Apresentação Biomater Results ON Day sobre ecomateriais
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Apresentação Biomater Results ON Day sobre ecomateriais

on

  • 4,487 views

A Biomater é uma empresa que produz materiais orgânicos a partir de matéria-primas como mandioca e batata.

A Biomater é uma empresa que produz materiais orgânicos a partir de matéria-primas como mandioca e batata.

Statistics

Views

Total Views
4,487
Views on SlideShare
4,429
Embed Views
58

Actions

Likes
2
Downloads
78
Comments
0

3 Embeds 58

http://www.slideshare.net 30
http://www.resultson.com.br 25
http://resultson.com.br 3

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Apresentação Biomater Results ON Day sobre ecomateriais Apresentação Biomater Results ON Day sobre ecomateriais Presentation Transcript

    • Cenário Mundial, Perspectivas para o Brasil e Importância da Produção de Polímeros Biodegradáveis/Compostáveis : Produção de Bioplásticos: Uma alternativa  de caráter sustentável para a agricultura. Brasil
                                                                                                    
    • Dados da Empresa: A Biomater Eco-Materiais é uma empresa de base tecnológica que atua na pesquisa e desenvolvimento de bioplásticos, integrando a cadeia produtiva agrícola dentro do conceito de "Biorefinaria" para produção de amidos termoplásticos (TPS) , envolvendo a participação efetiva de produtores agrícolas na criação dessas agroindústrias (plantas para produção de bioplásticos). A Biomater trabalha orientada para a transferência de tecnologia para a produção e ao desenvolvimento de aplicações para estes novos materiais, fornecendo suporte técnico para o correto o devido processamento, serviços de caracterização de propriedades, certificação, eco-design e análise do ciclo de vida para seleção de matérias primas em função de suas aplicações e características de disposição final de produtos biodegradáveis e compostáveis.
    • Produção de Bioplásticos: Uma alternativa  de caráter sustentável para a agricultura. Cenário Mundial, Perspectivas para o Brasil e Importância da Produção de Polímeros Biodegradáveis/Compostáveis.   A maioria dos plásticos produzidos no mundo são sintéticos, compostos derivados de petróleo e demoram de 200-400 anos ou mais para se degradarem.  No Brasil a produção é de 6 milhões de toneladas por ano. o problema maior dessa grande demanda é que estudos mostram que somente 15% dos plásticos são reciclados, As pesquisas iniciais na busca de materiais biodegradáveis começaram a muitas décadas, muitos produtos estão no mercado a mais de uma década. Fontes agrícolas (mandioca, batata, milho, cana de açúcar, girassol) e muitas outras culturas, como alternativas economicamente viáveis aos materiais provenientes de recursos fósseis não renováveis como os derivados de petróleo quando observado a análise ciclo de vida desses materiais e seus impactos ambientais. Biodegradável é todo produto que em contato com o meio ambiente, no solo e/ou na água e sob determinadas condições se degrada e transforma-se nos elementos naturais que o compõe, fechando assim o ciclo de vida natural. Neste panorama, o "plástico biodegradável", aparece como uma tecnologia emergente e uma grande alternativa de produção para a agricultura, a indústria e o meio ambiente, degradado por microorganismos existentes na natureza, tem sido alvo de atenções como um material polimérico que não sobrecarrega o meio ambiente. Numa época em que ocorre o aquecimento global do planeta, a exaustão dos recursos fósseis se aproxima, ou seja, uma deterioração do ambiente terrestre, busca-se com mais ênfase uma solução alternativa a escalada de preços dos derivados de petróleo.
    • Drivers para mudanças na tecnologia de materiais Tempo Valor
      • Ingredientes Naturais
      • Trabalho Intensivo
      • Estética Atrativa
      • Petróleo barato
      • Fácil Manufatura
      • Baixa Necessidade Mão-de Obra
