :
      • me, te, o, a, lhe, se, nos, vos, os, as, lhes.
    • Os pronomes pessoais oblíquos átonos, com formas verbais:   A mãe esperava -o ansiosa
    • São pronomes oblíquos tônicos :
      • mim, ti, ele, ela, si, nós, vós, eles, elas.   Os pronomes pessoais oblíquos tônicos são usados com preposição :
    • A mãe ansiosa esperava por mim .
  • 9. » Os pronomes oblíquos átonos o , a , os , as exercem a função de objeto direto:   A enfermeira examinou -o .   » Os pronomes oblíquos átonos lhe , lhes exercem a função de objeto indireto.   O garçom oferece -lhe bebida.   » Antes de verbo no infinitivo só usamos eu e tu , jamais mim e ti .   Fizeram de tudo para eu me emocionar.   Fizeram de tudo para tu comprares a casa.
  • 10.
    • Se a preposição é com , dizemos comigo, contigo, consigo, conosco, convosco, e não: com mi, com ti, com si, com nós, com vós. Emprega-se, entretanto, com nós e com vós , ao lado de conosco e convosco , quando estes pronomes tônicos vem seguidos ou precedidos de mesmos, próprios, todos, outros, ambos, numeral ou oração adjetiva, a fim de evidenciar o antecedente:
    • “ Há um céu para nós outros na imortalidade das nossas obras terrenas” [JR.2,185]
  • 11. Pronome possessivo São aqueles que indicam a posse de algo, estabelecendo uma relação entre o possuidor e a coisa possuída.   Minha casa está sendo reformada.    
  • 12. Pronome Demonstrativo
  • 13. Pronomes demonstrativos O pronome demonstrativo é aquele que indica a posição de um ser em relação às pessoas do discurso, situando-o no tempo ou no espaço.   São os seguintes:   Os demonstrativos combinam-se com as preposições de ou em , dando as formas deste , desse , disso , naquele , naquela , naquilo .  
  • 14. Emprego dos pronomes demonstrativos » Usamos os demonstrativos esse , essa , isso em referência a coisa ou seres que estejam perto da segunda pessoa (o ouvinte).   Esse caderno que está na sua mesa é meu.   » Também empregamos esse , essa , isso para mencionar algo já dito no discurso.   Todos achavam que ele não havia se arrependido. Achavam isso porque ele não agia como tal.  
  • 15. » Usamos este , esta , isto em referência a coisas ou seres que se encontram perto da primeira pessoa (o falante).   Sempre que vejo esta carta lembro-me de você.   » Também empregamos este , esta , isto no discurso para mencionar coisas que ainda não foram ditas.   Só posso dizer isto : odeio você.   » Aquele , aquela , aquilo são usados quando as coisas ou seres estão longe do falante e do ouvinte.   Aquela obra não apresenta boa segurança.  
  • 16. Pronome de Tratamento
  • 17. Pronomes pessoais de tratamento   Os pronomes de tratamento são aqueles que indicam um trato cortês ou informal, sempre concordam com o verbo na terceira pessoa.   Quando falamos diretamente com a pessoa, usamos o pronome de tratamento na forma Vossa .   Vossa Alteza precisa descansar.   Quando falamos sobre a pessoa, usamos o pronome de tratamento na forma Sua .   Sua Alteza retornará em breve.  
  • 18.  
  • 19. Pronome Relativo
  • 20. Pronomes relativos Pronomes relativos são aqueles que se referem a um termo anterior.   Veja o exemplo:   O perdão de todos, o qual agradeço, é importante pra mim.   Os pronomes relativos são variáveis ou invariáveis:  
  • 21. Pronome Interrogativo
  • 22. Pronomes interrogativos
    • São aqueles usados na formulação de perguntas diretas ou indiretas, referindo-se à 3° pessoa do discurso.   Qual é seu nome?
    • Os principais pronomes interrogativos são:
    • invariáveis: quem, que
    • variáveis: qual, quais, quanto, quantos, quanta, quantas.
  • 23. Pergunta direta:   A mãe perguntou: ― quem fez isso?   Pergunta indireta:   A mãe perguntou quem havia feito aquilo.   Nos dois casos o pronome interrogativo quem desempenha o mesmo papel.  
  • 24. Pronome Indefinido
  • 25. Pronomes indefinidos Pronome indefinido é aquele que se refere à terceira pessoa do discurso de modo impreciso, indeterminado, genérico:   Alguém bateu à porta.   Todos cumpriram suas tarefas.  
  • 26. Os pronomes indefinidos podem ser variáveis e invariáveis.
  • 27. Algumas frases com pronomes indefinidos: Todas as pessoas assistiram o filme.   Durante meia hora não vi pessoa alguma te procurar.   Escolheu qualquer roupa.   Um gosta de filme, outro de livros.   Há vários países o procurando.  
  • 28.
    • Em muitas situações temos não um pronome indefinido, mas um grupo de palavras com o valor de um pronome indefinido. São as locuções pronominais indefinidas :
      • q uem quer que,
      • cada qual,
      • todo aquele,
      • seja quem for,
      • qualquer um,
      • tal e qual,
      • etc.  
  • 29. REFERÊNCIAS
    • ABAURRE, Maria Luiza. Português, língua, literatura, produção de textos: volume
    • único . 2 ed. São Paulo: Moderna, 2004. p. 216- 220.
    •  
    • BECHARA, Evanildo.Moderna gramática portuguesa. – 32.ed.rev.e ampl. 14ª.reimp. – Rio de Janeiro : Lucerna, 2004. p. 162 – 201.
    •  
    • http://www.infoescola.com/portugues/pronomes/
    •  
    • http://www.soportugues.com.br/secoes/morf/morf42.php
    •  
    • http://kplus.cosmo.com.br/materia.asp?co=28&rv=Gramatica
    •  
  • 30. Universidade Federal do Rio de Janeiro Centro de Ciências Jurídicas e Econômicas Faculdade de Administração e Ciências Contábeis Curso de Biblioteconomia e Gestão de Unidades de Informação 2011.1 AGRADECEMOS A SUA ATENÇÃO ALUNAS: DANIELA CRANCHI JANAINA JULIANA RODRIGUES MARIA EDUARDA RAQUEL LOPES Profa. FÁTIMA BARBOSA