PPT_aula_FGV_MBA_CRM _Prof. Randes_15.08.13

1,765 views
1,587 views

Published on

CRM - uma quebra de paradigmas. Marketing 1:1. Determinação do valor estratégico do cliente. As 4 estratégias de marketing 1:1. Fatia de mercado X fatia de clientes. Marketing em tempo real. Relacionamento com CRM: um problema de aprendizado. Os desafios para a implantação do CRM.

Published in: Business
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,765
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
143
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide
  • O Walt Disney (criador do personagens Mickey e Pateta) dizia que o show tem que ser completo, ou seja, de nada adianta o sanduiche do parque ser maravilhoso, se o banheiro estiver sujo.
  • - International Data Corporation ( IDC ) is a market research , analysis and advisory firm specializing in information technology , telecommunications and consumer technology. IDC is a wholly owned subsidiary of IDG . IDC is headquartered in Framingham, Massachusetts and has over 1,000 analysts worldwide covering technology and industry opportunities, trends and forecasts in over 110 countries. [1] In 1992 IDC organized it’s first conference to help educate IT and telecommunications professionals about the latest developments in technology. Today, IDC organizes more than 200 conferences in Europe, Middle East, Africa, Asia Pacific, Latin America and North America annually. IDC's Insights line of businesses provide industry-focused advice for IT buyers in the Financial, Government, Health, Retail, Manufacturing and Energy verticals. - Gartner , Inc. (NYSE: IT) is an information technology research and advisory firm headquartered in Stamford, Connecticut, United States. It was known as GartnerGroup until 2001. [1] Gartner is an information technology research and advisory company providing technology related insight. Research provided by Gartner is targeted at CIOs and senior IT leaders in industries that include government agencies, high-tech and telecom enterprises, professional services firms, and technology investors. Gartner clients include large corporations, government agencies, technology companies and the investment community. The company consists of Research, Executive Programs, Consulting and Events. Founded in 1979, Gartner has over 5,300 employees, [2] including 1,280 in R&D. [3]
  • SCM – Supplay Chain Management – oracle E-procurement – ferramenta eletrônica de pesquisa de compras
  • PPT_aula_FGV_MBA_CRM _Prof. Randes_15.08.13

    1. 1. www.profrandes.com.br
    2. 2. Background •
    3. 3.  Concorrência acirrada;  Alta complexidade das relações;  Redes colaborativas;  taxas de respostas decrescentes ;  custos de aquisição de clientes crescentes;  não há diferenças relevantes entre as ofertas; Os Desafios dos Negócios Nova Era ... O AMBIENTE COMPETITIVOO AMBIENTE COMPETITIVO
    4. 4.  Consumidores mais exigentes;  Conscientes dos seus direitos;  Bem informados e  Sensíveis a preço Um Novo Consumidor ... ou Novos Hábitos? O AMBIENTE COMPETITIVOO AMBIENTE COMPETITIVO Os Clientes estão mudando
    5. 5. Levar oLevar o cachorrocachorro para darpara dar umauma voltinha?voltinha? Consumidor Contemporâneo quer Conveniência Prof. Randes EnesMarketing: Relacionamento e Serviços O AMBIENTE COMPETITIVOO AMBIENTE COMPETITIVO
    6. 6.  Crescimento na preferência por produtos com serviços agregados;  Sensibilidade ao preço prevalecendo sobre fidelidade às marcas;  Exigência de maior personalização no atendimento;  Mais informados e mais conectados;  Desejam mais emoção e experiência gratificante nas suas interações com as marcas. Os Clientes estão mudando O AMBIENTE COMPETITIVOO AMBIENTE COMPETITIVO Um Novo Consumidor ... ou Novos Hábitos?
    7. 7.  Adotam novas estratégias e novas práticas  Foco em Diferenciação nos Serviços  CRM para conhecer o perfil e as preferências do cliente para gerenciar o relacionamento e atender melhor e com mais eficácia.  Foco na Fidelização. O AMBIENTE COMPETITIVOO AMBIENTE COMPETITIVO As empresas estão mudando...
