Your SlideShare is downloading. ×
363 an 20_dezembro_2011.ok
363 an 20_dezembro_2011.ok
363 an 20_dezembro_2011.ok
363 an 20_dezembro_2011.ok
363 an 20_dezembro_2011.ok
363 an 20_dezembro_2011.ok
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

363 an 20_dezembro_2011.ok

492

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
492
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. AGRISSÊNIOR NOTÍCIAS Pasquim informativo virtual. Opiniões, humor e mensagens.EDITORES:EDITORES: Luiz Ferreira da Silva luizferreira1937@gmail.com)(luizferreira1937@gmail.com) e (jefcdias@gmail.com jefcdias@gmail.com)Jefferson Dias (jefcdias@gmail.com)Edição 363 – ANO VIII Nº 22 – 20 de dezembro de 20112011 EDIÇÃO ESPECIAL DE FINAL DE ANO 2011/2012Mais um ano está prestes a se encerrar. Para uns, passou rápido e não vai deixarsaudades. Para outros, foi o ano da consagração. Os anos são todos iguais; nósé que não sabemos fazê-los bons, cuja condição “sine qua non” é sermos bonstambém. O Agrissênior Notícias pelo menos tentou passar aos seus leitores essafilosofia de vida, facultando-lhes as dicas, as mensagens da vida, os caminhos atrilhar e a paz a se perseguir. Sabemos que nada é fácil, mas devemos tentarcom a fé do seu Inventor, Jesus Cristo, exemplo maior de luta pelo bem de todos.Feliz Natal e 2012 de muita saúde e paz! (Os Editores do AN, LF&JD) SIMBOLOS DO NATAL25 de dezembro antecedem o Dia de Natal. As famílias cristãsA Igreja católica toma esta data, a partir do costumam fazer a preparação do Natal com aséculo IV, como aniversário do nascimento de Coroa do Advento. Monta-se uma coroa deCristo. O dia 25 apareceu pela primeira vez ramos de pinheiro adornada com fitasno calendário de Philocalus em 324, opção vermelhas, com quatro velas eqüidistantes,feita pelo Papa Júlio I, para cristianizar as simbolizando Jesus Cristo, a luz do mundo. Agrandes festas pagãs realizadas neste dia. cada domingo, até o Natal, uma vela por vezNatal é acesa por um membro da família, à hora doA palavra Natal quer dizer nascimento, e jantar. No quarto domingo todas as velasoriginou-se do latim. Natal, Noel, expressam o estarão acesas.mesmo evento. É uma festa sem fronteiras. É Coroa do Advento ou Guirlandao culto do nascimento, da bondade, da Guirlanda, grinaldas, festões e arranjos comternura, da vida e da reflexão. Muitos folhagens nasceram com a superstição decomemoram o Natal com mesa farta, que heras, pinheiro, azevinho e outras plantasgulodices, esbanjando e troca da presentes. ofereciam proteção, no inverno, contra bruxasNatal é mais, muito mais do que isso. e demônios. Seus ramos eram usados paraAdvento afugentar a má-sorte. Representa a mandala,Antes da vinda. Tempo de preparação do um diagrama em círculo lembrando que a nossa vida é um ciclo de nascimento e morte.Natal, para a vinda do Cristo-Menino. Simbolizando a vida eterna e a paz, aCompreende os quatro domingos que
  • 2. guirlanda está presente na decoração natalina Menino Jesus veio abençoar a árvore, e paraatual. Diz antiga lenda que se as pessoas sua surpresa viu que ela estava coberta de teiaspassarem sob ela atrairão sorte para si. Ela é de aranha. Jesus, com seus dedos milagrosos,sinal de esperança e vida; sua fita vermelha tocou nos fios da teia e eles ficaram prateados.representa o amor de Deus que nos envolve, Por isso, hoje é costume ornamentar a árvoree as velas acesas, a fé e a alegria. com fios prateados.Presépio Bolas coloridasÉ a representação do local do nascimento de É o enfeite tradicional