O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares: metodologias de operacionalização (parte II)<br />Tabela <br />Subdo...
Tabela SessãO 6 Raquel
Tabela SessãO 6 Raquel
Tabela SessãO 6 Raquel
Tabela SessãO 6 Raquel
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Tabela SessãO 6 Raquel

185

Published on

Sessão 6 - O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares: metodologias de operacionalização (parte II) - Domínio D2

Published in: Technology, Travel
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
185
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
3
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Tabela SessãO 6 Raquel

  1. 1. O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares: metodologias de operacionalização (parte II)<br />Tabela <br />Subdomínio D2 <br />IndicadoresFactores críticos de SucessoInstrumentos de Recolha de EvidênciasFrases - TipoD.2.1Liderança do professorBibliotecário na escola/agrupamento.O professor bibliotecário exerce uma liderança forte e eficaz, promovendo:- O trabalho sistemático e a comunicação com a com os órgãos de direcção, administração e gestão(director, conselho pedagógico), departamentos curriculares e demais estruturas de coordenação educativa e supervisão pedagógica.- Uma participação efectiva no conselho pedagógico e demais estruturas de coordenação educativa e supervisão pedagógica, garantindo a integração e adequação dos objectivos e actividades da BE aos objectivos educativos e curriculares da escola.- Uma gestão integrada que rentabilize recursos e possibilidades de trabalho na escola.- Uma boa gestão dos recursos humanos, criando boas relações interpessoais com a equipa.- A mobilização das comunidades educativa e escolar para o valor e para o trabalho da/com a BE.- O trabalho articulado com os docentes. - O apoio e o trabalho com as BE/escolas do agrupamento, garantindo igualdade de condições no acesso aos recursos de informação e a actividades que facultem o apoio ao currículo e a formação para as diferentes literacias.- O apoio a projectos e a articulação com outros actores com intervenção pedagógica na escola(PTE, PNEP, PNL, outros).- A planificação estratégica e operacional relacionada com os resultados da avaliação, com os objectivos prioritários e o planeamento da escola.- A operacionalização de programas de formação para as literacias e actividades culturais que contribuam para as aprendizagens dos alunos e para o sucesso escolar.- A implementação da autoavaliação dos serviços, introduzindo um processo de melhoria contínua com impacto no processo de planeamento e em acções de promoção e marketing.Documentos da Escola (PEE, PCE, PAA)Actas de reuniõesRegistos de actividades desenvolvidas com os docentes e coordenadores de departamentoMateriais produzidos pela BE (planos de trabalho e planificações de sessões)Plano Anual de Actividades da BE Observação Recolha de opiniõesQuestionário aos docentes QD3Divulgação das actividades da BE em vários locais da escola (sala de alunos, entrada de pavilhões), no BLOG e no site da Escola Documentos que regem o funcionamento da BERegisto de tarefas da BE Grelha (CK3) – Auto-avaliação do professor bibliotecário . O professor Bibliotecário reúne, sempre que possível, com os diferentes coordenadores de departamento e docentes. . O PB participa em todas as reuniões de Conselho Pedagógico. . A BE reuniu com o órgão de gestão, de forma a delinear as linhas orientadoras do trabalho da BE a desenvolver no Agrupamento. . A BE programou actividades de articulação com os docentes de Área Projecto e Estudo Acompanhado. . O Plano Anual de Actividades promove os 4 domínios de acção da BE. . A BE recolheu, através de conversas informais, opiniões acerca deste subdomínio. . Resultados do Questionário QD3 (por ex: …% 4 Muito Bom …% 3 Bom …% 2 Suficiente …% 1 Insuficiente dos docentes classificou a Capacidade de liderança do professor bibliotecário, trabalho com os departamentos, docentes e alunos e desempenho ao nível de gestão da BE). . A BE divulgou as actividades realizadas junto de toda a comunidade escolar. . A BE promove actividades culturais que respondem aos domínios de funcionamento da mesma. . Na auto-avalição o PB foi avaliado de acordo com os seguintes indicadores: …boa gestão e liderança forte…; …boas relações interpessoais…; …recursos e os serviços em contínuo, planifica e actua de acordo com os resultados identificados… D.2.2 Adequação dos recursos humanos às necessidades de funcionamento da BE na escola/agrupamento.- O professor bibliotecário afecto possui formação e competências adequadas ao seu conteúdo funcional, nos termos da legislação vigente.- A equipa é pluridisciplinar, adequada em número e possui formação e competências adequadas seu conteúdo funcional.