Impacto e uso de "mídia social" no Jornalismo

  • 1,898 views
Uploaded on

Impacto e uso de "mídia social" no Jornalismo faz parte da palestra ministrada na Unisa - Universidade de Santo Amaro - em outubro de 2010.

Impacto e uso de "mídia social" no Jornalismo faz parte da palestra ministrada na Unisa - Universidade de Santo Amaro - em outubro de 2010.

More in: Education
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
  • Muito fera o modo com as informações foram trabalhadas no slide. Interessante é destacar a posição da Veja nas mídias sociais. O produto da Veja não é a revista, o que ela tem é informação, esse é o verdadeiro sinônimo que as pessoas tem que compreender quando se fala de Veja. Ponto pra eles.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
No Downloads

Views

Total Views
1,898
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1

Actions

Shares
Downloads
0
Comments
1
Likes
2

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. O impacto e uso de Mídia Social nos negócios @rafaelsbarai Outubro/2010
  • 2.
    • Provocação
    @rafaelsbarai Outubro/2010
  • 3. Mídia: adaptação de Media Media: meios | plural de medium (meio) Mídias Sociais: meios dos meios sociais? Social: o que isso quer dizer mesmo? O que é “Mídia Social”? @rafaelsbarai Outubro/2010
  • 4. “ Mídia Social” pode ser isso @rafaelsbarai Outubro/2010
  • 5. Esqueça a plataforma: pense no conceito Imprescindível: é preciso conhecer e compreender PRIMEIRO os conceitos. O uso das ferramentas, serviços são consequências do domínio adquirido. “ PLATAFORMA SOCIAL” requer adaptação ao meio: “darwinismo digital jornalístico” @rafaelsbarai Outubro/2010
  • 6.
    • Mídia Social:
    • importância
    @rafaelsbarai Outubro/2010
  • 7. Quando lazer e trabalho se misturam
    • Não vivemos uma era de Revolução, mas de transição
    • Um em cada oito casais nos Estados Unidos se conheceu por meio de mídia social
    • Anos para alcançar 50 milhões de adeptos:
      • Rádio: 38 anos
      • TV: 13 anos
      • Internet: 4 anos
      • iPod: 3 anos
      • Facebook: 5 meses
    @rafaelsbarai Outubro/2010
  • 8.
    • Mas o que faz um “Editor de Mídia Social”?
    @rafaelsbarai Outubro/2010
  • 9. “ Administra os conteúdos das redes sociais do meio de comunicação. Seu trabalho é moderar comentários e estimular a participação da audiência através de fóruns, chats e enquetes, bem como acompanhar o que as pessoas falam nas redes sociais. É o contato entre as redes sociais e da redação.” (Ferramentas Digitais para Jornalistas – Universidade de Texas – EUA 2010) Link: http://migre.me/Md3a “ Editor de Mídia Social” @rafaelsbarai Outubro/2010
  • 10. “ Editor de Mídia Social”: importância - O Jornalista e a publicação são mais dois nós na rede - Possibilidade de oferecer o conteúdo em outros ambientes virtuais: mais descentralizado e distribuído (GALLOWAY, 2004) - Saber que há um humano e não uma máquina - Mas não esquecer: além disso, você produz pautas e reportagens... @rafaelsbarai Outubro/2010
  • 11. “ Editor de Mídia Social”: atuação
    • - Buscar estratégias para aproximar ainda mais o ex-consumidor de informação ao veículo
    • Mapear críticas, sugestões, anseios, vontades
    • Evitar ser ansioso e apressado: comunicação, conversa e diálogo é fruto de uma situação dinâmica e duradoura
    @rafaelsbarai Outubro/2010
  • 12. “ Editor de Mídia Social”: atuação
    • Atuação no Twitter: perfil sob domínio de VEJA desde fevereiro de 2009
    • Primeiro princípio: 430 mil seguidores são 430 mil pauteiros / amigos / críticos
    • Reuniões de pautas semanais on-line: o seguidor quer fazer parte do meio
    @rafaelsbarai Outubro/2010
  • 13. “ Editor de Mídia Social”: atuação Princípio de participar, colaborar e INTERAGIR: - Possibilidade aos seguidores de avaliarem o que é importante ao próximo: quebrar a premissa que o jornalista é o único especialista - Avaliar a temperatura de um fato @rafaelsbarai Outubro/2010
