Gestão ambiental totvs 2010

2,768 views

Published on

0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
2,768
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Gestão ambiental totvs 2010

  1. 1. Gestão Ambiental<br />Rafael Marega – C.A.S / Setembro - 2010<br />1<br />
  2. 2. 2<br />Introdução<br />Sistema de Gestão Ambiental<br />O sistema possibilita às empresas um desempenho ambiental<br />correto, gerenciando os impactos de suas atividades, produtos<br />e serviços no meio ambiente, com total atendimento <br />à norma ISO-14000.<br />
  3. 3. 3<br />Introdução<br />Principais Requisitos<br />ISO 14.001<br />ABNT NBR 10.004 – (resíduo sólido e classificação)<br />CONAMA 313 – (resíduos sólidos industriais)<br />CONAMA 283 – (resíduos sólidos serviço saúde)<br />ANTT<br />INMETRO<br />ANVISA<br />
  4. 4. 4<br />Introdução<br />Informações sobre o segmento<br />Principais conceitos:<br /> - Sistema de Gestão Ambiental<br /> - ISO 14.000<br /> - Demandas<br /> - Aspectos e Impactos<br /> - Avaliação<br /> - 5W2H<br /> - Fonte Geradora<br />
  5. 5. 5<br />Introdução<br />Informações sobre o segmento<br />Principais conceitos:<br />Sistema de Gestão Ambiental : Parte do sistema total que inclui a estrutura organizacional, as atividades de planejamento, as responsabilidade, práticas e procedimentos, processos e recursos para desenvolver, implementar, alcançar e proceder as avaliações críticas e manter as políticas ambientais;<br />ISO 14.000: É a certificação junto a uma terceira entidade, embora ela possa ser usada internamente com finalidades de autodeclaração para o atendimento as demandas específicas. O principal uso, hoje em dia, está na certificação junto a terceiros, o que faz com que a ISO 14000 contenha apenas as exigências que podem ser objeto de auditoria, com o objetivo de certificação e/ ou de auto - declaração;; <br />
  6. 6. 6<br />Introdução<br />Informações sobre o segmento<br />Principais conceitos:<br />Demandas: São pressões ou impedimentos provenientes de legislação (federal, estadual e municipal), fornecedores (investidores e empregados) e opinião pública pertinentes à empresa são cadastrados; <br />
  7. 7. 7<br />Introdução<br />Informações sobre o segmento<br />Principais conceitos:<br />Aspectos: Com o cadastramento dos aspectos existentes na empresa, pode-se associá-los aos processos ou áreas em que se encontram, bem como associá-los às legislações que regem esse aspecto (Ex. Consumo de Água);<br />Impacto:Qualquer mudança no ambiente, seja adversa ou benéfica, resultante total ou parcialmente das atividades, produtos e/ ou serviços de uma organização. (Ex. Poluição do Solo).<br />
  8. 8. 8<br />Introdução<br />Informações sobre o segmento<br />Principais conceitos:<br />Avaliação: Avaliação completa dos aspectos e impactos ambientais, podemos assim saber a significância do impacto, realizar um plano de ação, descrever observações referentes à avaliação, fazer simulações de significância, entre outras.<br />5W2H: São 7 palavras em inglês, sendo 5 delas iniciadas com "W" e 2 iniciadas com "H". <br />What (O quê) ,,Who (Quem), When (Quando) , Where (Onde) ,Why (Porquê) ,How(Como) , Howmuch (Quanto custa) <br />
  9. 9. 9<br />Introdução<br />Informações sobre o segmento<br />Principais conceitos:<br />Fonte geradora: Além das características básicas, técnicas e documentacionais de cada fonte geradora, são solicitadas informações de acompanhamento da fonte geradora com variação de uso conforme um padrão específica de cada fonte geradora.<br />
