Your SlideShare is downloading. ×
Globalização aspectos gerais e integração dos lugares
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Introducing the official SlideShare app

Stunning, full-screen experience for iPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Globalização aspectos gerais e integração dos lugares

3,215
views

Published on


0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
3,215
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
26
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. RELEMBRANDO O QUE JÁ APRENDEMOS ATÉ AGORA... 8 Ano – GEO/ Profa. Raquel P. R. de Avila
  • 2. O que é mesmo a GLOBALIZAÇÃO?
    • Não há um conceito único sobre o termo, mas é importante saber que:
    •   É um fenômeno social que ocorre em escala global que consiste em uma integração de caráter  econômico , social, cultural e político entre diferentes países;
    •    É oriunda de evoluções ocorridas, principalmente, nos meios de transportes e nas telecomunicações, fazendo com que o mundo “encurtasse” as distâncias;
    • O processo surgiu para atender ao capitalismo, e principalmente os países desenvolvidos; de modo que os mesmos pudessem buscar novos mercados, tendo em vista que o consumo interno se encontrava saturado. 
    • É a fase mais avançada do capitalismo;
    • A integração mundial decorrente do processo de globalização ocorreu em razão de dois fatores: as inovações tecnológicas e o incremento no fluxo comercial mundial;
    • Esse processo estreitou as relações comerciais entre os países e as empresas;
    • Outra faceta da globalização é a formação de blocos econômicos, que buscam se fortalecer no mercado que está cada vez mais competitivo.
  • 3. Capitalismo
    • Sistema econômico em que os  meios de produção  e distribuição são de propriedade privada e com fins lucrativos; decisões sobre oferta,demanda, preço, distribuição e investimentos não são feitos pelo governo, os lucros são distribuídos para os proprietários que investem em empresas e os salários são pagos aos trabalhadores pelas empresas. É dominante no mundo ocidental desde o final do  feudalismo
  • 4. Meios de produção
    • Segundo a teoria marxista,são o conjunto formado por  meios de trabalho  e  objetos de trabalho  - ou tudo o que medeia a relação entre o trabalho humano e a natureza, no processo de transformação da própria natureza.
    • Meios de trabalho  incluem os instrumentos de produção: instalações prediais (fábricas, armazéns, silos etc), infraestrutura (abastecimento d'água,energia,transportes, telecomunicações, etc), máquinas, ferramentas), etc.
    • Objetos de trabalho  são os elementos sobre os quais ocorre o trabalho humano (recursos naturais (terra, etc.) e matérias-primas (minerais, vegetais e animais).
    • Segundo Marx, a propriedade dos meios de produção determina a posição dominante da burguesia no modo de produção capitalista. O modo de produção é, por sua vez, determinante na organização da sociedade
  • 5. Feudalismo
    • Conjunto de  práticas  envolvendo questões de ordem econômica, social e política. Entre os séculos V e X, a Europa Ocidental sofreu uma série de transformações que possibilitaram o surgimento dessas novas maneiras de se pensar, agir e relacionar. De modo geral, a configuração do mundo feudal está vinculada a duas experiências históricas concomitantes: a crise do Império Romano e as Invasões Bárbaras. 
  • 6. Multinacionais/Transnacionais
    • Denomina-se Transnacionais as empresas sediadas num país e que operam sua produção ou parte dela em outro ; enquanto que as Multinacionais , como o próprio termo apresenta, significa as empresas, cujas várias fases de produção se complementam entre unidades produtivas de várias nacionalidades .
    • Na realidade os dois termos, pelo uso comum acabavam fundindo-se, e acabaram por serem usados para denominar, de forma genérica as grandes empresas que, sediadas geralmente no capitalismo central, nos países desenvolvidos, operam ou controlam a produção no capitalismo periférico, no mundo subdesenvolvido.
  • 7. Privatizações no Brasil
  • 8. Liberalismo
    • Conjunto de princípios e teorias políticas, que apresenta como ponto principal a defesa da liberdade política e econômica. Neste sentido, os liberais são contrários ao forte controle do Estado na economia e na vida das pessoas.
    • O pensamento liberal teve sua origem no século XVII, através dos trabalhos sobre política publicados pelo filósofo inglês John Locke. Já no século XVIII, o liberalismo econômico ganhou força com as idéias defendidas pelo filósofo e economista escocês Adam Smith.
    • Podemos citar como princípios básicos do liberalismo:
    • - Defesa da propriedade privada; - Liberdade econômica (livre mercado); - Mínima participação do Estado nos assuntos econômicos da nação (governo limitado); - Igualdade perante a lei (estado de direito); Na década de 1970 surgiu o neoliberalismo , que é a aplicação dos princípios liberais numa realidade econômica pautada pela globalização e por novos paradigmas do capitalismo.
  • 9. Protecionismo
    • Mecanismo usado pelo governo dos países para proteger as indústrias nacionais da concorrência externa.
    • Mecanismos protecionistas:
    • - Aumento da carga tributária sobre a importação de gêneros agrícolas e manufaturados; - Criação de diversas regras e normas para a entrada de produtos estrangeiros; - Utilização de subsídios para baratear os produtos nacionais.
    • Nos dias atuais, o protecionismo perdeu força e é considerado uma prática econômica desleal. A OMC (Organização Mundial do Comércio) regula o comércio internacional, visando combater práticas comerciais protecionistas. Mesmo assim, muitos países ainda usam o mecanismo do subsídio, principalmente na área agrícola, como forma de proteger os agentes econômicos nacionais. 
  • 10. Integração dos lugares no mundo globalizado
    • Transporte: parâmetro do desenvolvimento nacional/aprimoramento na velocidade/ conforto e capacidade dos transportes (marítimos, ferroviários e rodoviários)
    • Tecnologias: fator de desenvolvimento dos países capitalistas – qualidade do sistema educacional
    • Comunicação: redes/integração/essencialidade no mundo globalizado
  • 11. Complementação...
    • Leitura das páginas 146 à 165
    • Exercícios 1 à 6 da página 166
    • Na próxima aula, iremos corrigir os exercícios,ok? Faça e anote as dúvidas para que possamos saná-las.
    • Até!