      • Excelente Funcionalidade
      Seda Aramidas Lycra Vinil Poliester Nylon Seda Artificial Lã Algodão Pluma Peles Materiais Tradicionais Sintéticos Materias Ambientalmente Favoráveis Produtos/Processos TECNOLOGIA SUSTENTÁVEL PAD Mudança do Paradigma
      • Biodegradável
      • Bio baseado (fontes renováveis)
      • Reciclável
      • Não Poluidor
      • Eficiência Energética
      • Funcionalidade
    • Um plástico biodegradável pode ser produzido tanto de matérias primas de fontes renováveis como também de fontes não renováveis
    • Materiais de embalagem Fontes não-renováveis Materiais de embalagem de fonte renovável amplamente utilizados papel e o papelão ondulado derivados da celulose, o polímero renovável mais abundante no mundo Sustentabilidade - o uso de materiais de fonte renovável é bastante interessante! Mesmo desempenho dos materiais utilizados atualmente? Agregam mais valor?
    • Biopolímeros Materiais derivados de Fontes Renováveis 3 categorias (origem e produção) 1 - Polímeros extraídos diretamente da biomassa Amido - Batata, Milho, Trigo, Arroz Celulose - Algodão, Madeira Polissacarídeos Gomas Alginatos Quitina / Quitosana Derivados Origem Animal - Colágeno / Gelatina Caseína Proteínas Queratina Origem Vegetal - Glúten de farinha de milho Proteínas de soja Glúten de trigo Lipídeos Triglicerídeos reticulados
    • Biopolímeros 2 - Polímeros produzidos por síntese química clássica usando monômeros de fonte renovável ou de petróleo. Poliácido lático - PLA biopoliéster polimerizado a partir de ácido lático e monômeros, produzidos pela fermentação de carboidratos Poliésteres sintéticos Ex: Ecoflex, Ecopol, EstarBio e outros. (não renovável)
    • Biopolímeros 3 - Polímeros produzidos por microrganismos ou bactérias modificadas geneticamente Polihidroxialcanoatos – PHAs, Polihidroxibutirato – PHB, PHBv, etc. Celulose bacteriana Gomas - p.e. goma xantana
    • Produção de todos os tipos de embalagens bandejas, copos, garrafas, filmes – monocamadas, laminados e compósitos, etc.)
        • Mesmos equipamentos e técnicas de processamento utilizados
        • para os polímeros convencionais, desde que sejam feitos os
        • devidos ajustes das máquinas de acordo com as
        • propriedades reológicas do polímero em processamento
        • Aplicação destes materiais depende de suas propriedades,
        • ou seja, propriedades mecânicas, térmicas,
        • de barreira a gases e ao vapor d´água.
    • Produtos para a agricultura como a aplicação em Seed Tubs –Tubetes Biodegradáveis demostra alto potencial de desenvolvimento de mercado puxado pela indústria de reflorestamento para Pinnus e Eucalipitos.
    •  
    • Biopolímeros para embalagem de alimentos
        • Requisitos de proteção:
        • propriedades de barreira: água, gases, luz e aroma
        • propriedades óticas: transparência, haze
        • propriedades de moldagem e de resistência mecânica
        • propriedades de impressão
        • limites de migração
        • propriedades de resistência química e térmica
        • requisitos de disposição final
        • propriedades anti-estáticas
        • conveniência
        • custo competitivo
    • Algumas aplicações de biopolímeros para embalagem de alimentos Produto Exemplos de materiais Bandeja expandida de PLA Bandejas à base de polpa Mistura de polpa de madeira e amido Filmes de com até 28% de amido de milho Revestimentos comestíveis à base de alginato, carragena, celulose, gelatina e proteína de soja Bandejas para batatas fritas feitas com polpa e amido revestidos Refeições prontas Embalagem expandida à base de amido Sacolas de compra e Produtos cárneos Amido Sacos de lixo Amido de Mandioca, Batata, Trigo e Milho e PCL/PLA