da Árvore de Natal.Cristo com as figuras do Menino Deus, de Existem em várias cores, e geralmente sãoJosé, Maria, animais, pastores e magos. É feitas de vidros. Representam os frutos damontado em igrejas, residências, casas árvore, que é Jesus. São os talentos, os dons,comerciais e lugares públicos. O primeiro as boas ações, o amor, o perdão, apresépio foi feito em 1223 por São Francisco esperança e a compreensão. Nossas atitudesde Assis, nas redondezas de Greccio, Itália. sãos os frutos de nossa vida; como as bolas,Dizem que, passeando por uma floresta, refletem o que somos. Elas tambémencontrou um estábulo abandonado. No outro simbolizam as graças que diariamentedia trouxe para ele uma estátua de criança, recebemos. A cada ano se desgastam nocolocando-a sobre a palha. Os animais que brilho, mas estarão cada vez mais cheias deacompanhavam o santo ficaram em volta da lembranças e emoções acumuladas.estátua. As pessoas da região foram ver o Sinosque estava acontecendo e entoaram cânticos Os sinos emitem sons agradáveis e audíveisnatalinos. Como São Francisco via que as à distância, e são tocados em ocasiõesigrejas ficavam desertas na Noite de Natal, geralmente festivas. Fazem parte dopediu ao papa para fazer uma réplica de gruta campanário das igrejas e também têm usonos templos. Autorizado, montou o primeiro particular. Servem para enviar mensagenspresépio com figuras humanas verdadeiras. O pelo ar. De modo geral, seu toque é festivo.costume se difundiu até chegar ao ponto de Tocado por ocasião do Natal, nos lembra ose reduzir seu tamanho e poder ser montado fato de termos um Salvador que e fez homem,dentro das casas. O gesto de montar o habitou entre nós e partiu deixando suapresépio deverá vir acompanhado do mensagem de amor e paz.propósito de reconhecer no Jesus-Menino de Estrelagesso, madeira ou outro material, umalembrança do Filho de Deus, que veio nos É usada na ponta da Árvore de Natal para noslibertar dos pecados. O presépio é uma lembrar da Estrela de Belém, que guiou os reislinguagem visual para nos lembrar a vinda de magos até a manjedoura de Jesus. Tem quatroJesus para o meio de nós. A palavra pontas, representando o norte, o sul, o leste e o"presépio" vem do latim e também significa oeste. A misteriosa Estrela de Belém é citada naestábulo, manjedoura. O presépio nos lembra Sagrada Escritura em Mateus, capítulo 2,que Jesus escolheu um ambiente pobre e versículos 2, 9 e 10 (Mt 2, 2.9.10). É semprerude para nascer. Poderia tê-lo feito num usada como símbolo de alegria, de guia, parapalácio. O ensinamento que podemos tirar despertar e atrair. A estrela é luz permanente.desse fato é o valor da simplicidade, Representada com cinco pontas lembra o serdocilidade e fé acima de tudo. humano: braços e pernas esticadas e a cabeça, onde está a vontade. Também é encontradaFios de prata com seis pontas, que é sinal de paz.Conta uma lenda que, num determinado tempo Velase lugar, quando a Árvore de Natal ficou pronta,foi admirada pela família e os animais da casa. Elas simbolizam Cristo, a luz do mundo, queAs aranhas que habitavam o celeiro também devemos imitar. É uma tradição nórdica. Noquiseram vê-la, mas foram impedidas. Durante a início as famílias fabricavam artesanalmentenoite, quando todos dormiam, elas entraram por suas velas, usando a cera pura fabricada porbaixo da porta e não só viram a árvore, como abelhas, conservando sua cor natural. A chamasubiram pelos seus ramos. Ao amanhecer, o cintila, serpenteia, atrai e ilumina nosso ser.