  • 14. “ Editor de Mídia Social”: atuação @rafaelsbarai Outubro/2010
  • 15. Pra quem pensa que só existem elogios...
    • - Reclamações, críticas e sugestões: mais que bem-vindas
    • As mensagens permitem mensurar e avaliar o conteúdo
    • Saber a diferença entre críticos e trolls (alguém que busca provocar outras pessoas)
    @rafaelsbarai Outubro/2010
  • 16. “ Editor de Mídia Social”: atuação
    • Sentimento de pertencimento à rede: essencial
    • Mais de 400 mil “chefes”: eles também avaliam o seu trabalho
    @rafaelsbarai Outubro/2010
  • 17. “ Editor de Mídia Social”: atuação
    • Hub de informação: perfil com a premissa de deixar o leitor com a melhor informação
    @rafaelsbarai Outubro/2010
  • 18.
    • “ Editor de Mídia Social” só pensa em Twitter?
    @rafaelsbarai Outubro/2010
  • 19. Primeiros passos no Faceboook
    • Fase de experimentação: 8,8 milhões de visitantes únicos no Brasil (Comscore de Agosto)
    • Uso da url personalizável: http://facebook.com/veja
    • SEM automatização de notícias: principais destaques da páginas e conteúdos que fogem do lugar-comum do cotidiano do interator
    @rafaelsbarai Outubro/2010
  • 20. VEJA e Facebook: “social plugins”
    • Pensar em novas funcionalidades, recursos das próprias redes
    • Abril: F8 – conferência de desenvolvedores do Facebook: VEJA alinhou parceria com FB com o plugin Atividade Recente
    @rafaelsbarai Outubro/2010
  • 21.
    • Quem pensa que a estratégia é lucrar está enganado
    @rafaelsbarai Outubro/2010
  • 22. Objetivo
    • As estratégias deram mais lucro ao grupo? NÃO!
    • As estratégias são produzidas para vender mais revista? NÃO!
    • As estratégias são feitas para gerar mais convergência entre impresso e on-line? NÃO!
    • O produto final é mostrar que VEJA e ex-consumidor de informação estão no mesmo patamar, no mesmo solo. Não há diferenças e é o seguidor/fã/leitor que vai ajudar a construir o conteúdo.
    • Falar, distribuir, mas OUVIR: principal premissa
    + @rafaelsbarai Outubro/2010
  • 23. “ Editor de Mídia Social”: resultados
    • Reino Unido: “plataformas sociais” correspondem a 1% do tráfego do site
    • Bons conteúdos + curadoria + atenção + dedicação + estar de olho em tendências
    @rafaelsbarai Outubro/2010
  • 24.
    • Como mensurar uma atuação?
    @rafaelsbarai Outubro/2010
  • 25. Como mensurar resultados e avaliar estratégias?
    • Saber quem são seus seguidores
    • As API´s abertas permitem a criação de inúmeros serviços ligados ao Twitter: é importante conhecê-los. Há serviços pagos e gratuitos. No entanto, desconfie de alguns resultados...
    @rafaelsbarai Outubro/2010
  • 26. Twittercounter
    • Permite conhecer sua evolução em rede
    • Avalia, faz prognósticos e compara perfis
    @rafaelsbarai Outubro/2010
  • 27. Backtype
    • Avaliar o que comentam de uma url específica
    • Mensura e possibilita analisar, de forma humana, os valores que são atribuídos ao seu site
    @rafaelsbarai Outubro/2010
  • 28. Twitalyzer
    • Termômetro da sua influência em rede
    • Três critérios: influência, impacto e engajamento
    • Acompanha a vida em tempo real do Twitter
    @rafaelsbarai Outubro/2010
  • 29. “ Status social” “ As pessoas precisam compartilhar ideias, assuntos… É isso que dá status social e permite conectar humanos. Quem pensa que a tecnologia que trouxe isso, está enganado. Somos biologicamente programados para sermos sociais. A tecnologia só ampliou, potencializou. Se antes ter status social significava colocar uma roupa de grife, hoje, é estar em blogs, redes sociais ou sites de vídeo ” Danah Boyd @rafaelsbarai Outubro/2010
  • 30. Obrigado! @rafaelsbarai http://derepente.com.br http://flavors.me/rafa @rafaelsbarai Outubro/2010