Cc03 aula2-sistemas administrativos e estrutura organizacional
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Cc03 aula2-sistemas administrativos e estrutura organizacional

on

  • 1,431 views

FASB - OS&M Contabilidade

FASB - OS&M Contabilidade

Statistics

Views

Total Views
1,431
Views on SlideShare
1,431
Embed Views
0

Actions

Likes
1
Downloads
21
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Cc03 aula2-sistemas administrativos e estrutura organizacional Cc03 aula2-sistemas administrativos e estrutura organizacional Presentation Transcript

  • BACHARELADO EMCIÊNCIAS CONTÁBEISCC03Organização, Sistemas e MétodosProfa. Rachel de Camargo
  • AULA 2 SISTEMAS ADMINISTRATIVOS Introdução aos sistemas administrativos:  Produtividade;  Divisão do trabalho;  Principais formas de organização do trabalho;  Sistemas e seus aspectos. 2
  • RECORDANDO ... ORGANIZAÇÃO:  Conjunto de pessoas, movidas por um objetivo comum ou compartilhado, que estabelecem entre si relacionamentos de autoridade e responsabilidade.  Toda ORGANIZAÇÃO, independente de seu objetivo, mobiliza recursos:  Humanos  Financeiros  Materiais  Tecnológicos 3
  • RECORDANDO ... ADMINISTRAÇÃO pode ser entendida como o trabalho de integrar e gerir recursos materiais, humanos, financeiros e tecnológicos em prol do objetivo organizacional. 4
  • PRODUTIVIDADE Identificar o nível de produtividade de uma organização envolve entender algumas medidas de desempenho:  EFICIÊNCIA – é eficiente a organização que integra e gerencia suas atividades da maneira tecnicamente correta.  EFICÁCIA – é eficaz a organização que atinge seus objetivos no menor prazo possível.  EFETIVIDADE – é efetiva a organização que reúne as características de eficiência e eficácia em sua gestão.  ECONOMICIDADE – a economicidade, mais relacionada às organizações empresariais, é um critério que reúne a efetividade ao alcance da efetividade utilizado de forma racional os recursos disponíveis. 5
  • PRODUTIVIDADE Em busca da Economicidade as organizações vêm cada vez mais adotando práticas de Responsabilidade Social / Sustentabilidade ... 6
  • VIVENCIANDO ... O QUE PODEMOS DIZER A RESPEITO DA PRODUTIVIDADE DESSAS ORGANIZAÇÕES? A turma deverá se dividir em 2 grupos.  O grupo 1 estudará o Caso TAEQ Pão de Açúcar;  O grupo 2 estudará o Caso Garantia de Origem Carrefour. Ao final de 20 minutos cada grupo deverá apresentar à turma :  Uma síntese sobre o caso;  Os objetivos declarados X reais que motivaram a organização no sentido de adotar a sustentabilidade / responsabilidade social;  Qual o impacto esperado das ações adotadas por essas empresas sobre a produtividade? 7
  • FUNÇÕES DA ADMINISTRAÇÃO Segundo Henry Fayol, um dos precursores da Administração Científica, cabe ao Administrador executar as seguintes funções:  Planejamento: significa definir as metas de uma organização, estabelecer uma estratégia geral para alcançá-las e desenvolver planos abrangentes para integrar e coordenar atividades.  Organização: abrange a determinação das tarefas que serão realizadas, quem irá executá-las, como agrupá-las, quem se reportará a quem e quem tomará as decisões.  Liderança: significa motivar e orientar os empregados, e comunicar-se e solucionar conflitos.  Controle: abrange monitorar desempenho, comparar os resultados com as metas e fazer correções. 8
  • DIVISÃO DO TRABALHO“Departamentalização é uma forma sistematizada de agrupar atividades emfrações organizacionais definidas seguindo um determinado critério, visando à melhoradequação da estrutura organizacional e sua dinâmica de ação”. ARAUJO, 2006 9