  • 3. Papai Noel vela acesa, nos lembrando a fé das pessoasA origem do Papai Noel é incerta e cercada em Jesus Cristo, que continua brilhandode histórias. A mais conhecida vem do século através dos tempos.IV e fala sobre Nicolas, nascido em 281, que Árvore de Nataltornou-se bispo de Myra, na Ásia Menor. Sendo uma planta que cresce em sentidoConta-se que seus pais tiveram dificuldades vertical, apontando para o céu, a árvore épara ter filhos, até que nasceu Nicolas. Dando considerada por muitos como "intermediáriagraças pelo fato, eles passaram a distribuir entre o céu e a terra". A árvore luminosa,alimentos, roupas e dinheiro aos pobres, até colorida, enfeitada, é uma das tradições doque vieram a falecer devido a uma epidemia. Natal. É costume da Antiguidade e vem deNicolas herda a grande fortuna de seus pais, rituais pagãos, bastante sedimentados etorna-se bispo e continua o trabalho de ajuda absorvidos pelos cristãos. Há inúmerasaos necessitados. Nicolas viveu na época doImperador Diocleciano, em Roma, e é versões sobre sua origem. Quando o mundorepresentado ainda hoje, na Europa, usando foi criado, nos diz a lenda, Deus deixou ovestes de bispo, com um bastão numa das pinheiro com folhas ásperas, fazendo-omãos e um saco de presentes na outra. sempre se lamentar. Para reparar o mal eMorreu no ano de 350 d.C. Passou a ser para que a árvore parasse de se queixar, fezconhecido por S. Nicolas. À medida que a com que ela fosse o único vegetal quelenda sobre seus feitos foi sendo passada conserva suas folhas no inverno e que peloatravés das culturas alemã e holandesa, o menos uma vez ao ano teria o brilho dasbispo tornou-se Sinterklass, Saint Nicoleses e luzes. - Isso nos lembra a vida e afinalmente Santa Claus ou Santa Klaus. O imortalidade. É Natal! Há árvores decoradasPapai Noel é amado pela crianças e por toda parte: nos centros comerciais, nasrespeitado pelos adultos. Papai Noel não ruas, nas residências... enfim, onde existampode ser visto pelo prisma científico ou corações abertos para comemorar oreligioso. Ele é mágico. Não é branco, negro aniversário de Jesus. Ele é o tronco da árvoreou oriental. É um ser capaz de unir a da vida, nós os ramos; os ramos darão frutoshumanidade em torno de coisas boas: amor, se permanecerem unidos ao tronco, que lhesternura, paz, sentimentos, carinho, gestos. fornece a seiva da vida divina.Ceia Natalina Pé de meiaCeia é uma reunião festiva entre os familiares Como já vimos, São Nicolau, precursor doe amigos para se comemorar algum eventoimportante. A ceia natalina é uma reunião Papai Noel, era de família rica e ajudava osainda mais familiar, íntima e carinhosa, pobres. Na região onde morava havia trêsquando afloram nos corações das pessoas os moças pobres, que por falta de dote nãosentimentos mais variados. Haverá a alegria conseguiam casar. São Nicolau jogou sacosdo encontro, a saudade de quem partiu, a de moedas pela chaminé de suas casas, quepresença de um novo membro, mesclando seriam usados como dote. Numa das casas, oemoções diversas, pois todos ficam saco de moedas caiu numa meia que secavapredispostos a se entregar afetivamente, na lareira, nascendo o hábito de se colocartrazendo a mensagem de que Cristo quer presentes no pé de meia. Outra versão dizrenascer no coração de cada um de nós. A que o bispo São Nicolau não gostava de sertradição nos conta que após a Missa do Galo, percebido quando presenteava, motivo pelocelebrada à meia-noite do dia 24, era servida qual colocava os presentes nas chaminés dasuma refeição frugal aos presentes. Com opassar do tempo essa refeição foi transferida casas. As crianças perceberam seu método epara as casas dos fiéis e tornou-se mais passaram a deixar ali suas meias. Hoje osofisticada. Iguarias deliciosas, assados, costume é usar meias ou botinhas com finsbolos, pudins, passas, nozes, castanhas, decorativos. São feitas de feltro, possuemtâmaras, frutas cristalizadas... se tornaram aplicações ou bordados e se tornaram umindispensáveis. Na ceia natalina não falta uma símbolo natalino.
