Clustering Domino8.5
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Like this? Share it with your network

Share

Clustering Domino8.5

  • 2,752 views
Uploaded on

This is an introductory study material about the alternatives of clustering with Domino. Basically it is a summary of what is in the infocenter for Domino 8.5. The material is in Brazilian Portuguese.

This is an introductory study material about the alternatives of clustering with Domino. Basically it is a summary of what is in the infocenter for Domino 8.5. The material is in Brazilian Portuguese.

More in: Technology
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
2,752
On Slideshare
2,308
From Embeds
444
Number of Embeds
11

Actions

Shares
Downloads
68
Comments
0
Likes
1

Embeds 444

http://edsonlo.blogspot.com 235
http://edsonlo.blogspot.com.br 182
http://raduran.blogspot.com 9
http://www.edsonlo.blogspot.com 4
http://edsonlo.blogspot.pt 3
http://blog.rodrigo.duran.nom.br 3
http://www.slideshare.net 3
http://edsonlo.blogspot.de 2
http://edsonlo.blogspot.co.uk 1
http://translate.googleusercontent.com 1
http://edsonlo.blogspot.ca 1

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide
  • Standard template for internal and external presentations. If internal presentations are confidential, please add: “IBM Confidential” to the slide masters. Select: View / Master / Slide Master and add “IBM Confidential”

Transcript

  • 1. Clustering com IBM® Lotus® Domino® 8.5 Rodrigo Duran Lotus Technical Sales Specialist [email_address]
  • 2. Clusterização com Lotus ® Domino ® 8.5
  • 3. Cluster Domino
    • Cluster é um conjunto de dois ou mais servidores utilizados para:
      • Alta disponibilidade de bancos de dados (NSF) importantes
      • Balanceamento de Carga
      • Escalabilidade
      • Sincronização de Dados
      • Facilitar a Administração
      • Facilitar a Gestão de Mudanças (Hardware, Sistema Operacional, Versão)
  • 4. Componentes
    • Cluster Manager: é executado em cada servidor no cluster e monitora o estado de todos os servidores no cluster. Mantém uma lista de quais servidores estão atualmente disponíveis e mantém informações sobre a carga em cada servidor.
    • Cluster Database Directory: uma réplica reside em cada servidor em um cluster (CLDBDIR.NSF). O Cluster Database Directory contém um documento sobre cada base de dados e réplicas no cluster.
    • Cluster Database Directory Manager: cria em cada servidor o Cluster Database Directory e os mantém atualizado com as informações correntes.
    • Cluster Administrator: realiza muitas das tarefas de manutenção associadas ao cluster.
    • Cluster Replicator: executa constantemente a sincronização de dados entre réplicas em um cluster através das mudanças realizadas em um dado servidor para as outras réplicas nos outros servidores.
  • 5. Requisitos para Clusterização
    • Todos os servidores do Cluster devem:
      • Executar sobre IBM Lotus Domino Enterprise Server ou Domino Utility Server;
      • Estar conectados via LAN ou WAN de alta velocidade;
      • Usar TCP/IP e estar na mesma rede IBM Lotus Notes;
      • Estar no mesmo domínio Domino e compartilhar um mesmo Domino Directory.
    • Deve-se especificar um servidor de administração para o Domino Directory que contém o cluster.
      • O servidor de administração pode, mas não precisa fazer parte do cluster.
    • Cada servidor deve fazer parte de apenas um cluster por vez.
    • Cada servidor deve ter capacidade de disco, de processamento e de memória adequados para fazer parte de um cluster.
  • 6. Como F unciona a Clusterização com Domino
    • Lotus Domino usa o que é chamado de Cluster de Aplicação . Assim sendo, a “aplicação” Domino monitora o cluster e determina quando o failover ou balanceamento de carga devem ocorrer.
    • Para aproveitar as vantagens de failover e balanceamento de carga , deve-se distribuir databases e réplicas pelo cluster. Não é necessário ter uma réplica de cada database em todo servidor.
    • O número de réplicas que deve ser criado depende de quão importante ou quão carregado é um dado database. O fator a se considerar é quão importante para seus usuários é ter acesso contínuo para um dado database.
    • Para alguns databases pode não ser necessário criar nenhuma réplica; para outros, pode ser necessária a criação de múltiplas réplicas.
  • 7. Como funciona failover com Domino
    • Failover é a capacidade do cluster de redirecionar uma requisição de um servidor para outro.
    • O Cluster Manager em cada servidor envia testes para os outros servidores para determinar a disponibilidade de cada um. O Cluster Manager também verifica continuamente quais são as réplicas disponíveis em cada servidor.
    • Quando um usuário tenta acessar um database em um servidor que está indisponível ou sobrecarregado, o Domino direciona o usuário para uma réplica do database em outro servidor no cluster. Apesar do usuário se conectar em uma réplica em um servidor distinto, o processo de failover é essencialmente transparente para o usuário.
  • 8. Como funciona a balanceamento de carga com Domino
    • O balanceamento de carga é executado através da distribuição de databases pelo cluster, bem como pela configuração de parâmetros de disparo através de variáveis definidas no NOTES.INI .
    • Quando o servidor alcança o nível de disponibilidade definido ou o número máximo de conexões de usuário, o Cluster Manager marca o servidor como BUSY .
    • Quando um servidor está em estado BUSY , requisições para abrir databases são enviados para o servidor com mais alta disponibilidade que contenha uma réplica do database requisitado.
  • 9. Clusters de Sistema Operacional X Clusters Domino
    • Clusters de Sistemas Operacionais provêm failover transparente ao usuário devido ao nó de tolerância tomar os recursos do nó original (em falha), mantendo o mesmo endereço de rede e mesmo nome.
    • IBM Lotus Domino usa o que é chamado de Cluster de Aplicação:
      • Implementação independe da clusterização de sistema operacional
      • Failover inteligente do Lotus Domino:
        • Verificação do cache do cluster para determinar o servidor mais disponível;
      • Uso das definições de balanceamento de carga
      • Possibilidade de usar servidores com sistemas operacionais distintos dentro do mesmo cluster.
  • 10. Aproveitando os Clusters de Sistema Operacional
    • Cluster Ativo/Passivo
      • Em um cenário de dois servidores, o servidor passivo monitora o servidor ativo com o intuito de tomar o seu lugar em caso de falha de hardware ou de software.
  • 11. Aproveitando os Clusters de Sistema Operacional
    • Cluster Ativo/Ativo
      • Em um cenário de dois servidores, ambos possuem suas próprias aplicações, e se monitoram mutuamente. Em caso de falha, um servidor assume a operação do outro.
      • Deve-se usar servidores Domino particionados em cada nó. Assim é possível manter suas próprias aplicações mesmo em caso de falha
    Falha
  • 12. Referências
    • Documentação para Lotus Domino
      • http://www.ibm.com/developerworks/lotus/documentation/domino/?S_TACT=105AGX13&S_CMP=LPLOTUS
    • Clustering
      • http://publib.boulder.ibm.com/infocenter/domhelp/v8r0/index.jsp?topic=/com.ibm.help.domino.admin85.doc/DOC/H_CLUSTERS_OVER.html