  • DEPARTAMENTALIZAÇÃO Existem várias formas de dividir o trabalho em uma organização. A escolha do formato ideal é diretamente dependente do mercado em que se atua, da contingência vivida pelo negócio, da tecnologia empregada etc. Algumas opções são: TIPO CARACTERÍSTICAS Por área geográfica Ideal para negócios de abrangência ampla, em que se torna imprescindível conhecer as peculiaridades de cada região. Embora prime pela descentralização das decisões, pode correr o risco de enfraquecer a cultura organizacional e estabelecer níveis distintos de serviço em cada uma das unidades. Por clientes Faz sentido quando se atingem clientes diferenciados com produtos e serviços distintos. É uma tendência, por exemplo, em 10 bancos e lojas de departamentos.
  • DEPARTAMENTALIZAÇÃOTIPO CARACTERÍSTICASPor produto / serviço Em geral é escolhida por organizações que atuam em segmentos bem distintos, em que as dinâmicas de negócio para cada produto / serviço não se assemelham.Por função Adotada pela maioria das organizações em nível mundial, prima pela divisão do trabalho por especialidade. É o mais antigo tipo de divisão do trabalho.Por processo Tendência atual de departamentalização, consiste em dividir a execução do trabalho em partes menores, garantindo uma integração entre especialidades e tornando o negócio mais ágil. 11
  • VISÃO FUNCIONAL X VISÃO PROCESSUAL A visão funcional (ou tradicional) do negócio prima por aproveitar ao máximo a especialização do trabalho. Garante ainda a padronização de atividades e processos, descentralizando tarefas e centralizando as decisões. OrganizaçãoNecessidades do Satisfação Cliente do Cliente Departamento Departamento Departamento A B C 12
  • VISÃO FUNCIONAL X VISÃO PROCESSUAL A visão processual do negócio garante maior agilidade às tomadas de decisão, uma vez que entende o ciclo produtivo como um sistema, concentrando-se na agregação de valor verificada em cada uma das etapas do processo produtivo. Organização Departamentos A B C D 1 2ENTRADAS SAÍDAS 13 Processos Fluxo de Agregação de Valor
  • VIVENCIANDO ... Apresentamos a seguir a estrutura organizacional da EMBRAPA. Em seguida, assista ao vídeo institucional divulgado por ela e responda:  Que tipo de departamentalização essa estrutura representa? A EMBRAPA utilizou, em sua opinião, a melhor forma de departamentalização, levando em consideração seu tipo de atividade?  Você teria alguma sugestão, em termos de estrutura organizacional, para melhorar a capacidade de resposta ao mercado por parte da EMBRAPA? Exemplifique. 14
  • EMBRAPA: ESTRUTURA 15
  • DESENHANDO A ESTRUTURA ORGANIZACIONAL Uma vez escolhido o tipo de departamentalização mais adequado ao negócio, é preciso representar a estrutura organizacional. Existem diversas formas de representação gráfica. A estrutura organizacional nos diz muito sobre a cultura da empresa, sobre o modo como as decisões são tomadas e até mesmo sobre que valores e crenças norteiam aquele negócio em especial. 17
  • EFICIÊNCIA OU FLEXIBILIDADE? Muito embora existam diversas formas de representar uma estrutura organizacional, nos concentraremos em estudar as mais populares: 18
  • MECANICISTA X ORGÂNICAMECANICISTA ORGÂNICA• Rígida e estritamente controlada, • Fluida e flexível, a estruturaa estrutura Mecanicista valoriza a orgânica não valoriza a hierarquia,especialização do trabalho e a prevendo interação constantevisão funcional do negócio. entre as diversas áreas funcionais.• As decisões são centralizadas e • Prevê decisões compartilhadas,a hierarquia supervalorizada. times heterogêneos e estimula a• Dificulta a interação entre os comunicação e a criatividade nodiversos departamentos, tornando negócio.a comunicação difícil e • É a opção encontrada porburocratizada. empresas de pequeno porte que• É a opção encontrada por desejam estabelecer seuempresas que desejam diferencial através da inovação,padronização, e onde a ou da resposta rápida àscriatividade não é considerada constantes mudanças deimportante. mercado. 19