  • 4. Presentes Missa do GaloPresentear é tão antigo quanto a própria No início havia três missas: ao pôr-do-sol dohumanidade. É uma reação que acompanha dia 24, à meia-noite e a Missa de Natal, dia 25importantes rituais em todas as sociedades. Os pela manhã. Foi o Papa Telésforo quem tevepagãos presenteavam as divindades, e nós a idéia na escolha do horário de meia-noite, apresenteamos nos aniversários, casamentos, hora do cantar do galo. Ir à Missa do Galo éformaturas... e por ocasião do Natal. O presente uma manifestação de fé cristã e de uniãonatalino é uma tradição que tem raízes cristãs, familiar. É o compartilhar deste dia especial.inspiradas na visita dos reis magos, que levaram Flor do Nataloferendas ao Menino Jesus. Melchior, Gaspar e Euphorbia pulcherrima, flor-de-papagaio ouBaltasar lhe ofereceram ouro, incenso e mirra, e espírito santo, possui brácteas vermelhas enós oferecemos presentes aos familiares e folhas bem verdes. É decorativa, ilustraamigos. É uma expressão silenciosa de nosso cartões natalinos. Foi encontrada no Méxicobom sentimento para com eles. Para muitas em 1828 e depois introduzida na Américapessoas, esta época é marcada pelo Latina. Conta-se que uma humildeconsumismo. O costume de colocar presentes camponesa desejava oferecer um presente aosob as árvores de Natal começou durante o Menino Jesus e não tinha o que dar. Surgereinado de Elizabete I, filha de Henrique VIII, na um anjo e lhe sugere que leve uma planta queInglaterra, no século XVI. Ela promovia festas existia junto à estrada. Feliz, ela vai entregá-lanatalinas e recebia muitos presentes. Como era ao Menino Jesus. As pessoas quepraticamente impossível receber diretamente presenciavam a cena começaram a rir datodos os presentes que lhe eram dados, adotou- pobre senhora, que começou a chorar. Suasse o costume de deixá-los sob uma grande lágrimas, ao caírem sobre as folhas, asárvore natalina, montada nos jardins do palácio. tornaram vermelhas, para espanto de todos. ADeus nos deu o maior e melhor de todos os poinsettia ou espírito santo é uma planta que,presentes: Jesus Cristo. Sejamos também um exposta ao sol, é verde. Se estiver à sombraverdadeiro presente para as pessoas! torna-se vermelha: é fato científico.Cartões de boas festas CoresSurgiram, segundo alguns, em 1843, para O verde e o vermelho são cores dominantesoutros em 1845, época mais aceita, havendo no Natal. O verde é renovação, esperança,ainda referências ao ano de 1853. Foram regeneração. O verde das plantas capta acriados por um artista plástico inglês, por energia solar e pelo processo de fotossínteseencomenda de Sir Henry Cole. Este, diretor a transforma em energia vital. O vermelhodo Museu Britânico, percebeu que não teria está ligado ao fogo e ao poder, tanto quetempo para escrever à mão as felicitações aquecer como de destruir, e também ao amornatalinas, que eram moda na época, e divino. O dourado também é utilizado, e estámandou fazer um desenho natalino com um associado ao sol, à luz, à sabedoria eespaço onde escrevia breves palavras. principalmente a luz da Ressurreição deLuzes Cristo, como uma espécie de transformaçãoCintilam simbolizando o fogo da vida eterna e do material para o espiritual.saúdam a festa do sol, a vinda de uma nova era. Cânticos natalinosAs velas na Árvore de Natal, por serem A época natalina sempre é alegrada comperigosas, foram substituídas pelos pisca-piscas cantigas típicas. As primeiras datam do séculoque decoram as árvores dos jardins e das ruas, IV, sendo Jesus refulsit omninum, de S. Hilaryas fachadas das residências, das lojas... dando Poitiers. Depois as melodias se tornaram maisalegria e causando admiração nas pessoas. alegres, e até hoje a mais famosa é SilentAnjo Night, ou Noite Feliz, de Joseph Mohr e FranzOcupa espaço na parte superior do presépio, Gruber, escrita em 1818.presente na maioria deles. Representa o Anjo O Natal é uma das maiores festas daGabriel, o anjo da Anunciação, que levou a cristandade, seus símbolos sãomensagem do nascimento de Jesus a Maria. maravilhosos, é tudo muito lindo, mas não
