Your SlideShare is downloading. ×
  • Like
Dispositivos Móveis - Aplicações, Marketing, Futuro
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Now you can save presentations on your phone or tablet

Available for both IPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Dispositivos Móveis - Aplicações, Marketing, Futuro

  • 729 views
Published

Apresentação realizada em 18/09/2012 na Escola Viva, em São Paulo, na 2a Semana do Empreendedorismo e Tecnologia

Apresentação realizada em 18/09/2012 na Escola Viva, em São Paulo, na 2a Semana do Empreendedorismo e Tecnologia

Published in Technology
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
729
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1

Actions

Shares
Downloads
37
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Dispositivos móveis e modelos de negócios
  • 2. Introdução
  • 3. 253 milhões de linhas ativas na telefonia móvel em Abril de 2012 1,29 linha por habitante
  • 4. Os terminais de banda larga móvel 3G totalizaram 54,3 milhões de acessos - 21,46% do total de linhas.
  • 5. Aumento das vendas de smartphones entre março de 2011 a março de 2012 foi de 112%A utilização do Tablet ainda é nova, porém cresce a cada ano. Osfabricantes destes equipamentos estimam um aumento de 98% das vendas em 2012
  • 6. Na teoria, a tecnologia 3G permite até 7Mbps de velocidade. No Brasil, porém, a média de oferta na velocidade de conexão é de 1 Mbps. O sinal 4G, que pode oferecer velocidade de até 100 Mbps em seu celular, ainda não está disponível no Brasil.
  • 7. Maior personalização Menor personalização Nova no mercadoMenos atualizações Menos atualizações Menos plicativosMais aplicativos Mais aplicativos Quer oferecer aparelhosMais virus Menos vírus mais baratos e maisMais app gratuitos Menos App gratuitos opçõesAparelhos mais baratos e Apenas um celular e um Ainda é uma aposta com mais opções tablet, e ainda carosPlataforma aberta Pioneira 1º Trimestre de 2012 3,3 milhões de unidades1º trimestre de 2012 1º Trimestre de 2012 em todo o mundo (2,2%).89,9 milhões de celulares 35,1 milhões de celularescom Android em todo o com iOS em todo o mundomundo (59% do total) (23% do total)
  • 8. M-Commerce
  • 9. E-commerce, ou comércio virtual, é um tipo de transação comercialfeita especialmente por meio de um equipamento eletrônico, como, por exemplo, um computador
  • 10. As vendas online por meio de aparelhos móveis são chamadas de mobile commerce, ou m-commercePor enquanto, as vendas do varejo online por meio de smartphonese tablets representaram o equivalente a 1,3% do faturamento totalde e-commerce, mas a estimativa é que esse segmento movimente cerca de R$ 2 bilhões em 2013
  • 11. Nos Estados Unidos este novo conceito de comércio online estásendo denominado BedroomCommerce (“comércio de quarto” em Inglês), pois as pessoas cada vez mais estão transferindo seus hábitos de compra para momentos em que estão relaxando, na cama ou no sofá.
  • 12. Tipos de Transação via Mobile - Compras no site da loja: Assim como acontece nos desktops, as compras em lojas virtuais também são uma realidade cada vez mais presente no âmbito mobile. Tanto em lojas pequenas, quanto nas grandes, uma parcela das vendas já provém dos celulares. Com a possibilidade de vendas via mobile ganhando cada vez mais força, atendência é que os lojistas virtuais desenvolvam sites específicos paramobile, com a navegação facilitada e otimizada para as pequenas telas.
  • 13. Tipos de Transação via Mobile- Aplicativos próprios das marcas: Algumas marcas já disponibilizam aos clientes seus aplicativos próprios, nos quais podem ser realizadas compras, buscas de informações sobre produtos, e comparações de preços.
  • 14. Tipos de Transação via Mobile - Aplicativos de cobrança por cartão de crédito: Já existem aplicativos para smartphones que transformam o aparelho numa maquineta de cartão de crédito, onde você insere os dados do cartão do cliente (oupassa o cartão num dispositivo de leitura de tarja magnética, acopladoao celular pela entrada de fones de ouvido), e a transação é realizada.