- O professor bibliotecário e a equipa, que deve integrar pessoal não docente, asseguram uma gestão integrada e serviços eficazes à escola/agrupamento.- O professor bibliotecário e a equipa têm uma atitude proactiva que: induz comportamentos de acesso e uso dos recursos; garante uma mediação eficaz entre as necessidades dos utilizadores e as fontes de informação; promove as possibilidades de trabalho facultadas pela BE.- O professor bibliotecário e a equipa formam os alunos para o uso da BE, para as diferentes literacias e acompanham-nos em trabalho orientado na BE.- O professor bibliotecário e a equipa trabalham articuladamente com outras BE/escolas e com o exterior.Horário dos elementos da equipaEstatísticas de ocupação da BERegistos de actividades promovidas pela BEQuestionário aos alunos QA4Questionário aos docentes QD3Actas de reuniõesObservação. O horário dos elementos da Equipa tenta cobrir o horário de funcionamento da BE. . A BE programou actividades de formação para o uso da BE. . Os alunos classificaram o acesso e uso da BE tendo em conta: horário da BE; apoio da equipa; participação em sessões de trabalho da equipa. …% Bom …% Suficiente …% Pouco …% Nada. Os docentes classificaram o acesso e uso da BE tendo em conta: horário da BE; disponibilização de informação relacionada com o trabalho escolar/currículo; condições para a promoção da leitura; articulação de actividades e partilha de recursos com as escolas do Agrupamento. …% 4 Muito Bom …% 3 Bom …% 2 Suficiente …% 1 InsuficienteD.2.3 Adequação da BE em termos de espaço às necessidades da escola/agrupamento.- A BE reflecte e integra os normativos definidos pelo ME/RBE.- A BE disponibiliza condições de espaço capazes de responder, no seu funcionamento, às solicitações da comunidade escolar e a uma utilização diversificada.- A organização do espaço e dos recursos permite uma utilização integrada e flexível e o trabalho individual e em grupo.- O mobiliário é adequado em termos de ergonomia, quantidade, cor, altura à faixa etária e necessidades dos alunos, proporcionando boas condições de acomodação e o acesso livre dos utilizadores à documentação.Documentos de caracterização da BE (planta, equipamentos…) Registos de observação do funcionamentoRecolha de opiniõesEstatísticas de ocupação da BE. Uma vez que é uma Biblioteca da RBE encontra-se de acordo com as normas impostas. . O espaço da BE encontra-se adequado às necessidades dos utilizadores. . A BE é muito utilizada para as aulas de Estudo Acompanhado e Área Projecto. D.2.4 Adequação dos computadores e equipamentos tecnológicos ao trabalho da BE e dos utilizadores na escola/agrupamento.- Os equipamentos são suficientes para as necessidades locais e para responder aos serviços de biblioteca que a BE realiza no agrupamento.- Os equipamentos respondem em actualidade, adequação e funcionalidade aos desafios que o paradigma actual coloca e ao trabalho e uso da documentação em diferentes suportes.- Os equipamentos de leitura áudio/Mp3 e vídeo/ DVD são adequados em número e condições de funcionamento às necessidades dos utilizadores.- O número de computadores responde à procura e às solicitações da escola/agrupamento.- O hardware está actualizado e o software responde às exigências das solicitações.- O professor bibliotecário rentabiliza possibilidades de afectação de recursos e de trabalho no contexto do desenvolvimento do PTE ou de outros projectos na área das TIC.- A BE funciona em rede (Intranet eInternet) e explora as potencialidades que as redes facultam.- A BE recorre a diferentes tipos de ferramentas: WEB, plataformas (LMS) ou outros dispositivos da WEB2, para incentivar o diálogo e desenvolver processos formativos ou criativos com os utilizadores e com o agrupamento.Inventário do equipamento da BERegistos em suporte digitalEstatísticas de actividades realizadas no âmbito das TICQuestionário aos alunos QA4Questionário aos docentes QD3. A BE possui um inventário actualizado. . A BE articulou com o Coordenador do PTE a rentabilização de equipamentos e possibilidades de trabalho. . Os alunos classificaram as condições de acesso e os recursos disponibilizados pela BE tendo em conta: de que forma os Computadores têm respondido às necessidades dos mesmos; documentação variada em vários suportes; informação on-line; utilização de blogues ou outras ferramentas WEB. …% Bom …% Suficiente …% Pouco …% Nada. Os docentes classificaram as condições de acesso e os recursos disponibilizados pela BE tendo em conta: número, actualização e adequação dos equipamentos tecnológicos; disponibilização de recursos e de ferramentas Web para acesso, produção e difusão de informação; uso das TIC. …% 4 Muito Bom …% 3 Bom …% 2 Suficiente …% 1 Insuficiente<br />
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×