    8. 8.  Descobrir expectativas não atendidas;  Muitas empresas não conseguem identificar os motivos (porquê, quando e como) da perda ou ganho de clientes; O AMBIENTE COMPETITIVOO AMBIENTE COMPETITIVO Foco na Diferenciação dos Serviços  A maioria dos clientes abandona gradualmente uma marca, e este não sabe o motivo - o que dificulta o entendimento do fenômeno;  Exceder as expectativas;  Oferecer serviços de valor agregado que excedam as expectativas, pois desviam o foco da comparação de preços e retém os clientes; .
    9. 9. O que é Valor?
    10. 10. • O objetivo é ganhar o mercado, não apenas vender o produto; • O marketing evolui junto com a tecnologia; • Vender o produto é vender o serviço, que é vender o produto; • Tecnologia vende tecnologia; O MARKETING 1:1
    11. 11. As quatro estratégias do Marketing 1:1 A Busca pelo Equilíbrio!
    12. 12. MODELO QUÂNTICO #1
    13. 13. A Sociedade-Rede
    14. 14. A rede de uma pessoa é sempre maior do que ela imagina e sempre menor do que poderia ser.
    15. 15. GESTÃO DE CLIENTES #2
    16. 16. Gestão de Clientes  O marketing tem que se tornar um processo de aprendizagem na empresa;  O marketing é uma questão de criar mercados, não de participar do mercado;  Marketing tem a ver com processo, não com táticas promocionais;  O Marketing é qualitativo não é quantitativo;
    17. 17. Matriz BCG Ciclo de vida do cliente
    18. 18. TUDO COMEÇA COM OTUDO COMEÇA COM O CONSUMIDORCONSUMIDOR “ouvir os consumidores têm que ser do interesse de todos”. Tom Peters Marketing de Relações
    19. 19. O ambiente define o produto; Enfoque nos fatores intangíveis;  Encontrando o alvo certo; Negócios têm a ver com as pessoas, não com as coisas; Marketing de Relações
    20. 20. MARKETINGMARKETING DEDE RELACIONAMENTORELACIONAMENTO #3
    21. 21. Conceito de Marketing de RelacionamentoConceito de Marketing de Relacionamento “É uma estratégia de negócios que visa construir próativamente uma preferência por uma organização com seus clientes, canais de distribuição e funcionários, contribuindo para o aumento do desempenho dessa organização e para resultados sustentáveis”. Carison Marketing Group
    22. 22. • Visa a criação de relações sólidas e duradouras; • A importância do avanço da informática; • Clientes Novos X Clientes Antigos; • Ferramentas mais utilizadas: CRM, Telemarketing, Mala Direta e Internet. MARKETING DE RELACIONAMENTOMARKETING DE RELACIONAMENTO
    23. 23. • Comunicação interativa; • Uso eficaz da tecnologia; • Informação; • Aprimoramento; • Entender o que significa perder 1 cliente; • Monitoramento da satisfação dos clientes. MARKETING DE RELACIONAMENTOMARKETING DE RELACIONAMENTO
    24. 24. Você sabia que ... “ 68% da perda de clientes tem como razão a má qualidade do serviço” Us News and World Report “Dos clientes insatisfeitos, apenas cerca de 5% efetivamente fazem uma reclamação” Denis Walker “65% dos negócios de uma empresa vem de clientes já existentes e não de novos “ American Management Association Fatos e Dados Foco do Cliente e no Mercado
    25. 25. Fatos e Dados “Um cliente insatisfeito fala a aproximadamente onze pessoas de sua frustração e apenas seis quando fica satisfeito” Christophe Hart “Custa 5 à 6 vezes mais caro conquistar um novo cliente do que manter um cliente existente” Claus Moller Foco do Cliente e no Mercado
    26. 26. Interações Internas do Marketing
    27. 27. Teoria da CorrenteTeoria da Corrente
    28. 28. • Emprego • Provedor • Banco • Cartão • Telefonia • Empregada • Cidade • Companheiro(a) ... Quantas vezes você pensou em mudar de:
    29. 29. POR QUE NÃO MUDOU?POR QUE NÃO MUDOU?
