• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Aulao Maicon
 

Aulao Maicon

on

  • 1,813 views

 

Statistics

Views

Total Views
1,813
Views on SlideShare
1,804
Embed Views
9

Actions

Likes
1
Downloads
28
Comments
0

2 Embeds 9

http://blog.colegiocastroalves.g12.br 6
http://www.slideshare.net 3

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Aulao Maicon Aulao Maicon Presentation Transcript

    • Geopolítica na Europa
    •  
    • Conflito na Irlanda
      • O conflito entre a minoria nacional católica, Ulstler, e a maioria protestante.
      • O conflito nacional do Ulstler é também social.
      • A discriminação protestante contra a população católica fez dessa minoria nacional e religiosa, uma camada socialmente proletarizada.
      • A partir de 1972, com o aumento da violência, o governo britânico assumiu a administração total do Ulstler, retirando a autonomia da Irlanda do Norte.
      • O IRA ampliou suas ações terroristas desde então, causando várias baixas no exército britânico, somando mais de três mil mortos nos conflitos entre católicos e protestantes.
    •  
    •  
    • IRA
      • Exercito Republicano Irlandês
      • Conhecido como IRA.(Irish republican Army)
    • Motivações do grupo:
      • Separar a Irlanda do norte do reino unido.
      • Reintegração à republica da Irlanda .
      • Igualdade religiosa.
    • Ataques:
      • Bombas
      • Emboscadas
      • Armas de fogo
    • Alvos:
      • Protestantes
      • Políticos
      • Unionistas
      • Representantes do governo Britânico.
    • O IRA Provisório
      • Surgiu em 1970
      • Movimento de libertação nacional revolucionário
      • Domingo Sangrento – Atraiu um exército de voluntários
      • Em respostas aos ataques o governo Britânico adotou varias medidas anti-terrorismo
    •  
    • Esgotamento da violência
      • A luta armada levou à formação de grupos terroristas protestantes.
      • Vários ataques aconteceram.
      • Este sectarismo brutal levou a um esgotamento do conflito
      • Negociação secreta com o IRA para obter um cessar-fogo e iniciar um processo de paz.
      • Isto levou ao primeiro cessar-fogo do IRA.
      • rompido em 9 de fevereiro de 1996, com um ataque contra o bairro das Docas
    • Acordo de paz
      • Poucos meses depois do segundo cessar-fogo, em 10 de abril de 1998, finalmente saiu o Acordo da Sexta-Feira Santa.
      • Criação um governo semi-autônomo na Irlanda do Norte numa ampla coalizão entre católicos e protestantes.
    •  
    • Fim Da Luta Armada
      • Em 28 de julho de 2005, o IRA anuncia o fim da "luta armada" e a entrega de armas. O processo de entrega de armas terminou em 26 de setembro de 2005.
    • PAIS BASCO
      • Localização geográfica: nordeste da Espanha ao sudoeste da França
      • Língua: Espanhol e basco (sem parentesco conhecido com outras línguas européias)
      • População estimada: 2,5 milhões            
      • Os bascos são orgulhosos de suas tradições
      • Vivendo em pequenos agrupamentos nas montanhas dos Pirineus, evitaram integrar-se a outras culturas.
      • Apenas no séc. XX, os bascos foram subjugados.
      • Não podiam expressar sua língua e cultura
      • A resistência basca à ditadura se cristalizou em 1959, quando um grupo de estudantes fundou o Euskadi Ta Azkatasuna (ETA), que significa (Pátria basca e Liberdade).
    •  
      • organização exigia a independência e mais tarde adotaram o terror para combater o regime Franquista.
      • Após a morte de Franco, em 1975, a região do País Basco obteve alto grau de autonomia, garantido pela constituição democrática (1978).
      • Nessa época, a maioria dos integrantes do ETA depôs armas, mas parte prosseguiu a ofensiva.
      • Nessa época, a maioria dos integrantes do ETA depôs armas, mas parte prosseguiu a ofensiva.
      • O auge do terrorismo ocorreu nos anos 80, e os esforços de paz sofreram diversas marchas e contramarchas até o começo do século XXI.
      • Os lideres radicais (etarras), como são chamados em basco, sempre resistiram ao dialogo.
      • O primeiro e único cessar-fogo foi acertado em setembro de 1998, mas a trégua teve fim em 1999 e o ETA retomou a campanha de ataques terroristas em toda Espanha.
      • Ataques reprovados com veemência pela população.
      • Em 1997, o assassinato de um vereador basco, moderado, levou milhões de espanhóis às ruas para protestar contra o grupo.
      • A população basca apóia cada vez menos seus métodos.
      • Nas ultimas eleições regionais houve crescimento de partidos políticos mais moderados e a queda do radical Euskal Herritarrok, braço político do ETA.
      • Atualmente a região Autônoma do Pais Basco desfruta:
      • De um bom nível de desenvolvimento econômico, tem um sistema de impostos, um parlamento e uma polícia próprios;
      • Ensinamento nas escolas da língua basca
      • Para muitos separar-se da Espanha, hoje, é um péssimo negocio
    •  
    • Chechênia
      • Localizada no Cáucaso, a Chenchênia é uma república cuja religião predominante é o Islamismo
      • Desde 1830, a Rússia procura colonizar a Chenchênia, mas a república quer impedir que tal ato seja feito. Como resultado, em 1920 a Chenchênia é ‘dominada’ pelos russos.
      • Em 1945, a república chechena é acusada de ajudar os alemães na segunda Guerra Mundial. Com isso Stálin resolve dissolver a república
      • Com a ruína da URSS em 1991, a Cheheno-inguchétia proclama sua independência. Mas os russos não reconhecem a sua soberania, pois o Cáucaso é um ponto econômico estratégico para os russos.
      • Em 1994, o presidente russo, Boris Ieltsin, ordenou a invasão a Chenchênia, sem sucesso.
      • 2002 – tomada de um tetro por separatistas chechenos. 41 separatistas e 129 civis morreram.
      • Organizações humanitárias afirmam que o exercito russo praticou pilhagens,estupros e crimes de guerra
    • Interesses da Russia na Chechênia:
      • Reservas de Petróleo e gás natural.
      • Posição estratégica importante, pois a região é bem servida no que se refere a rede hidrográfica e ponto de passagem de oleodutos e gasodutos.
      • seria um efeito dominó; cada povo vizinho poderia exigira independência, levando a Rússia à fragmentação
    •