  • 15. Tipos de Transação via Mobile - Transações via NFC: A NFC (Near Field Communication) é uma tecnologia que permite a troca de informações e arquivos entredispositivos compatíveis, com segurança, e sem a necessidade de cabos, apenas aproximando os dois dispositivos (tanto entre dois celulares, como entre um celular e um leitor instalado numa loja).
  • 16.  O Magazine Luiza lançou em 2011 o seu aplicativo. Entre janeiro e setembro de 2011, os acessos cresceram 371%.  O Walmart possui uma versão do site exclusivamente para dispositivos móveis. O Pão de Açúcar, por sua vez, lançou há dois anos sua plataforma para aparelhos móveis.  A B2W também dispõe de vendas para celular e tablet - o site Submarino opera aplicativos para aparelhos iPhone, Android e Nokia. Já a Americanas.com está disponível para iPhone e Nokia.
  • 17. Pagamentos Online
  • 18. Uma empresa que há pouco tempo vendia apenas para o seu bairro ou cidade, hoje pode vender para qualquer lugar do Brasil ou do mundo. Mas toda mudança traz desafios e, no caso, foi criar uma forma que possibilitasse o cliente pagar pelo produto ou serviço remotamente. Com isto surgiu o pagamento digital. Pagamento digital é todo pagamento feito por meio da troca dedados, com uma transação bancária ou por cartão que permita aocliente a comodidade de pagar pelo pedido independente de onde estiver, garantindo ao empresário a segurança do recebimento.
  • 19. Ao se criar uma loja virtual, é preciso instalar um sistema de pagamento digital. Para tanto, a empresa tem três opções para implantá-lo: 1. Sistema próprio 2. Gateway de pagamento 3. Plataforma de pagamento digital
  • 20. Carteira Digital, ou E-Wallet, é um dispositivo que permite oarmazenamento de dados cadastrais e bancários dos consumidores emuma conta, evitando que eles tenham que digitá-los a cada negociação Eles serão essenciais para a transição dos pagamentos online para omundo físico, podendo vir a substituir o dinheiro e o cartão plástico nas transações comerciais do dia a dia, mesmo fora da Internet.Isto se dá por causa da tecnologia NFC (Near Field Communication), que é uma ferramenta de rádio frequência de distância curta. Por esta tecnologia, ao aproximar um dispositivo eletrônico de outro, é possívelcaptar informações e realizar transações. A aplicação mais comum desta é no transporte público das grandes cidades, por meio dos cartões carregados com crédito para o pagamento das passagens.
  • 21. Esta tecnologia já está presente em diversos modelos de smartphonescomercializados no Brasil. Os novos aparelhos Android e Windows Phone já possuem esta tecnologia e já em breve, será a vez do iPhone.Portanto, se o smartphone for compatível com o NFC, será preciso baixarum aplicativo para que o aparelho funcione como uma ferramenta de E- Wallet.
  • 22. A tendência, porém, é que ela venha a crescer, tendo em vista a parceria da Google com o Citibank neste sentido. As tecnologias móveis tendem a ser mais seguras do que os atuais cartões. Isto acontece pois estes são “puro hardware” e não é possívelfazer um upgrade ou recall em um curto espaço de tempo, ao ponto que as aplicações móveis são “puro software”, permitindo upgrade quase que imediato, para reparação de problemas e eliminação de vulnerabilidades detectadas.
  • 23. Mobile Marketing
  • 24. Com a massiva adoção dos dispositivos móveis, as empresas passaram ater nestes aparelhos um canal para realizar ações de marketing altamente direcionadas, podendo atingir seus potenciais clientes aonde quer que eles estejam, dando assim origem ao mobile marketing. Profissionais e empresas dinâmicos e inovadores podem criar soluções criativas e eficientes por meio desta nova forma de interação com o mercado.
  • 25. A vantagem do mobile marketing em relação ao marketing tradicional é que, além de atingir o potencial cliente aonde quer que ele esteja, épossível a adequação da mensagem ao usuário e ao cenário. Sistemas demobile marketing avançados podem escolher a melhor interação para umdeterminado usuário, num determinado horário, num determinado local. A mensagem pode ser ajustada dinamicamente, algo praticamente impossível de realizar com anúncios tradicionais.
