Your SlideShare is downloading. ×
Proposta de um Processo de Arquitetura Corporativa (Enterprise Architecture)
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Introducing the official SlideShare app

Stunning, full-screen experience for iPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Proposta de um Processo de Arquitetura Corporativa (Enterprise Architecture)

502
views

Published on

Esta palestra faz uma breve introdução do que é a Arquitetura Corporativa (Enterprise Architecture) e discute o problema dos diversos modelos nas organizações. Também mostra alguns dos benefícios da …

Esta palestra faz uma breve introdução do que é a Arquitetura Corporativa (Enterprise Architecture) e discute o problema dos diversos modelos nas organizações. Também mostra alguns dos benefícios da Arquitetura Corporativa que também é chamada de Arquitetura Empresarial.

A palestra finaliza propondo um processo iterativo e incremental para a implantação da Arquitetura Corporativa nas organizações.

Published in: Business

0 Comments
6 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
502
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
6
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. No início do século os processos das organizações eram bem estáveis...
  • 2. • O processo de raciocínio humano necessita de modelos
  • 3. • Programação Estruturada – Anos 60 • Projeto Estruturado – Início dos anos 70 • Análise Estruturada  Análise Essencial – Final dos anos 1970 • Arquitetura da Informação – Anos 80 - Pouco adotada no Brasil Abstração
  • 4. • Nos últimos anos, ocorreram mudanças e sobreposições de paradigmas: – Paradigmas de planejamento, de arquitetura e de governança; – Paradigmas de métodos, modelos e ferramentas • E surgiram diferentes propostas de framework: – Zachman – POLDAT – TOGAF – ITIL – COBIT .....
  • 5. • Diferentes modelos estão sendo utilizados, com diferentes níveis de abstração e em diferentes áreas. • Convive-se naturalmente com uma ausência de padrões • Existem zonas cinzentas, que não são representadas, e representações redundantes • Atividades, papéis e responsabilidades podem não ficar claras
  • 6. • Como definir um portfólio de projetos, alinhado com os objetivos estratégicos da Organização? • Como priorizar e alinhar os esforços? • Como orientar as decisões anuais de investimento em TI? • Estamos gastando muito com TI? • O que deveríamos terceirizar? • Existem riscos desconhecidos envolvendo a TI? • Como orientar a modernização e a inovação em TI? • Como aumentar a confiança da organização na TI? • Como aumentar os índices de sucesso dos projetos?
  • 7. Definição e padronização de um conjunto de estratégias, princípios, metodologias, abordagens e modelos integrados, que permitam analisar o presente e projetar o futuro
  • 8. Não dá para esperar o sinal fechar...
  • 9. Arquitetura de Aplicações • Visão mais difundida nos diversos Frameworks, com camada de Estratégia explícita Arquitetura de Informação Arquitetura de Negócio Arquitetura Tecnológica Estratégia
  • 10. Objetivos Corporativos Arquitetura de Informações Estrutura Organizacional Processos de Negócio Dados de Negócio Bancos de Dados Corporativos Aplicações Processos de Negócio Objetivos Corporativos
  • 11. Estratégia Arquitetura do Negócio Arq. de Aplic. Arquitetura Tecnológica Arq. de Info
  • 12. Todos os planos de TI precisam ser derivados de uma estratégia de negócio e essa não pode deixar de definir, de forma clara e objetiva, a visão, missão, objetivos, metas, estratégias de atuação e planos de trabalho. Ex: Mapa Estratégico de Kaplan, Business Motivation Model da OMG Estratégia
  • 13. Arquitetura de Negócio Representa um modelo de alto nível da estrutura organizacional e de seus principais processos. De uma forma mais simplificada, como a organização trabalha ou vai trabalhar para cumprir sua missão e atingir seus objetivos. Ex: Cadeia de Valor de Porter, Processos de Negócio BPMN, Business Model Canvas de Osterwalder
  • 14. Arquitetura de Informação É ela quem vai responder a uma primeira e principal pergunta que devemos formular: que informações são necessárias para apoiar a gestão operacional, tática e estratégica da organização e, ainda mais recentemente, com a popularização da Internet e das redes sociais, que informações devemos disponibilizar para a sociedade, para que ela possa, utilizando essas informações, agregar ainda mais valor público? • É essa arquitetura quem vai orientar todo o restante de nosso trabalho. Ex: Modelos de Classes de Negócio de Alto Nível