    • Produto Exemplos de materiais Papel cartão revestido com biopolímero PLA Laticínios Misturas de PLA (1:9 PLA/co-poliéster, 1:9 PLA/co-poliamida, 1:9 PLA/amido, 1:9 PLA/PCL) Laminado à base de amido Celofanes revestidos com nitrocelulose Redes biodegradáveis à base de biopolímeros de amido Bandejas de polpa de papel reciclado Celofane Bandejas e caixas de papelão ondulado Celofanes revestidos com nitrocelulose Frutas e vegetais Laminado de quitosana (14,5%) / celulose (48,3%) / policaprolactona (36,2%)/proteína (1%) Laminado de amido Bandejas de papelão ondulado revestidas com PHB ou PLA recobertas com saco de amido Revestimentos comestíveis à base de quitosana, cera de carnaúba, glúten de farinha de milho, alginate, caseinato de sódio, etc
    •  
    • Aplicações de biopolímeros
      • Planet Friendly® - AlphaPackaging /Cargill
      • Garrafas biodegradáveis de PLA (Empresa: NatureWorks LLC - Cargill)
      • Desintegram em 75-80 dias em condições de compostagem (50-60°C, umidade e microorganismos)
      • Aprovação: FDA e Biodegradable Products Institute
      • 3 volumes: 350, 500 e 1000 mL
      • Não recomendadas para produtos carbonatados ( creep )
      • Necessidade do desenvolvimento de uma pré-forma otimizada
      • O sopro pode ser feito no mesmo equipamento do PET
      • BIOTA - Custo de cerca de 25% superior no produto final
    • Brasil - PHB Industrial - Biocycle PHB e derivados Tecnologia do IPT - COPERSUCAR Embalagem de alimentos, cosméticos e defensivos agrícolas Uso Medicinal: Cápsulas de liberação gradual; Implantes ósseos; Cremes. Injeção, extrusão ou revestimento Produtores de biopolímeros
    • PHB Industrial S. A. – Usina da Pedra – BioCycle Atual: Plana Piloto com 60 t/ano 2007-8: Planta Industrial para 2.000 t/ano de Biocycle Expansões graduais, conforme o mercado PHB – poli(  -hidroxi-butirato)
    • Bioplásticos derivados de Amidos Conceito: resinas constituídas por amido ou blendas de amido e outras resinas ou plastificantes biodegradáveis; o amido é normalmente obtido de milho, batata e mandioca. Aplicações: filmes para embalagens, sacolas, sacos de lixo, fraldas, espumas, peças injetadas e termoformadas Preço: R$ 12 / kg para blendas; ~ R$ 0,9 / kg para amido puro
    • Aditivos pró-degradantes - Dúvidas que ainda existem
      • Escala de tempo para mineralização completa (se ocorrer) em diferentes ambientes, e quais são os ambientes adequados.
      • Os resíduos são tóxicos aos organismos do ambiente em alta concentração?
      • 3. Podem ser utilizados para alimentos sem nenhuma restrição?
      A "European Bioplastics "Associação Internacional da Indústrias de Bioplásticos e Polímeros Biodegradáveis" publicou recentemente (em anexo) a sua posição a respeito de desses materiais, face a grande controvérsia ainda existente sobre o tema devido a falta de informações e legislação competente em muitos países, porem já ocorre um movimento global de esclarecimento e posicionamento a respeito desse tema. A posição unânime que observo nos eventos científicos desta área, estudos de universidades, pesquisas industriais é que estes produtos não atendem as normas internacionais de biodegradabilidade, são sendo considerados como "compostáveis". Portanto não atendem as especificações das principais normas ASTM D6400 e DIN EN 13432 utilizadas pela acadênia e indústrias do setor. Os produtos finais falham e podem causar danos ambientais e à saúde humana.
    • Análises realizadas indicaram altos níveis de cobalto e outros compostos, considerados carcinogênicos, trata-se de um contaminante perigoso para o solo e água, estes produtos químicos possuem restrições legais de produção e utilização em muitos países. Ativados a partir de sua incorporação, são fortes agentes oxidantes dos polímeros convencionais, provocam a degradação dos produtos finais e seus resíduos falham nos testes de eco-toxicidade. Também inviabilizam e/ou colocam em riscos produtos plásticos transformados a partir matéria prima proveniente de reciclagem pela possibilidade de contaminação. Estes aditivos e plásticos oxo-degradáveis que clamam por reduzir a poluição dos plásticos e de serem ambientalmente corretos