  • 26. O retorno do mobile marketing pode ser obtido em diversas frentes:Comunicação: com dispositivos móveis, a empresa pode estabelecer umacomunicação dinâmica com seus clientes (incluindo a interação por meio das redes sociais) aonde quer que eles estejam.
  • 27. O retorno do mobile marketing pode ser obtido em diversas frentes:Segmentação adequada: como o mobile marketing faz parte do marketingonline, é possível enviar mensagens adequadas para cada usuário, levando em consideração o ambiente em que ele se encontra, e até mesmo as ações que ele está realizando (ao fazer “checkin” num shopping próximo do horário do almoço, um restaurante pode comunicar sua promoção do dia, por exemplo).
  • 28. O retorno do mobile marketing pode ser obtido em diversas frentes:Estabelecimento de relação com o cliente: disponibilizando um aplicativoque atende alguma necessidade do cliente, o relacionamento dele com a empresa é fortalecido.
  • 29. O retorno do mobile marketing pode ser obtido em diversas frentes: Vendas: dependendo do tipo de produto/serviço, é possível até mesmorealizar a venda por meio do dispositivo móvel, levando a loja para dentro do bolso ou bolsa do usuário.
  • 30. O retorno do mobile marketing pode ser obtido em diversas frentes:Imagem: o uso de tecnologia de ponta contribui para a formação de uma imagem de empresa moderna, dinâmica e com foco no cliente.
  • 31. QR Code é um código de barras bidimensional que pode ser facilmente escaneado usando a maioria dos celulares modernos equipados com câmera. Esse código é convertido num pedaço de texto (interativo), um endereço URL, um número de telefone, uma localização georeferenciada, um e-mail, um contato ou um SMS.
  • 32. Site Mobile x Aplicativos
  • 33. Os mobile web sites não são muito diferentes dos web sitesnormais, porém são otimizados para as telas normalmente pequenas dos dispositivos móveis. Isto significa, muitas vezes, desenvolver um site simplificado, com informações mais diretas.
  • 34. Embora os mobile web sites sejam muito úteis para disponibilizarinformações para usuário móveis, muitas vezes a experiência deixa a desejar,seja pela lentidão de carregar as informações pelo browser, pela visualização das informações em telas pequenas, pela necessidade de conexão para interagir, ou por outras limitações técnicas.Os aplicativos endereçam estes problemas: são programas baixados e instalados no próprio dispositivo móvel, e que, portanto podem serabertos de forma praticamente imediata e sem necessidade de conexão à Internet (offline). Como é desenvolvida especificamente para a plataforma móvel, sua interface é maisadequada, podendo tirar proveito de todos os recursos específicos dos dispositivos, como sensores de posição, bússola, GPS, microfone, câmera, etc.
  • 35. Para definir se a empresa precisa desenvolver um aplicativo, primeiroprecisa ter um objetivo bem claro sobre o que se deseja atingir com este. Algumas perguntas que podem ser feitas para ajudar no processo: O que pretendo com o aplicativo? Que benefícios o aplicativo pode trazer ao meu negócio? Tenho o público certo para criar um aplicativo? Como vou divulgar o aplicativo? Para qual plataforma vou desenvolver o aplicativo?
  • 36. Exemplos de Aplicações Práticas nos Negócios
  • 37. A Fiat, por exemplo, permite que seus clientes baixem, no smartphone ou tablet, o manual do carro que foi adquirido na loja facilitando a leitura em qualquer lugar.
  • 38. A Oakley, voltada para produtos de surf, deu um bom exemplo de como oferecer um serviço útil para seu público e aumentar as chances de ser lembrada pelos surfistas na hora de fazerem suas compras. Colocou àdisposição um aplicativo que fornece a localização, previsão do tempo e ondas de diversas praias do mundo.
  • 39. Já a Samsung, empresa fabricante de diversos equipamentos eletrônicos, desenvolveu um aplicativo para os usuários dos smartphones e tabletspoderem conferir toda sua linha de produtos e respectivos dados técnicos.