  10. 10. 10<br />Introdução<br />Informações sobre o segmento<br />Principais conceitos<br /> - Medições<br /> - Monitoramento<br /> - Resíduos (Inventário Nacional, MTR, CADRI)<br /> - Destinação<br /> - Fornecedores<br /> - Plano de Atendimento a Emergências<br />
  11. 11. 11<br />Introdução<br />Informações sobre o segmento<br />Principais conceitos<br />Medições:O sistema armazena os tipos de medição que serão utilizados na empresa.<br /> Ao cadastrar uma medição o usuário poderá estabelecer que, ao efetuar o retorno da medição, o operador do programa pode, além de indicar a realização da etapa, informar o que foi verificado quando da sua execução.<br />
  12. 12. 12<br />Introdução<br />Informações sobre o segmento<br />Principais conceitos<br />Monitoramento: Todos os tipos de monitoramento têm suas características do <br /> acompanhamento a serem efetuadas para a sua execução, dados do último monitoramento efetuado, paradas necessárias, e os insumos requeridos para a execução do serviço. Um monitoramento poderá ser controlado por tempo decorrido, contador, tempo ou contador. <br /> Também o planejamento, com datas planejadas e tempo de execução das tarefas do monitoramente são tratados pelo sistema.<br />
  13. 13. 13<br />Introdução<br />Informações sobre o segmento<br />Principais conceitos<br />Resíduos: É definido quanto à classe a qual pertence, seu estado físico (sólido, líquido ou gasoso), a fonte geradora, a destinação, o transporte que será utilizado e critérios de controle através dos: Inventário Nacional de Resíduos, MTR - Manifesto de Transporte de Resíduo e CADRI – Cadastro de Resíduos Industriais<br />Destinação:Os tipos de destinação estão registrados baseados nas informações <br /> contidas na Conama 313, como tipo de armazenamento, reciclagem, tratamento, <br /> reutilização e disposição final. <br />
  14. 14. 14<br />Introdução<br />Informações sobre o segmento<br />Principais conceitos<br />Fornecedores:Para receber os resíduos gerados, a empresa fornecedora desse serviço deve ser licenciada no tipo de resíduo que ela vai receber. Para tanto, o sistema permite relacionar os resíduos que as empresas estão licenciadas a receber e quando essa empresa for contatada para receber algum resíduo, o sistema checa se ela pode realmente receber. A transferência de resíduos para fornecedores também é, portanto, controlada.<br />
  15. 15. 15<br />Introdução<br />Informações sobre o segmento<br />Principais conceitos<br />Transportadoras:Assim como acontece com os fornecedores, também as transportadoras de resíduos necessitam de licenciamento para poder executar seus serviços. O sistema trata as transportadoras da mesma forma como trata os fornecedores.<br />Plano de Atendimento Emergencial: Trata as simulações, checklist, ordem de simulação, não conformidade, checklist executado, novo plano de ação (Ex. Brasil Ferrovias)<br />
  16. 16. 16<br />Gestão Ambiental<br />Integração<br />
  17. 17. 17<br />Gestão Ambiental<br />Clientes<br />O SGA pode ser utilizado por empresas de variados <br />segmentos:<br />- Atividades Industriais<br /> - Orgãos Governamentais<br /> - Serviços Ambientais<br /> - Construção Civil<br /> - Hospitais<br /> - Hotelaria<br />
  18. 18. 18<br />Gestão Ambiental<br />Características<br />- Política Ambiental;<br />- Objetivos e Metas Ambientais;<br />- Aspectos e Impactos Ambientais;<br />- Gerenciamento de Resíduos;<br />- Monitoramento e Medição;<br />- Gestão de Planos de Ação;<br />- Gestão de Atendimentos Emergenciais;<br />- Consultas e Relatórios;<br />
