Apresentação PCP - Produção Puxada - Manufatura Enxuta ( Lean Manufacturing )
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Apresentação PCP - Produção Puxada - Manufatura Enxuta ( Lean Manufacturing )

on

  • 7,836 views

Esta apresentação foi realizada e aplicada na Specto Painéis Eletrônicos Ltda. ...

Esta apresentação foi realizada e aplicada na Specto Painéis Eletrônicos Ltda.

Manufatura Enxuta
Lean Manufacturing
Produção Puxada

Modelo Toyota de produção são os pilares dessa apresentação.

Contato: +55 (48) 84587653
Rafael Adriano.

Statistics

Views

Total Views
7,836
Views on SlideShare
7,836
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
236
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Apresentação PCP - Produção Puxada - Manufatura Enxuta ( Lean Manufacturing ) Apresentação PCP - Produção Puxada - Manufatura Enxuta ( Lean Manufacturing ) Presentation Transcript

  • Projeto 2013Autor: Rafael Santos Adriano – Março/2013Quantoproduzir ecomprar?O queproduzir ecomprar?Comquemproduzir?Comoproduzir?Quandoproduzir ecomprar?Com oqueproduzir?Ondeproduzir?
  • • É o departamento responsável pela continuação do processo,controlando as atividades de decidir visando assim o melhoremprego dos recursos da produção, para que o produto seja feitono prazo e na quantidade certa, utilizando os recursos corretos.
  • O primeiro e principal objetivo do PCP é o tratamento adequado de dados,para a geração de informações relevantes à tomada racional e inteligentede decisões (Gestão), visando tornar os sistemas produtivos, eficazes eeficientes. Outra questão chave é a necessidade de recolher e utilizar informações relevantes de diversos setores para a tomada inteligente de decisões.
  • Engenharia de Processo•Manuais de Fabricação•Lead Time de FabricaçãoEngenharia de Produtos•Lista de Materiais•Desenhos•Modificações do ProdutoCompras/Suprimentos•Lead Time dos fornecedoresMarketingInfra estrutura FabrilQualidade
  • A tomada de decisões em um sistema PCP ocorre em três níveis de abrangência:Nível Estratégico:> Decisões da alta gerência que abrangem toda a organização, referentes a horizontesde planejamento de longo prazo, com altos graus de incerteza. Ex: definição dalinhas de produtos, mercados de atuação, localização da unidade fabril, seleção deopções tecnológicas e projeto dos processos de manufatura, etc.Nível Tático:> Decisões da média gerência que abrangem unidades (fábrica) dentro daorganização, referentes a horizontes de planejamento de médio prazo, commoderado grau de incerteza. Envolve basicamente decisões relativas à alocação eutilização de recursos de produção. Ex: planejamento de utilização da capacidadeprodutiva (planejamento Agregado), gestão de estoques, etc.Nível Operacional:> Decisões da gerência operacional, que abrangem operações produtivas, referentes ahorizontes de planejamento de curto prazo, com baixo grau de incerteza. Ex:supervisão de funcionários e de atividades, controle de metas e resultados, etc.
  • Projeto ou Planejamento do sistema de produção: Planejamento da Capacidade; Localização das instalações; Projeto do produto e do processo; Arranjo físico e instalações; Projeto e medida do trabalho.Operação do sistema de produção: Gestão da Demanda; Planejamento agregado; Programação e controle da produção; Administração de projetos.Controle do sistema de produção: Controle de estoques (PCM); Sistema para MRP ( Material Requirement Planning); Controle da qualidade; Medida da produtividade.
  •  Planejar as necessidades futuras da capacidade produtiva; Planejar os materiais comprados; Planejar os níveis de estoques; Programar as atividades da produção; Ser capaz de saber e informar a respeito dos recursos e das ordens defabricação; Prever os menores prazos possíveis aos clientes e cumpri-los; Ser capaz de reagir eficazmente.Atividades sob responsabilidade doPCM – Planejamento Controle de Materiais:Curva ABC;Conceito de Pareto;KanBan por lote,Tabela de Criticidade de Materiais,Estoque mínio de mínimo de insumos, Etc.