    30. 30. Inconveniência da Infidelidade
    31. 31. Produtos & ServiçosProdutos & Serviços “Quase 70% das razões identificáveis pelas quais os clientes abandonaram as companhias nada tinham a ver com o Produto” Fonte: The Forum Corporation SEMELHANÇAS ? DIFERENÇAS ? HABILIDADES e ESTRATÉGIAS DIFERENCIADAS ?
    32. 32. Sinais de Alerta no Relacionamento  Burocracia;  Falta de autonomia;  Falta de treinamento;  Ações isoladas e esporádicas;  Aumento no índice de reclamações / perda de clientes;  Baixa motivação do pessoal de linha de frente e/ou elevada taxa de rotatividade;  Confundir lista de clientes com CRM
    33. 33. FIDELIZAÇÃOFIDELIZAÇÃO #4
    34. 34. • A fidelização gera a relutância entre os clientes em mudar de marca, agregando um valor financeiro, porque aumenta a vida útil da carteira de clientes. • Fidelização “canina” dificilmente acontece. • A fidelização do cliente está fortemente ligada a questão da qualidade de serviço. • Por que a fidelização aumenta os lucros? 1. lucro derivado do aumento das compras 2. lucro a partir de custos operacionais reduzidos 3. lucro a partir de indicações para outros clientes FIDELIZAÇÃOFIDELIZAÇÃO #4
    35. 35. • Qual a ligação entre lucratividade, satisfação e retenção de clientes? • É importante identificar o motivo da perda de consumidores. • O conceito de fidelização pode ser observado sob dois enfoques: estratégico e tático. • Muitos programas de fidelização seguem a filosofia dos 80/20. • Há diferenças entre promoção de vendas e fidelização no que diz respeito a objetivo, público, duração e recompensa para o cliente. FIDELIZAÇÃOFIDELIZAÇÃO #4
    36. 36. Antes de implementar um programa de fidelização devemos saber: 1. O que sabemos sobre o histórico de compras de nossos clientes? 2. Por que nossos clientes escolheram nossa marca? 3. Por que nossos clientes abandonam nossa marca? 4. Em média, por quanto tempo mantemos um cliente conosco? 5. A filosofia dos 80/20 é uma verdade na minha empresa? 6. Quem são os principais concorrentes? 7. O que estes concorrentes fazem em termos de fidelização? 8. Quais são nossas vantagens e desvantagens em relação a eles?
    37. 37. Esqueça os Obstáculos da Tecnologia ... ... a Toda Velocidade!
    38. 38. CRM VOLTADO PARA O MERCADO OU VOLTADO PARA O MARKETING? “A tecnologia se renova, mas o mercado se sofistica.” Customer Relationship Management
    39. 39. O Conceito de CRM • Para desenvolver novos mercados é essencial que as empresas dediquem-se ao treinamento dos consumidores; • Precisam entender o que as pessoas estão pensando, conhecer seus preconceitos, gostos e aversões, saber o que desejam ouvir; • A fidelidade do consumidor começa com uma experiência;
    40. 40. ● IDC – International Data Corporate Conjunto de Aplicativos que automatizam o processo de comunicação com os clientes dentro das organizações. ● Gartner Incorporation Estratégia de Negócios voltada ao entendimento e a antecipação dos clientes atuais e potenciais de um empresa. O Conceito de CRM
    41. 41.  SIM - Sistema de Informação de Marketing  DBM - Database Marketing  CRM -Customer Relationship Management  ERP-2 - Enterprise Resource Planning Plataformas Operacionais de TI
    42. 42.  Visão do cliente em todos as etapas de sua vida;  Conhecimento de todas as interações com o cliente;  Cada contato é uma oportunidade de enriquecer o conhecimento sobre o cliente e suas expectativas;  Atuação pró-ativa;  Ação personalizada;  Cada contato é uma chance para encantá-lo (ou desapontá-lo) e para aumentar a rentabilidade; Porque utilizar o CRM? CRM para conhecer o cliente
    43. 43. CRM para que? Diferenciá-los pelas necessidades • WIN BACK OR SAVE (recuperar clientes que tenham deixado ou estejam deixando o relacionamento); • PROSPECTING (realizar a prospecção de novos clientes); • LOYALTY (criar lealdade entre os clientes existentes); • CROSS-SELL/UP-SELL (realizar maiores vendas ou vendas casadas).