conquistaram algum mercado nos últimos anos, aproveitando-se da falta constatação científica sobre os impactos ambientais, desinformação, falta de políticas publicas sobre tratamento de resíduos sólidos urbanos e rurais, estão sendo muito questionados no mercado. Seja pela falta de sustentabilidade no seu ciclo de vida, restrições de uso vigentes e/ou em implementação, desenvolvimento de novas tecnologias em biopolímeros que apresentam excelentes propriedades mecânicas e de biodegradabilidade, alternativas começam  a aparecer no mercado. Os filmes e artigos oxo–degradáveis não apresentam vantagens na sua utilização e podem ser considerados danosos ao meio ambiente e a vida. Já os biopolímeros e/ou  bioplásticos que são certificados como “compostáveis”  segundo rígidas normas técnicas e testes conduzidos em laboratórios acreditados, podem realmente contribuir para a “reciclagem natural” através da compostagem e maior aplicação de recursos renováveis "biomassa" para produção de embalagens e descartáveis em geral. Fatores inibidores de adoção da tecnologia de Plásticos Oxo-Degradáveis
      • Produção de Bioplásticos de fonte renovável
      • 2007 – 210 mil ton.
      • 2009 – 505 mil ton.
      • 2011 – 875 mil ton.
      Fonte: European Bioplastics Estimativas Global do Mercado 2005 Mercado - 100.000 toneladas Entrada no mercado de paises como: Brasil, India, China e Tail â ndia. 2010 Mercado: 1 – 1,5 milhões de toneladas Principais mercados: Embalagens e Agricultura 2020 Mercado: > 10 milhões de toneladas Principais mercados: Embalagens, Agricultura, Automobilistica, Textil
      • O Brasil é o país com a maior área cultivável: aqui se encontram 22% da área cultivável de todo o mundo.
      • 2. O agronegócio representa aproximadamente 33% do PIB total do Brasil e é responsável pelo emprego da maior parte 37% da população economicamente ativa do país.
      • 3. Apresenta temperaturas predominantemente elevadas e recebe altas doses de irradiação solar.
      • 4. O Brasil tem 13,7% da água doce disponível do planeta e 2/3 do maior aquífero subterrâneo do mundo, o Aqüífero Guarani.
      • 5. Portanto, apresenta forte inclinação para ser um dos líderes em biotecnologia no futuro.
      • Fonte: Ministério das Relações Exteriores do Brasil, http ://www. mre . gov .br ; www.rankbrasil.com.br/maismais/agricultura/
      Pot êncial para o Brasil nesse cenário
    • Recursos renováveis: Bens naturais cuja disponibilidade futura é reversível com o uso, sempre que se utilizem de técnicas de manejo em que a taxa de consumo não exceda a capacidade de carga do meio (comparável com desenvolvimento sustentável). Um recurso renovável pode se auto-renovar em nível constante, porque se recicla rapidamente (água) ou porque está vivo e pode propagar-se ou ser propagado (organismos e ecossistemas). Desenvolvimento sustentável: Aquele que satisfaz as necessidades presentes, sem comprometer as necessidades das futuras gerações (ONU)
    •  
    • Alguns gêneros capazes de metabolizar hidrocarbonetos diferentes de metano Menos de 6 semanas a 55ºC
    •  
    • Plástico Biodegradável É um plástico que pode ser decomposto por enzimas de organismos vivos, sendo transformado em substâncias mais simples, tais como CO 2 , H 2 O, CH 4 , etc. É aproveitado na geração de energia e/ou na construção de biomassa .
    • O tempo de compostagem não representa o tempo necessário para a completa biodegradação do material. O processo pode se completar posteriormente durante o uso do composto. Tempo necessário para a compostagem de vários biopolímeros e outros materiais convencionais * nível de tecnologia intermediária, com aeração e movimentação mecânica.
    • Ciclo global do carbono direcionamento ecológico CO 2 Biomassa/Bio-orgânicos Fontes Fósseis (petróleo, gás natural ) Polímeros, Químicos & Combustíveis Indústria Química Indústria Bio-Química > 10 6 anos 1 - 10 anos Carbono Renovável CO 2 e Biomassa Nova Indústria Bio-Química Pequena, Rede de Negócios Polímeros “Verdes” e Químicos