  •  Sob Encomenda: > Os sistemas sob encomenda, compostos pelos processos por projeto e por tarefa (ou jobbing), tem comofinalidade o atendimento de necessidades específicas dos clientes, com demandas baixas, tendendo par aunidade; > O produto tem uma data específica negociada com o cliente para ser concluído, o sistema produtivo sevolta para novo projeto; > Os produtos são concebidos em estreita ligação com os clientes, de modo que suas especificaçõesimpõem uma organização dedicada ao projeto, que não pode ser preparada comantecedência, principalmente com a geração de supermercados de estoque intermediários para acelerar oleadtime produtivo. > Eventualmente, a compra de matérias-primas e componentes podem ser feitas com antecedência.
  • O que é KANBAN?A palavra Kanban vem do Japonês e quer dizer registro ou cartãovisual. Embora esteja sendo difundido em outras áreas empresariaissão mais aplicados no chão de fábrica, para gestão e controle daprodução e de materiais.Kanban Vs Just in TimeAo contrario do que muitas pessoas pensam Just in Time e Kanbansão diferentes: De maneira bem simples, podemos dizer que Just inTime é o conceito no qual ter o material correto, no tempo e lugarcorreto e na quantidade exata necessária, e o que possibilita dissoacontecer é o KANBAN. Então podemos dizer que o Kanban é ummeio de poder atingir o Just in Time.
  • ColaboradoresCélulasConcluídos:Observações no verso senecessárioCaneta epranchetaparaanotaçõesNormal UrgenteCartões
  • Autor da Imagem: Raphael Silva
  •  É um complemento do KANBAN; Tem o intuito de registrar as atividades que os colaboradores da produção estãofazendo diariamente, como se fosse um caderno de anotações, porém, em umquadro onde fica visível os superiores. Diariamente estas informações são lançadas em uma planilha paraperiodicamente poder fazer levantamentos gerenciais (gráficos, sínteses deinformações); “Só é possível ser avaliado, aquilo que é mensurado.”
  • Fornecedor Estoque Produção Estoque ClienteFluxo de InformaçãoOrigem FimEntregaCliente Produção FornecedorUtilizada pela Specto
  • Empurrar Produzir o máximo que puder; O mais Rápido que puder; Enviar ao próximo processo mesmo que: Ele ainda não esteja pronto para isso; Ele não precise disso; Ele não queira isso.Puxar Produzir somente o que o processo seguinte precisar; Somente quando ele precisar.Eficiência foco na maximização da utilização dos recursosSó o material necessário foco no valor agregado
  •  Horizonte de PlanejamentoPrazo de efetivaçãodas decisõesUm período de replanejamento Horizontede informações úteisCurto LongoAMBIENTES DINÂMICOS• LeadTimes Curtos• Demanda Instável• Processo Pouco Confiável• Fornecedores pouco Confiáveis.AMBIENTES ESTÁVEIS LeadTimes Longos Demanda Estável Processo Confiável Fornecedores Confiáveis.Utilizado pela SpectoCom Reuniões diárias com a produção, e periódicas com a Diretoria.PERÍODO DE PLANEJAMENTO
  •  Programação para Frente (forward)DatasPrometidasParte da data maiscedo possível.Acresce, para frente, a duração da atividade Define data de TérminoAtividade AAtividade BAtividade CAtividade DSemana 1 Semana 2 Semana 3 Semana 4 Semana 5B, C A D1Duração 3 semanas2 Semanas1 Semana2 Semanas“folga”23
  •  Define os rítmos de trabalho e o tempo esperado dasoperações que precisam ser balanceadas. Caso a distribuiçãoatual das tarefas não suportem esse tempo de ciclo projetadoalgumas alternativas podem ser implementadas: Horas-extras (pontual e temporário); Realocação de mão de obra (polivalência); Atendimento antecipado da demanda (estoque de acabados); Uso de mão de obra temporárias (tarefas simples).
  • Autor da Imagem: Raphael Silva
  • Autor da Imagem: Raphael Silva
  • > É utilizado em projetos grandes, onde as entregasda produção são feitas parciais. Exemplo: Santander > A codificação é feita da seguinte maneira: * ANO VIGENTE; * Área Responsável; * Numeração sequencial; Exemplo: 2013PCP001 2013PCP002 .... Essas informações são registradas na FerramentaC2M, juntamente com o registro do produto.
  • Estoque Supermercado Produção Supermercado Embalagem ClienteMaterial MaterialIndicação com IndicaçãoCartão por célula Conclusão tarefa
  •  Auxiliar na comunicação entre operador da célula e controle da produção:
  •  Produtos Padronizados: São aqueles bens ouserviços que apresentam alto grau de uniformidade. Estoque mínimo de componentes: Este estoquefacilita fabricação externa e montageminterna, consequentemente agilizará os prazos deentregas.Utilização da “cultura enxuta” na empresa.Exemplo de utilização: Modelo Toyota de Produção.