    44. 44. LTV (Lifetime Value) • CMV (CLIENTES MAIS VALIOSOS) para os quais deve-se empregar a estratégia de retenção, utilizando programas de reconhecimento e a possibilidade de uso de canais de comunicação exclusivos recompensando o alto valor gerado; • CMP (CLIENTES DE MAIOR POTENCIAL) para os quais é necessário desenvolver esses clientes através de incentivos; • BZs (BELOW ZEROS) que representam valor negativo para a organização; • GRUPO DE CLIENTES INTERMEDÁRIOS mas que são lucrativos, porém sem grande expressão. Relacionamentos de longo tempo com os clientes, visando um maior aproveitamento do LTV de cada cliente:
    45. 45. oEstratégia oSegmentação oTecnologia oProcesso oOrganização Implementação do CRMImplementação do CRM
    46. 46. ERP e CRMERP e CRM BIG DATABIG DATA
    47. 47. O PODER DO BIG DATA Dos Detalhes para os DesejosDos Detalhes para os Desejos
    48. 48. • Os clientes têm expectativas que a empresaOs clientes têm expectativas que a empresa conheça o porque eles estão comprando ou porqueconheça o porque eles estão comprando ou porque eles não compraram;eles não compraram; • 80% dos dados mensurados provenientes de80% dos dados mensurados provenientes de imagens (likes), vídeos (youtube), tweets, posts eimagens (likes), vídeos (youtube), tweets, posts e e-mail não são gerenciados;e-mail não são gerenciados; • Uma plataforma de Big Data alinha informaçõesUma plataforma de Big Data alinha informações com os sentimentos dos clientes, proporcionandocom os sentimentos dos clientes, proporcionando recordes de vendas com as mídias sociais;recordes de vendas com as mídias sociais; *Fonte: IBM – Enter Smarter Analytics*Fonte: IBM – Enter Smarter Analytics O PODER DO BIG DATA
    49. 49. • Automatização da gestão de marketing; • Automatização da gestão comercial, dos canais e da força de vendas ; • Gestão dos serviços ao cliente; : O CRM abrange três grandes áreasO CRM abrange três grandes áreas
    50. 50. Ciclos de desenvolvimento do CRM Estratégia central do CRM
    51. 51. • CRM Operacional: é a aplicação da tecnologia de informação para melhorar a eficiência do relacionamento entre os clientes e a empresa. Prevê a integração de todos os produtos de tecnologia para proporcionar o melhor atendimento ao cliente. • CRM Colaborativo: é a aplicação da tecnologia de informação que permite a automação e a integração entre todos os pontos de contato do cliente com a empresa. Estes pontos de contato devem estar preparados para interagir com o cliente e disseminar as informações levantadas para os sistemas do CRM operacional. Os quatro tipos de CRM:Os quatro tipos de CRM:
    52. 52. • CRM Analítico: componente do CRM que permite identificar e acompanhar diferentes tipos de clientes dentro da carteira de uma empresa e de posse destas informações, determinar qual a estratégia a seguir para atender às diferentes necessidades dos clientes identificados. Normalmente utiliza recursos de mineração de dados para localizar padrões de diferenciação entre os clientes. • CRM Social: é a forma de interagir com o cliente por meio das mídias sociais, e ainda de enriquecer os dados e informações sobre o cliente com base nas informações encontradas em seus perfis nas redes sociais. Os quatro tipos de CRM:Os quatro tipos de CRM:
    53. 53. Evolução das Abordagens da FidelizaçãoEvolução das Abordagens da Fidelização
    54. 54. Até a próxima !! P R O F E S S O R Randes Enes randes@profrandes.com.br www.profrandes.com.br www.facebook.com/trupemkt (11) 98122-6888 ““ Os dias talvez sejam iguais para um relógio, mas não para um homem. A qualquer momento é possível fazer a diferença.” Marcel Proust

    ×