      • The
      • Em termos de energias renováveis constituem-se de uma nova geração de produtos que encontrarão espaço em muitos setores da indústria:
      • - Minimizando impactos ambientais.
      • - Neutralizando emissões de gases geradores do aquecimento global
      • - Reduzindo consumo de energia.
      • - - São desenhados para serem biodegradáveis,. Propiciando assim, atender as especificações para as mais diversas aplicações de curto ciclo de vida .
      “ Desenvolvimento sustentável é aquele que atende às necessidades presentes sem comprometer a possibilidade de as gerações futuras satisfazerem suas próprias necessidades”. Definição de 1987 da ONU, Organização das Nações Unida O processo de “biodegradação e compostabilidade característico de substâncias naturais serem assimiladas por microrganismos presentes no solo em um ciclo natural curto. Normas internacionais como (NBR ABNT 15448-1 e 2) e laboratórios certificadores atualmente garantem e certificam estas propriedades
      • Properties & Samples
      • Bioplastics
      Ref. Bioplastics magazine may 2006
      • - Mercado emergente dessas matérias-primas de origem biológica em substituição dos plásticos convencionais de origem fóssil. Alta taxa crescimento nos próximos anos (2007-2011, estimado em 20% ano);
      • - Utilização do mesmo parque industrial de transformação dos plásticos convencionais, com produtividade e propriedades físico-químicas equivalentes para os bioplásticos;
      • - Uso de recursos agrícolas renováveis e de seus resíduos na cadeia, reduzindo os custos de produção;
      • - Promove o seqüestro e a redução das emissões de CO 2 , e a conservação das reservas de petróleo (Protocolo de Kyoto);
      • - Redução do risco e incerteza econômica associada à dependência do petróleo;
      • - Viabiliza a coleta de resíduos orgânicos urbanos e rurais, "reciclagem natural“. -> decomposição produz somente biomassa, CO2 e água. certificados e identificados -> pós-consumo -> compostagem "húmus", adubos -> Biogás ou recuperação energética.
      • - Desenvolvimento sustentável e aplicação de tecnologias limpas em diversos setores da economia, amplamente apoiado em termos de legislação ambiental em construção no mundo todo.
      • - Germany, France, etc;
        • San Francisco, CA (USA);
        • São Paulo/SP
      Oportunidades de Mercado
    • Potencial para desenvolvimento da agroindústria de Amidos Termoplásticos para produção de bioplásticos e derivados:   Os principais benefícios com o desenvolvimento desta cadeia agrícola produtora de (ex. batata, mandioca e milho) e para a sociedade com desenvolvimento desse mercado são:   - Desenvolvimento sustentável e integração de tecnologias em diversos setores da economia como agricultura e indústria.   - Competitividade e agregação de valor com o desenvolvimento de novos produtos derivados da produção dessas culturas.   - Desenvolvimento regional das bases produtivas possibilitando conquistar novas fronteiras agrícolas e a produzirem mais do que alimentos, também matérias primas integrando-se a agroindústrias locais / regionais para produção de matérias primas para embalagens e produtos para utilização na própria agricultura.   - Reconhecimento por atitudes de responsabilidade social, eliminação de desperdícios e tratamento de resíduos sólidos ( Ex: 300 mil Tons de descarte (resíduos) de batatas fora de tamanho aceito pelo mercado, danificadas e/ou com problemas que impossibilitem a venda para o consumo, poderiam ser destinadas à produção de bioplásticos como insumo industrial).