  • A avaliação de Fornecedor será composta por 3 (três) índices:IAA (Índice de Auto Avaliação): O fornecedor que prestará serviços e/ou produtos para a Specto irá se auto avaliarem 10 ou mais perguntas comuns ou específicas de acordo com o ramo de atuaçãoe atividades do fornecedor. Ex.: Importações, Materiais Eletrônicos, comprascomuns, etc.IDF (Índice de Desempenho do Fornecedor):• De acordo com a tabela de criticidade dos produtos e serviços que seráestabelecida, o setor de compras, após o recebimento da nota fiscal, irá avaliar ofornecedor com 10 ou mais perguntas comuns para avaliar o serviço prestado oubem adquirido.IGAF (Índice Geral de Avaliação do Fornecedor):• O IGAF é composto pelos índices IAA e IDF na proporção 30% e 70%respectivamente, de acordo com a seguinte formula: IAF = (IAA*0,3) +(IDF*0,70), formando assim o terceiro índice, e portanto surgindo um gráfico comuma direção positiva, imparcial ou negativa dos serviços e bens adquiridos.
  •  A avaliação de fornecedores possibilita verificar a capacidade de um determinadofornecedor de prover insumos e serviços, dentro dos requisitos de qualidade exigidos pelaSpecto. Os fornecedores serão avaliados, de acordo com os critérios estabelecidos pelaSpecto, conforme suas respostas no questionário de cadastramento, que possuirá pesosindividuais para cada pergunta e as opções de respostas: AtendeCompletamente, Parcialmente, Não Atende. EXEMPLO DE QUESTIONÁRIO A SER APLICADO:1. 1. Certificação da Qualidade? Quais? _______________________________________2. 2. Ferramentas da Qualidade? Quais? ______________________________________3. 3. Normas e/ou procedimentos relativos aos processos internos?4. 4. Política de treinamento para os colaboradores?5. 5. Sistemática de tratamento de reclamações e sugestões?6. 6. Sistemática de tratamento de não-conformidades e ações preventivas e corretivas?7. 7. Programar a produção/serviço, de modo a permitir o atendimento ao cronograma deentrega previamente estabelecido?8. 8. Selecionar e qualificar os seus fornecedores?9. 9. Definir o armazenamento, manuseio e preservação do material recebido eaprovado, para prevenir danos ou deteriorações?10. 10. Realizar a manutenção preventiva dos seus equipamentos?11. 11. Entregar seus produtos e/ou serviços no prazo solicitado garantindo o plenoatendimento das especificações?12. 12. Realizar Assistência Técnica (pós-venda)? Incluindo treinamento quando aplicável?13. 13. Tratar eventuais produtos não-conformes fornecidos ao cliente?
  •  O IDF será disponibilizado para o Fornecedor, após cada compra, avaliando ofornecedor com os critérios comuns, pesos individuais e com o seu Nível deDesempenho, onde opções terá resposta: : Atende Completamente, Parcialmente, NãoAtende. conforme descrito abaixo: Critérios para avaliação do IDF: > Conformidade do produto; > Flexibilidade na negociações; > Conhecimento técnico; > Relacionamento interpessoal; > Agilidade / Disponibilidade; > Pós venda; > Pontualidade; > Documentação; > Quantidade.
  • • O IGAF (Índice Geral de Avaliação do Fornecedor) será apresentadopor fim, como análise total e individual do fornecedor, conforme ditoanteriormente.• Inicialmente a avaliação do fornecedor poderá ser feito via intranet daSpecto como um projeto BETA, para teste e aperfeiçoamento destaferramenta.ETAPAS para:Elaboração do Manual de Compras;Elaboração do Manual do Fornecedor;Elaboração da Carta advertência ou Carta suspensão;Implantação das Informações na Intranet da Specto.PRAZO DE CONCLUSÃO:(com 70% do tempo dedicado ao projeto de Avaliação e Qualificação de Fornecedores.)4 MESES.
  •  Para que um sistema produtivo transformeinsumos em produtos, ele precisa ser pensado emtermos das inércias decisórias envolvidas, onde planossão feitos e ações são disparadas com base nesteplanos para que dentro deste horizonte, os eventosplanejados pelas empresas venham a se tornarrealidade.
  • Autor: Rafael Santos Adriano.Cargo: Analista de PCPEmpresa: Specto Painéis Eletrônicos Ltda.Formação: Administração de Empresas.]Contato: +55 (48) 8458.7653E-mail: rafael.adriano@specto.com.br