  • 40. Fernando Torquatto assina o Aplicativo de Maquiagem O Boticario. Comdicas e tutoriais inovadores, o mais inovador e-book de beleza foi criadopara atender à necessidade das mulheres que buscam uma experiência única e interatividade no universo da maquiagem.
  • 41. Empresas que trabalham com vendas de ingressos antecipados ou reserva de lugares numerados também podem se aproveitar dossmartphones e tablets, tendo em vista que a falta de tempo faz com que os consumidores deem preferência àqueles serviços que lhes são mais práticos e ágeis, além de que a confirmação digital dispensa o uso da impressora, outra facilidade.
  • 42. Hotéis e pousadas podem oferecer opção para os hóspedes fazerem suas reservas pelos aparelhos móveis, inclusive realizando os pagamentos.
  • 43. Um exemplo do uso do tablet nas empresas é como um catálogo de mostruário de produtos integrado ao sistema da empresa.Com um aparelho desses em mãos, vendedores e representantes podem demonstrar produtos e apontar, em tempo real, sua disponibilidade em estoque, preços e condições de entregas.A Billabong, loja de roupas de praia, colocou o tablet nas lojas, próximos aos caixas, em agosto.
  • 44. A Nike desenvolveu um aplicativo com um GPS para usuários adeptos decorridas poderem fazer o acompanhamento do percurso, tempo, velocidadee média de calorias consumidas durante a corrida que acabaram de realizar.
  • 45. O restaurante japonês Sushi Yuzu, de Blumenau, já nasceu com umcardápio digital. Em quatro tablets e o desenvolvimento de um cardápiocom um programa de banco de dados, foram gastos 20 mil reais. Com o programa é possível ajustar preços e pratos todos os dias.
  • 46. O Bar Brahma, logo na estreia do iPad no Brasil, começou a usá-lo tambémcomo cardápio. A finalidade era demonstrar a inovação, trazer a proposta de uma experiência diferente para o consumidor. O aplicativo é feito para ser usado pelo cliente com a ajuda do garçom, para ter o cuidado do cliente não lançar o pedido na mesa errada, por exemplo.
  • 47. É possível ainda utilizar os aparelhos mobile e a internet para a realizaçãode atividades rotineiras, como a reserva de mesas e o pedido para entrega de refeições (delivery)
  • 48. Uma cooperativa de táxi resolveu inovar e incorporou tablets à sua frota.Estes aparelhos funcionam como GPS, permitem que a central localize o veículo mais próximo do cliente, recebem informações do tempo etrânsito, graficamente, em tempo real e ainda auxiliam na segurança do taxista.
  • 49. Nos dias de hoje, é comum utilizar o celular para fazer check-in emempresas aéreas e acessar conteúdos de entretenimento a bordo durante o vôo, utilizando dispositivos móveis como tablets e smartphones.
  • 50. O Pão de Açúcar, o maior varejista do Brasil, testa a sua primeira vitrinevirtual no shopping Cidade Jardim, em São Paulo. O projeto substitui as tradicionais gôndolas por painéis que reproduzem a imagem de 300 produtos, entre queijos, vinhos, frutas, legumes, café e pães que poderão ser adquiridos por meio de smartphones ou tablets. Para concretizar a compra, o consumidor deve baixar o aplicativo do Pão deAçúcar para o seu aparelho e escanear os QR Codes presentes abaixo de cada produto exposto na prateleira virtual.
  • 51. Aplicativos de Mídias Sociais Utilizados nos Negócios
  • 52. A Fan Page do Facebook, muito utilizada por diversas empresas, pode seraberta e visualizada pelo aplicativo da mídia social instalado no tablet ou no smartphone
  • 53. O Instagram é um aplicativo gratuito de compartilhamento e tratamento de fotos. Foi projetado para uso em dispositivos móveis, permite aos seususuários compartilharem imagens, bem como aplicar nelas uma variedade de filtros e efeitos e já possui contas de 40% das 100 marcas mais valiosas do mundo
  • 54. Foursquare: é uma rede social que permite ao utilizador indicar onde seencontra, dar sua opinião sobre este local e procurar por outros usuários ou estabelecimento que estejam próximos. A característica única da ferramenta vem do fato de ser possível acumular distintivos ou “badges” relativos a lugares específicos.
  • 55. 1. Navegar pela internet2. Acesso a redes sociais 3. Ouvir música 4. Jogos 5. Ligações
  • 56. Hiran Eduardo Murbachhemurbach@gmail.com @hiran7