  19. 19. 19<br />Gestão Ambiental<br />PDCL<br />Auxilia na melhoria e aprendizado contínuos, ressaltando os ganhos obtidos com o <br />Sistema de Gestão Ambiental.<br /> - PolíticaAmbiental;<br /> - Planejamento;<br /> - Implantação e Operação;<br /> - Verificação e Ação;<br /> - Análise Crítica;<br /> - Melhoria Contínua;<br />
  20. 20. 20<br />Gestão Ambiental<br />Macro - Processos<br />O SGA está estruturado em 4 Macro Processos, trabalhando de forma lógica e objetiva.<br /> - Aspecto e ImpactoAmbiental;<br /> - Gerenciamento de Resíduos;<br /> - Monitoramentos e Medição;<br /> - Plano Emergêncial;<br />
  21. 21. 21<br />Gestão Ambiental<br />Fluxo do Sistema<br />Aspecto e ImpactoAmbiental;<br />Gerenciamento de Resíduos;<br />Monitoramentos e Medição;<br />Plano Emergêncial;<br />
  22. 22. 22<br />Gestão Ambiental<br />Fluxo do Sistema<br />Aspecto e Impacto Ambiental<br />
  23. 23. 23<br />Gestão Ambiental<br />Fluxo do Sistema<br />Gerenciamento de Resíduos<br />
  24. 24. 24<br />Gestão Ambiental<br />Fluxo do Sistema<br />Monitoramento e Medição<br />
  25. 25. 25<br />Gestão Ambiental<br />Fluxo do Sistema<br />Plano Emergencial<br />
  26. 26. 26<br />Gestão Ambiental<br />Pendências e Eventos<br />Work Flow, Pendências e Alertas:<br />O SGA garante a gestão da comunicação, a integração de informações e <br />documentos em todos os níveis do processo.<br />- Controle de pendências;<br />- Aviso sobre novos documentos;<br />- Aviso sobre treinamentos a fazer;<br />
  27. 27. 27<br />Gestão Ambiental<br />Política Ambiental<br />- Versões; <br />- Melhoria Contínua;<br />
  28. 28. 28<br />Gestão Ambiental<br />Objetivos e Metas<br />
  29. 29. 29<br />Gestão Ambiental<br />Requisitos Legais <br />- Critérios de avaliação; <br />- Avaliação;<br />- Reavaliação;<br />- Identificação;<br />- Controle de Vigência;<br />- Histórico/Evolução;<br />
  30. 30. 30<br />Gestão Ambiental<br />Estrutura Organizacional<br />- Por local; <br />- Por processo; <br />- Definição de responsáveis e participantes;<br />- Sistema de gestão integrado;<br />
  31. 31. 31<br />Gestão Ambiental<br />Aspecto e Impacto Ambiental<br />- Aspectos por Processos / Locais;<br />- Demandas do Aspecto;<br />-Avaliação padrão;<br />-Cadastramento dos Impactos;<br />-Relacionamento com as Demandas; <br />
  32. 32. 32<br />Gestão Ambiental<br />Aspecto e Impacto Ambiental<br />Avaliação<br /> - Critérios <br /> - Fórmula <br /> - Significância<br />O que fazer com a avaliação?<br /> - Plano de Ação<br />
  33. 33. 33<br />Gestão Ambiental<br />Gerenciamento de Resíduos<br />
  34. 34. 34<br />Gestão Ambiental<br />Monitoramento e Medição<br />- Periodicidade <br />- Check list<br />- Insumos<br /><ul><li> Fontes Geradoras
  35. 35. Medições
  36. 36. Reportes </li></li></ul><li>35<br />Gestão Ambiental<br />Plano Emergencial<br />
  37. 37. 36<br />Gestão Ambiental<br />Planos de Ação<br />- PMS<br />- 5W2H <br />
  38. 38. 37<br />Gestão Ambiental<br />Indicadores de Desempenho<br />São importantes pois mostram o consumo de recursos naturais, matérias primas e <br />outros insumos, bem como o que foi gerado de resíduos, permitindo acompanhamento <br />dos resultados da execução do SGA;<br /> - Consumo<br /> - Resíduos<br />
  39. 39. 38<br />Gestão Ambiental<br />Recuperação de Informações<br /> Padronizadas<br /> - Consultas, relatórios e gráficos<br /> Específicas<br /> - Crystal, ADVPL e Excel<br />
  40. 40. 39<br />Gestão Ambiental<br />CaracteristicasProtheus<br />- Flexibilidade<br />- Segurança de acesso<br />- Portabilidade<br />- Ambienteoperacional<br />- Business Intelligence (BI)<br />
  41. 41. 40<br />Conclusão<br />Questões?<br />Rafael Marega<br />marega@totvs.com.br<br />

×