    • Novas oportunidades de investimento e negócios principalmente em exportação, porque embalagens de cunho ecológico, já são atualmente requisitos de entrada em muitos paises para qualquer produto importado da indústria eletrônica, alimentícia, fruticultura e floricultura.   O mais importante é a constatação de que novas oportunidades estão surgindo como alternativas para produção mais limpas , com menor consumo de energia , minimizando impactos ambientais , principalmente produtos de curto ciclo de vida como, descartáveis em geral de plásticos convencionais e, já são realidade em diversos mercados com inúmeros benefícios para a sociedade ajudando e economizar recursos fosseis não renováveis . Cenário este, em que o Brasil ocupa posição privilegiada no futuro desse mercado, pelas nossas potencialidades na produção de matérias primas agrícolas renováveis e seus derivados. Assim cada cadeia produtiva agrícola deverá se organizar para participar e aproveitar essas grandes oportunidades de desenvolvimento econômico. Conclusões
    • MPA EAESP-FGVSP New Ventures Managing Business Plan Danos ambientais causados pelos plásticos a nível mundial
    •  
    •  
    •  
    •  
    •  
    •  
    •  
    •  
    •  
    •  
    •  
    •  
    •  
    •  
    • Leira de Compostagem Contaminada com Pl ásticos
    •  
    •  
    •  
    •  
    •  
    • Sociedade entre as Empresas A Biomater Eco-materiais Ltda é uma empresa de base tecnológica que, em parceria com a USP - Universidade de São Paulo, UFSCar - Universidade Federal de São Carlos, Embrapa e Rodenburg Biopolymers BV, dedica-se à pesquisa e ao desenvolvimento de novas aplicações; à produção, à pesquisa de mercado e comercialização de uma nova classe de materiais plásticos a base matérias-primas provenientes de recursos renováveis (mandioca, batata, milho, celulose e outros) denominadas internacionalmente como: “Bioplásticos e/ou Biopolímeros – Blendas e Compostos Termoplásticos Biodegradáveis e Compostaveis” e seus derivados. A Rodenburg Biopolymers South América é uma empresa do Grupo Rodenburg, sediada na Holanda. Pioneira e lider no desenvolvimento e mercado biopolímeros na Europa. Transformam principalmente resíduos da indústria alimentícia em bioplásticos, utilizando tecnologia de ponta e processos ambientalmente sustentáveis. Em conjunto com clientes, estão constantemente procurando soluções sustentáveis e economicamente plausíveis.
    • Tecnologia e Processo de Produção Batata Glycerol PLA PHA PHB PHBv PCL PA Solanyl Extrusão Aditivos Bio-Mat Mandioca Extrusão Aditivos
    • Localização Geográfica - . - Indústria de artefatos plásticos e de embalagens de caráter sustentável; - Fontes de matérias-primas agrícolas, que não são utilizadas para consumo humano, sendo descartadas na natureza; - Contribuir para o desenvolvimento regional Existem muitas possibilidades para implantação de fabricas. Segundo Ministério da agricultura 15% da safra de batata.
    • Produtos Bio-Sacks: Materiais para produção de produtos em bioplásticos para fabricação de (Sacos e sacolas de compras e promocionais) disponíveis em todos tamanhos e formatos regulares de mercado, diversas possibilidades de acabamentos, impressão, corte e solda. Bio-Agriflora: Materiais para produção de produtos em bioplásticos (filmes de cobertura de solo, tubetes, potes, vasos, sacos para mudas, clipes e outros) para aplicação na agricultura, reflorestamento, silvicultura, fruticultura, floricultura e paisagismo. Bio-Pack: Materiais para produção de produtos em bioplásticos (filmes, laminados, fibras, injetados, termoformados, soprados e outros) para embalagens em geral, bandejas, redes, blisters, sacos e descartáveis em geral. Bio-Sani: Materiais para produção de produtos em bioplásticos ( sacos e sacolas ) para coleta de lixo de resíduos orgânicos compostáveis. Bio-Lazer: Materiais para produção de produtos descartáveis em bioplásticos ( copos, partos, talheres e outros) Aplicações: Produtos Acabados biodegradáveis/ compostáveis que podem ser obtidos com os materiais Solanyl e Compostos Especiais Bio-Mat.
    • Obrigado pela atenção! www.biomater.com.br www.biopolymers.com.br Eng. Jo ão Carlos de Godoy Moreira (11) 8528 3069 / (16) 3361-1685 E-Mail. jcgodoy@biomater.com.br