  • 15. Arquitetura de Aplicações Representa o conjunto de sistemas que a organização deve possuir para produzir as informações identificadas na arquitetura da informação. Nas organizações modernas, esse conjunto de sistemas apoia e integra todas as atividades da organização, seus clientes e fornecedores. Inclui os processos operacionais e de tomada de decisão, os de planejamento, coordenação, monitoramento e controle, como também os de análise de problemas, visualização de aspectos complexos da organização e de seu ambiente de atuação. Finalmente, apoiam também as atividades de melhoria e criação de novos produtos e serviços. Ex: Catálogo de Aplicações, Catálogo de Serviços
  • 16. Arquitetura Tecnológica Representa todos os dispositivos de hardware e software básico onde os sistemas de informação são processados e a informação é armazenada, transmitida e apresentada. De uma forma mais simplificada, inclui os computadores, os dispositivos de armazenamento e apresentação de dados e a rede de computadores que interliga, e os softwares que controlam todos esses dispositivos. Ex: Mapas de Topologia de Redes e Servidores
  • 17. • Não é possível fazer todo esse trabalho manualmente . É preciso o uso de ferramentas • Devem ser adaptadas para as necessidades específicas da Aeronáutica • Devem suportar o uso de diferentes modelos • Devem facilitar a integração com outras ferramentas • Repositório visível para toda a organização
  • 18. Ferramenta de Arquitetura Repositório Central de Modelos Integrados Modelos Dispersos Outras Ferramentas de Modelagem Planilhas Excel Outros Repositórios Processos ETL Entrada Manual de Dados Equipe de Arquitetos Construção dos metamodelos da arquitetura Relatórios e Analytics nativos da ferramenta Exportação para outras ferramentas de Visualização de Dados e Suporte a Decisão
  • 19. IBM Rational System Architect Archi
  • 20. • Visualizando Relacionamentos e Dependências Aplicações Telas Bancos de dados Tecnologia
  • 21. • Visualizando Relacionamentos a partir de Matrizes Quais processos não estão relacionados a nenhuma entidade de dados? Quais processos não estão automatizados?
  • 22. • Utilizando Analytics para análise e descoberta Qualquer algoritmo pode ser aplicado para fornecer análises a partir diretamente dos modelos Estados de Processos
  • 23. • Plano de Transição usando a linha do tempo
  • 24. • Comparando modelos AS-is e TO-be
  • 25. Apoio na definição da metodologia que será utilizada na Aeronáutica Apoio na definição de um ambiente automatizado de suporte à metodologia Capacitar a equipe no uso da metodologia e do ambiente automatizado Execução de um case real para praticar e evoluir a metodologia e o ambiente Piloto Metodologia Ferramentas Capacitação
  • 26. n.2 Execução do Ciclo n.3 Avaliação do Ciclo Abertura do Projeto Finalização do Projeto n.1 Definição e Planejamento do Ciclo de Transformação Arquitetura Corporativa
  • 27. • Seleção de Domínio • Definição das Equipes • Elaboração do Plano de Projeto Abertura do Projeto • Avaliação do Projeto • Plano de Expansão da Arquitetura Encerramento do Projeto
  • 28. Construção da Arquitetura Concepção e Iniciação Avaliação da Arquitetura
  • 29. Concepção e Iniciação Construção da Arquitetura Avaliação da Arquitetura
  • 30. Construção da Arquitetura Avaliação da Arquitetura Concepção e Iniciação • Definição da metodologia – Estratégia – Arquitetura de negócio – Arquitetura de informações – Arquitetura de aplicações – Arquitetura de infraestrutura – Governança das arquiteturas • Definição do ambiente automatizado • Capacitação da equipe na metodologia e no ambiente automatizado • Execução do projeto piloto de construção da arquitetura • Definição das Arquiteturas Atuais e Futuras • Análise de Diferenças (gaps) e elaboração do rodmap de projetos de transformação • Avaliação da construção como forma de refinar a metodologia e o ambiente
  • 31. Customiza a metodologia Transferência de Conhecimento e Aperfeiçoamento da Metodologia Evolução da Arquitetura Corporativa Construção da primeira Arquitetura de Transição Construção da segunda Arquitetura de Transição Construção da terceira Arquitetura de TransiçãoCiclo 2 Ciclo 1 Ciclo 3