  • 5. devemos nos esquecer do principal: é a Fonte: Natal Especial de Hália Pauliv defesta do aniversário de Jesus Cristo, do Souzanosso Salvador. MONTE A SUA ÁRVORE JESUS União Alegrias Esperanças Amor. Sucesso Realizações Luz Respeito Harmonia Saúde Solidariedade Felicidade Humildade Confraternização Pureza Amizade Sabedoria. Perdão Igualdade Liberdade. Boa - Sorte Sinceridade Paz, Paz Fraternidade Equilíbrio Dignidade Benevolência Fé Bondade. Paciência.Gratidão Força FELIZ NATAL COM JESUS (João Paulo e Julieta Matushita) NATAL NORDESTINO Eliezer Setton Eu pensei que todo mundo Refrão: Sem primeiro nem segundo Meu pinheiro é meu mandacaru Fosse filho de Papai-do-Céu Com enfeites de algodão Alpercata no terreiro Eu pensei de brincadeira Os Reis Magos três vaqueiros Numa vida de primeira Aboiando no Sertão Onde eu tenha o que eu queira De verdade em vez de no papel Meu pinheiro é meu mandacaru Cada um é nosso irmão Eu pensei e ainda penso E o Natal, se verdadeiro, Que o amor e o bom senso Há de ter o ano inteiro Vão reinar pra gente ser feliz Paz na Terra aos bons de coração Eu pensei bem do meu jeito E o Natal, se verdadeiro Que eu também tenho direito Há de ter o ano inteiro Ao Natal do meu país Paz na Terra aos bons de coração
  • 6. RECEITA DE ANO NOVO Carlos Drummond Andrade Para você ganhar belíssimo Ano Novo Não precisa cor do arco-íris, ou da cor da sua paz, fazer lista de boas intençõesAno Novo sem comparação com todo o tempo para arquivá-las na gaveta. já vivido Não precisa chorar arrependido (mal vivido talvez ou sem sentido) pelas besteiras consumidas para você ganhar um ano nem parvamente acreditar não apenas pintado de novo, remendado às que por decreto de esperança carreiras, a partir de janeiro as coisas mudem mas novo nas sementinhas do vir-a-ser; e seja tudo claridade, recompensa, novo justiça entre os homens e as nações,até no coração das coisas menos percebidas liberdade com cheiro e gosto de pão matinal, (a começar pelo seu interior) direitos respeitados, começandonovo, espontâneo, que de tão perfeito nem se pelo direito augusto de viver. nota, mas com ele se come, se passeia, Para ganhar um Ano Novo se ama, se compreende, se trabalha, que mereça este nome, você não precisa beber champanha ou você, meu caro, tem de merecê-lo, qualquer outra birita, tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil,não precisa expedir nem receber mensagens mas tente, experimente, consciente. (planta recebe mensagens? É dentro de você que o Ano Novo passa telegramas?) cochila e espera desde sempre. A PIADA DA SEMANAO cara era muito pão-duro. Mesquinho, Após muito trabalho, a equipe de salvamentoavarento, unha de fome, realmente da Cruz Vermelha consegue abrir ummuquirana. Tinha muita grana, mas a família caminho até a entrada da cabana. Batem navivia como se estivesse na miséria. porta e anunciam:Para surpresa de todos, no Natal, decidiu - É a Cruz Vermelha!levar o pessoal para passar umas férias numa E o muquirana, lá de dentro:cabana alugada, numa região montanhosa. E - Hoje não tem nada! Passa o ano que vem!aí aconteceu a desgraça: uma terrívelavalanche soterrou a cabana, deixando-ospresos e incomunicáveis. RECESSOEntramos de férias. Param-se as “rotativas” do Agrissênior Notícias. Só no final de janeiro de2012 (31), retornaremos com a edição 364. Paciência e tolerância no coração de todos os seusleitores por todo o Ano Novo! oOo Acessar: www.r2cpress.com.br

×