  • ESTRUTURA MATRICIAL 20
  • ESTRUTURA MATRICIALMATRICIAL• A fim de suprir as necessidades de um mundo globalizado, ondeprojetos são constantes e os processos precisam funcionar de forma anão representar “surpresas” para a organização, a estrutura matricialalinha elementos mecanicistas e orgânicos, sendo assim a estruturamais representativa de um olhar processual sobre o negócio.• É adotada por empresas de consultoria, serviços e projetos, eapresenta-se como tendência para organizações de grande porte quenecessitam flexibilizar suas ações e responder mais rapidamente àsdemandas de mercado. 21
  • TEORIA DOS SISTEMAS“Um sistema pode ser entendido como um conjunto de partes, interagentes e interdependentes que, conjuntamente, forma um todo unitário executando determinada função.” Rebouças, Sistemas de Informação GerencialFunção básica de um sistema:Converter seus insumos (materiais, energia, trabalho,informações retiradas de seu ambiente) em produtos (bens,serviços, informações) de natureza qualitativa diferente de seusinsumos. 22
  • REPRESENTAÇÃO GRÁFICA DE UM SISTEMAEntrada Processo Saída Feedback 23
  • Mapear, modelar, analisar e melhorar processos é o ONDE ... trabalho do Analista de O&M Objetivo – O propósito geral da existência do sistema; sua razão de ser; sua missão. Entrada – A energia e insumos transformados pelo sistema. Processos – atividades ordenadas, executadas a partir de um conjunto de entradas (inputs) e que resultarão em saídas (outputs) de maior valor agregado. Saída – O produto ou serviço resultante do processo de transformação do sistema. Feedback – Informações sistemáticas sobre algum aspecto do sistema, que possam ser utilizadas para avaliar e monitorá-lo, de modo a melhorar seu desempenho. Controle – As atividades e processos usados para avaliar as entradas, processamentos e saídas, de modo a permitir as ações corretivas. 24 Ambiente – Conjunto de características e situações que influenciam e são influenciadas pelo comportamento do sistema.
  • CARACTERÍSTICAS DOS SISTEMAS Sinergia - as partes de um sistema podem interagir para gerar algo maior, o que as partes não conseguiriam fazer ou atingir se trabalhando isoladamente. Homeostase - busca do equilíbrio; se alguma parte vai mal, outras que estão melhor podem manter o equilíbrio. Entropia - tendência dos sistemas de perderem sua energia, sua vitalidade e dissolver-se no caos, ao longo do tempo. Entropia negativa - tendência do sistema de desenvolver ordem e energia ao longo do tempo; de manter-se em funcionamento. 25
  • CLASSIFICANDO OS SISTEMAS Quanto ao ambiente  Quanto a adaptação  Abertos x Fechados  Adaptáveis x Não Adaptáveis Quanto a complexidade  Simples x Complexos  Quanto a duração  Permanentes x Temporários Quanto a mudança  Estáveis x Dinâmicos 26
  • VIVENCIANDO ...  Utilizando a representação gráfica de sistemas desenhe e descreva cada um dos componentes sistêmicos das situações abaixo apresentadas: PEPSICO BRASIL SUPERMERCADOS Funcionamento do RONDELLI departamento de produção. Funcionamento da rotina de Caixa.LUMINÁRIAS PREMIERFuncionamento da empresa:negócio de médio porte cuja SADIAmissão é comprar lumináriasimportadas para revender aos Funcionamento do setorlojistas da região sudeste. responsável pela definição das rotas dos caminhões, que está 27 ligado ao departamento de Logística.